Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Plant age, crop stage and surrounding habitats: their impact on sucking pests and predators complex in cotton (Gossypium hirsutum L. ) field plots in arid climate at district Layyah, Punjab, Pakistan / Idade da planta, estágio da cultura e habitats circundantes: seu impacto no complexo de pragas sugadoras e predadores em parcelas de algodão (Gossypium hirsutum L. ) em clima árido no distrito de Layyah, Punjab, Paquistão

Nadeem, A; Tahir, H M; Khan, A A.
Braz. j. biol; 82: e236494, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: biblio-1278489

Resumo

Abstract Sucking pests are major threat to cotton field crop which cause unbearable losses to the crop yield. Aim of the current study was to record seasonal dynamics of major sucking insect pests including whitefly, jassid, thrips and their natural arthropod predators i.e. green lacewings and spiders in cotton field plots. The effects of surrounding field crops on pests' density and predatory efficiency of predators were also recorded. For sampling and survey of insects, the visual counting was found to be the most efficient method for recording the abundance of insects, trailed by net sweeping and tapping. Whitefly was the most dominant sucking pest found on the vegetative stage of cotton, followed by jassid and thrips. Fluctuated populations of predatory arthropods, spiders and green lacewings were also recorded during whole cropping season however, the densities of pests and predators varied with crop phenology. Spiders' population was encouraging at both vegetative and flowering stage and also the same trend of jassid and whitefly were observed at both stages of the crop. Surrounding habitats showed non-significant effect on population densities of insect pests and predators. For abiotic factors, the spiders showed strong positive correlation with humidity and temperature. However, green lacewing was only positively correlated with humidity. On the other hand, the populations of whitefly, jassid and thrips showed non-significant correlation with both temperature and humidity. Overall densities of sucking insect pests were found above economic threshold level. The plant age, crop stage and surrounding habitats effect on the population fluctuation of pests as well as the predators' abundance. The future studies are also warranted to investigate the altered habitats and multiple trap cropping to find out their impact on unattended insect predators and parasitoids in cotton crop.
Resumo As pragas sugadoras são uma grande ameaça para a cultura do algodão, causando perdas insuportáveis no rendimento da cultura. O objetivo do estudo atual foi registrar a dinâmica sazonal das principais pragas de insetos sugadores, incluindo mosca-branca, jassid, tripes e seus artrópodes predadores naturais, ou seja, crisopídeos e aranhas verdes em parcelas de algodão. Os efeitos das plantações circundantes na densidade de pragas e na eficiência predatória de predadores também foram registrados. Para amostragem e pesquisa de insetos, a contagem visual foi considerada o método mais eficiente para registrar a abundância de insetos, seguido por varredura e batida de rede. A mosca-branca foi a praga sugadora mais dominante encontrada na fase vegetativa do algodoeiro, seguida pelo jassid e tripes. Populações flutuantes de artrópodes predadores, aranhas e crisálidas também foram registradas durante toda a safra, no entanto as densidades de pragas e predadores variaram com a fenologia da cultura. A população de aranhas foi encorajadora tanto na fase vegetativa como na floração e também a mesma tendência de jassid e mosca-branca foi observada em ambas as fases da cultura. Os habitats circundantes mostraram efeito não significativo nas densidades populacionais de insetos-praga e predadores. Para os fatores abióticos, as aranhas apresentaram forte correlação positiva com umidade e temperatura. No entanto, lacewing verde foi apenas positivamente correlacionado com a umidade. Por outro lado, as populações de mosca-branca, jassid e tripes apresentaram correlação não significativa com temperatura e umidade. As densidades gerais de pragas sugadoras de insetos foram encontradas acima do nível do limiar econômico. A idade da planta, o estágio da cultura e os habitats circundantes afetam a flutuação populacional de pragas, bem como a abundância de predadores. Os estudos futuros também são necessários para investigar os habitats alterados e cultivo com armadilhas múltiplas para descobrir seu impacto sobre predadores de insetos e parasitoides desacompanhados na cultura do algodão.
Biblioteca responsável: BR1.1