Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

SUBSTITUIÇÃO DO LIGAMENTO DA CABEÇA DO FÊMUR COM AUTO-ENXERTO DE FÁSCIA LATA NA LUXAÇÃO COXOFEMORAL EM CÃES

Valéria Seullner Brandão, Cláudia; Iamaguti, Paulo; Maria Alvarez de Figueiredo, Laura.
Ci. Rural; 32(2)2002.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-703974

Resumo

This study describes a technique for round ligament's substitution by fascia lata and bone autografts. Experiments were carried out in 20 clinical healthy adult mongrel dogs. The animals were divided in five groups, than they were put down for macro and microscopic analysis performed on 15, 30, 60, 90 and 120 days. None of them reluxated the joint. On gross observation, the fascia lata graft was present in 65% of the dogs. Microscopic examination showed no rejection or inflammatory reactions on fascia lata used as a femoral head ligament substitute. The fascia was preserved and integrated to the bone.
Uma técnica cirúrgica para o tratamento da luxação coxofemoral que substituiu o ligamento da cabeça do fêmur por fáscia lata associada ao enxerto ósseo foi realizada em 20 cães. Estes foram separados em cinco grupos e submetidos à eutanásia para realização dos exames macro e microscópicos aos 15, 30, 60, 90 e 120 dias do pós-operatório. Na macroscopia, não foi observada luxação da articulação. Em 65% dos animais, o enxerto de fáscia lata estava presente. Microscopicamente, a fáscia lata utilizada como substituto do ligamento da cabeça do fêmur não desenvolveu reações inflamatórias, permanecendo preservada e integrada ao tecido ósseo. O uso da fáscia lata como substituto do ligamento da cabeça do fêmur mostrou-se viável, podendo ser utilizada para reforçar a estabilidade articular.
Biblioteca responsável: BR68.1