Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Embrionary development and larvae stages of mandi-amarelo Pimelodus maculatus / DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO E ESTÁGIOS LARVAIS DO MANDI-AMARELO Pimelodus maculatus

LUZ, Ronald Kennedy; REYNALTE-TATAJE, David Augusto; FERREIRA, Arthur Augusto; ZANIBONI-FILHO, Evoy.
B. Inst. Pesca; 27(1)2001.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-760805

Resumo

The knowledge of early stages of fish embryonic development is very important for the study of native species with potential for rearing. The experiment was performed at São Carlos Fisheries Laboratory, São Carlos, SC, to follow embryonic development and initial larvae stages of Pimelodus maculatus. It was observed that, at the average temperature of 23.1 ± 0.5°C, the blastopore closed after 5 hours and 50 minutes. The hatching occurred 21 hours and 20 minutes after the fertilization. Newly hatched larvae had a total length average of 2.56 ± 0.13 mm. Both barbs pairs were noted within 33 hours and 10 minutes after hatching. After 41 hours and 10 minutes, the larvae showed horizontal swimming movements and open mouth. The existence of cannibalism was immediately noted.
O conhecimento dos estágios iniciais do desenvolvimento embrionário de peixes é de extrema importância para o estudo de espécies nativas com potencial para a piscicultura. Este trabalho foi realizado na Estação de Piscicultura de São Carlos, São Carlos, SC, com o objetivo de acompanhar o desenvolvimento embrionário e conhecer os estágios larvais iniciais do mandi-amarelo. A uma temperatura média de 23,1 ± 0,5°C, o fechamento do blastóporo foi observado após 5 horas e 50 minutos. A eclosão ocorreu 21 horas e 20 minutos após a fertilização. As larvas recém-eclodidas apresentaram comprimento total médio de 2,56 ± 0,13 mm. Os dois pares de barbilhões foram observados 33 horas e 10 minutos após a eclosão. Decorridas 41 horas e 10 minutos da eclosão, as larvas apresentaram movimentos natatórios horizontais e abertura da boca, observando-se imediatamente a ocorrência de canibalismo.
Biblioteca responsável: BR68.1