Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

RADIOGRAFIA E MACROSCOPIA DO JOELHO APÓS ESTABILIZAÇÃO EXTRA-ARTICULAR UTILIZANDO FÁSCIA LATA, FIO DE POLIÉSTER TRANÇADO OU FIO DE POLIAMIDA PARA CORREÇÃO DA RUPTURA DO LIGAMENTO CRUZADO CRANIAL EM CÃES

Eduardo Carvalho Buquera, Luiz; Carlos Canola, Júlio; Guilherme Padilha Filho, João; Maziero Furlani, Juliana; Carmem Talieri, Ivia; Luiz Selmi, André.
Ci. Rural; 32(1)2002.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-703943

Resumo

The cranial cruciate ligament rupture is one of the main orthopaedic diseases which affect dogs. Many surgical techniques have been described and they aim to relief the pain, restore stifle biomechanical stability and prevent the progression of osteoarthritis. Fascia lata, braided polyester and polyamida were used in lateral fabellar suture to stifle stabilization after induced cranial cruciate ligament rupture in dogs that were submitted to radiographic and macroscopic evaluation of joint. In this study 18 dogs weighting more than 15kg were used (middleweight - 19.67kg), distributed in three groups corresponding to each technique, evaluated during 30 and 60 days. In the radiographic exam, the dogs had evidence of moderate to severe joint effusion, capsular distension and, in most cases, lacking of degenerative articular disease features. At the macroscopic exam of the stifle joint thickening of the joint capsule and periarticular soft tissues, erosion of the femoral condyles cartilage in all groups and loosening of the suture were observed in dogs submitted to extra-articular stabilization techniques employing braided polyester and polyamida.
A ruptura do ligamento cruzado cranial é uma das principais doenças ortopédicas que afetam os cães. Muitas técnicas cirúrgicas foram descritas no intuito de aliviar a dor, restaurar a estabilidade biomecânica do joelho e prevenir a progressão da osteoartrite. Fáscia lata, fio de poliéster trançado e fio de poliamida foram empregados na estabilização do joelho após excisão do ligamento cruzado cranial em cães, os quais foram submetidos à avaliação radiográfica e macroscópica da articulação. Neste estudo, foram utilizados 18 cães com massa corporal superior a 15Kg (peso médio - 19,67kg), separados em 3 grupos eqüitativos correspondentes a cada técnica, avaliados durante 30 e 60 dias. Ao exame radiográfico, independentemente de grupo, os cães apresentaram evidência de efusão articular moderada a severa, distensão da cápsula articular e, na maioria dos casos, ausência de sinais de doença articular degenerativa. Ao exame macroscópico da articulação do joelho observou-se espessamento da cápsula articular e tecidos moles periarticulares, erosão da cartilagem articular dos côndilos femorais em todos os grupos e afrouxamento dos fios nos cães submetidos às técnicas de estabilização extra-articular com fio de poliéster trançado e fio de poliamida.
Biblioteca responsável: BR68.1