Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

The effect of size and density on nut removal in Syagrus loefgrenii Glassman (Arecaceae) in the Brazilian Cerrado

Ragusa-Netto, J..
Braz. J. Biol.; 78(1)2018.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-739211

Resumo

Abstract In this study I tested the effect of Syagrus loefgrenii nut size and number on the intensity of removal by rodents across seasons. Trials were performed in which piles of either small or large endocarps (1, 3, 6, 12, and 25) were subjected to removal by rodents in the Cerrado (Brazilian savanna). Despite of variations in the intensity of removal, always this process decrease conform endocarp number. Also, mean proportion of endocarp removal was unrelated to year period, initial number, and size of endocarps. Hence, endocarp removal was consistently negative density-dependent. As, in principle, the observed patterns of nut removal point out similar survival chances for both nut sizes, the pervasive negative density-dependent response emerges as a strategy in S. loefgrenii to swamp rodents all year round irrespective of seed size.
Resumo Avaliei o efeito do tamanho e densidade de endocarpos de Syagrus loefgrenii sobre a intensidade de remoção por roedores conforme a estação do ano. Para tanto, desenvolvi experimentos no Cerrado em que pilhas de endocarpos pequenos ou grandes (1, 3, 6, 12 e 25), foram sujeitos à remoção por roedores. Apesar da intensidade de remoção variar ao longo do ano, sempre esse processo teve relação inversa com o número de endocarpos. Além disso, em qualquer estação do ano, as proporções médias de endocarpos removidos sempre foram menores nas pilhas maiores, independentemente do tamanho dos endocarpos. Portanto, o processo de remoção de endocarpos foi negativamente dependente da densidade. Como, em princípio, os padrões de remoção em S. loefgrenii sugerem chances similares de sobrevivência tanto para endocarpos grandes, quanto pequenos, a preponderância de resposta negativamente dependente da densidade emerge como uma estratégia de S. loefgrenii voltada a saciar roedores em qualquer período do ano independentemente do tamanho de suas sementes.
Biblioteca responsável: BR68.1