Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

EXPRESSÃO DA GLICOPROTEÍNA-P E MRP1 EM TECIDOS DE CÃES COM LEISHMANIOSE VISCERAL

CALADO, A. M. C.; RAMOS, R. A. N.; CINTRA, R. J.; ALVES, L. C.; TINUCCI-COSTA, MIRELA.
Ars vet; 30(2): 71-76, 2014.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-765107

Resumo

Glicoproteína-P (gp-P) e proteína de resistência a múltiplas drogas (MRP1) são bombas de efluxo responsáveis pelo fenótipo MDR (resistência a múltiplas drogas). Neste trabalho, investigamos a expressão por imuno-histoquímica da gp-P e MRP1 em amostras de tecidos de 24 cães com Leishmania infantum (syn. L. chagasi), e avaliamos se a leishmaniose visceral canina (LVC) induz a MDR em cães, tendo a expectativa de que os resultados obtidos possam oferecer perspectivas de uma abordagem terapêutica mais segura e eficaz nesta doença. Os resultados mostraram que a expressão da gp-P nas amostras de cães com LVC foi maior (p
Biblioteca responsável: BR68.1