Your browser doesn't support javascript.
loading
Show: 20 | 50 | 100
Results 1 - 20 de 35
Filter
1.
Diagn. tratamento ; 29(1): 1-4, jan-mar. 2024. Este editorial foi publicado em inglês na revista São Paulo Medical Journal, volume 141, edição número 6 de 2023.
Article in Portuguese | LILACS, SES-SP | ID: biblio-1551759
2.
Rev. saúde pública (Online) ; 58(1): 1-12, 2024.
Article in Portuguese | LILACS, SES-SP, SESSP-ISPROD, SES-SP | ID: biblio-1555202

ABSTRACT

A pandemia de covid-19 gerou um numeroso volume de produções científicas com diferentes níveis de qualidade. A velocidade com que o conhecimento era produzido e compartilhado a nível mundial impôs à gestão em saúde o desafio de buscar meios de identificar as melhores evidências disponíveis para subsidiar suas decisões. Em resposta a este desafio, o Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde do Brasil estabeleceu um serviço para elaborar e disponibilizar conhecimento científico abordando questões prioritárias de saúde pública no cenário da pandemia. Entre os temas abordados estão tratamentos medicamentosos, medidas não farmacológicas, testagem, reinfecção e resposta imunológica, imunização, fisiopatologia, síndrome pós-covid e eventos adversos. Neste artigo, discute-se os pontos fortes e lições aprendidas, bem como os desafios e perspectivas que fornecem um exemplo real sobre como disponibilizar as melhores evidências científicas, em tempo hábil e de forma oportuna, para auxiliar o processo decisório durante uma emergência em saúde pública.


Subject(s)
Public Health , Coronavirus , Implementation Science , Information Dissemination , Health Communication
3.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 31: e3956, ene.-dic. 2023. tab, graf
Article in Spanish | LILACS, BDENF | ID: biblio-1450109

ABSTRACT

Objetivo: describir el proceso de diseño e implementación de un protocolo de atención para la primera hora de vida del recién nacido prematuro. Método: investigación participativa, que utilizó el marco de la ciencia de la implementación y los dominios del Consolidated Framework for Implementation Research. Estudio realizado en un hospital escuela del sureste de Brasil, con la participación del equipo multidisciplinario y de los gestores. El estudio se organizó en seis etapas, mediante del ciclo de mejora continua (Plan, Do, Check, Act): diagnóstico situacional; elaboración del protocolo; capacitaciones; implementación del protocolo; relevamiento de barreras y facilitadores; seguimiento y revisión del protocolo. Los datos fueron analizados mediante estadística descriptiva y análisis de contenido. Resultados: el primer protocolo de la Hora Dorada de la institución fue organizado por el equipo multidisciplinario a partir de un enfoque colectivo y dialógico. El protocolo priorizó la estabilidad cardiorrespiratoria, la prevención de hipotermia, hipoglucemia e infección. Después de cuatro meses de capacitación e implementación, el protocolo fue evaluado como una intervención de calidad, necesaria para el servicio, de bajo costo y de poca complejidad. La principal sugerencia de mejora fue realizar actividades educativas frecuentes. Conclusión: la implementación generó cambios e inició un proceso de mejora de la calidad de la atención neonatal, es necesario que la capacitación sea continua para lograr mayor adherencia y mejores resultados.


Objective: describe the process of designing and implementing a care protocol for the first hour of life of premature newborns. Method: a participatory research study using an implementation science framework, the Consolidated Framework for Implementation Research (CFIR) was employed to determine drivers and facilitators of implementation success of the Golden Hour protocol for newborns at a large university hospital in southeastern Brazil. A multi-professional team, including first line providers and managers participated in six stages of quality improvement: situational diagnosis; protocol elaboration; training protocol implementation; barrier and facilitator assessment; and protocol monitoring and review. Qualitative and monitoring data collected across these six stages were analyzed using descriptive statistics and content analysis. Results: the institution's Golden Hour protocol was organized by the multi-professional team based on a collective and dialogical approach. The protocol prioritized the infant's cardiopulmonary stability, as well as prevention of hypothermia, hypoglycemia and infection. After four months of implementation, the care team was evaluated the protocol as a good quality intervention, necessary for the service, low-cost and not very complex. One suggested improvement recommended was to carry out refresher training to address staff turnover. Conclusion: implementation of the Golden Hour protocol introduced an appropriate and feasible neonatal care quality improvement process, which requires periodic refresher training to ensure greater adherence and better neonatal results.


Objetivo: descrever o processo de elaboração e implementação de protocolo assistencial para a primeira hora de vida do recém-nascido prematuro. Método: pesquisa participativa, que utilizou referencial da ciência da implementação e os domínios do Consolidated Framework for Implementation Research. Estudo realizado em hospital universitário no sudeste do Brasil, com participação da equipe multiprofissional e gestores. O estudo foi organizado em seis etapas, por meio do ciclo de melhoria contínua (Plan, Do, Check, Act): diagnóstico situacional; elaboração do protocolo; treinamentos; implementação do protocolo; levantamento de barreiras e facilitadores; monitoramento e revisão do protocolo. Os dados foram analisados por estatística descritiva e análise de conteúdo. Resultados: o primeiro protocolo Hora Ouro da instituição foi organizado pela equipe multiprofissional a partir de uma abordagem coletiva e dialógica. O protocolo priorizou a estabilidade cardiorrespiratória, prevenção de hipotermia, de hipoglicemia e de infecção. Após treinamento e implementação por quatro meses, o protocolo foi avaliado como uma intervenção de qualidade, necessária ao serviço, de baixo custo e pouco complexa. A principal sugestão de melhoria foi realizar ações educativas frequentes. Conclusão: a implementação provocou mudanças e iniciou um processo de melhoria da qualidade da assistência neonatal, sendo necessária a manutenção dos treinamentos para maior adesão e melhores resultados.


Subject(s)
Humans , Infant, Newborn , Brazil , Clinical Protocols , Neonatal Nursing , Implementation Science , Hypoglycemia , Hypothermia/prevention & control
4.
Rev. bras. ativ. fís. saúde ; 28: 1-10, mar. 2023. tab, fig
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1551620

ABSTRACT

Multicomponent programs to promote physical activity have shown promise to help adolescents to increase physical activity levels. Although evaluation of the intervention implementation process is important, information about this evaluation is rarely reported. This observational study aimed to evaluate the implementation of a 12-week physical activity intervention program for adolescents. The ActTeens program consists of three components: (1) structured physical activity sessions; (2) self-monitoring associated with daily goal setting; (3) healthy lifestyle messages (mHealth). The evaluation of the process was carried out through observations and self-reported information from the students. Fifty-one adolescents (37.5% girls) answered the questionnaire. Overall, the reach was 73.3%, retention rate 96.3%, and satisfaction with the intervention was high (score 5). The structured sessions presented high fidelity, and good acceptability among adolescents, with an average attend-ance rate of 93.7%. Participants rated the sessions as enjoyable and the teacher's role as excellent. Adherence to self-monitoring (goal setting with a pedometer) was moderate and 57.8% of adoles-cents reported using the device daily. In addition, adolescents reported that the use of a pedometer increased their motivation to practice physical activity (72.4%). Satisfaction with the messages was considered low, with only 37.8% agreeing that the messages promoted the adoption of a healthy lifestyle. In conclusion, the structured sessions and the self-monitoring showed good acceptability among adolescents, and these strategies were considered relevant to promote a more physically active lifestyle. However, the component mHealth, when used as a single strategy, did not aid the adoption of healthy behavior


