Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Breakdown of resistance in sweet pepper against Pepper yellow mosaic virus in Brazil

Gioria, Ricardo; de Souza Braga, Renato; Krause-Sakate, Renate; Roullier, Caroline; Dias Rosa, Daniel; Fecury Moura, Monika; Alberto Caram de Souza-Dias, José; Enok Sawazaki, Haiko; Eduardo Aranha Camargo, Luis; Alberto Marques Rezende, Jorge.
Sci. agric.; 66(2)2009.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-440358

Resumo

Plants of Capsicum annuum cv. Magali R, resistant to Pepper yellow mosaic virus (PepYMV), which showed severe yellow mosaic, leaf malformation and stunting were observed during the 2003/04 growing season in Lins, São Paulo State, Brazil. Potyvirus-like particles observed in leaf sap from infected plants under the electron microscope reacted with an antiserum against PepYMV in PTA-ELISA. In addition to C. annuum cv. Magali R, this potyvirus also infected systemically the resistant C. annuum cv. Rubia R. The nucleotide sequence of part of the CP gene of this potyvirus shared 96-98% identity with that of other PepYMV isolates. The partial nucleotide sequence of the 3' NTR showed 94-96% identity with that of PepYMV. These data indicate that this potyvirus is a resistance-breaking isolate of PepYMV.
Plantas de Capsicum annuum cv. Magali R, resistentes ao Pepper yellow mosaic virus (PepYMV), exibindo sintomas severos de mosaico amarelo, malformação foliar e subdesenvolvimento foram encontradas em plantios na região de Lins, SP, Brasil, em 2003/04. Partículas semelhantes àquelas do gênero Potyvirus foram observadas em extrato foliar de planta infectada examinado em microscópio eletrônico de transmissão. O extrato foliar também reagiu com anti-soro contra o PepYMV em PTA-ELISA. Além de C. annuum cv. Magali R, esse potyvirus também infectou sistemicamente C. annuum cv. Rubia R, que é resistente ao PepYMV. A seqüência de nucleotídeos de parte do gene da proteína capsidial (CP) desse potyvirus apresentou 96-98% de identidade com a de outros isolados do PepYMV. A seqüência parcial de nucleotídeos da região 3' não traduzida (3' NTR) apresentou 94-96% de identidade com a do PepYMV. Esses resultados são indicativos de que o potyvirus que quebrou a resistência em pimentão é um isolado do PepYMV.
Biblioteca responsável: BR68.1