Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Evaluation of sugarcane genotypes in the municipal district of Gália (SP) seeking to ruminant feed / Avaliação de genótipos de cana-de-açúcar visando a alimentação animal no município de Gália (SP)

de Almeida Silva, Marcelo; Okamoto, Fumiko; José Porto, Antônio; Pércio Campana, Márcio; Nunes da Silva, Daniel.
B. Indústr. Anim.; 61(2): 127-134, 2004.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-467439

Resumo

The sugarcane is being very used as forrage resource in the feeding of the ruminants in all areas of Brazil, however, few information exist regarding the adaptability of the several available genotypes to the production environment. The purpose of this study was to evaluate 7 sugarcane genotypes aiming the animal feeding in an experiment developed in the Unit of Research and Development of Gália (SP). The 7 treatments were tested on a randomized block design, with three replications. The evaluated attributes were productivity of fresh mass (TMH), productivity of stalks (TCH), productivity of pointers (TPH), proportion of stems (% C), proportion of leaves (% P), index TPH TCH-1, number of stalks for meter (NCM), average height of the stalks (A), medium diameter of the stalks (D), percentage sucrose (PCC), percentage of fiber (F) and index F PCC-1. There were significant differences among the genotypes studied for all attributes. As for the adaptation attributes to the region, ton of fresh mass for hectare (TMH), ton of stalks for hectare (TCH) and number of stalks for meter (NCM), the genotypes IAC86-2480, IAC91-3186, IACSP95-3028 and IAC91-5155 shown superiors to the others. In relation to the attributes that characterize adaptation to the feeding of ruminant, proportion of stalks (% C), proportion of leaves (% P), index TPH TCH-1, percentage sucrose (PCC), fiber percentage (%
A cana-de-açúcar vem sendo muito utilizada como recurso forrageiro na alimentação de ruminantes em todas regiões do Brasil, entretanto, existem poucas informações a respeito da adaptabilidade dos diversos genótipos disponíveis aos ambientes de produção. Com o objetivo de avaliar 7 genótipos de cana-de-açúcar com vistas à alimentação animal, foi desenvolvido um experimento na Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Gália (SP). Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, com 3 repetições. Os atributos avaliados foram produtividade de massa fresca (TMH), produtividade de colmos (TCH), produtividade de ponteiros (TPH), proporção de colmos (%C), proporção de ponteiros (%P), índice TPH TCH-1, número de colmos por metro (NCM), altura média dos colmos (A), diâmetro médio dos colmos (D), porcentagem sacarose (PCC), porcentagem de fibra industrial (% F) e índice F PCC-1. Houve diferenças significativas entre os genótipos estudados para todos atributos. Quanto aos atributos de adaptação à região, tonelada de massa fresca por hectare (TMH), tonelada de colmos por hectare (TCH) e número de colmos por metro (NCM), os genótipos IAC86-2480, IAC91-3186, IACSP95-3028 e IAC91-5155 mostraram-se superiores aos demais. Em relação aos atributos que caracterizam adaptação à alimentação de ruminantes, proporção de colmos (%C), proporção de ponteiros (%P), índice TPH TCH-1, porcentagem sacarose (PCC
Biblioteca responsável: BR68.1