Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

REQUENCY OF ANTI-Neospora caninum ANTIBODIES IN DOGS AT MUNICIPALITY ILHEUS, BAHIA / FREQUÊNCIA DE ANTICORPOS CONTRA Neospora caninum em CÃES DO MUNICÍPIO DE ILHÉUS, BAHIA

saanessaanessaanessaanessaanessaanessa; Mara Lopes Sicupira, Patrícia; Fernando Pita Gondim, Luis; Dias Munhoz, Alexandre.
Ci. Anim. bras.; 10(1): 306-311, 2009.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-713386

Resumo

The aim of this study was to determine the frequency of Neospora caninum antibodies in dogs at Ilheus Municipality, in the State of Bahia, as well as the influence of the dogs habitat on their seropositivity. A total of 161 blood samples were collected and the indirect immunofluorescence reaction was conducted, with a cut-off of 1:50. The statistical analysis was conducted based on the chi-square test as corrected by Yates. A seropositivity of 19 (11.8%) samples was determined, whereas 21.9% were stray animals and 9.3% house pets (p=0.1). The dogs in urban areas had a higher seropositivity than those periurban areas (p=0.03). Such results indicate the presence of N. caninum in the region.KEY WORDS: Canine, neosporosis, prevalence, risk factors.
Este estudo teve como objetivo determinar a frequência de cães soropositivos para Neospora caninum, no município de Ilhéus, BA, e a influência da procedência dos cães com soropositividade. Coletaram-se 161 amostras de sangue dos animais, as quais foram testadas por meio da reação de imunofluorescência indireta, empregando-se um ponto de corte de 1:50. Na análise estatística foi utilizado o teste do qui-quadrado com correção de Yates. Detectaram-se dezenove (11,8%) cães soropositivos para o parasito, sendo que, entre os positivos, 21,9% eram errantes e 9,3% domiciliados (p = 0,1). Os animais residentes em áreas urbanas apresentaram uma maior soropositividade para o parasito quando comparados com os animais da área periurbana (p=0,03). Os resultados são indicativos da presença de N. caninum na região estudada. PALAVRAS-CHAVES: Caninos, fatores de risco, neosporose, prevalência.
Biblioteca responsável: BR68.1