Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

VIRULÊNCIA E ASPECTOS BIOLÓGICOS DE ISARIA JAVANICA (FRIEDER & BALLY) SAMSON & HYWELL-JONES SOBRE COPTOTERMES GESTROI (WASMANN) (ISOPTERA: RHINOTERMITIDAE)

Lopes, R.S.; Svedese, V.M.; Portela, A.P.A.S.; Albuquerque, A.C.; Luna-Alves Lima, E.A..
Arq. Inst. Biol.; 78(4)2011.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-759904

Resumo

ABSTRACT The Asiatic termite Coptotermes gestroi is considered a pest in urban areas causing extensive damage to houses, buildings and trees. The present study evaluated the effectiveness of Isaria javanica URM4993 and URM4995 on workers of C. gestroi. Insects were sprayed with concentrations of 104 at 108 conidia/mL and kept in an incubator at 25 ± 1º C and 80 ± 10% relative humidity. Results were used to determine the lethal concentration (LC50) and lethal time (LT50). Conidia production on dead insects was assessed. Biological aspects related to germination and sporulation, before and after infection with C. gestroi were also assessed. The fungus was virulent to termites, causing infection at all tested concentrations, with I. javanica URM4993 being the most virulent, causing 100% mortality after six days of inoculation (LC50 of 4.86 x 10 conidia/mL and LT50 of 2.26 days). Sporulation on dead insects did not differ between strains. The percentage of germination was greater for reisolated strains than for standard strains. However, I. javanica URM4993 showed greater sporulation. These results show that the fungus is a candidate for the biological control of termites.
RESUMO O cupim asiático Coptotermes gestroi é considerado praga em áreas urbanas, causando danos expressivos em casas, edifícios e árvores. Esta pesquisa avaliou a eficiência de Isaria javanica URM4993 e I. javanica URM4995 sobre operários de C. gestroi. Os insetos foram pulverizados nas concentrações de 104 a 108 conídios/mL e mantidos em incubadora a 25 ± 1º C e 80 ± 10% de umidade relativa. Determinou-se a Concentração Letal (CL50) e o Tempo Letal (TL50), bem como foi quantificada a produção de conídios sobre os insetos mortos. Os aspectos biológicos referentes à germinação e esporulação, antes e após a infecção em C. gestroi, foram avaliados. O fungo foi virulento ao cupim, causando infecção em todas as concentrações utilizadas, sendo que I. javanica URM4993 foi mais eficiente, por causar mortalidade de 100%, após o 6º dia de inoculação (CL50 de 4,86 conídios/mL e TL50 de 2,26 dias). A esporulação nos insetos mortos não diferiu entre as linhagens. Foi observado que o percentual de germinação foi maior nas linhagens reisoladas do que nas linhagens padrão. Contudo, I. javanica URM4993 apresentou maior potencial de esporulação. Esses resultados mostram o fungo como um candidato ao controle biológico desse cupim.
Biblioteca responsável: BR68.1