Programas multicomponentes para promoção da atividade física têm se mostrado promissores para auxiliar os adolescentes a aumentar seus níveis de atividade física. Embora a avaliação do processo de implementação da intervenção seja importante, informações sobre esta avaliação raramente são relatadas. O presente estudo teve como objetivo avaliar a implementação de um programa de intervenção de atividade física de 12 sema-nas para adolescentes. O programa ActTeens consiste de três componentes principais: (1) sessões estruturadas de atividade física; (2) auto-monitoramento associado com estabelecimento de metas diárias; (3) orientações sobre um estilo de vida saudável (mHealth). A avalição do processo foi por meio de observações e informações autorreferidas dos alunos. Cinquenta e um adolescentes (37,5% meninas) responderam o questionário. No geral, o alcance foi de 73,3%, a taxa de retenção 96,3% e satisfação com a intervenção foi alta (escore 5). As sessões estruturadas tiveram alta fidelidade, boa aceitabilidade entre os adolescentes com a frequência média de participação de 93,7% por aula. Os participantes classificaram as sessões como prazerosas e o papel do pro-fessor como excelente. A aderência ao automonitoramento (estabelecimento de metas com pedômetro) foi mode-rada e 57,8% dos adolescentes relataram usar o dispositivo diariamente. Além disso, os adolescentes relataram que o uso do pedômetro aumentou a motivação para a prática de atividade física (72,4%). A satisfação com as mensagens por aplicativo foi considerada baixa, sendo que apenas 37,8% concordaram que as mensagens promoveram a adoção de um estilo de vida saudável. Em conclusão, as sessões estruturadas e o uso do pedô-metro para automonitoramento mostraram boa aceitabilidade entre os adolescentes, e estas estratégias foram consideradas relevantes para promover um estilo de vida fisicamente mais ativo. Entretanto, o componente mHealth, quando usado como uma estratégia única, não auxiliou na adoção de um comportamento saudável


Subject(s)
Humans , Male , Female , Adolescent , Adolescent , Implementation Science , Exercise , Telemedicine , Wearable Electronic Devices
5.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 22(supl.1): e20236654, 03 fev 2023. ilus
Article in English, Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1451710

ABSTRACT

OBJETIVO: Mapear modelos de Pré-Natal em Grupo (PNG) para identificar barreiras, facilitadores, desafios de implementação e manutenção do PNG. MÉTODO: Este protocolo descreve uma Scoping Review desenvolvida de acordo com a metodologia do Joanna Briggs Institute (JBI). A questão de pesquisa que norteia esta revisão é: "Quais são os modelos de PNG existentes, as barreiras, facilitadores e desafios na implementação e manutenção desses modelos?". A busca será conduzida em oito bases de dados e incluirá a pesquisa em literatura cinzenta. O software Rayyan será utilizado para gerenciar a seleção dos artigos. Dois revisores realizarão a avaliação do título e resumo dos artigos de forma independente. Aqueles que atenderem aos critérios de inclusão serão selecionados para a leitura completa. Em caso de divergências, um terceiro revisor será consultado para resolver as discordâncias. A síntese dos dados será realizada de forma descritiva, com um resumo narrativo dos resultados apresentado em tabelas, descrevendo como esses resultados se relacionam com o objetivo e a questão de pesquisa.


OBJECTIVE: To map group prenatal care (GPC) models to identify barriers, facilitators, implementation challenges, and maintenance of GPC. MÉTODO: This protocol describes a scoping review conducted using the methodology outlined by the Joanna Briggs Institute (JBI). The research question guiding this review is: "What are the existing GPC models, barriers, facilitators, and challenges in implementing and sustaining these models?". The search will be conducted in eight databases and include gray literature searches. Rayyan software will be used to manage the article selection process. Two reviewers will independently assess the title and abstract of the articles. Those that meet the inclusion criteria will be selected for full-text reading. A third reviewer will be consulted to resolve disagreements in case of discrepancies. Data synthesis will be performed descriptively, with a narrative summary of the results presented in tables, describing how these results relate to the objective and research question.


Subject(s)
Humans , Female , Pregnancy , Prenatal Care , Prenatal Education , Implementation Science , Health Services
7.
MedUNAB ; 26(2): 282-291, 20230108.
Article in Spanish | LILACS | ID: biblio-1555145

ABSTRACT

Introducción. La monitorización de la utilización del conocimiento y la evaluación de resultados permiten conocer la aplicación de la evidencia, cambios en los conocimientos y actitudes, el impacto en resultados de salud y la integración y el mantenimiento de las prácticas adoptadas. Existen debilidades relacionadas con la falta de sistematización, limitaciones de los registros y calidad del proceso. El objetivo de este artículo es describir la experiencia en la generación de estrategias de monitorización y evaluación de resultados de implantación de Guías de Buenas Prácticas en España. División de temas tratados. En primer lugar, se revisan los procesos de medición de resultados en la implantación de Guías, en el marco del Programa Best Practice Spotlight Organizations®, cuya herramienta para liderar el cambio incluye la monitorización y evaluación como una de las seis fases del ciclo de acción. En segundo lugar, se analizan las estrategias de monitorización y evaluación propuestas en la literatura, destacando la Asociación Profesional de Enfermeras de Ontario. Finalmente, se analizan las estrategias de monitorización y evaluación generadas por dos instituciones españolas participantes en el programa, centradas en adecuación de registros, explotación y análisis de indicadores, desarrollo de herramientas, procedimientos de evaluación y mecanismos de difusión y retroalimentación. Conclusiones. La definición de estrategias de monitorización y evaluación planificada de forma temprana contribuye a la viabilidad de la evaluación de la implantación y su sostenibilidad. Es necesario adaptarlas al contexto, con estrategias transversales que alcancen a toda la institución, facilitadas por la institución. Palabras clave: Ciencia de la Implementación; Práctica Clínica Basada en la Evidencia; Evaluación de Resultado en la Atención de Salud; Mecanismos de Evaluación de la Atención de Salud; Indicadores de Calidad de la Atención de Salud


Introduction. Monitoring the usage of knowledge and evaluating results permits one to know the application of the evidence, knowledge, and attitude changes, the impact on health results, integration, and maintenance of the adopted practices. There exist weaknesses related to lack of systematization, limitation of the records, and quality of the process. This article's objective is to describe the experience generating monitoring strategies and evaluation of the results regarding the implementation of good practice guides in Spain. Topics for Reflection. In the first place, the measurement process of the results regarding the implementation of guides are reviewed, in the Best Practice Spotlight Organizations® program frame, whose tool to lead the change includes monitoring and evaluation as one of the sixth phases of the action cycle. In the second place, monitoring and evaluation strategies proposed in the literature are analyzed, highlighting the Professional Nurses Association of Ontario. Finally, the monitoring and evaluation strategies are analyzed by two Spanish institutions participating in the program, focused on the adequation of records, exploitation and indicator analysis, tools development, evaluation procedures, dissemination, and feedback mechanisms. Conclusions: The definition of monitoring and evaluation strategies planned in advance contributes to the viability of the evaluation regarding the implementation and its sustainability. Is necessary to adapt them to the context, with transversal strategies that reach the whole institution, facilitated by the institution. Keywords: Implementation Science; Evidence-Based Practice; Outcome Assessment, Health Care; Health Care Evaluation Mechanisms; Quality Indicators, Health Care


