Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Genetic control of cowpea seed sizes

Cláudio da Conceição Lopes, Francisco; Lúcia Ferreira Gomes, Regina; Rodrigues Freire Filho, Francisco.
Sci. agric.; 60(2)2003.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-439759

Resumo

Cowpea [Vigna unguiculata (L.) Walp.] is one of the most widely adapted grain legumes in hot regions of Africa, Asia and the Americas. In the semiarid Northeast of Brazil, it is the main subsistence crop, an excellent protein source of low cost, for the poor population. The objective of this work was to estimate genetic parameters to understand the inheritance of seed sizes in cowpea. The parents P1 and P2 and the generations, F1, F2, BC1 and BC2 of the cross TVx5058-09C X Manteiguinha formed the genetic material for this study. These six generates (P1, P2, F1, F2, BC1 and BC) were evaluated in a completely randomized block-design with six replications, in Teresina - PI, Brazil, in 1998. The genetic parameters estimated were: phenotypic and total genetic variance, additive and dominance genetic components of variance and the variance attributed to the environment, heritability in the broad and narrow senses, average degree of dominance and the number of genes controlling the character. The additive - dominance model fitted the data for 100-seeds weight in as much as the midparental value and the additive effect were the more important genetic parameters for the determination of this character. The number of genes that control its expression is five. The occurrence of high values for narrow sense heritability indicates that the selection for seed size can be made in early generations.
Caupi [Vigna unguiculata (L.) Walp.] é uma das leguminosas mais adaptadas às regiões quentes da África, Ásia e das Américas. No semi-árido do nordeste do Brasil é a principal cultura de subsistência, por ser uma excelente fonte de proteína de baixo custo para a população mais carente. O objetivo deste trabalho foi estimar parâmetros genéticos que podem explicar a herança do tamanho das sementes de caupi. Os genótipos parentais P1 e P2 e as gerações F1, F2, RC1 e RC2 do cruzamento TVx5058-09C X Manteiguinha, constituíram o material genético utilizado no estudo. As seis populações (P1, P2, F1, F2, RC1 e RC2) foram avaliadas num experimento em blocos casualizados com seis repetições, em Teresina - PI; o plantio foi realizado em março de 1998. Os parâmetros genéticos estimados foram variâncias fenotípica, genética total, genética aditiva e dos desvios de dominância e devido aos efeitos do ambiente, herdabilidades no sentido amplo e restrito, grau médio de dominância e número dos genes que controlam o caráter. O modelo aditivo - dominante ajustou-se aos dados do peso de 100 sementes, visto que a média e o efeito gênico aditivo foram os parâmetros genéticos mais importantes na determinação desse caráter. O número dos genes que controlam sua expressão é cinco. A ocorrência de alto valor para a herdabilidade no sentido restrito indicou que a seleção para o tamanho da semente pode ser realizada em gerações segregantes iniciais.
Biblioteca responsável: BR68.1