Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Comparative study among acepromazine, chlorpromazine and methotrimeprazine in different doses, through bispectral index, term and pressure algimetry, in dogs / Estudo comparativo entre a acepromazina, clorpromazina e levomepromazina em diferentes doses, através do exame bispectral, termo e pressoalgimetria, em cães

Cristina Gonçalves, Raquel; Massone, Flávio; Mitsuko Matsubara, Lidia.
Semina Ci. agr.; 30(4): 921-930, 2009.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-473037

Resumo

The studys objective was to realize comparisons among different acepromazine, chlorpromazine and methotrimeprazine doses, evaluate parametric changes, test analgesia using press and term algimetry, and evaluate bispectral condition. 90 mongrel dogs were used, male and female, adult, weighting 10 to 15 Kg as a rule, distributed in 9 groups with 10 animals each. At first, second and third groups acepromazine was used at 0,1; 0,05 e 0,025 mg/Kg, respectively. At forth, fifth and sixth groups, chlorpromazine was used at 1,0; 0,5 and 0,25 mg/Kg, respectively. At seventh, eighth and ninth groups, methotrimeprazine at 1,0; 0,5 and 0,25 mg/Kg was used, respectively. All drugs were administered intravenously. Objects of study: heart rate (HR), non invasive blood pressure (SAP, MAP, DAP), respiratory rate (f), capnography (ETCO2), pulse oxymetry (SatO2), mouth and rectal temperature, bispectral index (BIS), electromyography (EMG%), press and term algimetry.  Somatic analgesia was evaluated by animals response to nociceptives stimulus. We concluded that chlorpromazine had more hypotension.   Dogs showed higher hypnosis level at chlorpromazine group, with evident myorelaxation. All groups showed analgesia to thermic and mechanic stimulus. Acepromazine group showed high duration to both pain stimuli. Bispectral index was shorten at chlorpromazine group at 1,0 mg/kg doses, showing higher h
Objetivou-se comparar, em diferentes doses, a acepromazina, a clorpromazina e a levomepromazina com relação às alterações paramétricas, à analgesia avaliada através da presso e termoalgimetria e a condição bispectral em 90 cães sem raça definida alocados em nove grupos. No primeiro, segundo e terceiro grupo foi empregada a acepromazina nas doses de 0,1; 0,05 e 0,025 mg/kg, respectivamente. No quarto, quinto e sexto grupo foi empregada a clorpromazina nas doses de 1,0; 0,5 e 0,25 mg/kg, respectivamente. No sétimo, oitavo e nono grupo foi empregada a levomepromazina nas doses de 1,0; 0,5 e 0,25 mg/kg, respectivamente, sendo todos os fármacos administrados pela via intravenosa. Parâmetros estudados: frequência cardíaca, pressão arterial, frequência respiratória, capnografia, oximetria de pulso, temperatura retal e gengival, índice bispectral, eletromiografia, pressoalgimetria e termoalgimetria. Concluiu-se que a clorpromazina provocou mais hipotensão e os cães apresentaram maior grau de tranquilização, com miorrelaxamento mais evidente. Todos os grupos apresentaram analgesia térmica e mecânica, sendo esta mais duradoura no grupo tratado com acepromazina. O índice bispectral apresentou-se mais reduzido nos animais tratados pela clorpromazina na dose de 1,0 mg/kg indicando uma tranquilização mais intensa. A acepromazina foi o fármaco que se apresentou como o menos depressor, conside
Biblioteca responsável: BR68.1