Introdução. Monitorizar a utilização do conhecimento e avaliar os resultados permite-nos conhecer a aplicação das evidências, as mudanças nos conhecimentos e atitudes, o impacto nos resultados de saúde e a integração e manutenção das práticas adotadas. Existem fragilidades relacionadas à falta de sistematização, limitações de registros e qualidade do processo. O objetivo deste artigo é descrever a experiência na geração de estratégias de monitoramento e avaliação dos resultados da implementação de Manuais de Boas Práticas na Espanha. Divisão dos temas abordados. Em primeiro lugar, são revistos os processos de medição de resultados na implementação dos Manuais, no âmbito do Programa Best Practice Spotlight Organizations®, cuja ferramenta para liderar a mudança inclui a monitorização e avaliação como uma das seis fases do ciclo de ação. Em segundo lugar, são analisadas as estratégias de monitoramento e avaliação propostas na literatura, com destaque para a Associação Profissional de Enfermeiros de Ontário. Por fim, são analisadas as estratégias de monitoramento e avaliação geradas por duas instituições espanholas participantes do programa, focadas na adaptação de registros, exploração e análise de indicadores, desenvolvimento de ferramentas, procedimentos de avaliação e mecanismos de divulgação e feedback. Conclusões. A definição de estratégias de monitoramento e avaliação planeadas antecipadamente contribui para a viabilidade da avaliação da implementação e para a sua sustentabilidade. É necessário adaptá-los ao contexto, com estratégias transversais que alcancem toda a instituição, facilitadas pela instituição. Palavras-chave: Ciência da Implementação; Prática Clínica Baseada em Evidências; Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde; Mecanismos de Avaliação da Assistência à Saúde; Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde


Subject(s)
Evidence-Based Practice , Outcome Assessment, Health Care , Health Care Evaluation Mechanisms , Quality Indicators, Health Care , Implementation Science
8.
MedUNAB ; 26(2): 213-250, 20230108.
Article in English | LILACS | ID: biblio-1555174

ABSTRACT

Introduction. The management of patients with chronic noncommunicable diseases, when it follows evidence-based recommendations, improves clinical outcomes and health costs. Despite its importance, little is known about adherence to guidelines and the processes for its monitoring in our environment. The objective of this study was to report the applicability and adherence to a selection of recommendations from clinical practice guidelines for noncommunicable chronic diseases by doctors in Bogotá. Methods. This was a cross-sectional study, the baseline of a cluster experiment that assessed the impact of disseminating recommendations on seven chronic diseases to patients, caregivers, and physicians. A total of 177 physicians from public and private health institutions were invited. Consecutive samples of their medical records were manually reviewed in predefined time ranges (up to 20 patients per physician, with up to two diseases of interest). The proportions of applicability and adherence were calculated according to 40 recommendations. Results. The 177 physicians who participated (out of 266 eligible) were from seven institutions, and 3,747 medical records (21,093 patients/recommendation) were analyzed. The general applicability was 31.9% (95% CI 31.3-32.6%), and it varied considerably by recommendation (range 0.3-100%) and disease (range 10.7-65%). Overall adherence was 42.0% (95% CI 40.8-43.2%), with higher adherence in acute coronary syndrome patients (58.4%) and lower adherence in diabetes mellitus patients (23.7%). Discussion. This is the most up-to-date, exhaustive, and representative measurement of adherence to guideline recommendations by doctors in Bogotá. Conclusions. Adherence to evidence-based recommendations for patients with chronic noncommunicable diseases in Bogotá is poor and highly variable. Keywords: Practice Guideline; Evidence-Based Medicine; Noncommunicable Diseases; Quality of Health Care; Implementation Science; Internal Medicine; Primary Health Care


Introducción. El manejo de pacientes con enfermedades crónicas no transmisibles, cuando se realiza a partir de recomendaciones basadas en la evidencia, mejora los desenlaces clínicos y los costos en salud. Pese a su importancia, poco se conocen la adherencia a las recomendaciones de guías y los procesos para su monitoreo en nuestro medio. El objetivo de este estudio es reportar la aplicabilidad y la adherencia a una selección de recomendaciones de guías de práctica clínica, en enfermedades crónicas no transmisibles, por médicos de Bogotá. Metodología. Estudio de corte MSc.Participaron 177 médicos de instituciones de salud públicas y privadas. Se revisaron manualmente muestras consecutivas de sus historias clínicas en rangos de tiempo predefinidos (meta hasta 20 pacientes por médico, en hasta dos enfermedades de interés). Se calcularon las proporciones de aplicabilidad y adherencia en 40 recomendaciones. Resultados. Participaron 177 médicos (de 266 elegibles), de 7 instituciones, con 3,747 historias clínicas (21,093 pacientes/recomendación) analizadas. La aplicabilidad general fue 31.9% (IC95% 31.3%-32.6%), y varió considerablemente por recomendación (rango 0.3%-100%) y enfermedad (rango 10.7%-65%). La adherencia general fue 42.0% (IC95% 40.8% -43.2%), siendo mayor en síndrome coronario agudo (58.4%) y menor en diabetes mellitus (23.7%). Discusión. Esta es la medición más actualizada, exhaustiva y representativa de la adherencia a las recomendaciones de guías por parte de médicos de Bogotá. Conclusiones. La adherencia a recomendaciones basadas en evidencia, para pacientes con enfermedades crónicas no transmisibles de Bogotá, es deficiente y altamente variable. Palabras clave: Guía de Práctica Clínica; Medicina Basada en la Evidencia; Enfermedades no Transmisibles; Calidad de la Atención de Salud; Ciencia de la Implementación; Medicina Interna; Atención Primaria de Salud


Introdução. O manejo de pacientes com doenças crônicas não transmissíveis, quando realizado com base em recomendações baseadas em evidências, melhora os resultados clínicos e os custos de saúde. Apesar da sua importância, pouco se sabe sobre a adesão às recomendações das diretrizes e os processos para monitorá-la em nosso meio. O objetivo deste estudo é relatar a aplicabilidade e adesão a uma seleção de recomendações das diretrizes de prática clínica, em doenças crônicas não transmissíveis, por médicos em Bogotá. Metodologia. Estudo transversal (linha de base de um experimento cluster que avalia o impacto da divulgação de recomendações sobre sete doenças crônicas a pacientes, cuidadores e médicos). Participaram 177 médicos de instituições de saúde públicas e privadas. Foram revisadas manualmente amostras consecutivas de seus prontuários em intervalos de tempo pré-definidos (alvo de até 20 pacientes por médico, em até duas doenças de interesse). Foram calculadas proporções de aplicabilidade e adesão para 40 recomendações. Resultados. Participaram 177 médicos (de 266 elegíveis), de 7 instituições, com 3,747 prontuários (21,093 pacientes/recomendação) analisados. A aplicabilidade geral foi de 31.9% (IC 95% 31.3%-32.6%) e variou consideravelmente por recomendação (intervalo 0.3%-100%) e doença (intervalo 10.7%-65%). A adesão geral foi de 42.0% (IC 95% 40.8%-43.2%), sendo maior na síndrome coronariana aguda (58.4%) e menor na diabetes mellitus (23.7%). Discussão. Esta é a medição mais atualizada, exaustiva e representativa da adesão às recomendações das diretrizes por médicos em Bogotá. Conclusões. A adesão às recomendações baseadas em evidências para pacientes com doenças crônicas não transmissíveis em Bogotá é fraca e altamente variável. Palavras-chave: Guia de Prática Clínica; Medicina Baseada em Evidências; Doenças não Transmissíveis; Qualidade da Assistência à Saúde; Ciência da Implementação; Medicina Interna; Atenção Primária à Saúde


Subject(s)
Evidence-Based Medicine , Primary Health Care , Quality of Health Care , Practice Guideline , Noncommunicable Diseases , Implementation Science , Internal Medicine
9.
MedUNAB ; 26(2): 187-212, 20230108.
Article in English | LILACS | ID: biblio-1555205

