Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Intraocular pressure and pupil diameter in healthy cats anesthetized with isoflurane and pre-medicated with isolated acepromazine or in combination with tramadol / [Pressão intraocular e diâmetro pupilar em gatos saudáveis anestesiados com isoflurano e pré-medicados com acepromazina isolada ou em combinação com tramadol]

Rodrigues, B. E; Ribeiro, A. P; Amorim, T. M; Perotto, A. B; Mendes, M. A; Guimarães, L. D.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 73(3): 631-638, May-June 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | | ID: biblio-1278371

Resumo

The objective of this study was to determine changes on intraocular pressure (IOP) and pupil diameter (PD) in healthy cats anesthetized with isoflurane, and premedicated with acepromazine alone or in combination with tramadol. Thirty cats were allocated in two groups (n=15/each) and were treated with acepromazine (AG) or acepromazine/tramadol (ATG). PD and IOP were assessed before and following 30 (PM1), and 40 minutes (PM2) of treatments. Anesthesia was induced with propofol, and IOP and DP were recorded (A10) at 10 minute intervals until the end of anesthesia (A40). IOP decreased in AG and ATG, when comparing baseline with PM1. IOP decreased only in AG, in comparisons between baseline and PM2. During anesthesia, IOP did not change within and between groups. Comparisons between baseline with those recorded at PM1 and 2 showed that PD increased in the ATG. During anesthesia, PD decreased significantly in AG and ATG. Both protocols maintained the IOP within the reference range to perform corneal or intraocular surgery in healthy cats but did not sustain pre-anesthetic pupil dilation observed in ATG.(AU)
O objetivo do presente artigo é determinar possíveis alterações na pressão intraocular (PIO) e no diâmetro pupilar (DP) em gatos saudáveis anestesiados com isoflurano e pré-medicados com acepromazina isolada ou em combinação com acepromazina/tramadol. Trinta gatos saudáveis foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos (n=15/cada) e tratados com acepromazina (GA) ou acepromazina/tramadol (GAT). DP e PIO foram avaliadas antes (basal) e após 30 (PM1) e 40 minutos (PM2) dos tratamentos. A anestesia foi induzida com propofol, e a PIO e o DP foram registrados (A10) a cada 10 minutos até o final da anestesia com isoflurano (A40). Ao se compararem os valores obtidos no basal com PM1, a PIO diminuiu em GA e GAT; com PM2, a PIO reduziu apenas no GA. Durante a anestesia, a PIO não diferiu dentro e entre os grupos. Comparações entre os valores basais e os registrados em PM1 e em PM2 mostraram que a DP aumentou significativamente no GAT. Durante a anestesia, o DP diminuiu significativamente em GA e GAT. Ambos os protocolos mantêm a PIO dentro dos valores de referência para realizar cirurgias corneanas ou intraoculares em gatos saudáveis, mas não sustentam a dilatação pupilar pré-anestésica observada em GAT.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1