Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Phytochemical screening, antimicrobial activity, in vitro and in vivo antioxidant activity of Berberis lycium Royle root bark extract / Triagem fitoquímica, atividade antimicrobiana, atividade antioxidante in vitro e in vivo do extrato de casca de raiz de Berberis lycium Royle

Mughal, T. A; Ali, S; Hassan, A; Kazmi, S. A. R; Saleem, M. Z; Shakir, H. A; Nazer, S; Farooq, M. A; Awan, M. Z; Khan, M. A; Andleeb, S; Mumtaz, S; Mumtaz, S; Tahir, H. M; Gulzar, N.
Braz. j. biol; 84: e249742, 2024. tab, ilus, mapas
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1374679

Resumo

Antioxidants are materials that scavenge or remove free radicals from living systems. The oxidation process ends in the production of free radicals. These free radicals are the chief birthplace of cancerous cells. Antioxidizing agents remove free radical intermediates by terminating oxidation processes by being oxidized themselves. On the other hand, infectious diseases affect the world on a large scale. To fight these diseases several synthetic compounds have been used. Plant based medications play important role in this regard. So, the current research aimed to investigate the antibacterial and antioxidant effect of Berberis lycium Royle root bark (BLR) extract. Berberis lycium Royle was used for phytochemical analysis and also as antimicrobial and antioxidant agents. The antimicrobial activity was evaluated by the agar well diffusion method. Current study revealed that BLR was rich in phytochemicals and toxic against tested pathogenic bacteria. BLR showed the highest activity against S. pyogenes (13.3±0.8 mm). The lowest antibacterial activity was reported against E. coli (0±0 mm). In case of minimum inhibitory concentration, it was observed that BLR with 10 μg/mL concentration showed the highest activity while 2.5 μg/mL of BLR showed the least inhibitory activity. The highest In vitro antioxidant activity was recorded as 65% at 100 µg/mL. In case of in vivo antioxidant activity level of CAT, GSH and SOD were decreased while that of MDA was enhanced in groups treated with CCl4 as compared to the control group. BLR extract treatment reversed all these changes significantly. Current results indicate that BLR is effective against bacterial pathogens and also has antioxidant potential.
Os antioxidantes são materiais que eliminam ou removem os radicais livres dos sistemas vivos. O processo de oxidação termina na produção de radicais livres. Esses radicais livres são o principal local de nascimento das células cancerosas. Os agentes antioxidantes removem os intermediários dos radicais livres ao encerrar os processos de oxidação ao serem eles próprios oxidados. Por outro lado, as doenças infecciosas afetam o mundo em grande escala. Para combater essas doenças, diversos compostos sintéticos têm sido utilizados. Os medicamentos à base de plantas desempenham um papel importante a este respeito. Assim, o objetivo da pesquisa atual é investigar o efeito antibacteriano e antioxidante do extrato da casca da raiz de Berberis lycium Royle (BLR). Berberis lycium Royle foi utilizado para análises fitoquímicas e também como agentes antimicrobianos e antioxidantes. A atividade antimicrobiana foi avaliada pelo método de difusão em ágar em poço. A partir do estudo atual, observou-se que o BLR era rico em fitoquímicos e tóxico contra bactérias patogênicas testadas. BLR apresentou maior atividade contra S. pyogenes (13,3 ± 0,8 mm). A menor atividade antibacteriana foi relatada contra E. coli (0 ± 0 mm). No caso de concentração inibitória mínima, observou-se que BLR com concentração de 10 μg / mL apresentou maior atividade, enquanto BLR 2,5 μg / mL apresentou menor atividade inibitória. A maior atividade antioxidante in vitro foi registrada como 65% a 100 µg / mL. No caso do nível de atividade antioxidante in vivo de CAT, GSH e SOD diminuiu, enquanto o de MDA aumentou nos grupos tratados com CCl4 em comparação com o grupo controle. O tratamento com extrato de BLR reverteu todas essas mudanças significativamente. Os resultados atuais indicam que o BLR é eficaz contra patógenos bacterianos e também tem atividade antioxidante.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1