Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Evaluation of three enrichment broths and five plating media for Salmonella detection in poultry

Lúcia Mores Rall, Vera; Rall, Ricardo; Casale Aragon, Lina; Guimarães da Silva, Márcia.
Braz. J. Microbiol.; 36(2)2005.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-443889

Resumo

We evaluated the effectiveness of Selenite Cystine (SC), Tetrathionate Brilliant Green (TBG) and Rappaport Vassiliadis (RV) broths for Salmonella isolation. We also tested three classic plating media, Salmonella-Shigella Agar (SS), Brilliant Green Agar (BGA), Xylose Lysine Desoxycholate Agar (XLD) and two chromogenic agars, Rambach (RA) and CHROMagar Salmonella (CAS). Among 100 poultry carcasses, 29 were positive for Salmonella using all plating media combined. RV broth (69%) and TT broth (58.6%) were more effective than SC broth (24.1%). The chromogenic media gave better results than the classic ones with less false-positive colonies. The most effective isolation medium was CHROMagar, where Salmonella was identified in 23 (79.3%) of the 29 positive samples, followed by Rambach (48%). Positivity for Salmonella using classic media was 13.8% for BGA, 27.6% for SS and 34.5% for XLD.
A eficiência dos caldos selenito cistina (SC), tetrationato verde brilhante (TBG) e Rappaport Vassiliadis (RV) foi avaliada quanto ao isolamento de Salmonella. Também foram testados três meios clássicos de isolamento, ágar Salmonella-Shigella (SS), ágar Verde Brilhante (VB) e ágar xilose lisina desoxicolato (XLD) e dois meios cromogênicos, Rambach (RA) e CHROMagar (CAS). Entre 100 carcaças de frango examinadas, 29 foram positivas para Salmonella usando todos os meios combinados. Os caldos RV (69%) e TT (58,6%) foram mais eficientes que o SC (24,1%). Os meios cromogênicos mostraram melhores resultados do que os clássicos na detecção de Salmonella e apresentaram uma quantidade menor de colônias falso-positivas. O meio cromogênico mais eficiente foi o CAS, que detectou Salmonella em 23 das 29 amostras positivas (79,3%), seguido pelo RA (48%). Entre os meios clássicos, a detecção foi de 13,8% para VB, 27,6% para SS e 34,5% para XLD.
Biblioteca responsável: BR68.1