Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Sex determination in the Giant fish of Amazon Basin, Arapaima gigas (Osteoglossiformes, Arapaimatidae), using laparoscopy

Riedel Porto Carreiro, Carlos; Antônio de Andrade Furtado-Neto, Manuel; Eymard Campos Mesquita, Pedro; Araújo Bezerra, Tácito.
Acta amaz.; 41(3)2011.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-450685

Resumo

The Giant of Amazon basin, pirarucu, Arapaima gigas, is the largest scaled freshwater fish in the world. pirarucu cultivation has recently started, driven by the decline in natural populations and high market value. Currently, there are no reliable methods for sexual differentiation in this species other than direct examination of gonads, which requires dissection of specimens. A non-lethal and less invasive method for sexual identification is highly desirable in order to properly group broodstock for mating and offspring production. We utilized laparoscopic examination in anesthetized pirarucu to differentiate between male and female individuals. This method allowed for the observation and differentiation of the reproductive organs within an individual. Our results suggest that laparoscopy is an efficient method for sex differentiation in pirarucu causing minimal stress to the fish.
O gigante da bacia amazônica, pirarucu, Arapaima gigas, é o maior peixe de escamas de água doce do mundo. O seu cultivo teve início recentemente motivado pelo declínio de suas populações naturais em virtude do alto valor de sua carne no mercado. Não existem métodos para a diferenciação sexual nesta espécie, o único método é o exame direto das gônadas, o qual requer a dissecação do espécime. Um método para a identificação sexual é altamente desejável, a fim de selecionar grupos de reprodutores para o acasalamento e, portanto, a produção de progênie. A fim de diferenciar reprodutores machos de fêmeas, foi utilizado o exame laparoscópico em animais previamente anestesiados. Este método permitiu a observação dos órgãos abdominais, incluindo gônadas, com grande precisão. Os resultados mostram que a laparoscopia é um método eficiente para a diferenciação do sexo em pirarucu e causam o mínimo de stress para os animais.
Biblioteca responsável: BR68.1