Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Performance, qualitative and microbiogy characteristics of laying hens fed with different levels of enzyme complex / Características produtivas, qualitativas e microbiológicas de galinhas poedeiras alimentadas com diferentes níveis de complexo enzimático

Oba, Alexandre; Waine Pinheiro, João; Abércio da Silva, Caio; Jorge Hernan Castro-Gómez, Raúl; Renata Benitez, Carla; Yukio Ueno, Fábio; Aparecido Borges, Cesar; de Almeida, Maurício.
Semina Ci. agr.; 34(6): 4179-4186, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-470268

Resumo

This study aimed to evaluate the performance of laying hens fed different levels of the enzyme complex (phytase, cellulase, pectinase, protease, amylase, beta-glucanase e xylanase). 328 laying hens were used Shaver White strain at 60 weeks of age. The birds were distributed into five treatments, involving different levels of enzyme complex (0, 50, 100, 150 and 200 ppm). We evaluated the performance of laying hens, egg shell quality, internal egg quality, pH and viscosity of the intestinal contents, dry matter and mineral in the excreta and microbiology of the contents in the small intestine. The results showed that the addition of the enzyme complex in diets based on corn and soybean meal for laying hens old did not improve on broiler performance, eggshell and internal egg quality, dry matter and mineral content in the excreta and microbiology of the contents in the small intestine. However there was a significant linear response when increased levels of the enzyme complex, where it caused an increase in pH and a lower viscosity of digesta within the small intestine. 
Este trabalho teve por objetivo avaliar o desempenho de galinhas poedeiras alimentadas com diferentes níveis de complexo enzimático a base de fitase, celulase, pectinase, protease, amilase, betaglucanase e xilanase. Foram utilizadas 328 poedeiras leves da linhagem Shaver White, com 60 semanas de idade. As aves foram distribuídas em cinco tratamentos, que consistiam em diferentes níveis de complexo enzimático (0, 50, 100, 150 e 200 ppm). Foram avaliados o desempenho das aves, qualidade da casca dos ovos, qualidade interna dos ovos, pH e viscosidade do conteúdo intestinal, matéria seca e mineral das fezes e microbiologia do conteúdo do intestino delgado. Os resultados mostraram que a adição do complexo enzimático nas rações à base de milho e farelo de soja de galinhas de postura velhas não proporcionou melhorias no desempenho das aves, qualidade da casca e interna dos ovos, matéria seca e mineral das fezes e microbiologia do conteúdo intestinal, porém houve resposta linear significativa quando se aumentou os níveis do complexo enzimático, onde este proporcionou um aumento do pH e uma menor viscosidade da digesta do intestino delgado.
Biblioteca responsável: BR68.1