Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Microsporogenesis in Brachiaria bovonei (Chiov.) Robyns and B. subulifolia (Mez) Clayton (Poaceae)

Risso-Pascotto, Claudicéia; Suely Pagliarini, Maria; Borges do Valle, Cacilda.
Sci. agric.; 66(5)2009.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-440416

Resumo

Some African species of Brachiaria have been introduced into the Americas and became the most important forage for pastures in the tropics. New cultivars can be obtained either from direct selections from the natural existing variability in the germplasm collections or from interspecific hybridizations. Polyploidy is predominant in the genus Brachiaria and correlated with apomixis which complicates hybridization. The objective of cytological studies underway on the Brachiaria germplasm collection at Embrapa Beef Cattle is to determine the chromosome number and meiotic behavior of accessions. For the breeding of Brachiaria species, compatible sexual and apomictic accessions need to be identified. Microsporogenesis was evaluated in two accessions of Brachiaria bovonei (BO01 and BO05) and one accession of B. subulifolia (SU01). BO01 is pentaploid (2n = 5x = 45), BO05 is tetraploid (2n = 4x = 36), and SU01 is hexaploid (2n = 6x = 54), derived from x = 9. Meiotic abnormalities typical of polyploids, characterized by precocious chromosome migration to the poles in metaphases, laggard chromosomes in anaphases, and micronuclei in telophases and tetrads, were recorded in high frequency in all the accessions generating unbalanced gametes. Both accessions of B. bovonei presented chromosome stickiness. The results are discussed in the view of the Brachiaria breeding program objectives.
Algumas espécies africanas de Brachiaria foram introduzidas nas Américas e tornaram-se importantes pastagens nos trópicos. Novas cultivares podem ser obtidas por seleção direta da variabilidade genética existente na coleção de germoplasma ou por hibridização interespecífica. Poliploidia é predominante no gênero Brachiaria e correlacionada com apomixia, o que complica a hibridização. O objetivo dos estudos citogenéticos na coleção de germoplasma de Brachiaria da Embrapa Gado de Corte é determinar o número de cromossomos e o comportamento meiótico dos acessos. A microsporogênese foi avaliada em dois acessos de Brachiaria bovonei (BO01 e BO05) e um acesso de B. subulifolia (SU01). BO01 é pentaplóide (2n = 5x = 45), BO05 é tetraplóide (2n = 4x = 36), e SU01 é hexaplóide (2n = 6x = 54), todos derivados de x = 9. Anormalidades meióticas típicas de poliplóides, caracterizadas por migração precoce de cromossomos para os pólos em metáfases, cromossomos retardatários em anáfases, e micronúcleos em telófases e tétrades foram observadas em alta freqüência em todos os acessos gerando gametas geneticamente desbalanceados. Ambos os acessos de B. bovonei apresentaram aderências cromossômicas. Os resultados são discutidos sob o ponto de vista dos objetivos do melhoramento genético.
Biblioteca responsável: BR68.1