Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Weight gain and morphometric growth of genetically improved tambaqui (Colossoma macropomum) / Ganho de peso e crescimento morfométrico do tambaqui (Colossoma macropomum) melhorado geneticamente

Marcos, Rebeca; Aparecido Povh, Jayme; Carlos Fornari, Darci; Antonio Lopes de Oliveira, Carlos; Pereira Ribeiro, Ricardo; Mauricio Lopera-Barrero, Nelson; Alberto Caetano Corrêa Filho, Ruy; Sampaio de Abreu, Janessa; Juliana Furlan Murari, Pâmela.
Semina Ci. agr.; 37(4): 2521-2528, 2016.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-470891

Resumo

Weight gain and morphometric growth of the genetically improved tambaqui (Colossoma macropomum) are evaluated. Current assay was carried out on the Fish Farm Experimental Station of the Federal University of Mato Grosso, in the municipality of Santo Antonio de Leverger - MT Brazil. Seven fish families from the breeding program and a control group (not genetically improved) were evaluated. All animals were individually identified with a transmitter-responder label (transponder). Weight gain, overall and standard length, head size, height, width and body perimeter were measured. A completely randomized design was used and comparisons among families and the control group were carried out by Dunnett test at 5% significance level. The genetically improved fish families showed a 14.8% higher weight gain when compared to that of control group. Five out of seven families showed greater weight gain when compared to control group, with the best family exhibiting a 24.8% higher rate. Four families had higher growth in all evaluated morphometric characteristics when compared to control group. Only one family did not differ in any of the evaluated characteristics with regard to the control group.
Objetivou-se avaliar o ganho de peso e o crescimento morfométrico do tambaqui (Colossoma macropomum) melhorado geneticamente. O trabalho foi realizado na Estação Experimental de Piscicultura da Universidade Federal de Mato Grosso, localizada no município de Santo Antônio de Leverger - MT, Brasil. Foram avaliadas sete famílias oriundas do programa de melhoramento genético e um grupo controle (não melhorado geneticamente). Todos os animais foram individualizados com transponder. Foram mensurados o ganho de peso, comprimento total e padrão, tamanho de cabeça, altura, largura e perímetro do corpo. Utilizou-se delineamento inteiramente casualizado e as comparações entre as famílias e o grupo controle foram realizadas pelo teste de Dunnett com 5% de significância. As famílias melhoradas geneticamente apresentaram ganho de peso 14,8% superior ao grupo controle. Cinco das sete famílias avaliadas apresentaram maior ganho de peso em relação ao grupo controle, sendo que a melhor família foi superior em 24,8%. Quatro famílias apresentaram maior crescimento em todas as características morfométricas avaliadas em relação ao controle. Apenas uma família não diferiu em nenhuma das características avaliadas em relação ao grupo controle.
Biblioteca responsável: BR68.1