Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of pFSH dose reduction on in vivo embryo production in Dorper ewes / Efeito da redução da dose de pFSH na produção in vivo de embriões em ovelhas Dorper

Loiola Filho, João Bosco; Monte, Alane Pains Oliveira; Souza, Thais Thatiane dos Santos; Miranda, Mayara de Souza; Magalhães, Lívia Correia; Barros, Celso Henrique Souza Costa; Silva, Ana Arlete de Amorim; Santos, Adriano Oliveira; Guimarães, Aionne de Souza Leite; Costa, Jonathan Maia da Silva; Cruz, Rodrigo Bonfim; Cordeiro, Mabel Freitas; Lopes Júnior, Edilson Soares.
Semina Ci. agr.; 36(supl.2): 4215-4224, 2015. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-28025

Resumo

To evaluate the effect of pFSH dose on the in vivo embryo production of Dorper ewes in the semi-arid northeast of Brazil, 40 sheep females were distributed into two groups of 20 animals that received intravaginal CIDR for 14 days, and two days before device removal, they received one of the following treatments: in the FSH200 group, the ewes received 200 mg of pFSH; and in the FSH128 group, the ewes received a total of 128 mg in decreasing doses every 12 h. Beginning 12 h after the conclusion of the treatments, estrus detection was performed every four hours using two Dorper rams of proven fertility. The ewes were mated at estrus onset and 24 hours later. Seven days after intravaginal device removal, the superovulatory response was evaluated, and embryo collection was performed using the laparotomy method. The recovered flushings were subjected to embryo searches under a stereomicroscope and classified according to their qualities. Analyses of variance (ANOVAs) and LSD tests were used to compare the different parameters. The data expressed as percentages were analysed by chi-square test. The ovulation rate was higher in the FSH200 group, which had 16.3 ± 0.3 corpora lutea (CL), than in the FSH128 group, which had 11.3 ± 0.3 CL (P 0.05). However, higher fertilization rate (83.6% vs. 62.4%) and higher transferable (86.0% vs. 71.6%) and freezable (67.9% vs. 40.8%) embryo rates were observedin the FSH 128 group compared with the group that received 200 mg. Furthermore, no significant differences in the remaining parameters were observed between the experimental groups (P>0.05), demonstrating that pFSH dose reduction promoted a greater production of freezable and transferableembryos in Dorper ewes subjected to MOET.(AU)
Com o objetivo de avaliar o efeito da redução de pFSH na produção in vivo de embriões de ovelhas da raça Dorper exploradas no semiárido do Nordeste do Brasil, 40 fêmeas ovinas foram distribuídas em dois grupos com 20 animais, os quais receberam um CIDR intravaginal por 14 dias e dois dias antes da remoção do dispositivo receberam um tratamento superovulatório proposto: grupo FSH200 onde as ovelhas receberam 200 mg de pFSH, enquanto o grupo FSH128 totalizou 128 mg em doses decrescentes intervaladas por 12 horas. Doze horas após o final do tratamento, foi realizada a detecção de estro, a cada quatro horas, utilizando dois carneiros Dorper, de fertilidade comprovada. As ovelhas foram cobertas no início do estro e 24 horas depois. Sete dias após a retirada do dispositivo intravaginal, foi realizada a avaliação da resposta superovulatória e a colheita de embriões pelo método de laparotomia. O lavado recuperado foi submetido à procura de embriões em estereomicroscópio e classificados de acordo com sua qualidade. Para comparação dos diversos parâmetros, foi utilizada a Análise de Variância (ANOVA), seguida da realização do teste LSD. Os dados expressos em porcentagem foram submetidos ao Teste de Qui-quadrado. A taxa de ovulação foi superior no grupo FSH200 com 16,3 ± 0,3 corpos lúteos (CL) quando comparado ao grupo FSH128 com de 11,3 ± 0,3 CL (P 0,05). Entretanto, foi verificada uma maior taxa de fecundação (83,6% vs. 62,4%) e uma maior taxa de embriões transferíveis (86,0% vs.71,6%) e congeláveis (67,9% vs. 40,8%) no grupo FSH 128 quando comparado ao grupo que recebeu200 mg. Além disso, não foi observada qualquer diferença significativa entre os grupos experimentais, para os demais parâmetros avaliados demonstrando que a redução da dose de pFSH promove maior produção de embriões congeláveis e transferíveis em ovinos Dorper submetidos à MOTE.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1