Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 7.709
Filter
1.
Braz. dent. sci ; 24(1): 1-8, 2021. tab, ilus
Article in English | LILACS, BBO | ID: biblio-1145561

ABSTRACT

Objetivo: Avaliar a relação entre a densidade óssea medida em imagens de tomografia computadorizada (TC) e tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC) e relacionar com a estabilidade primária de implantes dentários. Material e métodos: Foram utilizadas neste estudo 20 cabeças femorais bovinas frescas, preparadas pela remoção de partes moles, secção do osso e colocação de marcadores para localização e angulação dos implantes. A densidade óssea da área peri-implantar foi determinada no pré-operatório em imagens TC e TCFC das amostras de osso peparado, representadas por unidades Hounsfield (HUs) e valores de cinza (GVs), respectivamente. Em seguida, 60 implantes em três tamanhos (diâmetro = 4 mm, comprimento = 8, 10 e 12 mm) foram inseridos nos ossos e o torque máximo de inserção (TI) foi registrado. O dispositivo Osstell também foi usado para determinar o quociente de estabilidade do implante (ISQ) para cada implante. A análise estatística foi realizada nos dados (α = 0,05). Resultados: Os valores médios ± DP de GV,HU e ISQ foram 1592,75 ± 231,82, 675,26 ± 115,38 e 61,90 ± 10,14, respectivamente. Além disso, o limite de TI mais frequente foi 30-35 Ncm (41,4%). Relações significativas foram observadas entre HU e IT, GV e IT, HU e ISQ, GV e ISQ, e IT e ISQ em todos os tamanhos de implante. Os GV e HU também se correlacionaram significativamente. Conclusão: Os valores da densidade óssea em imagens de TCFC e TC mostram-se positivamente associados para estabilidade primária de implantes dentários. Portanto, os GVs obtidos no Sistema de TCFC (Sirona's Galileos) poderiam ser usados para a seleção pré-operatória de sítios edêntulos que permitam uma melhor estabilidade do implante ou locais que requerem procedimentos adicionais para aumentar a taxa de sucesso dos implantes dentários. (AU)


Objective: To evaluate the relationship between bone density measured by computed tomography (CT) and cone beam computed tomography (CBCT) (Sirona's Galileos scanner) with primary stability of dental implants. Material and methods: 20 fresh bovine femoral heads were prepared by removal of soft tissue, sectioning of the bone, and placement of markers for location and angulation of implants. Bone density of peri-implant areas was determined preoperatively by CT and CBCT scanning of the prepared bone samples represented by Hounsfield units (HUs) and gray values (GVs), respectively. Then, 60 implants in three sizes (diameter = 4 mm, length = 8, 10, and 12 mm) were inserted into the bones and maximum insertion torque (IT) was recorded. Osstell device was also used for determining the implant stability quotient (ISQ) for each implant. Statistical analysis was performed on the data (α = 0.05). Results: Mean ± SD values of GV,HU, and ISQ were 1592.75 ± 231.82, 675.26 ± 115.38 and 61.90 ± 10.14, respectively. Moreover, the most frequent IT limit was 30-35 Ncm (41.4%). Significant relationships were observed between HU and IT, GV and IT, HU and ISQ, GV and ISQ, and IT and ISQ in all implant sizes. Moreover, GV and HU also significantly correlated to each other. Conclusion: Bone density values in CBCT and CT scans are positively associated to primary stability of dental implants. Therefore, GVs obtained from Galileos CBCT scanner can be used for preoperative selection of edentulous sites which allow for better implant stability or locations which require further procedures for enhancing the success rate of dental implants (AU)


Subject(s)
Animals , Cattle , Tomography, X-Ray Computed , Dental Implantation , Cone-Beam Computed Tomography
2.
Biosci. j. (Online) ; 36(6): 2153-2164, 01-11-2020. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1148278

ABSTRACT

The objective of this study was to evaluate nutrient intake and digestibility, yield and components of milk from Holstein × Zebu cows on Tanzania grass pastures using a fixed-rest period or 95% light interception. The treatments consisted of evaluations of two Tanzania-grass pasture-management strategies: LI95 - when the pasture reached 95% light interception (LI), with 3 paddock-occupation days; and FR - the pasture was managed with a 30-days defoliation interval (DI) and 3 paddock-occupation days. Ten recently calved cows per treatment in year 1 and eight cows per treatment in year 2 were used, i.e. five cows per replicate in year 2 and four cows per replicate in year 2. Intake and digestibility of pasture nutrients, milk yield and milk composition were evaluated. The management strategies imposed on the Tanzania-grass pasture did not affect nutrient intake or digestibility. Milk yield and milk components were not affected by the management strategies, but milk yield per area unit was affected by the use of 95% light interception. The management strategy applying 95% light interception implies greater efficiency in the use of area, which translates to a higher milk yield per unit area, and thus it can be recommended to increase milk yield per area.


O objetivo deste estudo foi avaliar a ingestão e digestibilidade dos nutrientes, produção e os componentes do leite de vacas Holandesas × Zebu em pastagens de capim-Tanzânia em repouso fixo ou 95% de interceptação de luz. Os tratamentos consistiram de avaliações de duas estratégias de manejo de pastagem de capim Tanzânia: LI95 - quando a pastagem atingiu 95% de interceptação luminosa (LI), com três dias de ocupação do piquete; e TF - a pastagem foi manejada com intervalo de 30 dias de desfolha (ID) e três dias de ocupação do piquete. Dez vacas recém-paridas foram utilizadas por tratamento no ano 1 e oito vacas por tratamento no ano 2. Consumo e digestibilidade dos nutrientes do pasto, produção de leite e leite composição foram avaliados. As estratégias de manejo aplicadas na pastagem de capim-tanzânia não afetaram o consumo ou a digestibilidade dos nutrientes. A produção de leite e os componentes do leite não foram afetados pelas estratégias de manejo, mas a produção de leite por unidade de área foi afetada pelo uso de 95% de interceptação de luz. O manejo adotando 95% de interceptação de luz implica maior eficiência no uso da área, o que significa maior rendimento de leite por unidade de área, e assim pode ser recomendado aumentar a produção de leite por área.


Subject(s)
Cattle , Pasture , Dairying
3.
Biosci. j. (Online) ; 36(6): 2165-2171, 01-11-2020. tab
Article in English | LILACS | ID: biblio-1148280

ABSTRACT

The objective was to compare the dry matter consumption (CMS) observed, through the use of the GrowSafe® electronic system, with that predicted by the BR-Corte (2010 and 2016) and NRC (2000) nutritional systems in confined Senepol bulls. To this end, 24 Senepol Bulls were used in a completely randomized design, uncastrated with an average initial weight of 368 kg and 16 months of age. The evaluation of the accuracy and approximation of the CMS estimates by the nutritional systems was adjusted by the simple linear regression model and the decomposition of the mean square of the prediction error (QMEP). The mean CMS observed was 10.33 kg.day-1, higher than the values predicted by the nutritional systems, in which the values predicted by the NRC (2000) and BR-Corte 2010 and 2016 underestimated the CMS by 29.62, 6.19 and 2.03%, respectively. The verification of QMEP and its decomposition made it possible to infer the proximity of the values predicted by the BR-Corte 2010 and 2016 models and the values observed, which presented a better adjustment in relation to the NRC. Surprisingly the values predicted by the NRC, created from a database with Bos taurus animals, showed greater distance from the values predicted and observed, and it was expected greater accuracy of the NRC models for this category and animal breed. It is concluded that the BR-Corte 2016 was the most appropriate model to estimate the CMS of confined Senepol bulls.


