Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Broiler adaptation to post-hatching period

Maiorka, Alex; Dahlke, Fabiano; Silvia Furquim de Azevedo Morgulis, Maria.
Ci. Rural; 36(2)2006.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-704971

Resumo

In the latest years more attention has been given to mechanisms for bird adaptation at post-hatching period by management of environmental conditions and formulations of diets offered during this period when digestive, immune, and thermo-regulating systems suffer slight changes. In post-hatching period, digestive system is anatomically complete, but its functionality is still immature in relation to adult birds. The chick immunity depends on maternal antibodies transferred to egg just before laying. In addition, variations within thermal comfort zone might affect initial development of chick. For example, high temperatures may induce hyperthermia with dehydration, while low temperatures may lead to hypothermia responsible by pulmonary hypertension syndrome. In conclusion, productivity might be enhanced when good conditions are offered to chicks during the period from last embryo development to first days after hatching.
Nos últimos anos, os processos adaptativos que ocorrem no período pós-eclosão têm recebido atenção especial através de controle de condições ambientais e manipulação de dietas específicas para este período, uma vez que os sistemas digestório, imunológico e termorregulador sofrem sensíveis alterações. No período de pós-eclosão, o sistema digestório está anatomicamente completo, mas sua capacidade funcional ainda está imatura se comparado à de aves adultas. Nesta fase, a imunidade é dependente dos anticorpos maternais que foram depositados no ovo antes mesmo da oviposição. Além disso, oscilações na zona de conforto térmica também podem influenciar o desenvolvimento inicial das aves. Por exemplo, temperaturas altas podem induzir a hipertermia com desidratação enquanto temperaturas baixas podem desencadeiar quadros hipotérmicos que levam à síndrome de hipertensão pulmonar. Concluindo, melhores índices produtivos podem ser alcançados quando boas condições são oferecidas aos animais no período que compreende o final do desenvolvimento embrionário e os primeiros dias após a eclosão.
Biblioteca responsável: BR68.1