Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Perfil de ácidos graxos da gordura intramuscular da carne de vacas de descarte de diferentes grupos genéticos terminadas em confinamento, abatidas com distintos pesos

Kuss, Fernando; Restle, João; Vilmar Kosloski, Gilberto; Deschamps, Francisco; Luis Moletta, José; Pereira dos Santos, Angélica; Fiamoncini, Jarlei.
Ci. Rural; 37(3)2007.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-705314

Resumo

The Longissimus dorsi marbling fatty acid profile of crossbred cull cows, from the second (G2- 3/4Charolais (C) Nellore (N) and 3/4NC) and third (G3 - 5/8CN and 5/8NC) generation of Charolais - Nellore rotational crossbreeding, feedlot finished and slaughtered with 465, 507 and 566 kg were evaluate. At the beginning of the experiment the average age, weight and body condition were, respectively, 8.5 years, 388.6kg and 2.35 points. The diet, with 48:52 roughage:concentrate ratio, contained 12.5% crude protein and 2.99Mcal of digestible energy per kg of dry matter. The fatty acids saturated C14:0 (myristic) and C16:0 (palmitic) reduce the his participations in 19 and 10%, respectively, with the amplification of the weight of slaughter of 465 about to 566kg, even behavior observer about to the C18:0 (stearic). There was minor representation of the acids saturated detriment insaturad with the increase of the weight of slaughter, being the association negative (r=-0.61; P=.01) among the marbling and the fraction of fat saturated on fat intramuscular of the muscle Longissimus dorsi. The meat from the culls 3/4NC presented major fraction from the fatty acids palmitic and palmitic-oleico. These was reduction of the participation of the fatty acid pentadecanoic and palmitic-oleico, and increase of the fraction of the fatty acid stearic from G2 about to G3. The increase of the weight of culls cows appease a profile of fatty acid from fat intramuscular of the Longissimus dorsi beneficial on the health human reducing the participation of fatty acids hipercolesterolemics and increase the hipocolesterolemics. The culls cows 3/4Charolês 1/4Nelore they presented high fraction of fatty acid palmitic and palmitic-oleico, while the 5/8Charolês 3/8Nelore presented demonstrate high concentration of stearic. Animals from third generation of the Charolais - Nellore rotational crossbreeding, presented meat with low concentration of the fatty acid palmitic-oleico and high of stearic.
Foi avaliado o perfil dos ácidos graxos da gordura intramuscular do Longissimus dorsi de vacas de descarte mestiças, da segunda (G2 - 3/4Charolês (C) 1/4Nelore (N) e 3/4NC) e da terceira geração (G3 - 5/8CN e 5/8NC) de cruzamento rotativo Charolês - Nelore, terminadas em confinamento e abatidas com 465, 507 ou 566kg. Os animais apresentaram, na média, no início do confinamento, 8,5 anos, 388,6kg e 2,35 pontos de escore da condição corporal. A dieta alimentar, relação volumoso:concentrado de 48:52, continha 12,5% de proteína bruta e 2,99Mcal de energia digestível por kg de matéria seca. Os ácidos graxos saturados C14:0 (merístico) e C16:0 (palmítico) reduziram as suas participações em 19 e 10%, respectivamente, com o aumento do peso de abate de 465 para 566kg, mesmo comportamento observado para o C 18:0 (esteárico). Houve menor representação dos ácidos saturados em detrimento aos insaturados com o incremento do peso de abate, sendo a associação negativa (r=-0,61; P 0,01) entre o marmoreio e a fração de gordura saturada na gordura intramuscular do músculo Longissimus dorsi. A carne das vacas 3/4NC apresentou maior fração dos ácidos graxos palmítico e palmitiléico. Houve redução da participação do ácido graxo pentadecanóico e palmitiléico, e incremento da fração do ácido graxo esteárico da G2 para a G3. O aumento do peso de abate de vacas de descarte propicia um perfil de ácido graxo da gordura intramuscular do Longissimus dorsi benéfico à saúde humana por reduzir a participação de ácidos graxos hipercolesterolêmicos e aumentar os hipocolesterolêmicos. Vacas 3/4 Nelore 1/4 Charolês apresentam maior fração de ácido graxo palmítico e palmitiléico, enquanto que as 5/8 Charolês 3/8 Nelore demonstram maior concentração de esteárico. Animais da terceira geração do cruzamento alternado Charolês - Nelore apresentam carne com menor concentração do ácido graxo palmitiléico e maior de esteárico.
Biblioteca responsável: BR68.1