Objetivou-se comparar o consumo de matéria seca (CMS) observado, por meio do uso do sistema eletrônico GrowSafe®, com o predito pelos sistemas nutricionais BR-Corte (2010 e 2016) e NRC (2000) em touros da raça Senepol em confinamento. Para isso, foram utilizados 24 Touros da raça Senepol em delineamento inteiramente casualizado, não castrados com peso inicial médio 368 kg e 16 meses de idade. A avaliação da exatidão e aproximação das estimativas do CMS pelos sistemas nutricionais foi ajustada pelo modelo de regressão linear simples e decomposição do quadrado médio do erro de predição (QMEP). O CMS médio observado foi de 10,33 kg.dia-1, valor superior aos valores preditos pelos sistemas nutricionais, no qual os valores preditos pelo NRC (2000) e BR-Corte 2010 e 2016 subestimaram o CMS em 29,62, 6,19 e 2,03%, respectivamente. A verificação do QMEP e sua decomposição possibilitou inferir sobre a proximidade dos valores preditos pelos modelos BR-Corte 2010 e 2016 e os valores observados, os quais apresentaram melhor ajuste em relação ao NRC. Surpreendentemente os valores preditos pelo NRC, criado a partir de banco de dados com animais Bos taurus, apresentou maior distanciamento dos valores preditos e observados, sendo que era esperada maior precisão dos modelos NRC para esta categoria e raça animal. Conclui-se que o BR-Corte 2016 foi o modelo mais adequado para estimar o CMS de touros da raça Senepol em confinamento.


Subject(s)
Cattle , Animal Nutrition Sciences
4.
Biosci. j. (Online) ; 36(6): 2203-2210, 01-11-2020. tab, graf
Article in English | LILACS | ID: biblio-1148290

ABSTRACT

Sensitization with conceptus antigens has been shown to be useful for improving reproductive performance facilitating maternal acceptance of an allogeneic embryo through the induction of cytokines and immunoregulatory cells in the uterine microenvironment. As FOXP3, IDO, IL10 and CSF1 in the uterus are important on the recognition and development of embryos during early pregnancy, this study aimed to determine whether simultaneous or isolated administration of paternal (semen) and maternal (PBMCs) antigens in the uterus of cow, on the day of estrus, influence the gene expression of these cytokines. Forty crossbred cows were divided into four treatments: T0: Control; T1: Semen; T2: PBMCs (peripheral blood mononuclear cells) from another cow and T3: PBMCs+Semen. Antigens were administered into the uterine body on the estrus day (D0). Uterine biopsies designed for molecular analysis of gene expression were collected in vivo seven (D7) and fourteen (D14) days after immunostimulation. Transcripts from FOXP3, IDO, IL-10 and CSF-1 were detected in all RNA samples extracted from uterine biopsies. The semiquantitative analysis showed that none of the treatments caused significant increase in the expression of these genes. Furthermore, on D14 all treatments led to a decline in the number of CSF-1 transcripts; moreover, treatment with PBMCs+Semen also led to a drop in the abundance of IL-10 transcripts. Such results suggest that isolated or simultaneous administration of both antigens would not increase maternal tolerance to embryo alloantigens, nor would it create favorable conditions to its growth and pre-implantation development, at least regarding the effects mediated by these genes on D7 and D14 of the estrous cycle.


A sensibilização intrauterina com antígenos do concepto tem-se mostrado útil para melhorar o desempenho reprodutivo, facilitando a aceitação materna de um embrião alogênico por meio da indução de citocinas e células imunorreguladoras no microambiente uterino. Como FOXP3, IDO, IL10 e CSF1 no útero são importantes no reconhecimento e desenvolvimento de embriões durante a gestação inicial, este estudo teve como objetivo determinar se a administração simultânea ou isolada de antígenos paterno (sêmen) e materno (PBMCs) no útero de vacas, no dia do estro, influenciam a expressão gênica dessas citocinas. Quarenta vacas mestiças foram divididas em quatro tratamentos: T0: Controle; T1: Sêmen; T2: PBMCs (células mononucleares do sangue periférico) e T3: PBMCs + Sêmen. Os antígenos foram administrados no corpo do útero no dia do estro (D0). Biópsias uterinas projetadas para análise molecular da expressão gênica foram coletadas in vivo sete (D7) e catorze (D14) dias após imunoestimulação. Transcritos de FOXP3, IDO, IL-10 e CSF-1 foram detetados em todas as amostras de RNA extraídas de biópsias uterinas. A análise semiquantitativa mostrou que nenhum dos tratamentos causou um aumento significativo na expressão desses genes. Além disso, no D14, todos os tratamentos levaram a um declínio na quantidade de transcritos do CSF-1; Além disso, o tratamento com PBMCs + sêmen também levou a uma queda na abundância de transcritos de IL-10. Estes resultados sugerem que a administração isolada ou simultânea de ambos os antígenos não deve aumentar a tolerância materna aos aloantígenos do embrião, nem deve criar condições favoráveis ao seu crescimento e desenvolvimento pré-implantação, pelo menos em relação aos efeitos mediados por esses genes nos dia sete e catorze do ciclo estral.


Subject(s)
Cattle
5.
Rev. Assoc. Med. Bras. (1992) ; 66(10): 1449-1454, Oct. 2020. graf
Article in English | LILACS, SES-SP | ID: biblio-1136150

ABSTRACT

SUMMARY OBJECTIVE: To gather scientific evidence on the role of diet in inflammatory bowel diseases. METHODS: Integrative review with studies published in the last 10 years in national and international journals. Original studies developed with adult human beings aged ≥18 years were included and articles published before 2010, literature reviews, and those that did not focus on elements that answered the guiding question were excluded. RESULTS: 14 articles were selected that addressed important dietary elements in inflammatory bowel disease such as fermentable carbohydrates and polyols, foods of animal origin, foods rich in omega 3, consumption of fruits and vegetables, use of probiotic supplements, whey proteins and soy. CONCLUSION: The diet, as a potentially modifiable environmental factor, plays an important role in the prevention and treatment of inflammatory bowel diseases. The reduction in the consumption of fermentable carbohydrates and polyols combined with the increase in the consumption of fruits and vegetables as well as the exclusion of products of animal origin such as beef, pork, milk and eggs can help control inflammation and improve the quality of life of patients with inflammatory bowel diseases. The use of probiotics increases food tolerance and, whey and soy proteins, can alter body composition and reduce inflammation.


