Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Performance, eggshell quality and yolk fatty acid levels of laying hens fed increasing levels of soybean oil in post-molting period- DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i2.1223 / Desempenho, qualidade da casca e perfil lipídico de gemas de ovos de poedeiras comerciais alimentadas com níveis crescentes de óleo de soja no segundo ciclo de postura - DOI: 10.4025/actascianimsci.v27i2.1223

Aparecida Rodrigues, Eliana; Cardoso Cancherini, Luciana; Mack Junqueira, Otto; Carlos de Laurentiz, Antonio; da Silva Filardi, Rosemeire; Ferreira Duarte, Karina; Maria Casartelli, Elenice.
Acta Sci. Anim. Sci.; 27(2): 207-212, 2005.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-724676

Resumo

Performance, eggshell quality and yolk fatty acid levels of laying hens fed increasing levels of soybean oil in post-molting period. Two hundred and forty commercial layers with 68 weeks of age, previously submitted to induced molting, were used to evaluate the influence of the addition of soybean oil in increasing levels of soybean oil on performance, shell quality and profile of the fatty acids in the yolks of layers in second laying cycle. The birds were distributed in a completely at random experimental design in a factorial arrangement 5 x 2, with 3 replications of 8 birds each. The factors were 5 levels of soybean oil inclusion (0, 2, 4, 6 and 8%) in post molted period, and 2 levels (2 and 4%) in the production period. The different levels of inclusion of oil in the diets during the post-molted period just determined a lineal increase in the production of eggs. The levels of oil added to the diets during the production period didn"t have effect on none of the parameters evaluate
Foram utilizadas 240 poedeiras com 68 semanas de idade, anteriormente submetidas à muda forçada. O objetivo do estudo foi avaliar a influência da adição de níveis crescentes de óleo de soja em dietas para poedeiras de segundo ciclo de postura sobre o desempenho, qualidade de casca e perfil dos ácidos graxos de gemas de ovos de poedeiras em segundo ciclo de produção. As aves foram distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 5 x 2, com 3 repetições de 8 aves cada. Os fatores foram 5 níveis de inclusão de óleo de soja (0%, 2%, 4%, 6% e 8%) no período de pós-muda e dois níveis (2% e 4%) no período de produção. Os diferentes níveis de inclusão de óleo nas rações, durante a fase de pós-muda, determinaram apenas um aumento linear na produção de ovos. Os níveis de óleo utilizados na fase de produção não tiveram efeito sobre nenhum dos parâmetros avaliados
Biblioteca responsável: BR68.1