Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Management of sewage sludge and mineral nitrogen in soil fertility over time / Manejo do lodo de esgoto e nitrogênio mineral na fertilidade do solo ao longo do tempo

Figueiredo Lobo, Thomaz; Grassi Filho, Helio; Theodoro Büll, Leonardo; Lorena Queiroz Moreira, Lais.
Semina Ci. agr.; 34(6): 2705-2726, 2013.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-473055

Resumo

The use of sewage sludge is a practice highly promising for the development of sustainable agricultural systems. The objective of this study was to assess the improvement in soil fertility management strategies on different sewage sludge and mineral nitrogen after seven application of this residue. The experiment was carried at the São Manuel Experimental Farm belonging to the faculty of Agronomic Sciences of UNESP, Botucatu, located in the county of São Manuel. It was adopted the experimental design in a randomized blocks consisting of six treatments and five repetitions defined as follows: T0 without nitrogen fertilizer, T1 mineral fertilizer nitrogen according to the crop needs, T2 50% nitrogen from sewage sludge and 50% in the form of chemical fertilizer, T3 100% of nitrogen recommended by the culture, from sewage sludge, T4 - 150% of nitrogen recommended by the culture, from sewage sludge and T5 200% of the nitrogen from the sewage sludge. It has done seven application of sewage sludge in crop (year 1 sunflower, year 2 sunflower, year 3 oats and bean, year 4 triticale and sunflower, year 5 wheat) and the first three applications were treated with sewage sludge and the other applications were composted sludge. In the depth 0-20 cm, the sewage sludge promoted an increase in levels of organic matter, P, S, H+Al, CEC and decreased in soil pH. In the depth of
A utilização de lodo de esgoto é uma prática promissora para o desenvolvimento de sistemas agrícolas sustentáveis. O objetivo deste trabalho foi verificar a melhoria na fertilidade do solo sobre diferentes manejos de lodo de esgoto e de nitrogênio mineral após 7 aplicações deste resíduo. O experimento foi conduzido na Fazenda Experimental São Manuel pertencente à Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP de Botucatu, localizada no município de São Manuel. Foi adotado um delineamento experimental em blocos casualizados constituído por 6 tratamentos e 5 repetições assim definidos: T0 - sem adubação nitrogenada, T1 - adubação química nitrogenada de acordo com a necessidade da cultura, T2 - 50% adubação nitrogenada proveniente do lodo de esgoto e 50% na forma da adubação química, T3 - 100% da adubação nitrogenada do recomendado pela cultura, proveniente do lodo de esgoto, T4 150% da adubação nitrogenada proveniente do lodo de esgoto e T5 - 200% da adubação nitrogenada proveniente do lodo de esgoto. Foram feitas sete aplicações de lodo de esgoto com as seguintes culturas (ano 1 girassol, ano 2 girassol, ano 3 - aveia e feijão, ano 4 triticale e girassol, ano 5 trigo), sendo que as três primeiras aplicações foram com lodo de esgoto tratado e as demais aplicações foram com lodo compostado. Na profundidade de 0 a 20 cm o lodo de esgoto promoveu um incremento nos teores de maté
Biblioteca responsável: BR68.1