Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

PREVALÊNCIA DE ANTICORPOS CONTRA ARBOVÍRUS DA FAMÍLIA italic>Bunyaviridae /italic> EM BÚFALOS DE ÁGUA

Casseb, Alexandre Rosário; Silva, Sandro Patroca; Casseb, Livia Medeiros Neves; Chiang, Jannifer Oliveira; Martins, Lívia Carício; Vasconcelos, Pedro Fernando Costa.
Ci. Anim. bras.; 16(3)2015.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-745103

Resumo

title>Abstract /title> p>The State of Pará comprises 26% of Brazilian Amazon region where a large diversity of arboviruses has been described. This study sought to assess the prevalence and distribution of haemagglutination-inhibition antibodies against antigens of nine different types of arbovirus of the italic>Bunyaviridae /italic> family, where eight were italic>Orthobunyavirus: Guaroa virus, Maguari virus, Tacaiuma virus, Utinga virus, Belem virus, Caraparu virus, Oropouche virus /italic> and italic>Catu virus, /italic> and one italic>Phlebovirus: Icoaraci virus /italic> in sera samples of water buffaloes in Pará State, Brazil. For all Arboviruses investigated there were antibodies, with the exception of italic>Belem virus. /italic> Antibodies to italic>Maguari virus /italic>were more prevalent (7.33%). The water buffaloes of the present study showed variable levels of antibodies in monotypic and heterotypic reactions that may indicate there are movements from most bunyavirus studied in domestic buffaloes in the state of Pará, and the italic>Maguari virus /italic> presents the largest circulation. Therefore, further studies are needed to investigate the role of water buffalo in the maintenance and dispersal of arboviruses, as well as whether these viruses can cause disease in that species, especially in cases of birth defects and abortions. /p>
title>Resumo /title> p>O Estado do Pará corresponde a 26% da Amazônica brasileira, onde uma grande quantidade de Arbovírus tem sido descrito. O presente trabalho teve como objetivo determinar a prevalência de anticorpos detectados pela técnica de inibição de hemaglutinação contra nove tipos diferentes de arbovírus da família italic>Bunyaviridae, /italic> sendo oito do gênero italic>Orthobunyavirus: vírus Guaroa, vírus Maguari, vírus Tacaiuma, vírus Utinga, vírus Belem, vírus Caraparu, vírus Oropouche /italic> e italic>vírus Catu /italic>e um do gênero italic>Phlebovirus: vírus Icoaraci, /italic> em soros de búfalos de água no Estado do Pará, Brasil. Para todos os Arbovírus investigados houve presença de anticorpos, com exceção do italic>vírus Belém. /italic>Anticorpos para o italic>vírus Maguari /italic> foram mais prevalentes (7,33%). O rebanho bubalino do presente estudo mostrou variáveis níveis de anticorpos em reações heterotípicas e monotípicas podendo indicar que há circulação da maioria dos bunyavírus estudados em búfalos domésticos no estado do Pará, e que o vírus Maguari é o de maior circulação. Por isso, são necessários outros estudos para investigar o papel dos búfalos de água na manutenção e dispersão de arbovírus, assim como se esses vírus podem causar enfermidades na referida espécie, principalmente, em casos de defeitos congênitos e abortamentos. /p>
Biblioteca responsável: BR68.1