Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Wilted or cassava meal added elephant-grass silage. Nutritive value / Silagem de capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum.) emurchecido ou acrescido de farelo de mandioca. Valor nutritivo

Ferrari Júnior, Evaldo; Lavezzo, Wagner.
B. Indústr. Anim.; 58(2): 125-134, 2001.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-467159

Resumo

Digestibility essays were carried out at UNESP-Botucatu in order to study the effects of wilting (A) and of the addition of different rates of cassava meal (B=0; C=2; D=4; E=8 and F=12%) to elephant grass silage. Experimental responses evaluated were: intake per unit of metabolic weight, digestibility coeficients, nutritive value and N balance. It was used a complete randomized block design with four replications. There was no significant difference (P>0.05) between wilting cassava meal rates for intake, digestibility coeficient, crude protein, crude fiber, organic matter, neutral detergent fiber, acid detergent fiber, hemicellulose and nutritive value. There was, however, a significant difference (P 0.05) for the digestibility coeficient of nitrogen free extract in treatments D, E and F and for N balance in treatments B, D, E and F. The addition of cassava meal during the silage making process of Efephant grass did not improve dry matter intake and digestibility in comparison with the wilted grass.
Foi desenvolvido na UNESP-Botucatu, ensaio de digestibilidade para estudar o efeito do emurchecimento (A) e da adição de doses crescentes de farelo de mandioca (B = 0; C = 2; D = 4; E = 8 e F = 12%) na ensilagem do capim-elefante cv. Taiwan A-146. Foram determinados, em ovinos, os consumos por unidade de peso metabólico, coeficientes de digestibilidade, valor nutritivo e balanço de nitrogênio. O delineamento foi o de blocos completos ao acaso com 4 repetições. Não houve diferença (P>0,05) entre emurchecido e doses de farelo de mandioca para consumo, coeficiente de digestibilidade da matéria seca, proteína bruta, fibra bruta, extrato etéreo, matéria orgânica, fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, celulose, hemicelulose, NDT e valor nutritivo. Houve, porém, diferença significativa (P 0,05) para coeficiente de digestibilidade do extrativo não nitrogenado nos tratamentos D, E e F e, balanço de nitrogênio nos tratamentos B, D, E e F. A adição de farelo de mandioca ao capim-elefante no momento da ensilagem não favoreceu o consumo e nem a digestibilidade da matéria seca em relação ao emurchecimento.
Biblioteca responsável: BR68.1