ABSTRACT

Introduction. Intravenous treatments are necessary in multiple situations; however, they do have complications. The vascular access guideline provides assessed and synthesized evidence to be transferred to care. The aim of this study is to describe the process of implementation of the vascular access guideline in the organizations of Euskadi Regional Host by monitoring the use of alternative catheters, early removal and the presence of complications. Methodology. Descriptive study of process. The cut-off times are 3 months pre- implementation and 6, 12, 48 months post- implantation. Descriptive and comparative analysis with Chisquare. Results. A total of 7,074 patients and 12,363 devices were evaluated; The short peripheral catheter is the most frequently used. The use of alternative catheters increased over time, showing a significant difference in the 3 months pre- implementation period with the 48-month post-implantation period (from 6.81% preimplementation to 10.58% post 48 months). The percentage of short intravenous catheters removal in les than 48 hours increased from 53.25% to 57.54% of the pre-implantation of the 48 months post-implantation. Discussion. The results obtained after the implementation of the guideline highlight the impact of the use of alternative catheters and their early removal. Further work needs to be done to reduce complications and rates of peripheral venous catheter phlebitis. Conclusions. The implementation of the good practices guidelines for vascular access care improves the results in the use of alternative catheters or the reduction in peripheral venous catheters in days. Keywords: Implementation Science; Vascular Access Devices; Practice Guideline; Evidence-Based Practice; Nursing


Introducción. Los tratamientos endovenosos son necesarios en multitud de situaciones; sin embargo, presentan complicaciones. La guía de acceso vascular ofrece evidencia valorada y sintetizada para ser trasladada al cuidado. El objetivo del estudio es describir el proceso de implantación de la guía de acceso vascular en las organizaciones del Host Regional Euskadi monitorizando uso de catéteres alternativos, retirada precoz y presencia de complicaciones. Metodología. Estudio descriptivo de proceso. Se establecen como momentos de corte 3 meses preimplantación y 6, 12 y 48 meses postimplantación. Análisis descriptivo y de comparación con Chi cuadrado. Resultados. Se evaluaron 7,074 pacientes y 12,363 dispositivos; siendo el catéter periférico corto el de uso más frecuente. La utilización de catéteres alternativos aumentó a lo largo del tiempo, mostrando diferencias significativas en el periodo 3 meses preimplantación con el de 48 meses postimplantación (del 6.81% preimplantación al 10.58% post 48 meses). El porcentaje de catéteres venosos periféricos cortos retirados en menos de 48h aumentó del 53.25% al 57.54% de la preimplantación a los 48 meses postimplantación. Discusión. Los resultados obtenidos tras la implantación de la guía ponen de relieve el impacto de la utilización de catéteres alternativos y la retirada precoz de estos. Se ha de seguir trabajando en disminuir las complicaciones y las tasas de flebitis de catéter venosos periféricos. Conclusiones. La implantación de la guía de buenas prácticas para el cuidado del acceso vascular mejora los resultados en el uso de catéteres alternativos o la disminución en días de los c atéteres venosos periféricos. Palabras clave: Ciencia de la Implementación; Dispositivos de Acceso Vascular; Guía de Práctica Clínica; Práctica Clínica Basada en la Evidencia; Enfermería


Introdução. Os tratamentos intravenosos são necessários em muitas situações; porém, apresentam complicações. O guia de acesso vascular oferece evidências avaliadas e sintetizadas para serem transferidas para o cuidado. O objetivo do estudo é descrever o processo de implementação do guia de acesso vascular nas organizações do Host Regional Euskadi, monitorando o uso de cateteres alternativos, remoção precoce e presença de complicações. Metodologia. Estudo descritivo de processo. São estabelecidos como momentos de corte 3 meses pré-implantação, e 6, 12 e 48 meses pós-implantação. Análise descritiva e comparativa com Qui-quadrado. Resultados. Foram avaliados 7,074 pacientes e 12,363 dispositivos, sendo o cateter periférico curto o mais utilizado. O uso de cateteres alternativos aumentou ao longo do tempo, apresentando diferenças significativas no período de 3 meses pré-implantação com o de 48 meses pós-implantação (de 6.81% pré-implantação para 10.58% pós 48 meses). A porcentagem de cateteres venosos periféricos curtos removidos em menos de 48 horas aumentou de 53.25% para 57.54% desde a pré-implantação até 48 meses pós-implantação. Discussão. Os resultados obtidos após a implementação do guia destacam o impacto do uso de cateteres alternativos e sua remoção precoce. O trabalho deve continuar para reduzir complicações e taxas de flebite por cateter venoso periférico. Conclusões. A implementação do guia de boas práticas para cuidados com acesso vascular melhora os resultados no uso de cateteres alternativos ou na redução de dias de cateteres venosos periféricos. Palavras-chave: Ciência da Implementação; Dispositivos de Acesso Vascular; Guia de Prática Clínica; Prática Clínica Baseada em Evidências; Enfermagem


Subject(s)
Practice Guideline , Nursing , Evidence-Based Practice , Vascular Access Devices , Implementation Science
10.
MedUNAB ; 26(2): 121-128, 20230108.
Article in English | LILACS | ID: biblio-1555261

ABSTRACT

This editorial provides healthcare professionals with critical reflection on the importance of evidence-based practice, as well as the challenges inherent in its implementation. It concludes that the successful integration of scientific evidence in clinical care requires individual and collective commitment ensuring coordinated action. The implementation of evidence-based practice guidelines serves as a catalyst. Keywords: Nursing; Evidence-Based Practice; Practice Guideline; Implementation Science; Artificial Intelligence. Palabras clave: Enfermería; Práctica Clínica Basada en la Evidencia; Guía de Práctica Clínica; Ciencia de la Implementación; Inteligencia Artificial. Palavras-chave: Enfermagem; Prática Baseada em Evidências; Guia de Prática Clínica; Ciência de Implementação; Inteligência artificial. In a global commitment to raise the quality of care in health services, governments from various latitudes have deployed substantial efforts with the purpose of maximizing results and containing costs. Yet, despite initiatives aimed at accelerating the systematic integration of clinical care based on the best available evidence, persistent variations in clinical praxis pose an immutable challenge. An essential component to mitigate variation in results lies in the availability, acceptance and consistent application of clinical evidence in the healthcare context, embodied in clinical practice guidelines and recommendations supported by evidence. There are examples of these, meticulously crafted, to be found in entities like the Guideline International Development (GIN) and the Registered Nurses' Association of Ontario (RNAO) in Canada, all freely accessible.


Subject(s)
Practice Guideline , Artificial Intelligence , Nursing , Evidence-Based Practice , Implementation Science
11.
São Paulo; s.n; 2023. 204 p.
Thesis in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1527309

ABSTRACT

Introdução: o acesso a uma assistência segura e respeitosa, que possibilite uma experiência de parto positiva, ainda é um desafio, especialmente no Brasil, que possui um modelo de assistência com excesso de intervenções, entre elas a episiotomia. Objetivo: descrever e analisar as mudanças no ensino e na prática da episiotomia, e as estratégias consideradas mais efetivas para facilitar a incorporação de evidências e boas práticas na assistência ao parto vaginal. Métodos: pesquisa com métodos mistos; foram realizadas entrevistas com profissionais de saúde e docentes; adicionalmente, realizamos observação de plantões e análise documental para descrever e avaliar as mudanças nas taxas de episiotomia e demais desfechos perineais de uma maternidade-escola do Estado de São Paulo. O material foi analisado sob as perspectivas de gênero e da teoria histórico-cultural da atividade. Resultados: as estratégias consideradas mais efetivas na mudança da formação e da prática de profissionais de saúde foram: a) tornar o problema visível: protocolos com registro e monitoramento de indicadores (taxa de episiotomia, integridade do períneo e lacerações classificadas por gravidade) e a obrigatoriedade de registro em prontuário da indicação da episiotomia; b) mudanças na formação: disseminação de evidências científicas, capacitações teóricas e práticas incluindo simulações, e a redução do uso de fórceps; c) a implementação da Iniciativa Hospital Amigo da Mulher e da Criança e do plano de parto, facilitado pelo Laboratório de Mudança, e a ampliação da comunicação com parturientes; d) atividades educativas com usuárias e rodas de gestantes. Conclusões: para a implementação e manutenção de um modelo seguro e qualificado são necessárias estratégias específicas, relacionadas aos indicadores e à capacitação de profissionais, e ações que promovem a comunicação para o fortalecimento do protagonismo de parturientes. Este conjunto de estratégias pode proporcionar um cuidado livre de danos e uma experiência de parto positiva, promovendo um ensino condizente com diretrizes nacionais e internacionais, e formando profissionais mais atentos às evidências científicas e aos direitos humanos.


