Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Presence of extraintestinal pathogenic Escherichia coli in butcheries in Taquaritinga, SP, Brazil

Santo, Edilene; Rodolpho, Daniela; Moacir Marin, José.
Braz. J. Microbiol.; 38(4)2007.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-444152

Resumo

The study was conducted in twenty-three butcheries in the city of Taquaritinga, State of São Paulo, Brazil, surveyed during a 10 months period. Among two hundred and eighty-seven Escherichia coli strains isolated from samples of ground beef, meat-grinding-machines and the hands of manipulators, five were recognized as extraintestinal pathogenic E. coli (ExPEC), showing virulence factors (P and S fimbriae, hemolysin and aerobactin) and presenting multidrug resistance. Retail-sold food may constitute an important vehicle for the dissemination of ExPEC in communities, giving rise to reasons for concern.
O trabalho foi desenvolvido em 23 açougues em Taquaritinga, Estado de São Paulo, Brasil, durante um período de 10 meses. De duzentas e oitenta e sete cepas de E.coli isoladas de carne moída, moedor de carne e mãos de manipuladores de carne, cinco foram caracterizadas como E. coli patogênica extraintestinal (ExPEC) apresentando fatores de virulência (fimbria P e S, hemolisina e aerobactina), assim como multiresistencia a drogas antimicrobianas. Retalhos de carne podem ser um veiculo importante para a disseminação de ExPEC, o que representa um motivo de preocupação.
Biblioteca responsável: BR68.1