Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Cryptocaryon irritans, a ciliate parasite of an ornamental reef fish yellowtail tang Zebrasoma xanthurum / Cryptocaryon irritans, parasito ciliado do peixe ornamental de recife “yellowtail tang” Zebrasoma xanthurum

Cardoso, Pedro Henrique Magalhães; Soares, Herbert Sousa; Martins, Maurício Laterça; Balian, Simone de Carvalho.
R. bras. Parasitol. Vet.; 28(4): 750-753, 2019. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-744867

Resumo

Cryptocaryon irritans is an obligate parasitic ciliate protozoan of wild and cultured marine fish. It causes white spot disease, and infections with this pathogen can cause significant losses for aquarists and commercial marine cultures worldwide. This study reports the occurrence of C. irritans parasitizing the ornamental reef fish, yellowtail tang, Zebrasoma xanthurum. Six days after being introduced to a new environment, 11 yellowtail tangs had white spots scattered across their bodies and fins. Suspicion of infection with C. irritans was evaluated by scraping the skin to confirm clinical diagnosis. After confirmation, the yellowtail tangs were transferred to a hospital aquarium and treated with the therapeutic agent Seachem Cupramine® for 15 days. During the treatment period, the copper concentration was monitored daily. At the end of the treatment, none of the yellowtail tangs showed clinical signs of white spots on their bodies, and skin scraping confirmed the yellowtail tangs were no longer infected. Subsequently, the yellowtail tangs were released for sale.(AU)
Cryptocaryon irritans é um protozoário ciliado parasita obrigatório de peixes marinhos selvagens e cultivados. Causa a doença dos pontos brancos. Infecções por esse patógeno pode causar perdas significativas para aquaristas e para marinocultura comercial em todo o mundo. Este estudo relata a ocorrência de C. irritans parasitando a espécie de peixe ornamental de recife Zebrasoma xanthurum. Seis dias após serem introduzidos no novo ambiente, onze peixes apresentaram pontos brancos espalhados pelo corpo e nadadeiras. Suspeitando de infecção por C. irritans foi realizado raspado de pele para confirmar o diagnóstico clínico. Após a confirmação, os peixes foram transferidos para um aquário hospital e tratados com o agente terapêutico Seachem Cupramine® por 15 dias. Durante o período de tratamento o monitoramento da concentração de cobre foi diário através da utilização de um fotômetro. Após o final do tratamento, todos os peixes já não apresentavam mais sinais clínicos de pontos brancos pelo corpo, e foram negativos no raspado de pele, sendo foram encaminhados para comercialização.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1