Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Xylanase - complex efficacy in high-energy diet for bulls finished in feedlot / Eficiência do complexo xilanase em dietas de alta energia para touros terminados em confinamento

Neumann, Mikael; Leão, Guilherme Fernando Mattos; Vigne, Gabriela Letícia Dalai; Santos, Leslei Caroline dos; Venancio, Bruno José; Dochwat, André.
Acta Sci. Anim. Sci.; 40: 1-7, 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-18425

Resumo

Enzymes can be an interesting additive in high energy diets for feedlot cattle. However, literature is inconsistent on this subject. Thus, this study was conducted to evaluate animal performance of feedlot bulls receiving high energy diet, composed of a mixture of 85% whole corn grain and 15% proteinmineral-vitamin nucleus, without or with xylanase included in the diets. Diets consisted of: CON - diet without enzymes (Control) and ENZ - diet with enzymes (5 g animal day-1). Thirty-two bulls were used, with an average age of 11 ± 2 months, average initial weight of 365 ± 5 kg, and finished for 119 days in feedlot. The experimental design was completely randomized, consisting of two treatments and eight replications, where each replication was represented by a stall with two animals. ENZ increased the weight gain (1.69 vs. 1.33 kg day-1) and improved the feed conversion (4.60 vs. 6.03 kg-1) in the adaptation period of the animals. Animals receiving ENZ increased 1.65% of carcass yield and were 7.57% more efficient in the conversion of dry matter consumed into carcass gain in relation to CON. Carcass traits of feedlot-finished bulls were not altered by inclusion of enzymes. Xylanase-complex could increase efficiency in feedlot bulls.(AU)
As enzimas podem ser aditivos interessantes em dietas de alta energia para gado em confinamento. No entanto, a literatura é inconsistente para este assunto. Assim, este trabalho foi realizado para avaliar o desempenho de touros em confinamento com dietas de alta densidade energética, composto apenas de uma mistura de 85% de grãos de milho inteiros e 15% de núcleo proteico-vitamínico-mineral, com ou sem inclusão de enzimas à base de xilanase. Os tratamentos foram CON - dieta sem enzimas (controle) e ENZ - dieta com enzimas (5 g animal dia-1). Foram utilizados 32 touros, com idade média de 11 ± 2, peso inicial médio de 365 kg ± 5 e terminados por 119 dias. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, consistindo em dois tratamentos e oito repetições, em que cada repetição foi representada por uma baia com dois animais. ENZ aumentou o ganho de peso (1,69 vs. 1,33 kg dia-1) e melhorou a conversão alimentar (4,60 vs. 6,03 kg-1) na fase de adaptação dos animais em confinamento. Os animais que receberam ENZ aumentaram 1,65% do rendimento de carcaça e foram 7,57% mais eficientes na transformação da matéria seca consumida no ganho de carcaça em relação ao CON. As características de carcaça de touros terminados em confinamento não foram alteradas em função da inclusão de enzimas. O complexo de xilanase pode aumentar eficiência de touros de confinamento.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1