Introduction: access to safe and respectful care, that enables a positive childbirth experience, is still a challenge, especially in Brazil, which has a model of care with an excess of interventions, including episiotomy. Objective: to describe and analyse changes in the teaching and practice of episiotomy, and the strategies considered most effective to facilitate the incorporation of evidence and good practice in vaginal birth care. Methods: mixed methods research; health professionals and teachers were interviewed; in addition, we carried out observation of shifts and document analysis to describe and evaluate changes in episiotomy rates and other perineal outcomes in a maternity school in the state of São Paulo. The material was analysed from the perspectives of gender and the historical-cultural activity theory. Results: the strategies considered most effective in changing the training and practice of health professionals were: a) make the problem visible: protocols with recording and monitoring of indicators (episiotomy rate, integrity of the perineum and lacerations classified by severity) and the obligation to record the indication for episiotomy in the medical record; b) changes in training: dissemination of scientific evidence, theoretical and practical training including simulations, and reduction in the use of forceps; c) the implementation of the Mother Baby Friendly Hospital Initiative and the birth plan, facilitated by the Change Laboratory, and the expansion of communication with parturients; d) educational activities with users and in circles for pregnant women. Conclusions: The implementation and maintenance of a safe and qualified model requires specific strategies related to indicators and the training of professionals, as well as actions that promote communication to strengthen the role of parturient women. These strategies can provide harm-free care and a positive childbirth experience, promoting teaching in line with national and international guidelines and training professionals who are more attentive to scientific evidence and human rights.


Subject(s)
Humans , Health Knowledge, Attitudes, Practice , Episiotomy , Evidence-Based Practice , Maternal Health , Implementation Science
12.
Acta Paul. Enferm. (Online) ; 36: eAPESPE02627, 2023. tab
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1402919

ABSTRACT

Resumo Objetivo Avaliar, a partir do discurso de profissionais da Atenção Básica, como o uso da estratégia Audit and Feedback contribuiu para geração de tensão por mudança na implementação de apoio matricial em um município paulista de médio porte. Métodos Estudo qualitativo, realizado por meio da análise da transcrição de Grupos de Apreciação Partilhada que empregaram a estratégia Audit and Feedback junto a cinco equipes de Atenção Básica em um município paulista de médio porte entre dezembro de 2019 e março de 2020. Para análise dos dados foi empregada análise de conteúdo que utilizou como categorias previamente definidas os desfechos de implementação: aceitabilidade, adequação e adoção, entendidos como principais desfechos relacionados à tensão por mudanças. Resultados As falas dos profissionais que participaram dos grupos em que foi empregada a estratégia Audit and Feedback permitiram identificar a geração de tensão por mudança produzida a partir dos dados que lhe foram apresentados. Indicativos de aceitabilidade, adequação e adoção em relação ao apoio matricial foram evidenciados, sugerindo assim a contribuição da estratégia empregada para o sucesso da implementação. Conclusão A estratégia Audit and Feedback se mostrou efetiva na geração de tensão por mudança, favorecendo assim o reconhecimento da necessidade da intervenção e consequentemente facilitando a sua implementação.


Resumen Objetivo Evaluar, a partir del discurso de profesionales de la Atención Básica, de qué forma el uso de la estrategia Audit and Feedback contribuyó para la generación de tensión por cambio en la implementación de apoyo matricial en un municipio del estado de São Paulo de tamaño mediano. Métodos Estudio cualitativo, realizado por medio del análisis de la transcripción de Grupos de Apreciación Compartida que utilizaron la estrategia Audit and Feedback con cinco equipos de Atención Básica en un municipio del estado de São Paulo de tamaño mediano entre diciembre de 2019 y marzo de 2020. Para el análisis de los datos se empleó el análisis de contenido que utilizó como categorías previamente definidas los desenlaces de implementación: aceptabilidad, adecuación y adopción, entendidos como principales desenlaces relacionados con la tensión por cambios. Resultados Los relatos de los profesionales que participaron de los grupos en los que se empleó la estrategia Audit and Feedback permitieron identificar la generación de tensión por cambio producida a partir de los datos que les presentaron. Se evidenciaron indicativos de aceptabilidad, adecuación y de adopción en relación con el apoyo matricial, lo que sugiere la contribución de la estrategia empleada para el éxito de la implementación. Conclusión La estrategia Audit and Feedback demostró ser efectiva en la generación de tensión por cambio, lo que favorece el reconocimiento de la necesidad de la intervención y, como consecuencia, facilita su implementación.


Abstract Objective Based on the discourse of Primary Care professionals, to assess how the use of the Audit and Feedback strategy contributed to the generate tension for change in the implementation of matrix support in a medium-sized city in São Paulo. Methods Qualitative study conducted by analyzing the transcript of Shared Appreciation Groups that used the Audit and Feedback strategy with five Primary Care teams in a medium-sized city in São Paulo between December 2019 and March 2020. Content analysis was used in data analysis. The implementation outcomes: acceptability, adequacy and adoption, understood as the main outcomes related to the tension for change, were previously defined as categories. Results The speeches of professionals who participated in the groups in which the Audit and Feedback strategy was used made it possible to identify the generation of tension for change produced from data presented to them. Indications of acceptability, adequacy and adoption in relation to the matrix support were evidenced, thereby suggesting the contribution of the strategy employed to the success of the implementation. Conclusion The Audit and Feedback strategy proved to be effective in generating tension for change, thereby favoring the recognition of the need for intervention and consequently facilitating its implementation.


Subject(s)
Humans , Primary Health Care , Medical Records , Mental Health , Evaluation Studies as Topic , Health Policy , Mental Health Services , National Health Strategies , Health Strategies , Implementation Science
13.
Belo Horizonte; s.n; 2023. 180 p. ilus.
Thesis in Portuguese | LILACS, BBO | ID: biblio-1509353

