Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Diversidade genética entre acessos de espécies cultivadas de pimentas

Rodrigues Monteiro, Eliane; Moraes Bastos, Ethyenne; Celis de Almeida Lopes, Ângela; Lucia Ferreira Gomes, Regina; Airton Rodrigues Nunes, Jose.
Ci. Rural; 40(2)2010.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-706503

Resumo

The knowledge of the genetic diversity among the accessions in germplasm banks it is important for the conservation of genetic resources and the use in breeding programs. This study aimed to evaluate the genetic divergence of 23 accessions of the genus Capsicum, and was based in seven quantitative and nineteen qualitative multicategorical descriptors and using multivariate techniques. The analyses of variance revealed significant difference (P 0.05) among the accessions of peppers for all quantitative descriptors. The coefficient variation ranged from 8,97% (LF) to 30,91% (NFA). The Tocher optimization method detected eight clusters for quantitative descriptors and also in as well as qualitative multicategoric descriptors. The UPGMA method detected three clusters for quantitative descriptors and four clusters within qualitative multicategoricdescriptors. There is genetic diversity inter and intraspecific in germplasm bank of Capsicum coming from The Federal University of Piauí, and these results indicate that there are not duplicated accessions.
O conhecimento da diversidade genética entre acessos em bancos de germoplasma é importante para fins de conservação de recursos genéticos e uso em programas de melhoramento genético. Neste estudo, objetivou-se avaliar a divergência genética entre 23 acessos de pimentas do gênero Capsicum, a partir de sete descritores quantitativos e 19 qualitativos multicategóricos, com auxílio de técnicas multivariadas. Pela análise de variância, evidenciaram-se diferenças significativas entre os acessos de pimentas para todos os descritores quantitativos. Os coeficientes de variação (CV) do experimento variaram de 8,97 (LF) a 30,91% (NFA). O Método de agrupamento de otimização via Tocher detectou a formação de oito grupos, tanto para descritores quantitativos, quanto para os qualitativos multicategóricos. Pelo Método UPGMA, formaram-se três grupos baseando-se nos descritores quantitativos e quatro grupos com base nos qualitativos. Há diversidade genética inter e intraespecífica no Banco de Germoplasma de Capsicum spp. da Universidade Federal do Piauí, com evidências de que não existem duplicatas entre os acessos estudados.
Biblioteca responsável: BR68.1