Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Maize grain supply and demand for the animal protein chain in the Rio Grande do Sul State, Brazil / Oferta e demanda de milho para a cadeia da proteína animal no Rio Grande do Sul

Camargo, Flávio Anastácio de Oliveira; Battisti, Rafael; Dalchiavon, Flávio Carlos.
Ciênc. rural (Online); 52(11): e20210259, 2022. graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1375136

Resumo

ABSTRACT: The animal production system has been affected in the Rio Grande do Sul State by low maize production, mainly non-ruminants. The total demand is not well known and official data are inaccurate and underestimated. This research characterized and analyzed the maize grain demand and supply for animal feed in the last 15 years at the Rio Grande do Sul State. The state supply was obtained from governmental harvests measurement. The demand was obtained by the total animals (swine, poultry and dairy and beef cattle), while the total state demand was obtained using the relative national consumption from these segments in relation to the total. The current maize grain demand was at the order of 6 million tons for the feeding of swine, poultry and cattle, while total demand was between 9 to 12 million tons in the Rio Grande do Sul State. The state maize production supplied near half of the total demand for the animal protein chain, characterizing a significant deficit for this sector, providing instability and making this productive chain economically unfeasible in the state.
RESUMO: Os sistemas de produção animal tem sido severamente afetada no estado do Rio Grande do Sul pela baixa oferta de milho produzido a nível estadual, especialmente não-ruminantes. A demanda do setor não é conhecida e as estimativas oficiais são imprecisas e subestimadas. Assim, o objetivo deste trabalho foi caracterizar e analisar a demanda e a oferta do milho produzido no estado para a alimentação animal nos últimos 15 anos. A oferta estadual foi obtida pelo acompanhamento governamental das safras. A demanda por segmento (aves, suínos e bovino de leite e corte) foi obtida pelo tamanho do rebanho gaúcho, enquanto que a demanda total foi utilizando a mesma proporção do consumo nacional de milho em relação aos segmentos avaliados. A demanda atual de milho para a alimentação de suínos, aves e bovinos no Rio Grande do Sul é da ordem de 6 milhões de toneladas e a demanda total do estado situa-se entre 9 a 12 milhões de toneladas. A oferta estadual de milho supre pouco mais da metade da necessidade para a cadeia da proteína animal, caracterizando um déficit significativo para este setor, proporcionando instabilidade e inviabilizando economicamente esta cadeia produtiva no estado, uma vez que há alta demanda de importação de milho de outros estados.
Biblioteca responsável: BR1.1