ABSTRACT

O programa Escolas Promotoras de Saúde (EPS) permite que estudantes tenham acesso às ações de promoção da saúde, experimentando melhoria na qualidade de vida e no rendimento escolar. Entretanto, poucos países implementaram o programa em larga escala com sucesso. Também são poucos os estudos que têm abordado desafios na implementação de EPS e estratégias para superá-los. Este estudo é fruto do projeto conjunto da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Minas Gerais e das Secretarias de Saúde e Educação de Belo Horizonte (BH) para implementar o programa EPS proposto pela Iniciativa para uma Saúde Acessível (PEPS-ISA), em comunidades socialmente vulneráveis. O PEPS-ISA pauta-se na Carta de Ottawa e na Pesquisa de Implementação (PI) e propõe cuidados odontológicos, dentre outras intervenções. Esta tese teve como objetivo avaliar o processo inicial de implementação do PEPS-ISA em escolas de BH e foi elaborada em 2 etapas. A primeira compreendeu uma pesquisa qualitativa para avaliar a aceitabilidade, adoção, adequação e viabilidade do PEPS-ISA. Para tanto, realizouse análise do conteúdo de 10 registros de reuniões realizadas pela Comissão de Implementação (CI), composta por representantes de diferentes setores (universidade, secretarias de saúde e educação, escolas e centros de saúde), e de 5 entrevistas com integrantes de cada um dos setores, presentes nas reuniões. Os participantes demonstraram que aceitam e têm intenção de contribuir para implementação do PEPS-ISA, por entenderem que o modelo é simples e adequado às escolas, tendo como facilitadores: planejamento conjunto, trabalho intersetorial e articulação com políticas e ações existentes. Eles acreditam que o programa é viável, desde que barreiras como engajamento dos pais e escassez de recursos, de financiamento e de tempo sejam superadas. A segunda etapa compreendeu uma revisão de escopo para mapear e sintetizar a literatura acerca de PI que avaliaram custo de intervenções de promoção da saúde em escolas fundamentais. As buscas foram realizadas nas bases: LILACS, MEDLINE, Cochrane, Scopus, Web of Science, Embase, Eric, e na literatura cinzenta (Google Acadêmico), em janeiro de 2022, empregando-se filtros para data e idioma de publicação. Foram selecionados 492 artigos, dos quais 11 atenderam critérios de elegibilidade. Como os estudos envolveram intervenções de diferentes áreas da promoção da saúde, não foi possível fazer comparações sobre custos e efeitos. Os resultados, no entanto, permitiram identificar que apesar do custo ser amplamente referido como barreira para implementação de intervenções escolares de saúde, ainda são poucas as PI sobre a temática. O relato das avaliações econômicas carece de atenção, visto que deixaram de reportar dados relevantes, como perspectiva analítica, métodos de mensuração dos custos e tratamento da incerteza. Como desdobramento desta tese, decidiu-se realizar uma revisão sistemática da literatura (em curso) relativa aos componentes de custo de programas de promoção da saúde bucal em escolas, para instrumentalizar a análise de custo dos cuidados odontológicos propostos pelo PEPS-ISA. Espera-se que os achados desta tese contribuam para melhorias no processo de implementação do programa, em sua totalidade, nas escolas envolvidas, além de incentivar e apoiar a expansão para outras escolas, tanto de BH como de outras localidades.


The Health Promoting Schools (HPS) program aims to provide students with access to health promotion actions, leading to improvements in their quality of life and school performance. However, the implementation of the program on a large scale has been successful in only a few countries. Additionally, there is a scarcity of studies addressing the challenges of HPS implementation and strategies to overcome them. This thesis evaluates the initial implementation process of the HPS model proposed by the Affordable Health Initiative (AHI) in schools attending socially vulnerable communities, in Belo Horizonte (BH). The AHI HPS model is based on the Ottawa Charter and Implementation Research (IR) and includes dental care among its interventions. The first stage of this thesis involved qualitative research to assess the acceptability, adoption, sustainability, and feasibility of the AHI HPS model. Content analysis was conducted on 10 records of meetings held by the Implementation Committee (IC). Additionally, five interviews were conducted with key informants who attended the meetings. The participants expressed acceptance and willingness to contribute to the implementation of the model, recognizing its simplicity and suitability for schools. Facilitating factors included joint planning, intersectoral collaboration, and alignment with existing policies and actions. However, barriers such as parental engagement, limited resources, funding, and time constraints were acknowledged, which must be addressed for successful implementation. The second stage comprised a scoping review to map and synthesize the literature on implementation research that assessed the cost of health-promoting interventions in elementary schools. The searches were conducted in the databases: LILACS, MEDLINE, Cochrane, Scopus, Web of Science, Embase, Eric, and in gray literature (Google Scholar), in January 2022, using filters for publication date and language. A total of 492 articles were selected, and 11 met the eligibility criteria. As the studies involved interventions from different health promotion areas, it was impossible to compare costs and effects. The results pointed out that despite the cost being widely referred to as a barrier to implementing school health interventions, there are still few studies on the subject. The reporting of economic evaluations requires attention as they failed to report data, such as the analytical perspective, methods of measuring costs, and treatment of uncertainty. As a result of this thesis, it was decided to conduct an ongoing systematic review of the literature on the cost components of school-based oral health-promoting programs to provide tools for the cost analysis of dental care proposed by the AHI HPS model. It is expected that the findings of this thesis will contribute to improvements in the implementation process of the program in the participating schools, and encourage and support its expansion to others.


Subject(s)
School Health Services , Health Evaluation , Oral Health , Implementation Science , Health Promotion
14.
Chinese Journal of Preventive Medicine ; (12): 438-442, 2023.
Article in Chinese | WPRIM | ID: wpr-969908

ABSTRACT

Implementation research is a discipline that attempts to promote the application of evidence-based interventions in different settings and populations by using various methods and measures. Implementation strategies are the central part of implementation research, and as the field of implementation science evolves, more and more implementation strategies have been developed to facilitate the application of evidence-based interventions in the real world. To help researchers better understand and apply implementation strategies, this study will introduce implementation strategies in three aspects: classification, selection and application, and report.


Subject(s)
Humans , Implementation Science
15.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 26: e20220136, 2022. graf
Article in Portuguese | LILACS, BDENF | ID: biblio-1404741

ABSTRACT

Resumo Existe consenso na literatura sobre a importância do uso do brinquedo terapêutico (BT), recomendando-se a sua sistematização no planejamento do cuidado pediátrico, contudo há lacunas no conhecimento sobre como sistematizar esse cuidado e implementa-lo em unidades hospitalares. Objetivos Propor um modelo de implementação sistemática do BT para unidades pediátricas hospitalares e descrever as etapas desse processo. Método estudo descritivo, de abordagem qualitativa, desenvolvido em unidades de internação e terapia intensiva pediátricas, apoiado pela ferramenta PDCA (Plan, Do, Check e Action). Os dados foram coletados por meio da observação da dinâmica dos atendimentos da unidade e entrevista com onze dos profissionais do grupo de referência de BT e, a seguir procedeu-se a análise temática. Resultados a implementação do BT evidenciou resultados positivos, seja na perspectiva dos integrantes do grupo de referência, seja na percepção de aumento da frequência na prática de realização do BT ou, ainda, pelo reconhecimento da família e da instituição. Conclusão e implicações para a prática As etapas percorridas no processo de implementação do BT em unidades pediátricas fornecem subsídios para direcionar profissionais de diferentes instituições a implementar de forma sistemática esta prática lúdica.


Resumen Existe consenso en la literatura sobre la importancia del uso de juguetes terapéuticos (JT), recomendándose su sistematización en la planificación del cuidado pediátrico, sin embargo existen lagunas en el conocimiento sobre cómo sistematizar este cuidado e implementarlo en las unidades hospitalarias. Objetivos Proponer un modelo para la implementación sistemática de PT para unidades hospitalarias de pediatría y describir los pasos de este proceso. Método estudio descriptivo, con enfoque cualitativo, desarrollado en unidades de hospitalización y cuidados intensivos pediátricos, apoyado en la herramienta PDCA (Plan, Do, Check and Action). Los datos fueron recolectados a través de la observación de la dinámica de atención en la unidad y entrevista con once profesionales del grupo de referencia de JT, seguida del análisis temático. Resultados la implementación de la JT mostró resultados positivos, ya sea desde la perspectiva de los miembros del grupo de referencia, ya sea en la percepción de mayor frecuencia en la práctica de la realización de la JT o, incluso, por el reconocimiento de la familia y la institución. Conclusión e implicaciones para la práctica Los pasos dados en el proceso de implementación de la PT en las unidades pediátricas brindan subsidios para orientar a los profesionales de diferentes instituciones a implementar sistemáticamente esta práctica lúdica.


