Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Aplicação das classificações do sistema de informação estatística brasileiro à cadeia produtiva óleo-suco-citrícola nacional

da Silva Santos, Adailson; Costa de Souza Santos, Leila.
Ci. Rural; 41(4)2011.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-707233

Resumo

This paper addresses the application of the Statistical Information System classifications in force in Brazil in the agro-industrial production chain, thus filling a gap in the literature of agricultural sciences. Due to its prominence in the sector, in terms of production / marketing / exports, it was selected the productive chain of the oil-juice-citrus Brazilian industry. The goal is to identify each classification position in the chain and downstream and upstream demands for each activity and product. Considering the statistical system, it was analyzed the National Classification of Economic Activities (CNAE) and the Mercosul Common Nomenclature (NCM). It was consulted the statistical information of the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) and the United Nations (UN), besides the specific scientific literature. In general, these classifications of economic activities and products are not mutually exclusionary but can overlap each other with relative ease and minimal intervention. Despite the many existing segmentation, both the supply chain and the classifications from this work are set correctly. The productive chain of the oil-juice-citrus Brazilian industry involves these activities: cultivation, production, harvesting, processing of juices and related, industrial utilization of by-products and waste / scrap, packing houses, distribution, marketing and consumption. The products are: agricultural inputs, orange (fruit), juices, essential oils, aromatic waters, terpenes, terpenoids, limonene, fragrance and cosmetics.
O trabalho aborda a aplicação das classificações do Sistema de Informação Estatística em vigência no Brasil na cadeia produtiva agroindustrial, preenchendo assim uma lacuna existente na literatura das ciências agrárias. Devido ao seu destaque no setor, em termos de produção/ comercialização/ exportação, selecionou-se a cadeia produtiva da indústria brasileira óleo-suco-citrícola. O objetivo é identificar o posicionamento de cada classificação na cadeia e as demandas a jusante e a montante para cada atividade e produto. Considerando o sistema estatístico, foi analisada a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) e a Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM). Foram consultadas as informações estatísticas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Organização das Nações Unidas (ONU), além da específica literatura científica. De modo geral, essas classificações de atividades econômicas e produtos não são mutuamente excludentes, mas podem sobrepor-se umas às outras com relativa facilidade e mínima intervenção. Apesar das muitas segmentações existentes, tanto a cadeia produtiva, quanto as classificações deste trabalho encontram-se corretamente definidas. Os elos da cadeia produtiva da indústria óleo-suco-citrícola brasileira envolvem estas atividades: cultivo, produção, colheita, processamento dos sucos e afins, aproveitamento industrial de subprodutos e resíduos/refugos, packing houses, distribuição, comercialização e consumo. Os produtos são: insumos agrícolas, a laranja (fruta), os sucos, óleos essenciais, águas aromáticas, terpenos, terpenoides, limoneno, perfumes e cosméticos.
Biblioteca responsável: BR68.1