Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Reproductive performance of heifers of different weight classes in the first and second mating / Desempenho reprodutivo de novilhas de distintas classes de peso no primeiro e segundo acasalamento

Pacheco, Rangel Fernandes; Brondani, Ivan Luiz; Alves Filho, Dari Celestino; Cattelam, Jonatas; Mayer, Andrei Retamoso; Martini, Ana Paula Machado; Santos, Gilmar Cardoso; Borchate, Daniele; Restle, João.
Semina Ci. agr.; 40(2): 819-830, Mar.-Apr. 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-19568

Resumo

The objective of this study was to evaluate the effect of live weight at first mating on reproductive performance in the first and second reproductive years. For that purpose, the reproductive history of 221 heifers mated for the first time between the years of 2003 and 2012 was evaluated. Heifers were grouped into three weight classes at the age of 24 months: 50-59.9% (55%), 60-69.9% (65%), and 70-80% (75%). The pregnancy rate in the first reproductive year in heifers from weight classes 55%, 65%, and 75% was 38.0%, 56.4%, and 69.0%, respectively. The pregnancy rate in the second reproductive year was not affected by weight at first mating (p > 0.05) and corresponded to 41.6%; 42.1%, and 50.4% in the three weight classes, respectively. The weight class of heifers before mating at the age of 24 months affected reproductive performance at first mating but did not increase the pregnancy rate in the second reproductive year.(AU)
Objetivou-se avaliar o efeito do peso vivo ao primeiro acasalamento de novilhas sobre o desempenho reprodutivo na primeira e segunda monta. Para isso, foi avaliado o histórico reprodutivo de 221 novilhas de corte acasaladas pela primeira vez entre os anos de 2003 até 2012. As novilhas foram agrupadas em três classes de peso vivo aos 24 meses de idade, sendo eles: entre 50 a 59,9% do peso adulto (55%); de 60 a 69,9% do peso adulto (65%) e entre 70 a 80% do peso adulto (75%). A taxa de prenhez no primeiro ano reprodutivo foi de 38,0%; 56,4% e 69,0% às acasaladas com faixa de peso de 55%, 65% e 75%; respectivamente. A taxa de prenhez no segundo ano reprodutivo não sofreu efeito da classe de peso ao primeiro acasalamento (p > 0,05) com valores de 41,6%; 42,1% e 50,4%. A classe de peso antes do acasalamento de novilhas aos dois anos de idade interfere no desempenho reprodutivo na primeira monta, mas não resulta em aumento na taxa de prenhez no segundo ano reprodutivo.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1