Abstract There is a consensus in the literature on the importance of using therapeutic play, recommending its systematization in pediatric care planning, however, there are gaps in knowledge about how to systematize this care and implement it in hospital units. Objectives to propose a model for the systematic implementation of therapeutic play for pediatric hospital units and describe the steps of this process. Method descriptive qualitative study, developed in pediatric hospitalization and intensive care units, supported by the PDCA (Plan, Do, Check and Action) tool. Data were collected through observation of the dynamics of care at the unit and an interview with 11 professionals from the reference group, followed by thematic analysis. Results the implementation of therapeutic play showed positive results, from the perspective of the members of the reference group, in the perception of increased frequency in the practice of performing therapeutic play, and due to the recognition of the family and the institution. Conclusion and implications for practice the steps taken in the process of implementing TP in pediatric units provide support to guide professionals from different institutions to systematically implement this playful practice.


Subject(s)
Humans , Child , Pediatric Nursing , Play and Playthings , Child Care/methods , Child, Hospitalized , Implementation Science , Child Health , Qualitative Research , Nursing, Team
16.
Article in English | LILACS, INDEXPSI | ID: biblio-1386607

ABSTRACT

Abstract The #Tamojunto2.0 program (Unplugged) has been evaluated in Brazil in order to support its implementation as a national public policy. The aim of this study was to evaluate the implementation process of the #Tamojunto2.0 school-based program, disseminated by the Ministry of Health, in the prevention of alcohol and other drug use among adolescents. This is a mixed-methods study. The sample consisted of 13 teachers and eight managers of 8th grade classes of elementary education public schools located in two cities, and a training provider professional for the program's application. Observation, evaluation and semi-structured interview forms were used. Descriptive and thematic analyses were performed. The results indicate low implementation fidelity, good quality in the application of the program, and high student absenteeism. Aspects which facilitate or hinder implementation of the program are also presented. Such results are relevant for the large-scale implementation of #Tamojunto2.0.


Resumo O programa #Tamojunto2.0 (Unplugged) tem sido avaliado no Brasil com vistas a subsidiar sua implantação como política pública nacional. O objetivo deste estudo foi avaliar o processo de implementação do programa escolar #Tamojunto2.0, disseminado pelo Ministério da Saúde, na prevenção do uso de álcool e outras drogas entre adolescentes. Trata-se de estudo de métodos mistos. A amostra constituiu-se de 13 professores e oito gestores de turmas de 8º ano do ensino fundamental de escolas públicas localizadas em duas cidades, e uma profissional ministrante da formação para aplicação do programa. Foram utilizados formulários de observação, avaliação e roteiro de entrevista semiestruturada, os dados coletados foram submetidos às análises descritiva e temática. Os resultados indicam baixa fidelidade de implementação, boa qualidade na aplicação do programa, alto absenteísmo dos estudantes. São também apresentados aspectos que facilitam ou dificultam sua implementação. Tais resultados são relevantes para a implementação do #Tamojunto2.0 em larga-escala.


Resumen El programa # Tamojunto2.0 (Unplugged) ha sido evaluado en Brasil con miras a subsidiar su implementación como política pública nacional. El objetivo del estudio fue evaluar el proceso de implementación del programa escolar #Tamojunto2.0, difundido por el Ministerio de Salud, en la prevención del consumo de drogas en adolescentes. Es un estudio de métodos mixtos. La muestra se constituyó de 13 maestros y ocho directores de clases del 8º grado de Enseñanza Fundamental en escuelas públicas de dos ciudades, y un profesional provedor de capacitación para la aplicación del programa. Se utilizaron formularios de observación, evaluación y entrevista semiestructurada. Los datos se sometieron a análisis descriptivo y temático. Los resultados indican baja fidelidad en la implementación, buena calidad en la aplicación del programa, alto ausentismo estudiantil. También se presentan aspectos que facilitan o dificultan la implementación del programa. Estos resultados son relevantes para la implementación a gran escala de #Tamojunto2.0.


Subject(s)
Humans , Adolescent , Students , Program Evaluation , Illicit Drugs , Disease Prevention , Implementation Science
17.
Ethiop. j. health dev. (Online) ; 36(1): 1-8, 2022. tables
Article in English | AIM | ID: biblio-1398395

ABSTRACT

Background: Health data quality are limited within the health sectors of low-and middle-income countries (LMICs). Although public health decision-making is mainly dependent on the timely availability of quality data, the quality of healthdata is not satisfactory in some countries, including in the Somali Regional State. Therefore, this baseline assessment was aimed at assessing the level of data quality and its determinants in the public health sector of the Somali Regional State, Ethiopia. Methods: A baseline assessment was conducted as part of an implementation research project. The study was conducted in three selected public health facilities of the Jigjiga Woreda, including the Woreda Health Office and the Somali Regional Health Bureau. A total of 179 health care workers participated in the survey. Interviewer guided self-administered, record review, and observation data collection techniques were used for data collection. Data wasanalyzed using descriptive, bivariate, and multivariate logistic models to identify predictors of data quality. A P-value of 0.05 was used as the statistical significance cut-off point. Results:The overall data accuracy and content completeness in the studied facilities was88.12% and 75.75%, respectively. Data accuracy was 92.2% in the Karamara Hospital, 83.1% in Jigjiga Health Center, and 79.8% in the Ayardaga Health Center. Content completeness was 81.6% in the KaramaraHospital, 81.2% in the Jigjiga Health Center, and 69.7% in the Ayardaga health center. Forthe studied variables, the data recording value given by their immediate supervisors was a strong predictor of data accuracy in the study setting. The odds of thosewho felt thatdata recording was notvalued by supervisors had 0.26 times poorer data accuracy than their counterparts (AOR: 0.26, 95%CI: 0.10, 0.66). Conclusion:Both the accuracy and completeness of health data in Eastern Ethiopia were inadequate. As a result, health work force immediate supervisors and Performance Monitoring Teams (PMT) should undertake regular and ongoing supervision and provide timely feedback for corrective action. In addition, specialized training in data recording and documentation would be beneficial in bridging the gap between workers' skill. [Ethiop. J. Health Dev. 2022;36 (SI-1)]


Subject(s)
Humans , Implementation Science , Facilities and Services Utilization , Research , Public Health , Educational Measurement , Evaluation Studies as Topic , Data Accuracy
18.
Rev. adm. pública (Online) ; 55(4): 995-1006, jul.-ago. 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1340887

ABSTRACT

Resumo Para além da defesa normativa e prescritiva da intersetorialidade, sabe-se pouco sobre os condicionantes de sua implementação. O objetivo deste artigo é suprir essa lacuna, usando uma estratégia analítico-metodológica baseada nos estudos acerca de implementação e metodologia da análise de redes sociais (ARS). Com base em dados primários coletados em entrevistas aprofundadas e analisados por meio da ARS, o texto compara duas ações intersetoriais destinadas à população em situação de rua: o projeto Oficina Boracea, desde seu início, em 2002, até 2016, e o programa De Braços Abertos (DBA), a partir de sua formulação, em 2013, até seu término, em 2016. Os resultados indicam que, mais do que um modelo de gestão bem-formulado, a intersetorialidade é um produto de interações cotidianas e estratégias de coordenação construídas entre diferentes escalões da burocracia e entre atores estatais e não estatais, em distintos arranjos de implementação.