RESUMO OBJETIVO: Reunir evidências científicas sobre o papel da dieta nas doenças inflamatórias intestinais. MÉTODOS: Revisão integrativa com estudos publicados nos últimos 10 anos em periódicos nacionais e internacionais. Foram incluídos estudos originais desenvolvidos com seres humanos adultos com idade ≥18anos e excluídos artigos publicados antes de 2010, revisões de literatura, e os que não apresentassem como foco elementos que respondessem a pergunta norteadora. RESULTADOS: Foram selecionados 14 artigos que abordaram elementos dietéticos importantes na doença inflamatória intestinal como carboidratos e polióis fermentáveis, alimentos de origem animal, alimentos ricos em ômega 3, consumo de frutas e vegetais, uso de suplementos com probióticos, proteínas do soro do leite e soja. CONCLUSÃO: A dieta, como fator ambiental potencialmente modificável desempenha importante papel na prevenção e tratamento das doenças inflamatórias intestinas. A redução no consumo de carboidratos e polióis fermentáveis aliado ao aumento do consumo de frutas e vegetais como também a exclusão de produtos de origem animal como carne bovina, carne suína, leite e ovo podem auxiliar no controle da inflamação e melhoria da qualidade de vida dos pacientes com doenças inflamatórias intestinais. O uso de probióticos aumenta a tolerância alimentar e, proteínas do soro do leite e soja, podem alterar a composição corporal e reduzir a inflamação.


Subject(s)
Humans , Animals , Adult , Cattle , Quality of Life , Inflammatory Bowel Diseases/therapy , Vegetables , Dietary Supplements , Diet
6.
Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online) ; 23(2, cont.): e2303, jul-dez. 2020.
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1129395

ABSTRACT

A maioria dos estudos sobre o uso da somatotropina bovina recombinante (rbST) foram conduzidos em países de clima temperado utilizando animais de genética Bos taurus e todo o protocolo de utilização foi pautado para tais animais e extrapolados aos mestiços (Bos taurus x Bos indicus) em ambientes tropicais. No entanto, existem características diferenciadas da curva de produção de leite e alguns aspectos fisiológicos que diferem os mestiços dos taurinos, sendo assim, estabelecer padrões específicos para uso do rbST para vacas mestiças podem melhorar a eficiência, reduzir custos e expandir o uso da tecnologia para os sistemas brasileiros. Estabelecer ajuste da dosagem, o intervalo, o melhor tempo para início e término da aplicação, avaliar o melhor retorno financeiro do uso para o sistema produtivo assim como as respostas produtivas e reprodutivas das vacas pode trazer adequação do uso da tecnologia no sistema de produção de gado mestiço leiteiro. O objetivo da revisão é identificar critérios a serem considerados para uso do rbST em vacas mestiças a fim de potencializar a estratégia do uso do mesmo. O rbST promove notório aumento da produção de leite e mais detalhes do protocolo de uso do hormônio para vacas mestiças necessita ser avaliado já que algumas características da curva de leite e capacidade produtiva são diferentes para animais cruzados.(AU)


Most studies on the use of recombinant bovine somatotropin (rbST) were conducted in countries with temperate climates using Bos taurus animals and the entire use protocol was based on such animals and extrapolated to crossbred animals (Bos taurus x Bos indicus) in tropical environments. However, there are different characteristics in the milk production curve and some physiological aspects that differentiate the crossbred from those cattle. Therefore, the establishment of specific standards for the use of rbST for crossbred cattle can improve efficiency, reduce costs, and expand the use of technology to Brazilian systems. Establishing dosage adjustment, the interval, the best time to start and end the application, evaluating the best financial return from use on the productive system, as well as the productive and reproductive responses of the cows can help foster the adequacy of the use of technology in the production system of crossbred dairy cattle. The purpose of this review is to identify criteria to be considered for the use of rbST in crossbred cows in order to enhance the strategy of using it. The use of rbST promotes a noticeable increase in milk production; however, further details of the hormone use protocol for crossbred cows need to be evaluated since some characteristics of the milk curve are different for crossbred animals.(AU)


La mayoría de los estudios sobre el uso de somatotropina bovina recombinante (rbST) se han realizado en países de clima templado utilizando animales de genética Bos taurus y todo el protocolo de utilización se ha pautado para tales animales y extrapolados a los mestizos (Bos taurus x Bos indicus) en ambientes tropicales. Sin embargo, existen diferentes características de la curva de producción de leche y algunos aspectos fisiológicos que diferencian al mestizo de los toros, por lo tanto, establecer estándares específicos para el uso de rbST para vacas mestizas puede mejorar la eficiencia, reducir costos y expandir el uso de tecnología para Sistemas brasileños. Establecer el ajuste de dosis, el intervalo, el mejor momento para iniciar y finalizar la aplicación, evaluar el mejor retorno económico del uso para el sistema productivo, así como las respuestas productivas y reproductivas de las vacas pueden propiciar la adecuación del uso de la tecnología en el sistema de producción de ganado mestizo lechero. El propósito de la revisión es identificar los criterios que se deben considerar para el uso de rbST en vacas mestizas con el fin de mejorar la estrategia de uso. El rbST promueve un aumento notable en la producción de leche y es necesario evaluar más detalles del protocolo de uso de hormonas para vacas cruzadas, ya que algunas características de la curva de la leche son diferentes para los animales cruzados.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Cattle/physiology , Cattle/genetics , Growth Hormone , Growth Hormone/genetics , Milk , Efficiency
7.
Biosci. j. (Online) ; 36(5): 1687-1699, 01-09-2020. tab, ilus
Article in English | LILACS | ID: biblio-1147864

ABSTRACT

In agrarian reform settlements there are obstacles in the rearing of calves; however, the main aspects that cause this obstacle are not known. Thus, the aim of this study was to diagnose the main obstacles in the management of these dairy heifers to target extension actions.For this, semi-structured guided questionnaires were applied to 40 families from 20 settlements. The questionnaire contained questions about the characteristics of the family, property and general management, feeding and sanitation of calves. The data were tabulated in Excel, transformed into variables and studied by means of multivariate analysis of main components after the farms were grouped into clusters according to similarity. The variables that most affected the heifer rearing system in dairy farms in the agrarian reform settlements of Santana do Livramento, RS, Brazil, were related to diet and occurrence of diarrhoea in calves. The 40 farms studied were grouped into six clusters, which differed especially in relation to who was responsible for the management of the heifers inside the property, regarding the infrastructure for the calves, time in milk production and concern regarding the care in the breeding of the calves. Based on these differences between the clusters being correctly identified, the technicians who work in these farms can establish strategies to work with settled families, emphasising the points where the obstacles are known to trigger the survival of heifers that will replace the dairy herds.


