Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Análise biomecânica ex vivo de dois métodos de osteossíntese de ílio em cães

Fernanda Villamayor Garcia, Érika; Eduardo Wallau Schossler, João; Curvello de Mendonça Müller, Daniel; Gomes, Cristiano; Maria Callegaro Serafini, Gabriele.
Ci. Rural; 40(9)2010.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-707036

Resumo

This study evaluated the biomechanical use of cortical allografts preserved in honey for the stabilization of transverse osteotomy of ilium in dogs, as well as the use of wire hemicerclage alone against the bending forces. Thirteen canine were tested bilaterally, where one side was stabilized with bone graft and the other with wire hemicerclage alone. The prototypes stabilized with bone graft were statistically more resistant to strength flexion than those wire hemicerclage used alone. The results showed that the use of cortical bone implants is a viable alternative for fixing the iliac osteotomy in dogs.
Este trabalho comparou biomecanicamente o uso de um implante ósseo cortical alógeno preservado em mel para a estabilização de osteotomia transversa de ílio em cães, bem como o uso de hemicerclagem de fio de aço isoladamente frente às forças de flexão. Foram testadas bilateralmente 13 pelves caninas em que um lado foi estabilizado com implante ósseo e o outro com hemicerclagem de fio de aço isoladamente. Os protótipos estabilizados com implante ósseo foram estatisticamente mais resistentes às forças de flexão do que os estabilizados com hemicerclagem de fio de aço usada isoladamente. Os resultados demonstraram que o uso de implante ósseo cortical alógeno é uma alternativa viável para a fixação da osteotomia ilíaca em cães.
Biblioteca responsável: BR68.1