Resumen Con excepción de la defensa normativa y prescriptiva de la intersectorialidad, poco se sabe sobre las condiciones para su implementación. El objetivo de este artículo es llenar ese vacío, utilizando una estrategia analítico-metodológica basada en estudios de implementación y en la metodología de análisis de redes sociales (ARS). A partir de datos primarios recopilados a través de entrevistas en profundidad y analizados mediante ARS, este artículo compara dos proyectos intersectoriales para personas sin hogar: el proyecto Oficina Boracea, desde su inicio en 2002 hasta 2016, y el programa De Braços Abertos (DBA), desde su formulación en 2013 hasta su finalización en 2016. Los resultados indican que, más de un modelo de gestión bien formulado, la intersectorialidad es el producto de interacciones cotidianas y estrategias de coordinación construidas entre diferentes niveles de burocracia y entre actores estatales y no estatales, en diferentes arreglos de implementación.


Abstract Apart from the normative and prescriptive defense of intersectorality, the conditions related to the implementation of intersectoral programs are still little explored. This article aims to fill this gap, using an analytical-methodological strategy based on studies on implementation and the methodology of social network analysis (SNA). Based on primary data collected through in-depth interviews and analyzed using SNA, this article compares two programs for homeless people: the Oficina Boracea program, from its beginning in 2002 to 2016, and the program De Braços Abertos (DBA), from 2013 when it started until its end, in 2016. The results indicate that intersectorality is more than a well-designed management model. It is the product of everyday interactions and coordination strategies built with the participation of different levels of bureaucracy and state and non-state actors, gathered in different implementation arrangements.


Subject(s)
Humans , Male , Female , Public Administration , Ill-Housed Persons , Data Collection , Intersectoral Collaboration , Projects , Social Networking , Implementation Science
19.
Rev. bras. educ. méd ; 45(supl.1): e111, 2021. tab, graf
Article in Portuguese | LILACS | ID: biblio-1279863

ABSTRACT

Resumo: Introdução: As mudanças de vida do estudante quando ingressa na Faculdade de Medicina tornam os primeiros anos os mais vulneráveis para desenvolver estresse psicológico e suas consequências. Em 2020, essa condição se agravou devido à pandemia de Sars-CoV-2. Para dar suporte aos alunos, várias escolas médicas desenvolvem programas de mentoria, entretanto a adesão deles costuma ser baixa. Objetivo: Este estudo teve como objetivos criar um modelo de mentoria - denominada "Mentoria de Acolhimento" - como suporte psicossocial e pedagógico aos alunos ingressantes, e estudar seu processo de implementação e os resultados para maior adesão e efetividade. Método: Com um desenho metodológico do campo da ciência da implementação, utilizaram-se técnicas e instrumentos de pesquisas qualitativas e quantitativas para compor um estudo de métodos mistos. Obtiveram-se os dados qualitativos em reuniões com os mentores e os dados quantitativos em questionários eletrônicos anônimos para os alunos. Os encontros dos grupos de mentoria foram previstos na grade curricular obrigatória, em horários predeterminados nos quatro meses do primeiro semestre da graduação. Analisaram-se os dados qualitativos por meio da técnica de análise temática, e os dados quantitativos foram examinados de modo descritivo. Resultado: Participaram da Mentoria de Acolhimento 147 alunos (77% dos ingressantes). Identificaram-se os seguintes facilitadores de implementação: inclusão automática de todos os alunos nos grupos, inserção na grade, qualidade do mentor e disposição dos discentes para a mentoria. Observaram-se as seguintes barreiras: falhas na comunicação com os alunos, não realização de encontros por mentores, atividades extracurriculares no horário previsto para a mentoria e o modo presencial remoto. A experiência foi avaliada como positiva por alunos e mentores, verificando-se ganhos de desempenho acadêmico, em conhecer o cotidiano escolar e lidar com aspectos emocionais e relacionais da vida de estudante. Conclusão: A Mentoria de Acolhimento ajudou a integração do aluno ingressante na faculdade. Mostrou-se adequada em termos de modelo e resultados, mas requer aprofundamento dos estudos de impacto na formação médica.


Abstract: Introduction: Upon entering medical school the student undergoes life changes that make the first years the most crucial in terms of vulnerability to developing psychological stress and the associated consequences. In 2020, this condition was aggravated due to the SARS-COV-2 pandemic. To offer students more support, many medical schools have encouraged them to participate in mentoring programs, however student adherence is typically low. Objective: To create a mentoring model - called "Welcome Mentoring" - as a psychosocial and pedagogical support for incoming students, and study its implementation process and results, with the aim of achieving greater adherence and effectiveness. Methodology: Using a methodological design from the field of implementation science, qualitative and quantitative research techniques and instruments were combined to form a mixed-methods study. Qualitative data were obtained in meetings with mentors, and quantitative data through anonymous electronic questionnaires for students. The meetings of the mentoring groups were foreseen in the mandatory curricular schedule, at predetermined times during the four months of the first semester of the undergraduate course. Qualitative data were analyzed with thematic analysis technique, and quantitative data were analyzed descriptively. Results: 147 students participated in the Welcome Mentoring (77% participation). The factors that facilitated the implementation were: the automatic inclusion of all students in the groups, insertion in the curriculum, quality of the mentor, and students' availability for mentoring. The following barriers were observed: communication failures with students, no meetings with mentors, extracurricular activities during mentoring hours, and the remote mode for meetings. The experience was evaluated as positive by students and mentors, with gains in academic performance, in learning about daily school life, and in dealing with the emotional and relational aspects of student life. Conclusion: Welcome Mentoring helped integrate incoming student into university life. It proved adequate in terms of the model and results, but requires further studies on its impact on medical education.


Subject(s)
Humans , Education, Medical/methods , User Embracement , Mentoring/methods , COVID-19/psychology , Schools, Medical , Students, Medical/psychology , Implementation Science
20.
Rev. panam. salud pública ; 45: 1-10, 2021. lus
Article in English | LILACS, SESSP-ISPROD, SES-SP, SESSP-ISACERVO | ID: biblio-1253545

ABSTRACT

Objetivo. Identificar potenciais barreiras à implementação das recomendações das Diretrizes Nacionais de Assistência ao Parto Normal a partir das melhores evidências globais disponíveis. Métodos. Realizou-se uma revisão rápida com consulta a seis bases de dados em março/abril de 2019. Foram selecionados estudos secundários publicados em inglês, espanhol ou português sobre barreiras de qualquer natureza que pudessem ser relacionadas à implementação das recomendações das Diretrizes. Resultados. Foram incluídos 23 documentos (21 revisões sistemáticas e dois guias de prática clínica). As barreiras identificadas foram agrupadas em 52 categorias por semelhança de significado e, em seguida, reorganizadas em nove núcleos temáticos: modelo de atenção ao parto e nascimento, gestão de recursos humanos, crenças e saberes, relações de gênero, gestão de serviços de saúde, atitudes e comportamentos, comunicação, condições socioeconômicas e interesses políticos. Conclusões. Os resultados mostraram que a implementação das Diretrizes pode requerer abordagens combinadas para o enfrentamento de diferentes barreiras. O engajamento de gestores e profissionais de saúde no processo de mudança do modelo de atenção ao parto e nascimento e o envolvimento de usuários são indispensáveis para o sucesso da implementação. São necessárias, ainda, ações intersetoriais para melhorar as condições socioeconômicas de mulheres e famílias e para combater as iniquidades de gênero.


Subject(s)
Parturition , Evidence-Informed Policy , Implementation Science , Brazil , Practice Guidelines as Topic
SELECTION OF CITATIONS
SEARCH DETAIL