Em assentamentos da reforma agrária há entraves na criação das bezerras, porém, não se conhece os principais aspectos que causam esses entraves. Assim, objetivou-se com este estudo, diagnosticar os principais entraves no manejo destas bezerras leiterias para direcionamento de ações de extensão. Para tal, foram aplicados questionários guia semiestruturados à 40 famílias de 20 assentamentos. O questionário continha questões sobre as características da família, propriedade e manejo geral, alimentar e sanitário das bezerras. Os dados foram tabulados em Excel, transformados em variáveis e estudados por meio de análise multivariada de componentes principais. Após as propriedades foram agrupadas em clusters segundo a similaridade. As varáveis que mais afetam o sistema de criação de bezerras em propriedades leiteiras nos assentamentos da reforma agrária de Santana do Livramento, RS, estão relacionadas à alimentação e ocorrência de diarreia nas bezerras. As 40 propriedades estudadas foram agrupadas em seis clusters, que se diferiram especialmente em relação à com quem fica a responsabilidade pelo manejo das bezerras dentro da propriedade, quanto à infraestrutura destinada às bezerras, tempo na produção de leite e preocupação em relação aos cuidados na criação das bezerras. Com base nestas diferenças existentes entre os clusters e corretamente identificadas, os técnicos que atuam nestas propriedades poderão estabelecer estratégias para trabalhar com as famílias assentadas, enfatizando os pontos onde sabidamente estão os entraves para deslanchar a criação das bezerras que irão substituir as matrizes leiteiras.


Subject(s)
Cattle , Breast-Milk Substitutes
8.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1085-1092, July-Aug. 2020. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1139937

ABSTRACT

The aim of this study was to evaluate the effects of flunixin meglumine administration on pregnancy rates and luteal phase characteristics in bovine embryo recipients at the moment of embryo transfer. In experiment 1, in vitro produced embryos were transferred to 184 females divided as control and treated group (recipients treated with 1.1mg/kg flunixin meglumine). In experiment 2, 22 females were divided as control group; group 2 (animals submitted to a reproductive tract manipulation similar to an embryo transfer on the 7th day after estrous); and group 3 (females submitted to a manipulation and treatment with 1.1mg/kg flunixin meglumine). In experiment 1 no difference was observed between control and treated groups (40.2% and 44.6%, respectively) for pregnancy rates. In experiment 2 no difference was observed on the length of luteal phase between groups, however, animals in group 2 presented lower plasma progesterone concentrations than the control group and group 3. Therefore, we concluded that although the administration of flunixin meglumine at the moment of embryo transfer inhibited the reduction plasma progesterone concentrations, it was not effective in increasing pregnancy rates of bovine recipients.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da administração de flunixina meglumina sobre as taxas de prenhez e características da fase lútea da receptora no momento da transferência de embriões em bovinos. No experimento 1, embriões produzidos in vitro foram transferidos para 184 fêmeas, divididas em grupos controle e tratado (tratados com 1,1mg/kg de flunixina meglumina). No experimento 2, 22 fêmeas foram divididas em grupo controle (n=7); grupo 2 (n=8; animais submetidos à manipulação do trato reprodutivo semelhante à transferência de embriões no sétimo dia pós-cio); e grupo 3 (n=7; fêmeas submetidas à manipulação e ao tratamento com 1,1mg/kg de flunixina meglumina). No experimento 1, não foi observada diferença nos grupos controle e tratado (40,2% e 44,6%, respectivamente) para as taxas de prenhez. No experimento 2, não houve diferença na extensão da fase lútea entre os grupos, entretanto os animais do grupo 2 apresentaram concentrações plasmáticas de progesterona mais baixas que o grupo controle e o grupo 3. Portanto, conclui-se que a administração de flunixina meglumina no momento da transferência de embriões inibiu a redução das concentrações plasmáticas de progesterona, no entanto não foi eficaz para aumentar as taxas de prenhez de receptoras em bovinos.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Pregnancy , Cattle , Pregnancy Rate , Embryo Culture Techniques/veterinary , Luteal Phase/physiology , Meglumine , Progesterone , In Vitro Techniques/veterinary
9.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1075-1084, July-Aug. 2020. tab, graf
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1129787

ABSTRACT

Calves are extremely dependent on colostrum intake for the acquisition of passive immunity. This study aimed to determine the occurrence of diarrhea and respiratory diseases and the impact of Failure of Passive Immune Transfer (FPIT) on the health and zootechnical performance of Holstein dairy calves in individual management. This study has been carried out in five commercial farms in Rio Grande do Sul State, Brazil, from March 2017 to January 2018. In this study, 131 calves were followed from birth to 60 days of age. Total Plasmatic Protein (TPP) has been performed to determine passive immune transfer quality in 53 calves (53/131). A daily clinical follow-up has been accomplished aiming at diagnosing diseases and their incidences, and zootechnical measures such as withers height, width of the croup and weight have been evaluated. FPIT rate was 32.07%, diarrhea occurrence and respiratory diseases were 77.9% and 49.6%, respectively. FPIT increased the chances of calves presenting diarrhea and developing respiratory diseases, but no differences on zootechnical performance were found. The frequency of FPIT is still high and is a factor that corroborated the increased risk for diarrhea and respiratory disease but did not influence the performance of calves in the preweaning phase.(AU)


Bezerras são extremamente dependentes da ingestão de colostro para adquirir imunidade passiva. Este estudo teve o objetivo de determinar os índices de ocorrência de diarreia e de doença respiratória, assim como o impacto da falha na transferência de imunidade passiva (FTIP) no desenvolvimento de doenças e no desempenho zootécnico de bezerras Holandês criadas em sistema individual. O estudo foi desenvolvido em cinco propriedades comerciais no Rio Grande do Sul, Brasil, entre março de 2017 e janeiro de 2018. Assim, 131 bezerras foram acompanhadas, do nascimento aos 60 dias de idade. Em 53 animais, foi realizada avaliação de proteínas plasmáticas totais para determinar a qualidade na transferência de imunidade passiva. Acompanhamento clínico diário foi realizado, a fim de diagnosticar doenças e suas incidências, assim como avaliações zootécnicas, como altura de cernelha, largura de garupa, perímetro torácico e peso. O percentual de FTIP foi 32,07%, a ocorrência de diarreias e de doenças respiratórias foi, respectivamente, 77,9% e 49,6%. A FTIP aumentou as chances de as bezerras apresentarem diarreia e doenças respiratórias, mas não alterou o desempenho zootécnico. Conclui-se que a frequência na FTIP ainda é elevada, fator que corroborou o aumento do risco para as diarreias e doença respiratória. Apesar disso, a FTIP não influenciou no desenvolvimento das bezerras na fase de aleitamento.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Respiratory Tract Diseases/veterinary , Immunoglobulins , Immunization, Passive , Colostrum , Diarrhea/veterinary , Animals, Newborn/immunology , Brazil
10.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1441-1448, July-Aug. 2020. tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1131488

