Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Prevalência de anticorpos neutralizantes contra o herpesvírus bovino tipo 1, decorrente de infecção natural, em rebanhos com distúrbios reprodutivos

Cristina Médici, Kerlei; Alcindo Alfieri, Amauri; Fernandes Alfieri, Alice.
Ci. Rural; 30(2)2000.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-703622

Resumo

Serum samples of 1235 adult cattle not infectious bovine rhinotracheitis-vaccinated were analyzed by serum neutralization technique for Bovine Herpesvirus type 1 (BHV-1) antibodies. The samples were collected from 81 beef and dairy herds presenting reproductive problems, at 30 counties of Paraná State, Brazil. In dairy herds 41.9% (409/977) of the serum samples and 90.5% (57/63) of the herds were positives. In beef herds the index of positives was 50.8% (131/258) and 100% (18/18) for serum samples and herds, respectively. The total positive frequency of serum samples (43.7%) and herds (92.6%) show that BHV-1 infections has a wide dissemination in the studied region.
A detecção de anticorpos anti-Herpesvírus Bovino tipo 1 (BHV-1) foi realizada, através da técnica de soroneutralização, em 1235 amostras de soro de bovinos adultos, não-vacinados contra Rinotraqueíte Infecciosa Bovina. As amostras de soro analisadas foram colhidas em 81 rebanhos, com histórico de problemas reprodutivos, incluindo animais com aptidão para carne e leite, provenientes de 30 municípios do Estado do Paraná. Na amostragem proveniente de rebanhos leiteiros, 41,9% (409/977) das amostras de soro e 90,5% (57/63) dos rebanhos foram considerados positivos. Em bovinos de corte, o índice de soropositividade foi de 50,8% (131/258) e 100% (18/18) para amostras de soro e rebanhos, respectivamente. As freqüências de 43,7% (540/1235) de animais e 92,6% (75/81) de rebanhos soropositivos demonstram que as infecções por BHV-1 apresentam-se amplamente disseminadas nas regiões estudadas.
Biblioteca responsável: BR68.1