Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Condições físicas e higiênico-sanitárias dos abatedouros da Paraíba, Nordeste do Brasil / Physical and hygienic-sanitary conditions of the slaughterhouses of Paraíba State, Northeastern Brazil

Morais, Dayana Firmino; Vilela, Vinícius Longo Ribeiro; Feitosa, Thais Ferreira; Athayde, Ana Célia Rodrigues.
R. bras. Ci. Vet.; 24(4): 201-206, out.-dez. 2017. mapas, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-734718

Resumo

Este trabalho teve como objetivo avaliar as condições físicas e higiênico sanitárias dos principais abatedouros da Paraíba. Foram visitados 66 estabelecimentos distribuídos em 65 municípios. Em cada abatedouro foi aplicado um questionário acercados procedimentos de matança, uso de equipamentos, formas de abate, instalações e aspectos higiênicos sanitários dos estabelecimentos. Em 65,2% (43/66) foi observado a ausência do médico veterinário durante os procedimentos de abate. A maioria dos estabelecimentos eram localizados em zona urbana. Os pisos e revestimento das paredes apresentavam péssimo estado de conservação. Em nenhum abatedouro foi observada a utilização de todos os Equipamentos de Proteção Individual recomendados para os manipuladores de alimentos. Verificou-se que 68,1% (21/66) dos abatedouros visitados encontravam-se em péssimas condições de higiene e que as práticas de abate humanitário não ocorriam em 86,4% (57/66) dos estabelecimentos em que abatiam-se bovinos. Já para a realização do abate de suínos caprinos e ovinos em nenhum estabelecimento eram utilizados métodos humanitários de insensibilização, todos os abatedouros utilizavam a marreta. Sendo assim, concluiu-se que as condições físicas e higiênico-sanitárias dos abatedouros da Paraíba proporciona riscos à qualidade da carne, à saúde dos funcionários dos abatedouros e da população que consome os produtos provenientes desses estabelecimentos. Por isso, medidas de incentivo a adequação desses abatedouros às normas vigentes devem ser realizadas o mais rápido possível.(AU)
This study aimed to evaluate the physical and hygienic-sanitary conditions of the main slaughterhouses of Paraíba State,Northeastern Brazil. Were visited 66 slaughterhouses in 65 cities, where a questionnaire about on the procedures of slaughter, use of equipment, slaughtering forms, facilities and the sanitary aspects of establishments was applied. In 65.2% (43/66) the absence of the veterinarian during slaughter procedures was observed. Most establishments were located in urban areas. The floors and walls were poorly maintained. In no slaughterhouse has been observed the use of all Individual Protection Equipment recommended for food handlers. It was found that 68.1% (21/66) of the abattoirs visited were in poor hygienic conditions and that slaughter humantary practices did not occur in 86.4% (57/66) of establishments where they were slaughtered cattle. For the slaughtering of pigs, goats and sheep in any establishment were used humanitarian methods of desensitization, all slaughterers used the sledgehammer. Thus, it was concluded that the physical and hygienic-sanitary conditions of slaughterhouses in Paraíba carriages risks to the quality of the meat, to the health of the slaughterers and to the population that consumes the products from these slaughterhouses. Therefore, measures to encourage the adequacy of these abattoirs to current standards should be carried out as soon as possible.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1