Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of dietary fiber concentrates on growth performance, gut morphology and hepatic metabolic intermediates in jundiá (Rhamdia quelen) / Efeito de concentrados de fibra alimentar sobre o desempenho de crescimento, morfologia intestinal e intermediários metabólicos hepáticos de jundiás (Rhamdia quelen)

Goulart, F. R; Lovatto, N. M; Klinger, A. C; Adorian, T. J; Mombach, P. I; Pianesso, D; Martinelli, S. G; Veiga, M. L; Silva, L. P.
Arq. bras. med. vet. zootec; 70(5): 1633-1640, set.-out. 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-20626

Resumo

A study was conducted to investigate the effect of Dietary Fiber Concentrates (DFCs) on growth performance, gut morphology, and hepatic metabolic intermediates in jundiá (Rhamdia quelen). At the end of the trial, growth and intestinal villus height was significantly (P< 0.05) higher in fish fed diets supplemented with DFCs. However, the animals in commercial prebiotic group showed higher values for this variable compared to the other treatments. Regarding the thickness of the epithelium bowel, it was greater in the Control group compared to animals supplemented with ß-glucan+mannan. Likewise, treatment with commercial prebiotic showed higher values of epithelium bowel compared to the DFCs. The fish supplemented with DFCs, had higher glycogen storage compared to the control group. These results indicate that DFCs can be considered as a beneficial dietary supplement for improving growth performance, gut morphology, and hepatic metabolic intermediates of jundiá.(AU)
O presente estudo foi conduzido para investigar o efeito de concentrados de fibras alimentares (CFAs) sobre o desempenho de crescimento, a morfologia intestinal e os parâmetros intermediários metabólicos hepáticos de jundiás (Rhamdia quelen). No final do experimento, o crescimento e a altura das vilosidades intestinais foram significativamente (P<0,05) maiores em peixes alimentados com dietas suplementadas com CFAs. No entanto, os animais suplementados com prebiótico comercial apresentaram valores mais elevados para essa variável em comparação com os outros tratamentos. Em relação à espessura do epitélio intestinal, esta foi maior nos animais do grupo controle em comparação com os animais suplementados com ß-glucano + manano. Da mesma forma, os peixes suplementados com prebiótico comercial apresentaram valores mais elevados do epitélio intestinal em comparação com os peixes suplementados com CFAs. Os peixes suplementados com CFAs obtiveram maior armazenamento de glicogênio em relação ao grupo controle. Esses resultados indicam que os CFAs podem ser utilizados como um suplemento alimentar benéfico para melhorar o desempenho do crescimento, a morfologia intestinal e os intermediários metabólicos hepáticos do jundiá.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1