ABSTRACT

A mastite bovina, uma das principais doenças do rebanho leiteiro, caracteriza-se por um processo inflamatório no úbere. A inviabilidade econômica, o impacto ambiental negativo e os resíduos antimicrobianos têm estimulado a pesquisa de outros tratamentos alternativos para a prevenção e o tratamento de doenças na bovinocultura leiteira. O betaglucano é um agente imunomodulador com potencial ação preventiva para doenças infecciosas, inclusive a mastite. Este estudo teve como objetivo avaliar a eficácia do uso do betaglucano, por meio de administração oral, em animais em lactação. Foram utilizadas 20 vacas lactantes, distribuídas em dois grupos, um controle e um tratamento, com 10 animais em cada grupo. O grupo tratamento recebeu 5g/dia, durante 60 dias, de 1,3-1,6 betaglucano isolado da parede celular de Saccharomyces cerevisiae diluído em ração após a ordenha, enquanto o grupo controle recebia somente a ração. Foram realizados os testes de California Mastitis Test (CMT), contagem de células somáticas (CCS), produção de leite e percentual de gordura e proteína no leite. Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos quanto à CCS, ao CMT, à composição do leite ou produção. Não se observou, portanto, eficácia do uso do betaglucano purificado, administrado por via oral, no controle e na prevenção da mastite em vacas leiteiras, quando comparadas com o grupo controle. Atribuem-se esses resultados, principalmente, à degradação ruminal do produto testado. Sugerem-se, portanto, mais pesquisas utilizando o 1,3-1,6 betaglucano purificado de parede de S. cerevisiae por outras vias de administração, tais como intramamária e subcutânea.(AU)


Bovine mastitis, one of the main diseases of dairy herds, is characterized by an inflammatory process in the udder. The economic and environmental impacts, as well as the residues of antimicrobial drugs have stimulated the research of novel alternative treatments for the prevention and treatment of diseases in dairy production cows. The beta-glucan is an immunomodulator agent, with potential preventive action for infectious diseases, including mastitis. This study aimed to assess the effectiveness of orally administered beta-glucan in lactating cows. 20 lactating cows were used, distributed into two groups, one control and one treatment, with 10 cows in each group. The treatment group received 5g of 1.3-1.6 betaglucan daily for 60 days, isolated from the cell-wall of Saccharomyces cerevisiae diluted into a grain meal, whereas the animals in the control group received only the ration. The California Mastitis Test (CMT), Somatic Cells Counting (SCC), daily production and assessments of fat and protein content in milk were done. There was no statistically significant difference between the groups concerning subclinical mastitis detected by CMT, SCC, milk production and composition regarding protein and fat content. It was not observed, therefore, the effectiveness of the use of purified beta-glucan orally administered on the control or prevention of mastitis in dairy cows. The results are attributed to the ruminal degradation of the product tested. It is, therefore, suggested that more research should be conducted using the 1.3-1.6 beta-glucan purified from the cell wall of S. cerevisiae by other administration means and ruminal protection technologies for the isolated beta-glucan.(AU)


Subject(s)
Animals , Cattle , Saccharomyces cerevisiae , beta-Glucans/administration & dosage , Mastitis, Bovine/prevention & control , Dietary Supplements/analysis , Prebiotics/administration & dosage , Immunologic Factors/administration & dosage
11.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1469-1478, July-Aug. 2020. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1131483

ABSTRACT

The objective of this study was to evaluate the different lactation stages of F1 Holstein x Zebu cows on intake and digestibility of nutrients, nitrogen use efficiency, feeding behavior and performance. Thirty-six F1 Holstein × Zebu cows with initial body weight (BW) of 482±43kg were used. The early, mid and late lactation stages were characterized after 50±13, 111.5±11.75 and 183.0±17.5 days in milk, respectively. A completely randomized design with three lactation stages and 12 cows in each treatment group was used. Dry matter intake (P=0.01) was higher in late lactation. Milk yield (P<0.01) was 24.17% higher in early lactation than in other stages. Body weight was lowest in mid-lactation cows (465.63kg; P<0.01). The feed efficiency was 23.36% higher in early lactation than in other stages (0.82kg of milk/kg of DM). F1 Holstein x Zebu cows have increased dry matter intake in late lactation. Milk yield and feed efficiency in early lactation were benefited by changes in feeding behavior, such as increased rumination time.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar os diferentes estágios de lactação de vacas F1 Holandês x Zebu quanto ao consumo e à digestibilidade de nutrientes, à eficiência no uso de nitrogênio, ao comportamento ingestivo e ao desempenho. Trinta e seis vacas F1 Holandês × Zebu, com peso corporal inicial (PC) de 482±43kg, foram utilizadas. Os estágios inicial, médio e final da lactação foram caracterizados após 50±13, 111,5±11,75 e 183,0±17,5 dias de lactação, respectivamente. O arranjo experimental adotado foi o delineamento inteiramente ao acaso, com três fases de lactação e 12 vacas em cada grupo de tratamento. O consumo de matéria seca (P=0,01) foi maior no período final da lactação. Na fase inicial da lactação, a produção de leite (P<0,01) foi maior em 24,17% em comparação às demais fases. Na fase intermediária da lactação, as vacas apresentaram menor peso corporal (465,63kg; P<0,01) em relação às demais fases. A eficiência alimentar foi maior em 23,36% na fase inicial da lactação (0,82kg de leite/kg de MS). Vacas F1 Holandês x Zebu aumentam o consumo de matéria seca no período final da lactação. A produção de leite e a eficiência alimentar no início da lactação foram favorecidas por mudanças no comportamento ingestivo, como o aumento do tempo de ruminação.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Nutrients , Feeding Behavior , Nitrogen/administration & dosage , Lactation , Crosses, Genetic
12.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1458-1468, July-Aug. 2020. tab, ilus
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1131474

ABSTRACT

Caracterizaram-se fêmeas F1 Holandês x Zebu de diferentes bases maternas quanto às pelagens, despigmentações e características morfométricas. Foram utilizadas 266 fêmeas F1, progênies do cruzamento de 26 touros da raça Holandesa com fêmeas de composição genética zebuínas: Gir, Nelore, Guzonel, Nelogir. Foram aplicadas análise de distribuição de frequência para características qualitativas e medidas de dispersão e tendência central para características morfométricas, e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Acima de 60,0% dos animais foram de pelagem preta. As vacas que tiveram origem na raça Gir apresentaram comprimento de cabeça 2,8cm maior (P<0,05) que as fêmeas da raça Nelore. O comprimento da orelha variou (P<0,05) conforme a base materna utilizada. As vacas com genes da raça Nelore são 5,0cm mais altas (P<0,05). O perímetro torácico foi a característica morfométrica que teve correlação fenotípica de elevada magnitude com o peso, acima de 0,70, para as fêmeas das bases maternas Gir, Nelore e Nelogir. A pelagem não é indicativa da base materna utilizada. As vacas F1 de base materna Gir tiveram estrutura corporal menor que as fêmeas que portam genes da raça Nelore.(AU)


