Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Performance, carcass characteristics and chemical composition of nonpregnant or pregnant heifers finished in feedlot - DOI: 10.4025/actascianimsci.v29i4.1010 / Desempenho, características de carcaça e composição química de diferentes cortes comerciais de novilhas mestiças não-gestantes ou gestantes terminadas em confinamento - DOI: 10.4025/actascianimsci.v29i4.1010

Maria Araújo Macedo, Lívia; Martin do Prado, Ivor; Ducatti, Taciana; Martin do Prado, Juliana; Matsushita, Makoto; Nunes do Prado, Ivanor.
Acta Sci. Anim. Sci.; 29(4): 425-432, 2007.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-724692

Resumo

This work was carried out to study the effect of pregnancy on performance, carcass characteristics and chemical composition of crossbred heifers in comparison with nonpregnant heifers finished in feedlot. Five pregnant heifers and five nonpregnant heifers, 20 months old and with initial live weight of 327 kg were used. The initial live weight, final weight, average daily gain, intake, feed conversion, carcass weight, hot carcass dressing, Longissimus area and fat thickness (4.21 mm) did not differ (p > 0.05) between treatments. Pregnant heifers chuck showed higher levels (p 0.05) of moisture and ash, and lower levels (p 0.05) of total fat, than nonpregnant heifers. Pregnant heifers rump showed higher levels (p 0.05) of moisture. Nonpregnant heifers striploin had the highest level (p 0.05) of moisture. The fatty acid profile of pregnant heifers chuck had the highest levels (p 0.05) of 14:0, 16:1n7 and 20:4n6, but showed the lowest level (p 0.05) of 17:0. Nonpregnant heifers topside showed the highest levels (p 0.05) of 18:1t11 and 18:2c9t1. Pregnant heifers chuck showed the highest level (p 0.05) of PUFA. Nonpregnant heifers had higher levels of n-6 fatty acids than pregnant heifers. The striploin of pregnant heifers showed higher percentage (p 0.05) of n-3.
Objetivou-se avaliar o efeito da gestação sobre o desempenho, características de carcaça e composição físico-química de cinco cortes de novilhas mestiças em confinamento. Utilizaram-se cinco novilhas gestantes e cinco não-gestantes com 20 meses e peso corporal de 323 kg. Não houve diferença (p > 0,05) para peso final, ganho médio diário, consumo, conversão alimentar, peso de carcaça, rendimento de carcaça, área de olho de lombo e espessura de gordura de cobertura entre os tratamentos. O acém das novilhas gestantes teve maiores teores (p 0,05) de umidade e cinzas e menor (p 0,05) de lipídios totais. A alcatra das novilhas gestantes teve maior (p 0,05) teor de umidade. O contrafilé das novilhas não-gestantes apresentou maior (p 0,05) teor de umidade. O acém das novilhas gestantes apresentou maiores teores (p 0,05) de 14:0, 16:1n-7 e 20:4n-6 e maior de 17:0. O coxão mole das novilhas não-gestantes apresentou maiores teores (p 0,05) de 18:1t11 e 18:2c9t11. O acém das novilhas gestantes apresentou maior percentagem (p 0,05) de AGPI. As novilhas não-gestantes apresentaram maiores níveis (p 0,05) de ácidos graxos da família n-6. O contrafilé das novilhas gestantes teve a maior percentagem (p 0,05) de n-3.
Biblioteca responsável: BR68.1