Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Fatal asphyxia due to laryngeal displacement by large-sized prey in a Guiana dolphin (Sotalia guianensis), Brazil / Asfixia por deslocamento laríngeo associado a consumo de presa de grande tamanho em boto-cinza (Sotalia guianensis), Brasil

Mariani, Daniela Bueno; Guimarães, Juliana Plácido; Batista, Renata Guedes; Brum, Andrei; Groch, Kátia Regina; Díaz-Delgado, Josué; Parente, Jociery Einhardt Vergara.
Ci. Rural; 50(2): e20190068, Feb. 3, 2020. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-744680

Resumo

The Guiana dolphin (Sotalia guianensis) is a small odontocete distributed from Santa Catarina state, Brazil, to Honduras. Although it is currently considered “near threatened” by the International Union for Conservation of Nature, considerable knowledge on health and disease aspects of this species has been gained over the last decade. The main threats for the species are represented by multiple anthropic factors. Guiana dolphins feed on a variety of taxa, primarily teleosts, crustaceans, and cephalopods. Herein, we reported a case of severe laryngeal displacement and esophageal impaction with ulceration associated with a deglutted adult leatherjacket (Oligoplites sp.). This fish species is not a common prey item of Guiana dolphins diet. Severe upper aerodigestive compromise likely led to death by mechanical asphyxia (choke) in this dolphin. This report attested the occurrence of upper aerodigestive dysfunction due to overzealous feeding in Guiana dolphin and contributed to general knowledge on pathology of the species.(AU)
O boto-cinza (Sotalia guianensis) é um pequeno odontoceto que ocorre desde o estado de Santa Catarina, Brasil, até Honduras. Embora esta espécie seja considerada “quase ameaçada” pela União Internacional para a Conservação da Natureza, um considerável conhecimento sobre diversos aspectos de saúde e doença nesta espécie foi adquirido na última década. As principais ameaças para a espécie são representadas por múltiplos fatores antrópicos. Os botos-cinza se alimentam de uma variedade de táxons, incluindo principalmente teleósteos, crustáceos e cefalópodes. No presente estudo relatamos um caso de deslocamento laríngeo grave e impactação esofágica com ulceração pela deglutição de um peixe adulto do gênero Oligoplites. Esta espécie de peixe não é um elemento comum da dieta dos botos-cinza. É possível que o comprometimento aerodigestivo grave tenha levado o animal à morte por asfixia mecânica. Este relato atesta a ocorrência de disfunção aerodigestiva superior devido à alimentação de tamanho excessivo por um boto-cinza, e contribui para o conhecimento geral de patologias na espécie.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1