F1 Holstein x Zebu females from different maternal bases were characterized regarding coat, depigmentation and morphometric characteristics. A total of 266 F1 female progenies from the crossbreeding of 26 Holstein bulls with females of Zebu genetic composition were used: Gir, Nellore, Guzonel, Nellogir. Frequency distribution analysis was applied for qualitative characteristics and dispersion measures and central tendency for morphometric characteristics, and means were compared by Tukey test at 5% probability. Over 60.0% of the animals had a black coat. The cows that originated from the Gir breed had a head length of 2.8cm (P<0.05) higher than the Nellore females. Ear length varied (P<0.05) according to the maternal base used. Cows with Nelore genes were 5.0cm taller (P<0.05). The thoracic perimeter was the morphometric characteristic that had a high magnitude phenotypic correlation with weight, above 0.70, for the females of the Gir, Nellore and Nellogir maternal bases. The coat is not indicative of the maternal base used. F1 Gir-based cows had a smaller body structure than females with Nellore genes.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Phenotype , Body Weights and Measures/veterinary , Skin Pigmentation/genetics , Crosses, Genetic , Heredity/genetics
13.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1555-1560, July-Aug. 2020. ilus
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1131472

ABSTRACT

Este trabalho descreve um surto de rumenite e abomasite decorrente de sobrecarga de carboidratos em um rebanho de 238 bezerros, com idades entre 12 e 15 meses, causada pela ingestão dos frutos de Enterolobium contortisiliquum. As taxas de morbidade, mortalidade e letalidade foram de, respectivamente, 12,7%, 5,2% e 42,1%. Clinicamente, os bovinos apresentaram fotossensibilização, salivação e diarreia. Os achados de necropsia foram semelhantes nos dois bezerros necropsiados e consistiram de fotodermatite e rumenite ulcerativa multifocal, subaguda a crônica, e abomasite. A relevância deste relato é que, pela primeira vez, foi possível associar a ocorrência da rumenite devido à sobrecarga de carboidratos com a intoxicação espontânea por E. contortisiliquum em bovinos, confirmando achados anteriormente descritos em experimentos realizados com ovinos.(AU)


Subject(s)
Animals , Cattle , Plant Poisoning/veterinary , Rumen/pathology , Acidosis/veterinary , Abomasum/pathology , Photosensitivity Disorders/veterinary , Plants, Toxic , Fabaceae/toxicity
14.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1545-1554, July-Aug. 2020. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1131469

ABSTRACT

This study aimed to evaluate the effects of different nutritional plans on the productive, physiological and metabolic parameters of F1 ½ Holstein x ½ Zebu cows in different stages of lactation. Sixty lactating cows were allotted to a completely randomized 5 x 3 factorial design with five feed allowances and three lactation periods. The dry matter intake, milk yield and heart rate were reduced by 5.69kg, 2.41kg and 10.36 beats/min (morning) and 10.25 beats/min (afternoon) for each 1% feed restriction, respectively. There was no difference in the concentration of glucose, total protein, albumin, cholesterol and non-esterified fatty acids for cows subjected to different feed allowances, with means of 95.25, 7.98, 2.95, 121.68 and 0.45mg/dL, respectively. Feed restriction of up to 2.50% BW is a cost reduction strategy that does not alter milk yield, regardless of the stage of lactation.(AU)


Objetivou-se avaliar os efeitos de diferentes planos nutricionais sobre as características produtivas, fisiológicas e metabólicas de vacas F1 ½ Holandês x ½ Zebu. Foram utilizadas 60 vacas em lactação, seguindo-se o delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 5 x 3, com cinco níveis de oferta de dieta e três períodos de lactação. À medida que se aumentou 1% na restrição da oferta da dieta, houve redução linear de 5,69kg no consumo de matéria seca pelos animais, 2,41kg na produção de leite, bem como de 10,36bat/min (manhã) e 10,25 bat/min (tarde) na frequência cardíaca dos animais. Não houve diferença para a concentração de glicose, proteínas totais, albumina, colesterol e NEFA com a restrição na oferta da dieta dos animais, sendo a média de 95,25, 7,98, 2,95, 121,68 e 0,45mg/dL, respectivamente. Recomenda-se a restrição de até 2,50% de peso corporal como estratégia de redução dos custos em todos os estágios em lactação, visando não alterar, economicamente, a produção de leite.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Lactation , Cholesterol/analysis , Diet Therapy/veterinary , Glucose/analysis , Fatty Acids, Nonesterified , Respiratory Rate
15.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1391-1396, July-Aug. 2020. ilus
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1131522

ABSTRACT

Este trabalho tem por objetivo descrever um caso de carcinoma espinocelular da base do chifre, bilateral e simétrico, em uma vaca e discutir a questão hormonal, possivelmente envolvida na patogênese da doença. Tratava-se de uma fêmea bovina, 11 anos, com histórico de emagrecimento progressivo, presença de massas exofíticas na base de ambos os chifres e em anestro por muitos anos. Foi realizada biopsia incisional de ambas as lesões para exame histopatológico e dosagens hormonais. Devido à progressão do quadro clínico, optou-se pela eutanásia, seguida dos exames necroscópico e histopatológico. O exame histopatológico revelou tratar-se de um carcinoma espinocelular infiltrativo bem diferenciado, e as dosagens hormonais apresentaram alterações nos níveis do hormônio luteinizante, folículo estimulante e estrógenos totais. Apesar de existirem descrições de carcinomas espinocelulares da base do chifre, ainda não havia relatos da ocorrência do mesmo bilateral e em uma vaca com distúrbios hormonais.(AU)


The objective of this study was to describe a case of bilateral and symmetrical squamous cell carcinoma from the horn base in a cow and to discuss the hormonal question, possibly involved in its pathogenesis. A 11-year-old beef cow presenting a history of progressive thinning, presence of exophytic masses at the base of both horns and anestrous for many years was assisted. An incisional biopsy of both lesions was performed for histopathological examination and hormonal dosages. Due to the clinical progression, euthanasia followed by necroscopic and histopathological examination was carried out. Histopathological examination revealed a well differentiated infiltrative squamous cell carcinoma and the hormonal dosages presented changes in luteinizing hormone, follicle stimulating and total estrogen levels. Although there are descriptions of basal squamous cell carcinoma of the horn, there were still no reports of the occurrence of the same bilateral in a cow with hormonal disorders.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Anestrus , Carcinoma, Squamous Cell/veterinary , Horns/pathology , Luteinizing Hormone/adverse effects
16.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(4): 1093-1101, July-Aug. 2020. tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1131520

