Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Occurrence of anti-Toxoplasma gondii antibodies and parasite DNA in backyard chicken breeding in Northeast, Brazil

Fernandes, Marcela Fernanda Torres Samico; Cavalcanti, Erika Fernanda Torres Samico Fernandes; Silva, José Givanildo da; Mota, André da Rocha; Souza Neto, Orestes Luiz de; Santos, André de Souza; Albuquerque, Pedro Paulo Feitosa de; Lima, Débora Costa Viegas de; Mota, Rinaldo Aparecido.
Artigo em Inglês | VETINDEX-Express | ID: vti-743470

Resumo

Abstract The aim of the present study was to investigate the occurrence of anti-Toxoplasma gondii antibodies and parasite DNA in backyard chickens bred in the metropolitan area of Recife, Brazil. In total, 212 serum samples were collected from 16 properties, and 12 backyard chickens were collected in the six sanitary districts of Recife. An indirect immunofluorescence assay (IFA) was used to investigate the occurrence of anti-Toxoplasma gondii antibodies. Polymerase chain reaction (PCR) was used to detect T. gondii DNA in brain, heart, liver and lung specimens. Of the samples analyzed by serology, 86/212 (40.56%) were positive; of the samples analyzed by PCR, 2/12 (16.7%) were positive, with both samples positive by both tests (serological and molecular). The presence of antibody anti-T. gondii and parasite DNA in tissues of these animals are worrying aspects for public health because there is a risk of transmission of the parasite to humans through eating undercooked or raw meat. Based on the results, the adoption of preventive measures to prevent the cats access to the chickens creations should be encouraged, since these animals were identified in most of the studied properties.
Resumo O objetivo do presente estudo foi investigar a ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii e de DNA do parasito em galinhas de criações domésticas, na região metropolitana de Recife, Brasil. No total, 212 amostras de soro foram coletadas de aves de 16 estabelecimentos e de 12 galinhas de criações domésticas nos seis distritos sanitários de Recife. Para a pesquisa de anticorpos anti-Toxoplasma gondii foi utilizada a Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI). A Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) foi utilizada para detectar o DNA de T. gondii em fragmentos de cérebro, coração, fígado e pulmão. Das amostras analisadas por sorologia, 86/212 (40,56%) foram positivas. Das amostras analisadas por PCR, 2/212 (16,7%) foram positivas, em ambos os testes (sorológicos e moleculares). A presença de anticorpos anti-T. gondii e de DNA parasitário nos tecidos desses animais são aspectos preocupantes para saúde pública, porque há o risco de transmissão do parasita para humanos através da ingestão de carne mal cozida ou crua. Com base nos resultados obtidos, a adoção de medidas preventivas que evitem o acesso de gatos às criações de galinhas deve ser incentivada, uma vez que esses animais foram identificados na maioria das propriedades estudadas.
Biblioteca responsável: BR68.1