Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Clinical and radiographic changes of carpi, tarsi and interphalangeal joints of beef zebu bulls on semen collection regimen / Mudanças clínicas e radiográficas das articulações carpo, tarso e interfalangeana de touros de corte zebuínos em regime de colheita de sêmen

Motta, G. A; Girardi, A. M; Sabes, A. F; Portugal, E. S; Nociti, R. P; Bueno, G. M; Marques, L. C.
Arq. bras. med. vet. zootec; 69(6): 1357-1366, Nov.-Dez. 2017. tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-735030

Resumo

Osteoarthritis and osteochondrosis are highly correlated to reproductive failure in bulls. This study aimed to evaluate the carpal, tarsal and interphalangeal lesions in beef zebu bulls on semen collection regimen. Twenty-one beef cattle bulls, in a total of forty-one animals, were split into three age-based groups: animals from two to four years old (GI), from more than four to eight years old (GII) and above eight years old (GIII). The clinical findings were conformational changes of limbs, synovial effusion, peripheral venous engorgement of joints and prolonged decubitus. The total population showed moderate clinical manifestation and radiographic score. The GIII presented more severe joint lesions. Carpi and tarsi regions had discrete to difuse osteophytosis, subchondral cysts, cartilaginous flaps, bone incongruence and fragmentation, osteitis, and ankylosis. Interphalangeal joints presented osteophytosis, distal phalanx osteitis and enthesophytosis. The digital radiographic examination allowed full identification of articular lesions and their clinical correspondences, besides the positive correlation between age, body weight and radiographic score.(AU)
Osteoartrite e osteocondrose estão altamente correlacionados à falha reprodutiva em touros. Este estudo teve como objetivo avaliar as lesões do carpo, tarso e interfalangianas em touros zebuínos de corte em regime de coleta de sêmen. Vinte e um bovinos de corte, touros, provenientes de um total de 41 animais, foram divididos em três grupos baseados na idade, sendo eles: animais de dois a quatro anos (GI), de mais de quatro a oito anos (GII) e acima de oito anos de idade (GIII). Os sinais clínicos encontrados foram mudanças de conformação dos membros, derrame sinovial, ingurgitamento venoso periférico das articulações e decúbito prolongado. A população total avaliada apresentou manifestação clínica e escore radiográfico de grau moderado. Os touros mais velhos apresentaram maior gravidade nas lesões articulares. O GIII foi o que apresentou as lesões articulares mais severas. Identificou-se nos carpos osteofitose de discreta a difusa, cistos subcondrais, "flaps" cartilaginosos, fragmentação óssea, perda de congruência óssea, osteíte e anquilose; as lesões társicas obedeceram ao mesmo padrão. As articulações interfalangeanas apresentaram somente osteofitose, osteíte nas falanges distais e entesiofitose. O exame radiográfico digital permitiu a identificação completa das lesões articulares e suas correspondências clínicas, além da correlação positiva entre a idade, o peso corporal e o escore radiológico.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1