ABSTRACT

A relação da eficiência nutricional com a idade e o peso à puberdade e as características reprodutivas foram estudadas em 35 novilhas F1 Holandês x Gir, em ensaios usando o consumo alimentar residual (CAR) nos períodos pós-desaleitamento (PD) e pós-puberdade (PP). Novilhas PD (P<0,0001) e PP (P<0,001) foram ranqueadas como de alta, intermediária e baixa eficiências e apresentaram CAR de -0,259 -0,014 e 0,346kg/dia e -0,848 -0,096 e 0,842kg/dia, respectivamente. Novilhas PD diferiram (P<0,05) na idade à puberdade entre ranques de alta, intermediária e baixa eficiências, em média, aos 339,7; 346,4; 315,3 dias, respectivamente. Os pesos à puberdade de novilhas PD com alta, intermediária e baixa eficiências foram, em média, de 321±28,1kg e não diferiram (P>0,05) entre CAR. Não foi verificada correlação entre diâmetro folicular, taxa de crescimento do folículo, número de ondas foliculares no ciclo estral e taxa de gestação à primeira IA com o CARPD ou CARPP. Novilhas F1HG selecionadas para CAR com baixa eficiência podem ter idade à puberdade 10 dias a mais, quando comparadas às novilhas de alta eficiência para CAR. Não foi verificado que novilhas selecionadas para alta ou baixa eficiências alimentares, usando CAR, tivessem algum impacto negativo sobre características reprodutivas avaliadas.(AU)


The relationship between nutritional efficiency and age and weight at puberty and reproductive traits was studied in 35 F1 Holstein x Gyr heifers, in trials using residual food consumption (CAR) in the post-weaning (PW) and post-pubertal (PP) periods. PD heifers (P<0.0001) and PP (P<0.001) were classified as high, intermediate and low efficiencies and presented CAR of -0.259 -0.014 and 0.346kg/day and -0.848 -0.096 and 0.842kg/day, respectively. PD heifers differed (P<0.05) in age at puberty between high, intermediate and low efficiencies, on average, at 339.7, 346.4 and 315.3 days, respectively. The weight at puberty of PD heifers with high, intermediate and low efficiencies were, on average, 321±28.1kg and did not differ (P>0.05) between CAR. No correlation was found between follicular diameter, follicle growth rate, number of follicular waves in the estrous cycle and pregnancy rate at 1st AI with the CARPD or CARPP. F1HG heifers selected for CAR with low efficiency can be aged at puberty 10 days longer when compared to high-efficiency heifers for CAR. These results did not show that heifers selected for high or low food efficiency, using CAR, had negative impact on the reproductive characteristics evaluated.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Phenotype , Weight Gain , Estrous Cycle , Feeding Behavior , Body Weights and Measures/veterinary , Pregnancy Rate
17.
Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online) ; 23(1, cont.): e2311, 20200000. tab
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1129314

ABSTRACT

This study aimed at estimating genetic parameters for milk production and conformation characteristics in Girolando crossbred dairy cows reared in the High and Low Acre region using the restricted maximum likelihood methodology, under an animal model. We estimated the variance components and genetic parameters using the REML/BLUP procedure (Restricted Maximum Likelihood Methodology/Best Linear Unbiased Prediction). The estimated average for milk production for 305 days of lactation (P305) was of 1523.25 ± 481.11 kg, with a heritability of 0.38 for this characteristic. The conformation characteristics showed no significant correlation with milk production. The phenotypical correlations between the linear characteristics of type were, in general, positive and moderate. The P305 obtained in this study can be considered low and indicates that there is a possibility of increasing milk production through selection in herds along with the use of tested and proven bulls. The heritability estimate found (0.38) indicates that there is genetic variability for milk production, demonstrating that selection for this characteristic would result in genetic progress.(AU)


Este estudo teve como objetivo estimar parâmetros genéticos para produção de leite e características de conformação em vacas leiteiras mestiças Girolando criadas na região do Alto e Baixo Acre, utilizando a metodologia da máxima verossimilhança restrita, sob modelo animal. As estimativas dos componentes de variância e dos parâmetros genéticos foram realizadas pelo procedimento REML/BLUP (Máxima verossimilhança restrita/Melhor predição linear não viesada). A média estimada para produção de leite aos 305 dias de lactação (P305) foi de 1.523,25 ± 481 kg e a herdabilidade para esta característica foi de 0,38. As características de conformação não apresentaram correlação significativa com a produção de leite. As correlações fenotípicas entre as características lineares de tipo foram em geral positivas e de magnitude moderada. A P305 obtida neste estudo pode ser considerada baixa e indica que existe a possibilidade de aumento da produção de leite através de seleção nos rebanhos, juntamente com a utilização de touros testados e provados. A estimativa de herdabilidade encontrada (0,38) indica que há variabilidade genética para produção de leite, demonstrando que a seleção para esta característica resultaria em progresso genético.(AU)


El objetivo del estudio fue estimar los parámetros genéticos para la producción de leche y las características de conformación en vacas lecheras cruzadas Girolando criadas en la región de Alto y Bajo Acre utilizando el método de máxima verosimilitud restringida, con un modelo animal. Estimamos los componentes de la varianza y los parámetros genéticos mediante el procedimiento REML / BLUP (metodología de máxima verosimilitud restringida / mejor predicción lineal insesgada). El promedio estimado para la producción de leche para los 305 días de lactancia (P305) fue de 1523.25 ± 481.11 kg, con una heredabilidad de 0.38 para esta característica. Las características de conformación no mostraron correlación significativa con la producción de leche. Las correlaciones fenotípicas entre las características lineales de tipo fueron, en general, positivas y moderadas. El P305 obtenido en este estudio puede considerarse bajo y muestra que existe la posibilidad de incrementar la producción de leche a través de la selección en rebaños, junto con el uso de toros probados y comprobados. La estimación de heredabilidad encontrada (0,38) indica que existe variabilidad genética para la producción de leche, lo que demuestra que la selección de esta característica daría lugar a un progreso genético.(AU)


Subject(s)
Animals , Female , Cattle , Lactation , Cattle/genetics , Parameters , Biological Variation, Population/genetics , Milk
18.
Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online) ; 23(1, cont.): e2308, 20200000. ilus, tab, graf
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1129310

ABSTRACT

O objetivo desse artigo foi avaliar o conforto térmico de bovinos leiteiros confinados em instalações Compost Barn com base em índices de conforto térmico, parâmetros fisiológicos, escore de higiene e claudicação. A pesquisa foi realizada, em uma propriedade do município de Três Corações no estado de Minas Gerais no período de verão e inverno de 2016. As variáveis microclimáticas e os escores de limpeza e de locomoção foram analisadas por meio da estatística descritiva. Os parâmetros fisiológicos foram submetidos a um delineamento experimental em blocos casualizados em parcela subdividida no tempo, por meio da análise de variância e teste de Scott-Knott. Pode-se concluir que não ocorreu estresse térmico nos animais na estação de verão e inverno. Os parâmetros fisiológicos se encontraram dentro dos limites de conforto animal. Existe um relacionamento maior entre a frequência respiratória, temperatura superficial e temperatura retal e os índices de conforto animal no verão, quando comparada com o inverno. Para a análise dos escores, as vacas apresentaram uma melhoria na limpeza e um número muito baixo de vacas com problemas de cascos.(AU)


The purpose of this article is to evaluate the thermal comfort of dairy cattle confined in compost barn facilities based on thermal comfort indexes, physiological parameters, hygiene score, and claudication. The research was carried out in a property in the city of Três Corações in the state of Minas Gerais during the summer and winter of 2016. The microclimatic variables and the cleaning and locomotion scores were analyzed through a descriptive statistics analysis. The physiological parameters were submitted to an experimental design in randomized blocks in a subdivided plot, using analysis of variance and Scott-Knott's test. It can be concluded that no thermal stress occurred on the animals during the summer and winter seasons. There is a greater relationship between respiratory rate, surface and rectal temperature, and the animal comfort indexes in summer compared to winter. For the analysis of the scores, the cattle showed an improvement in cleaning and a very low number of cows presented hoof problems.(AU)


El objetivo de este artículo es evaluar el confort térmico de bovinos lecheros confinados en instalaciones Compost Barn con base en índices de confort térmico, parámetros fisiológicos, puntuación de higiene y claudicación. La investigación se realizó en una propiedad del municipio de Tres Corações en el estado de Minas Gerais, en el período de verano e invierno de 2016. Las variables microclimáticas y los escores de limpieza y de locomoción fueron analizados por medio de estadística descriptiva. Los parámetros fisiológicos fueron sometidos a un delineamiento experimental en bloques casualizados en parcela subdividida en el tiempo, por medio del análisis de varianza y prueba de Scott-Knott. Se puede concluir que no ocurrió estrés térmico en los animales en la estación de verano e invierno. Los parámetros fisiológicos se encontraron dentro de los límites de confort animal. Hay una relación mayor entre la frecuencia respiratoria, la temperatura superficial y la temperatura rectal y los índices de confort animal en verano, en comparación con el invierno. Para el análisis de los escores, las vacas presentaron mejora en la limpieza y un número muy bajo de vacas con problemas de cascos.(AU)


Subject(s)
Animals , Cattle , Cattle/physiology , Hygiene , Heat-Shock Response , Hoof and Claw , Statistical Analysis , Intermittent Claudication
19.
Arq. Ciênc. Vet. Zool. UNIPAR (Online) ; 23(1, cont.): e2306, 20200000. tab
Article in Portuguese | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1129304

ABSTRACT

Os taninos são compostos fenólicos presentes em plantas, classificados quanto à estrutura química em compostos hidrolisáveis e condensados. Os condensados são adicionados à dieta de ruminantes devido a sua capacidade de formar complexos com proteínas tornando-as não degradáveis no ambiente ruminal. Dessa forma, aumenta o aporte proteico no intestino delgado onde ocorrerá a maior absorção na porção cranial do órgão, o duodeno. A vantagem desse mecanismo é aumentar o aproveitamento da proteína da dieta pelos animais o que influenciará na produtividade e sistema imunológico, entre outros. Os efeitos positivos com a utilização desse composto como aditivo nutricional ainda precisam ser estudados, portanto, o objetivo dessa revisão consiste em demonstrar os resultados, até então conhecidos, da utilização de taninos condensados na dieta de ruminantes.(AU)


Tannins are phenolic compounds present in plants. According to their chemical structure, they can be classified into hydrolysable and condensed compounds. Condensed compounds are added to the ruminant nutrition due to their ability to form complexes with proteins, rendering them as non-degradable in the rumen environment. Thus, it increases the protein supply in the small intestine, where the highest absorption will occur in the duodenum, the cranial portion of the organ. The advantage of this mechanism is the increase of the use of dietary protein by the animals, which will thus influence productivity and the immune system, among others. The positive effects of the use of this compound as a nutritional additive still need to be further investigated, therefore, the purpose of this review is to demonstrate the known results of the use of condensed tannins in the diet of ruminants.(AU)


Los taninos son compuestos fenólicos presentes en plantas, clasificados según la estructura química en compuestos hidrolizables y condensados. Los condensados se agregan a la dieta de rumiantes debido a su capacidad de formar complejos con proteínas, haciéndolas no degradables en el entorno del rumen. Así, aumenta el aporte proteico en el intestino delgado donde habrá mayor absorción en la porción craneal del órgano, el duodeno. La ventaja de ese mecanismo es aumentar el aprovechamiento de la proteína de la dieta por los animales, lo que influirá en la productividad y sistema inmunológico, entre otros. Los efectos positivos con la utilización de ese compuesto, como aditivo nutricional, todavía necesita ser estudiado, el objetivo de esa revisión consiste en demostrar los resultados, hasta ahora conocidos, del uso de taninos condensados en la dieta de rumiantes.(AU)


Subject(s)
Animals , Cattle , Tannins , Ruminants , Dietary Proteins , Proteins , Food Additives
20.
Pesqui. vet. bras ; 40(6): 426-429, June 2020. ilus
Article in English | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1135648

ABSTRACT

Arthrogryposis multiplex congenita is reported for the first time in the Aberdeen Angus (AA) breed in Uruguay. In a commercial herd of 30 purebred Aberdeen Angus cows, two calves with severe musculoskeletal malformations died at birth. The cows had been inseminated using semen imported from Argentina from one elite AA sire only. At necropsy, one calf showed severe muscular atrophy, arthrogryposis affecting all four limbs and the spine, kyphoscoliosis and torticollis. Histopathology showed muscular atrophy with marked fiber size variation and abundant fibroadipose fibers. The central nervous system only showed congestion and edema due to dystocia, whereas the peripheral nerves and the number of motor neurons in the spinal appeared normal. DNA analysis confirmed arthrogryposis multiplex congenita. It is concluded that disease in Aberdeen Angus cattle is due to failure in the neuromuscular junction.(AU)


Artrogripose múltipla congênita é relatada pela primeira vez em bovinos Aberdeen Angus (AA) no Uruguai. Num rebanho comercial de 30 vacas a Aberdeen Angus, dois bezerros com graves malformações musculoesqueléticas morreram logo após o nascimento. As vacas foram inseminadas utilizando sêmen importado da Argentina, de apenas um touro de elite de AA. Na necropsia, um dos bezerros apresentava atrofia muscular grave, artrogripose afetando todos os quatro membros e a coluna vertebral, cifoscoliose e torcicolo. A histopatologia demonstrou atrofia muscular com acentuadas variações no tamanho das fibras e abundantes fibras fibroadiposas. O sistema nervoso central apresentava apenas congestão e edema devido à distocia, enquanto os nervos periféricos e o número de neurônios motores na medula espinhal pareciam normais. A análise de DNA confirmou artrogripose múltipla congênita. Concluiu-se que a doença em bovinos Aberdeen Angus se deve a falha na junção neuromuscular.(AU)


Subject(s)
Animals , Cattle , Arthrogryposis/pathology , Arthrogryposis/veterinary , Cattle Diseases/congenital , Uruguay , Muscular Atrophy/veterinary
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL