Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 1.478
Filtrar
1.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1638, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360019

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: O tratamento endoscópico das varizes esofágicas tem sido utilizado como principal intervenção em pacientes com hipertensão portal secundária à esquistossomose, mas com taxas significativas de recorrência de varizes esofágicas e ressangramento. Os resultados em longo prazo do tratamento endoscópico exclusivo são pouco estudados quanto à relação das dimensões esplênicas neste contexto. OBJETIVO: Avaliar, por meio da ultrassonografia, o índice esplênico e a dimensão longitudinal (craniocaudal) do baço como preditores de ressangramento e recorrência de varizes no seguimento tardio de pacientes esquistossomóticos não operados, após erradicação endoscópica das varizes esofágicas. MÉTODOS: Estudo observacional retrospectivo por meio da análise de prontuários de pacientes com diagnóstico de esquistossomose hepatoesplênica. A curva ROC foi usada para determinar o melhor ponto de corte para o índice esplênico médio como preditor de recorrência e sangramento. RESULTADOS: Foram analisados 54 pacientes, durante o período de 2002 a 2018. O tempo médio de seguimento foi de 8 anos. O índice esplênico provou ser um teste sensível em valores acima de 144 como preditor de ressangramento. Na análise da dimensão longitudinal, o valor acima de 20 cm apresentou teste estatisticamente significativo para recorrência de varizes e valor acima de 19 cm apresentou-se como teste muito sensível e estatisticamente significativo para ressangramento. CONCLUSÃO: A análise do índice esplênico e da dimensão craniocaudal, obtidos por ultrassonografia, podem predizer recorrência de varizes e ressangramento após erradicação endoscópica exclusiva.


ABSTRACT - BACKGROUND: Endoscopic treatment for esophageal variceal has been used as the main intervention in patients with portal hypertension secondary to schistosomiasis, but with significant rates of recurrence of esophageal variceal and rebleeding. The long-term results of exclusive endoscopic treatment are poorly studied as the relationship of the splenic dimensions in this context. AIM: The aim of this study was to identify, through ultrasonography, whether the splenic index and the longitudinal (craniocaudal) dimension of the spleen are the predictors of rebleeding and variceal recurrence in late follow-up of patients with nonoperated schistosomiasis, after endoscopic eradication of esophageal variceal. METHODS: This is a retrospective and observational study analyzing the medical records of patients diagnosed with hepatosplenic schistosomiasis. The receiver operating characteristic curve was used to determine the best cutoff point for the mean splenic index as a predictor of recurrence and bleeding. Results: A follow-up of 54 patients were analyzed during the period from 2002 to 2018. The mean follow-up time was 8 years. The splenic index with value >144 was proved to be a sensitive test for rebleeding. In the analysis of the longitudinal dimension, the spleen length of >20 cm showed a statistically significant test for recurrence of variceal and a length >19 cm presented as a very sensitive and statistically significant test for rebleeding. CONCLUSION: Splenic index and craniocaudal dimension analysis, obtained by ultrasonography, can predict recurrence of varicose veins and rebleeding after exclusive endoscopic treatment.


Assuntos
Humanos , Esquistossomose , Varizes Esofágicas e Gástricas/cirurgia , Varizes Esofágicas e Gástricas/diagnóstico por imagem , Baço/cirurgia , Baço/diagnóstico por imagem , Estudos Retrospectivos , Seguimentos , Hemorragia Gastrointestinal/cirurgia , Hemorragia Gastrointestinal/etiologia , Hemorragia Gastrointestinal/diagnóstico por imagem , Recidiva Local de Neoplasia
2.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1633, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360020

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: Disfunção do esfíncter esofágico inferior (EEI), doença do refluxo gastroesofágico e esofagite erosiva em pacientes submetidos à gastrectomia subtotal são ocorrências comumente reconhecidas, mas até agora as causas permanecem obscuras. OBJETIVO: A hipótese deste estudo é que a gastrectomia subtotal provoque alterações na pressão de repouso do EEI e na sua competência, devido ao dano anatômico desta, visto que as fibras oblíquas "Sling", um dos componentes musculares do EEI, são seccionadas durante este procedimento cirúrgico. MÉTODOS: Sete cães adultos sem raça definida (18-30 kg) foram anestesiados e submetidos à transecção do estômago proximal. Em seguida, o remanescente gástrico proximal foi fechado por sutura. No intraoperatório, manometria lenta foi realizada em cada cão, em condições basais (com estômago intacto) e no remanescente gástrico proximal fechado. A média dessas medidas é apresentada, com cada cão servindo como seu próprio controle. RESULTADOS: A pressão média do EEI medida no remanescente gástrico proximal, em comparação com a pressão do EEI no estômago intacto, foi diminuída em cinco cães, aumentada em um cão e sem alterações no outro cão. CONCLUSÃO: A secção transversa superior do estômago e o fechamento do remanescente do estômago por sutura provocam alterações na pressão do EEI. Sugerimos que essas mudanças na pressão do EEI são secundárias à secção das fibras oblíquas "Sling" do esfíncter, um de seus componentes musculares. A sutura e o fechamento do remanescente gástrico proximal, reancora essas fibras com mais, menos ou a mesma tensão, modificando ou não a pressão do EEI.


ABSTRACT - BACKGROUND: Dysfunction of the lower esophageal sphincter (LES), gastroesophageal reflux disease, and erosive esophagitis in patients undergoing subtotal gastrectomy are commonly recognized occurrences, but until now the causes remain unclear. AIM: The hypothesis of this study is that subtotal gastrectomy provokes changes on the LES resting pressure and its competence, due to the anatomical damage of it, given that the oblique "Sling" fibers, one of the muscular components of the LES, are transected during this surgical procedure. METHODS: Seven adult mongrel dogs (18-30 kg) were anesthetized and admitted for transection of the proximal stomach. Later, the proximal gastric remnant was closed by a suture. Intraoperatively, slow pull-through LES manometries were performed on each dog, under basal conditions (with the intact stomach), and in the closed proximal gastric remnant. The mean of these measurements is presented, with each dog serving as its control. RESULTS: The mean LES pressure (LESP) measured in the proximal gastric remnant, compared with the LESP in the intact stomach, was decreased in five dogs, increased in one dog, and remained unchanged in other dogs. CONCLUSION: The upper transverse transection of the stomach and closing the stomach remnant by suture provoke changes in the LESP. We suggested that these changes in the LESP are secondary to transecting the oblique "Sling" fibers of the LES, one of its muscular components. The suture and closing of the proximal gastric remnant reanchor these fibers with more, less, or the same tension, whether or not modifying the LESP.


Assuntos
Humanos , Animais , Cães , Refluxo Gastroesofágico , Esfíncter Esofágico Inferior/cirurgia , Junção Esofagogástrica , Gastrectomia/efeitos adversos , Manometria
3.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1641, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360018

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: As principais indicações das hepatectomias video-laparoscópicas (HVL), inicialmente, eram nas lesões hepáticas benignas. À medida que a HVL se tornou mais popular, as indicações de doenças malignas superaram as de doenças benignas. Este estudo teve como objetivo discutir as indicações e resultados da HVL para o tratamento de tumores hepáticos benignos. MÉTODOS: De 445 HVL realizadas em um único centro, 100 (22,4%) foram para tumores benignos. Os autores discutem as indicações para ressecção e apresentam seus resultados perioperatórios. RESULTADOS: No total, 100 pacientes com tumores benignos foram avaliados, a saber: 66 casos de adenomas hepatocelulares; 14 de neoplasia mucinosa biliar; 13 de hiperplasia nodular focal; 4 de angiomiolipomas; e 3 de hemangiomas. O tamanho médio das lesões foi de 7,6 cm (3,1 a 19,6 cm). A taxa de morbidade total foi de 19%, sendo 9% classificados como Clavien-Dindo 3 ou 4 e não foi observada mortalidade. CONCLUSÃO: A HVL para tumores hepáticos benignos é segura e apresenta excelentes resultados. No entanto, as indicações para cirurgia são cada vez mais restritas, não sendo recomendável indicar a ressecção somente por se tratar de procedimento minimamente invasivo.


ABSTRACT - BACKGROUND: The main indications of the use of laparoscopic liver surgery (LLS), in the early days, were benign liver lesions. As LLS became more popular, indications for malignant diseases outnumbered those for benign ones. This study aims to rule out the indications and results of LLS for the treatment of benign liver tumors. METHODS: Out of 445 LLS performed in a single center, 100 (22.4%) were for benign tumors. The authors discuss the indications for resection and present their perioperative results. RESULTS: In total, 100 patients with benign tumors were evaluated. Specifically, these were as follows: 66 cases of hepatocellular adenomas; 14 cases of biliary mucinous neoplasm; 13 cases of focal nodular hyperplasia; 4 cases of angiomyolipomas; and 3 cases of hemangiomas with a mean size of 7.6 cm (ranging from 3.1 to 19.6 cm). The total morbidity rate was 19%, with 9% classified as Clavien-Dindo grades 3 or 4. No mortality was observed. CONCLUSION: LLS for benign liver tumors is safe and presents excellent results. However, indications for resection are increasingly restricted and should not be performed just because it is a minimally invasive procedure.


Assuntos
Humanos , Laparoscopia , Neoplasias Hepáticas/cirurgia , Estudos Retrospectivos , Hepatectomia
4.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1637, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360017

RESUMO

RESUMO - INTRODUÇÃO: O papilomavírus humano (HPV) é agente das doenças sexualmente transmissíveis de maior prevalência no mundo que estão associadas ao câncer do colo do útero e canal anal. A ação do HPV na carcinogênese colorretal não está ainda estabelecida. OBJETIVO: Estudar a eventual correlação entre a presença do HPV tipo 16 e a expressão gênica da proteína p16INK4a e da oncoproteína E7 de HPV e de seus níveis no tecido do carcinoma colorretal. METODOS: Estudo retrospectivo caso-controle de 79 doentes com carcinoma colorretal divididos em dois grupos: HPV presente e HPV ausente. Foi realizada reação em cadeia da polimerase (PCR), além da hibridização do tipo dot blot para o HPV 16 e o HPV 18 Amostras do tecido colorretal também foram submetidas ao estudo imuno-histoquimico para avaliar o nível tecidual das proteínas E7 e p16INK4a. RESULTADOS: O HPV foi identificado em 36 (45,6%) casos. Não houve diferença significante entre os grupos quanto ao sexo (p=0,056), idade (p=0,1), localização cólica e/ou retal (0,098) e presença do HPV. A expressão gênica da oncoproteína E7 de HPV estava presente em 3,12% dos casos (p=0,9) e a expressão da proteína p16INK4a foi observada em 46,3% (p=0,27) dos indivíduos com detecção do HPV. CONCLUSÃO: A expressão gênica e os níveis teciduais da oncoproteína E7 e da proteína p16INK4a encontrados nos pacientes positivos para o HPV sugerem a ausência de atividade oncogênica do HPV tipo 16 no carcinoma colorretal.


ABSTRACT - BACKGROUND: Human papillomavirus (HPV) is the agent of the most prevalent sexually transmitted diseases in the world associated with cervix and anal canal cancer. The action of HPV on colorectal carcinogenesis is not yet established. OBJECTIVE: This research aimed to study the possible correlation between the presence of HPV16 and the gene expression of p16INK4a protein and HPV E7 oncoprotein and their levels in colorectal carcinoma tissue. METHODS: A retrospective case-control study of 79 patients with colorectal carcinoma was divided into two groups: HPV-positive and HPV-negative. The polymerase chain reaction was performed, in addition to dot-blot hybridization for HPV16 and HPV18. Colorectal tissue samples were also subjected to immunohistochemical study to assess the tissue level of E7 and p16INK4a proteins. RESULTS: HPV was identified in 36 (45.6%) cases. There was no significant difference between groups regarding gender (p=0.056), age (p=0.1), colic and/or rectal location (0.098), and presence of HPV. Gene expression of HPV E7 oncoprotein was present in 3.12% of cases (p=0.9), and p16INK4a protein expression was observed in 46.3% (p=0.27) of those selected with HPV detection. CONCLUSION: Gene expression and tissue levels of E7 oncoprotein and p16INK4a protein found in HPV-positive patients suggest the absence of HPV16 oncogenic activity in colorectal carcinoma.


Assuntos
Humanos , Feminino , Neoplasias Colorretais/genética , Neoplasias Colorretais/virologia , Inibidor p16 de Quinase Dependente de Ciclina/genética , Infecções por Papillomavirus/genética , Proteínas E7 de Papillomavirus/genética , DNA Viral , Estudos de Casos e Controles , Estudos Retrospectivos , Papillomavirus Humano 16/genética
6.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1636, 2021. graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360015

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: Drogas imunossupressoras são indispensáveis para pacientes pós-transplante, diminuindo, significativamente, os riscos de rejeição inerentes a este tipo de procedimento. No entanto, seus efeitos colaterais sobre os núcleos hipotalâmicos envolvidos na regulação da ingestão de alimentos e o efeito no excessivo ganho de peso e suas comorbidades associadas são desconhecidos. OBJETIVO: Analisar a ocorrência de alterações morfológicas dos núcleos paraventricular, área hipotalâmica lateral, dorsomedial, ventromedial e arqueado em ratos Wistar submetidos ao tratamento imunossupressor com Tacrolimus (TAC) ou Micofenolato Mofetil (MMF). MÉTODOS: Foram utilizados Ratos Wistar machos adultos distribuídos, randomicamente, em quatro grupos de acordo com o tratamento oral utilizado por 14 semanas: Controle; Sham (Placebo); Tacrolimus (TAC 1mg/kg peso) e Micofenolato Mofetil (MMF 30mg/kg peso). Ao final do tratamento, os animais foram eutanasiados e seus encéfalos fixados para o processamento histológico. Posteriormente, as lâminas foram fotodocumentadas para o desenvolvimento da análise estereológica dos corpos celulares dos neurônios dos núcleos hipotalâmicos, tendo como parâmetros a densidade neuronal e no número de neurônios. RESULTADOS: Todos os grupos estudados mostraram curva de ganho de peso ponderal durante todo o período de experimento. Não houve diferença significativa na densidade neuronal e no número de neurônios hipotalâmicos dos núcleos hipotalâmicos entre os grupos estudados. Não foram detectadas alterações morfológicas dos corpos celulares dos neurônios hipotalâmicos capazes de serem imputadas ao uso dos imunossupressores envolvidos no estudo. CONCLUSÃO: O tratamento dos animais experimentais com os imunossupressores não evidenciou alterações no número e densidade dos corpos celulares dos neurônios dos núcleos hipotalâmicos estudados.


ABSTRACT - BACKGROUND: Immunosuppressive drugs are essential for reducing the rejection risk in post-transplant patients, which is commonly associated with this procedure. However, side effects of those drugs on the hypothalamic nuclei involved in the food intake regulation, excessive weight gain, and also associated comorbidities are still unknown. PURPOSE: The purpose of this study was to analyze possible changes in the neuronal morphology and cell density in the paraventricular nuclei, lateral hypothalamic area, dorsomedial nuclei, and ventromedial and arcuate nuclei in Wistar rats submitted to immunosuppressive treatment with tacrolimus (TAC) or mycophenolate mofetil (MMF). METHODS: Adult male Wistar rats were randomly assigned to the following groups according to the oral treatment administered for 14 weeks: control, sham (placebo), TAC (1 mg/kg of weight), and MMF (30 mg/kg of weight). After treatment, the animals were sacrificed and their brains fixed for later histological staining. Subsequently, the slides were photodocumented for stereological analysis of the hypothalamic nuclei. RESULTS: All experimental groups showed a weight gain throughout the study. There was no significant difference in neuronal density/number of cells in the hypothalamic nuclei between groups. Morphological changes were not detected in the hypothalamic neurons. CONCLUSION: Treatments with immunosuppressants could not modify the morphological and cell density aspects of the hypothalamic nuclei during this supplementation period.


Assuntos
Humanos , Animais , Masculino , Ratos , Preparações Farmacêuticas , Hipotálamo , Núcleo Arqueado do Hipotálamo , Ratos Wistar , Ingestão de Alimentos
7.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1628, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360014

RESUMO

RESUMO -RACIONAL: O adenocarcinoma ductal do pâncreas é a quarta causa de morte associada ao câncer mais comum no mundo ocidental. A presença de células tumorais circulantes (CTCs) pode ser considerada um potencial fator prognóstico, visto que essas células representam a progressão tumoral, permitindo o monitoramento da eficácia terapêutica. OBJETIVOS: explorar as características morfológicas, moleculares e fenotípicas das células tumorais circulantes (CTCs) do sangue de pacientes com carcinoma pancreático e correlacionar os achados com a resposta ao tratamento, sobrevida livre de progressão, sobrevida global (SG) e trombose venosa profunda (TVP). MÉTODOS: o sangue periférico (10mL) foi analisado antes do início do tratamento e após 60 e 120 dias. As CTCs foram detectadas pelo ISET® e caracterizadas por imunocitoquímica. Para análise de miRNAs, leucócitos periféricos dos mesmos pacientes e indivíduos saudáveis foram coletados em paralelo no início do estudo. A expressão de miRNAs foi avaliada usando TaqMan T Array Human MicroRNA Cards v2.0. RESULTADOS: foram incluídos 9 pacientes. As proteínas MMP2 e TGFß-RI foram altamente expressas (77,7%) nas CTCs no início do estudo. No primeiro acompanhamento, MMP2 era predominante (80%) e no segundo acompanhamento, MMP2 e vimentina eram predominantes (50%). Microêmbolos tumorais circulantes (MTC) foram encontrados em dois pacientes e ambos apresentavam TVP. O miR-203a-3p foi altamente expresso em CTCs. miR-203a-3p está envolvido na estimulação da transição epitelio-mesenquima (TEM) e relacionado a pior SG no câncer pancreático (dados TCGA). CONCLUSÃO: Devido ao baixo número de pacientes e curto seguimento, não observamos correlação entre CTCs e resposta ao tratamento. No entanto, houve uma correlação entre MTC e TVP. Além disso, miR-203a-3p foi altamente expresso em CTCs, corroborando os achados de proteínas EMT. Este estudo abre perspectivas sobre a mudança dinâmica no padrão de proteínas expressas ao longo do tratamento e a utilização de miRNAs como novos alvos no carcinoma pancreático.


ABSTRACT - BACKGROUND: Ductal adenocarcinoma of the pancreas is the fourth most common cancer-associated cause of death in the Western world. The presence of circulating tumor cells (CTCs) can be considered a potential prognostic factor, as these cells represent tumor progression, allowing monitoring of therapeutic efficacy. OBJECTIVES: The objectives of this study were to explore the morphological, molecular, and phenotypic characteristics of CTCs from the blood of patients with pancreatic carcinoma and to correlate the findings with response to treatment, progression-free survival, overall survival (OS), and deep vein thrombosis (DVT). METHODS: Peripheral blood (10 mL) was analyzed before the beginning of treatment after 60 and 120 days. CTCs were detected by using ISET® and characterized by immunocytochemistry. For microRNAs (miRNAs) analysis, peripheral leukocytes from the same patients and healthy individuals (controls) were collected in parallel at baseline. The expression of miRNAs was evaluated (in pool) using TaqMan® Array Human MicroRNA Cards v2.0. RESULTS: Only nine patients were included. The proteins, namely, matrix metalloproteinase-2 (MMP2) and TGFβ-RI, were highly expressed (77.7%) in CTCs at baseline; at the first follow-up, MMP2 was predominant (80%) and, at the second follow-up, MMP2 and vimentin were predominant (50%). Circulating tumor microemboli (CTMs) were found in two patients and both presented DVT. The miR-203a-3p was highly expressed in CTCs. The miR-203a-3p is involved in the stimulation of epithelial-to-mesenchymal transition (EMT) and is related to worse OS in pancreatic cancer (TCGA data). CONCLUSION: Due to the low number of patients and short follow-up, we did not observe a correlation between CTCs and response to treatment. However, there was a correlation between CTM and DVT and also miR-203a-3p was highly expressed in CTCs, corroborating the findings of EMT proteins. This study opens the perspectives concerning the dynamic change in the pattern of proteins expressed along with treatment and the use of miRNAs as new targets in pancreatic carcinoma.


Assuntos
Humanos , Neoplasias Pancreáticas/genética , Metaloproteinase 2 da Matriz/genética , MicroRNAs/genética , Células Neoplásicas Circulantes
8.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1639, 2021. graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360013

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: A etiopatogenia da colite por desuso (DC) ainda não foi totalmente elucidada. As principais teorias consideram que a doença pode estar relacionada ao aumento de bactérias anaeróbias, falta de suprimento de ácidos graxos de cadeia curta (AGCC) e distúrbios imunológicos que se desenvolvem em segmentos colorretais desprovidos de trânsito fecal. OBJETIVO: Verificar se a aplicação de infliximabe modifica o conteúdo tecidual das proteínas E-caderina e claudina-3 no epitélio cólico de ratos sem trânsito intestinal. MÉTODOS: Vinte dois ratos foram submetidos a derivação do trânsito intestinal pelo procedimento de Hartmann. Eles permaneceram com o ostoma por 12 semanas para permitir o desenvolvimento da colite de exclusão. Em seguida, foram divididos em três grupos experimentais: seis animais receberam 2,0 ml de solução salina/semana, oito infliximabe na dose de 5 mg/Kg/semana e, os demais, infliximabe na dose de 10 mg/Kg/semana por 5 semanas consecutivas. Em seguida, os animais foram eutanasiados e os segmentos cólicos com e sem trânsito intestinal foram removidos. A colite por desuso foi diagnosticada pelas alterações histológicas definidas por uma escala previamente validada. Expressão tecidual de E-caderina e claudina-3 foi avaliada por imuno-histoquímica, e o conteúdo tecidual de ambas as proteínas foi quantificado por análise de imagem assistida por computador. RESULTADOS: Segmentos cólicos exclusos de trânsito fecal apresentaram maior grau de inflamação do que os expostos ao trânsito fecal. Inflamação foi menor nos animais tratados com infliximabe, independente da dose utilizada. Níveis de E-caderina e claudina-3 estavam reduzidos no cólon excluso. O tratamento com infliximabe aumentou os níveis das proteínas em segmentos do cólon sem trânsito intestinal, principalmente nos animais que receberam a dose de 10mg/kg/semana. CONCLUSÃO: Infliximabe reduz inflamação nos segmentos do cólon excluso e aumenta o conteúdo tecidual de E-caderina e claudina-3, especialmente na concentração de 10mg/kg/semana.


ABSTRACT - BACKGROUND: The etiopathogenesis of disuse colitis (DC) has not yet been fully elucidated. The main theories consider that the disease may be related to an increase in anaerobic bacteria, the lack of short-chain fatty acid (SCFA) supply, and immunological disorders that develop in the colorectal segments devoid of fecal transit. AIM: The aim of this study was to verify whether the application of infliximab modifies the tissue content of E-cadherin and claudin-3 proteins in colonic epithelium of rats devoid of intestinal transit. METHODS: A total of 22 rats underwent intestinal transit bypass using Hartmann's procedure. They remained with the shunt for 12 weeks to allow the development of DC. Later, they were divided into three experimental groups: six animals received 2.0 mL saline solution/week, eight received infliximab at a dose of 5 mg/kg/week, and eight received infliximab at a dose of 10 mg/kg/week for 5 consecutive weeks. At the end of this period, the animals were euthanized, and the colonic segments with and without intestinal transit were removed. DC was diagnosed based on the histological changes defined by a previously validated scale. The tissue expression of E-cadherin and claudin-3 was assessed by immunohistochemistry, and the tissue content of both proteins was quantified by computer-aided image analysis. RESULTS: The colonic segments excluded from fecal transit showed a higher degree of inflammation than those exposed to fecal transit. The degree of inflammation was lower in animals treated with infliximab, regardless of the dose used. The levels of E-cadherin and claudin-3 were reduced in the excluded colon. Treating animals with infliximab increased the levels of both proteins in the colonic segments without intestinal transit, especially in animals receiving a dose of 10 mg/kg/week. CONCLUSION: Infliximab therapy reduces inflammation in the colonic segments excluded from intestinal transit and increases the tissue content of E-cadherin and claudin-3 proteins, especially when used at a concentration of 10 mg/kg/week.


Assuntos
Animais , Ratos , Colite/induzido quimicamente , Colite/tratamento farmacológico , Caderinas , Ratos Wistar , Epitélio , Claudina-3 , Infliximab/uso terapêutico , Modelos Teóricos
9.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1627, 2021. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360012

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: A obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal prejudicial à saúde e nos últimos anos tem crescido significativamente na maioria dos países. A cirurgia bariátrica deverá ser recomendada para pacientes obesos que não obtiveram êxito no tratamento clínico e após análise da equipe multiprofissional. Objetivo: comparar os resultados metabólicos, perda ponderal e parâmetros associados à obesidade no pré e pós-operatório dos pacientes submetidos à cirurgia bariátrica. Métodos: estudo retrospectivo, descritivo, transversal, de abordagem quantitativa através da consulta a prontuários. Os dados foram coletados no período de maio a setembro de 2020, de indivíduos submetidos à cirurgia bariátrica no período de 15 anos (2003 a 2018). Foi realizada análise estatística comparativa e descritiva das variáveis antropométricas, metabólicas, bioquímicas e morbidades associadas. Resultados: a maioria era do sexo feminino (68,50%). Em ambos os sexos a maior prevalência se encontravam na faixa etária de 30 a 39 anos e mais da metade tinha obesidade grau III. A técnica cirúrgica utilizada foi o gastroplastia em Y de Roux. Após 4 meses houve uma redução significativa do perfil lipídico, dos parâmetros antropométricos e enzimas hepáticas em ambos os sexos, os quais permaneceram em declínio no final do primeiro ano, com melhora acentuada da síndrome metabólica. Conclusões: O impacto positivo determinado pela gastroplastia na perda de peso, na redução do IMC e perfil lipídico é bastante relevante já após quatro meses, e se mantém após um ano da realização do procedimento, demonstrando benefícios na redução dos fatores de risco da síndrome metabólica.


ABSTRACT - BACKGROUND: Obesity is a disease characterized by an excessive accumulation of body fat, which is harmful to health, and it has grown significantly in the past years in the majority of countries. The surgery should be recommended to those patients with obesity who did not succeed in conservative clinical therapy after a rigorous analysis by a multidisciplinary team. Objective: The aim of this study was to compare metabolic results, weight loss, and parameters associated with obesity in the preoperative and postoperative periods of patients treated with bariatric surgery. Methods: This was a retrospective, descriptive, cross-sectional, and quantitative study through consultation medical records. Data were collected from May to September 2020 from individuals treated with bariatric surgery in a period of 15 years (from 2003 to 2018). A comparative and descriptive statistical analysis of anthropometric, metabolic, biochemical, and associated morbidities was performed. Results: The majority of patients were female (68.50%). In both sexes, the highest prevalence was found in the age group of 30-39 years and more than half had grade III obesity. The surgical technique used was gastroplasty with Roux-en-Y gastric bypass. After 4 months, there was a significant reduction in the lipid profile, anthropometric parameters, and liver enzymes in both sexes, which remained decreasing till the end of the first year, with marked improvement in the metabolic syndrome (MS). Conclusions: The positive impact resulted from gastroplasty in terms of weight loss, reduction of body mass index, and lipid profile is quite relevant after 4 months and it is maintained until 1 year after the procedure, showing benefits in reducing the risk factors of the MS.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Obesidade Mórbida/cirurgia , Cirurgia Bariátrica , Brasil , Estudos Transversais , Estudos Retrospectivos , Seguimentos , Hospitais
10.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1625, 2021. graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360011

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: O câncer colorretal é a terceira neoplasia mais frequente e metade dos pacientes desenvolvem metástase hepática. O melhor fator prognóstico na metástase hepática de câncer colorretal (MHCCR) é a possibilidade de ressecção com margens livres, porém a maioria permanece irressecável. O racional em realizar transplante hepático (TH) em pacientes portadores de MHCCR está na ampliação do número de pacientes ressecáveis através de uma hepatectomia total. OBJETIVO: Apresentar protocolo brasileiro para realização de transplante hepático em pacientes com MHCCR irressecável. MÉTODO: O protocolo foi realizado por duas instituições com grande volume de ressecções e transplantes hepáticos no Brasil, baseado no trabalho realizado pela Universidade de Oslo. A elaboração foi dividida em 4 etapas. RESULTADO: É apresentada proposta de protocolo para esta doença a ser validada na aplicação clínica. CONCLUSÃO: Foi possível elaborar protocolo de transplante hepático para MHCCR irressecável a fim de uniformizar o tratamento e melhor avaliar os resultados cirúrgicos.


ABSTRACT - BACKGROUND: Colorectal cancer (CRC) is the third most common neoplasm, and half of the patients with CRC develop liver metastasis. The best prognostic factor for colorectal liver metastasis (CRLM) is the possibility of performing a resection with free margins; however, most of them remain unresectable. The justification for performing liver transplantation (LT) in patients with CRLM regards an increase in the number of resectable patients by performing total hepatectomy. AIM: The aim of this study was to provide a Brazilian protocol for LT in patients with unresectable CRLM. METHOD: The protocol was carried out by two Brazilian institutions, which perform a large volume of resections and LTs, based on the study carried out at the University of Oslo. The elaboration of the protocol was conducted in four stages. RESULT: A protocol proposal for this disease is presented, which needs to be validated for clinical use. CONCLUSION: The development of an LT protocol for unresectable CRLM aims to standardize the treatment and to enable a better evaluation of surgical results.


Assuntos
Humanos , Neoplasias Colorretais/cirurgia , Transplante de Fígado , Neoplasias Hepáticas/cirurgia , Brasil , Hepatectomia
11.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1631, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360010

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: Os afastadores clássicos de cirurgia laparoscópica são geralmente rígidos, necessitando de uma incisão adicional para sua instalação ou de um auxiliar para manuseio durante o ato cirúrgico e ainda, podem envolvem risco de injúria hepática. OBJETIVOS: Avaliar e validar uma técnica de exposição da junção esofagogástrica obtida pelo afastador flexível de fígado em cirurgia bariátrica comparando sua eficácia com a de afastador classicamente utilizado para este fim. MÉTODOS: Tratou-se de um estudo prospectivo, aberto, controlado e comparativo em pacientes com indicação de cirurgia, distribuídos de forma randomizada em dois grupos: clássico (controle) e afastador flexível (teste). RESULTADOS: Foram incluídos 100 pacientes (n=50 grupo controle, n=50 grupo teste), sem diferença estatística na distribuição por idade e por morbidades, havendo diferença estatística somente no gênero (grupo controle obteve proporção maior de homens, p=0,020). Em relação ao tempo médio de realização das operações, não foi constatada diferença estatística. No quesito visibilidade, verificou-se que 100% dos pacientes do grupo afastador flexível obteve nível de visibilidade ótima, porém sem significância estatística com relação ao grupo clássico (94%). Invariavelmente, foi necessário um portal a mais de trocarte quando do uso do afastador clássico. CONCLUSÃO: O afastador flexível de fígado demonstrou-se seguro, eficaz, ergonômico, de baixo custo, de perfil estético satisfatório, não requerendo instrumental específico para uso ou nova curva de adaptação e aprendizado para manuseio.


ABSTRACT - BACKGROUND: In the Roux-en-Y gastric bypass technique, classic laparoscopic surgical retractors are usually rigid, require an additional incision for its installation, or must be handled by an assistant during the surgical procedure, involving a risk of liver injury. Aim: The aim of this study was to evaluate and validate a technique of the esophagogastric junction exposure obtained by the flexible liver retractor in bariatric surgery, comparing its efficacy with the retractor classically used for this purpose. Methods: This study was performed as a randomized, open, prospective, controlled, and comparative design in patients with medical indications of bariatric surgery. The subjects were distributed in the classic (control) and flexible (test) retractor groups. Results: A total of 100 patients (n=50 control group, n=50 test group) were included. No statistically significant difference was observed in the mean duration of surgery. Regarding visibility, 100% of the patients in the flexible retractor group demonstrated an optimal visibility level, although without statistical significance concerning the classic retractor group (94%). Invariably, carrying a trocar was necessary when using the classic retractor. Conclusions: The flexible liver retractor is safe, effective, ergonomic, and inexpensive. Furthermore, it presented a satisfactory aesthetic profile, and the use of specific instruments, new adaptation curve, and training for its handling were not required.


Assuntos
Humanos , Obesidade Mórbida , Derivação Gástrica , Cirurgia Bariátrica , Estudos Prospectivos , Junção Esofagogástrica/cirurgia
12.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1630, 2021. graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360001

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: O estresse oxidativo é um dos principais mecanismos associados à ruptura dos mecanismos de defesa que formam a barreira epitelial cólica e reduz o conteúdo tecidual das proteínas claudina-3 e ocludina principais constituintes das junções de oclusão intercelulares. O sucralfato, possui atividade antioxidante e tem sido usado para tratar diferentes formas de colite. OBJETIVO: Mensurar o conteúdo tecidual de claudina-3 e ocludina da mucosa do cólon sem trânsito fecal, submetido à intervenção com sucralfato. MÉTODO: Trinta e seis ratos foram submetidos à colostomia do cólon esquerdo e fístula mucosa distal. Os animais foram divididos em dois grupos de acordo com a eutanásia ser realizada duas ou quatro semanas após a intervenção. Cada grupo foi dividido em três subgrupos de acordo com o tipo de intervenção realizada diariamente: solução salina isolada; sucralfato a 1 g/kg/dia ou sucralfato a 2g/kg/dia. A colite foi diagnosticada por análise histológica adotando escala de validação prévia. A expressão tecidual de ambas as proteínas foi identificada por imunoistoquímica. O conteúdo das proteínas foi quantificado por análise de imagem assistida por computador. RESULTADOS: O escore inflamatório foi maior nos segmentos cólicos sem trânsito fecal e os enemas com sucralfato reduziram o escore inflamatório nesses segmentos, principalmente nos animais submetidos à intervenção com sucralfato em maior concentração e por período mais longo de intervenção. Houve aumento no conteúdo tecidual das proteínas claudina-3 e ocludina, relacionado com a concentração de sucralfato. O conteúdo tecidual de ambas as proteínas não se modificou com a duração da intervenção. CONCLUSÃO: Enemas com sucralfato reduzem a inflamação e aumentam o conteúdo tecidual de claudina-3 e ocludina na mucosa cólica sem trânsito intestinal.


ABSTRACT - BACKGROUND: Oxidative stress is one of the main mechanisms associated with the rupture of the defense mechanisms of the colonic epithelial barrier; it reduces the tissue content of the claudin-3 and occludin proteins, which are the main constituents of intercellular tight junctions. Sucralfate (SCF) has antioxidant activity and has been used to treat different forms of colitis. AIM: This study aimed to measure the tissue claudin-3 and occludin content of the colon mucosa without fecal transit, subjected to intervention with SCF. METHODS: Thirty-six rats were subjected to left colon colostomy and distal mucous fistula. They were divided into two groups according to euthanasia that was performed 2 or 4 weeks after the intervention. Each group was divided into three subgroups according to the enema applied daily: saline alone, SCF at 1 g/kg/day, or SCF at 2 g/kg/day. Colitis was diagnosed by the histological analysis adopting the previous validate scale. The tissue expression of both proteins was identified by immunohistochemical technique. The content of proteins was quantified by computer-assisted image analysis. RESULTS: The inflammatory score was high in colonic segments without fecal transit, and enemas with SCF reduced the inflammatory score in these segments, mainly in those animals submitted to intervention with SCF in greater concentration and for a longer period of intervention. There was an increase in tissue content of claudin-3 and occludin, related to SCF concentration. The tissue content of both proteins was not related to the intervention time. CONCLUSION: Enemas with SCF reduced the inflammation and increased the tissue content of claudin-3 and occludin in colonic mucosa without fecal stream.


Assuntos
Animais , Ratos , Sucralfato/uso terapêutico , Colite/prevenção & controle , Colite/tratamento farmacológico , Ratos Wistar , Enema
14.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1640, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360008

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: Apesar da recomendação atual que o cistoadenoma seroso deva ser tratado de forma conservadora, significativa parte dos pacientes com essa condição ainda é operada por dúvida diagnóstica. OBJETIVO: Analisar causas da baixa acurácia diagnóstica do cistoadenoma seroso. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de portadores de cistoadenoma seroso de um banco de dados de dois ambulatórios de cirurgia hepatopancreaticobiliar entre 2006 e 2020. Foram incluídos pacientes com lesões típicas de cistoadenoma seroso aos exames de imagem (tomografia computadorizada, ressonância magnética e ecoendoscopia) e pacientes que o anatomopatológico confirmasse esse diagnóstico. RESULTADOS: 27 pacientes foram incluídos. 85,18% eram do sexo feminino. A idade média foi de 63,4 anos. Apenas um apresentava sintomas típicos de pancreatite. A Ressonância magnética foi o exame mais realizado (62,9%). A lesão era única em 88,9% e o tamanho médio foi 4 cm. O aspecto típico microcístico foi encontrado em 66,6% dos casos, os demais foram considerados atípicos. A ecoendoscopia foi realizada em 29,6%. O valor médio de antígeno carcinoembrionário nos pacientes submetidos à punção do cisto foi de 198,25 ng/mL. O tratamento cirúrgico foi realizado em 10 casos (37%). Em 7, a causa cirúrgica foi a suspeita do cistoadenoma mucinoso mediante identificação de lesões atípicas (unilocular com ou sem septos e macrocística). Em 2, a suspeita de neoplasia papilar intraductal mucinosa com "fatores preocupantes" foi a indicação cirúrgica. O último foi submetido à cirurgia por lesão de aspecto sólido e suspeita de câncer. O índice de complicações > ou = Clavien-Dindo 2 foi 30%, o índice de fístula pancreática clinicamente relevante (B e C) foi 30%. A mortalidade foi nula. CONCLUSÃO: A apresentação morfológica atípica do cistoadenoma seroso, particularmente lesões uniloculares e macrocísticas, é a principal responsável pela indicação cirúrgica. Apenas a implementação de novos, eficientes e reprodutíveis métodos diagnósticos poderá reduzir o número de cirurgias desnecessárias nesses pacientes.


ABSTRACT - BACKGROUND: Many patients with serous cystadenoma of the pancreas (SCP) underwent surgery due to diagnostic doubt. AIM: The aim of this study was to analyze the causes of low accuracy in diagnosing SCP. METHODS: This is a retrospective study of patients with SCP from a database of two hepatopancreatic biliary surgery outpatient clinics between 2006 and 2020. Patients with typical SCP lesions in imaging exams (e.g., tomography, magnetic resonance imaging [MRI], and endoscopic ultrasound [EUS]) and patients whose pathological testing confirmed this diagnosis were included. RESULTS: A total of 27 patients were included in this study. Most patients were women (85.18%), and the mean age was 63.4 years. Only one patient had typical pancreatitis symptoms. MRI was the most performed method (62.9%). The lesion was single in 88.9%, and the average size was 4 cm. The typical microcystic aspect was found in 66.6%. EUS was performed in 29.6% of cases. The mean carcinoembryonic antigen value in patients undergoing cyst puncture was 198.25 ng/mL. Surgical treatment was performed in 10 cases (37%). The cause of surgery in seven of these cases was due to a suspicion of mucinous cystadenoma based on an identification of atypical lesions (unilocular with or without septa and macrocystic) in imaging exams. A suspicion of intraductal papillary mucinous neoplasm with "worrying factors" was the indication for surgery in two cases. The last case underwent surgical treatment for a solid-looking lesion which was suspected of cancer. The complication rate ≥Clavien-Dindo 2 was 30%, and the clinically relevant pancreatic fistula rate (B and C) was 30%. Mortality was nil. CONCLUSION: The atypical morphological presentation of SCP, particularly unilocular and macrocystic lesions, is the main indication for surgery. Only the implementation of new, efficient, and reproducible diagnostic methods can reduce the number of unnecessary surgeries among these patients.


Assuntos
Humanos , Feminino , Cistadenoma Seroso/cirurgia , Cistadenoma Seroso/diagnóstico por imagem , Cistadenoma Mucinoso , Pâncreas , Imageamento por Ressonância Magnética , Estudos Retrospectivos , Pessoa de Meia-Idade
15.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1626, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360002

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: A doença hepática gordurosa não-alcoólica já é considerada um problema de saúde pública, principalmente em pacientes com obesidade severa. OBJETIVOS: O objetivo do presente estudo foi investigar os diferentes escores de bioquímiosa disponíveis e determinar qual deles poderia servir melhor como uma ferramenta de avaliação da NAFLD em uma população de obesos. MÉTODOS: Este é um estudo transversal de pacientes obesos. Todos os pacientes foram avaliados com parâmetros laboratoriais séricos 1 semana antes da biópsia e todos os pacientes foram submetidos a biópsia hepática intra-operatória, durante a cirurgia bariátrica. RESULTADOS: Cento e quarenta e três pacientes obesos foram incluídos. Apenas APRI (0,65; IC 95%: 0,55 a 0,8) e HOMA-IR (0,7; IC 95%: 0,58 a 0,82) mostraram capacidade significativa de predição de esteatose grave. HSI, NALFDS, ALS / AST e FIB-4 não foram capazes de prever corretamente esteatose grave na biópsia hepática. APRI mostrou alta especificidade (82%) e baixa sensibilidade (54%). Em contraste, o HOMA-IR apresentou alta sensibilidade (84%) e baixa especificidade (48%). CONCLUSÃO: O NALFDS, FIB-4, AST / ALT e HSI não têm utilidade para avaliação de esteatose grave em pacientes com obesidade severa. Diabetes e avaliação bioquímica relacionada à resistência à insulina, como o HOMA-IR, podem ser empregados como boas ferramentas de rastreamento para esteatose grave em tais pacientes. O escore APRI é a ferramenta diagnóstica bioquímica mais específica para esteatose em pacientes com obesidade severa e pode ser empregado, por equipes médicas, para auxiliar na indicação de cirurgia bariátrica ou metabólica.


ABSTRACT - INTRODUCTION: Nonalcoholic fatty liver disease (NAFLD) is considered a public health problem, mainly in severely obese patients. OBJECTIVE: The aim of the present study was to investigate different biochemical-based scores available and determine which one could best serve as an NAFLD predicting tool in a severely obese population. METHODS: This was a cross-sectional study involving severely obese patients. All patients were evaluated with serum laboratory parameters for 1 week before biopsy, and all patients were treated with intraoperative liver biopsy, during bariatric surgery. RESULTS: A total of 143 severely obese patients were included. The median body mass index (BMI) was 48 kg/m2 (35-65). Diabetes mellitus was present in 36%, and steatosis was present in 93% (severe steatosis in 20%). Only aspartate transaminase (AST) to platelet ratio index (APRI=0.65 (95% CI: 0.55-0.8) and homeostatic model assessment for insulin resistance (HOMA-IR=0.7 (95% CI: 0.58-0.82) showed significant capacity for the prediction of severe steatosis. Hepatic steatosis index (HSI), NAFLD fibrosis score (NAFLDS), alanine aminotransferase (ALT)/AST, and fibrosis-4 (FIB-4) were not able to correctly predict severe steatosis on liver biopsy. APRI showed high specificity of 82% and low sensitivity of 54%. In contrast, HOMA-IR showed high sensitivity of 84% and low specificity of 48%. CONCLUSIONS: NAFLDS, FIB-4, AST/ALT, and HSI have no utility for the evaluation of severe steatosis in severely obese patients. Diabetes and insulin-resistance-related biochemical assessments, such as HOMA-IR, can be used as good screening tools for severe steatosis in these patients. APRI score is the most specific biochemical diagnostic tool for steatosis in severely obese patients and can help clinicians to decide the need for bariatric or metabolic surgery.


Assuntos
Humanos , Resistência à Insulina , Cirurgia Bariátrica , Hepatopatia Gordurosa não Alcoólica/complicações , Estudos Transversais , Obesidade
16.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1632, 2021.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360007

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: A doença do refluxo gastroesofágico geralmente está associada a sintomas esofágicos ou típicos, como azia, regurgitação e disfagia. No entanto, existem hoje evidências crescentes, que o refluxo gastroesofágico também pode causar problemas extraesofágicos ou atípicos, como tosse, pneumonia por aspiração e fibrose pulmonar. OBJETIVO: discutir a fisiopatologia dos sintomas extraesofágicos, avaliação diagnóstica, complicações e o resultado da cirurgia videolaparoscópica antirrefluxo. MÉTODOS: Análise de revisão recente da literatura. RESULTADOS: É importante separar os pacientes com sintomas respiratórios em dois grupos distintos: grupo I: pacientes que apresentam sintomas típicos como azia e sintomas respiratórios e grupo II: pacientes que apresentam apenas sintomas respiratórios, nos quais o refluxo é silencioso. CONCLUSÕES: O refluxo gastroesofágico pode causar sintomas respiratórios além dos sintomas esofágicos típicos. Elevado índice de suspeita deve estar presente e uma avaliação completa deve ser feita para diagnosticar se o refluxo patológico está presente e se ele se estende ao esôfago proximal ou faringe. A cirurgia anti-refluxo nesses pacientes deve ser considerada, pois é segura e eficaz.


ABSTRACT - BACKGROUND: Gastroesophageal reflux disease is usually associated with esophageal or typical symptoms such as heartburn, regurgitation, and dysphagia. However, there is today mounting evidence that gastroesophageal reflux can also cause extra-esophageal or atypical problems such as cough, aspiration pneumonia, and pulmonary fibrosis. AIM: The aim of this study was to discuss the pathophysiology of extra-esophageal symptoms, the diagnostic evaluation, complications, and the outcome of video laparoscopic antireflux surgery. METHODS: This study analyzes the recent literature review. RESULTS: It is important to separate patients with respiratory symptoms into two different groups: group I: patients having typical symptoms such as heartburn and respiratory symptoms, and group II: patients having respiratory symptoms only, in whom reflux is otherwise silent. CONCLUSIONS: Gastroesophageal reflux can cause respiratory symptoms in addition to esophageal typical symptoms. High index of suspicion should be present, and a complete workup was done to diagnose whether pathologic reflux is present and whether it extends to the proximal esophagus or pharynx. Antireflux surgery in these patients should be considered, as it is safe and effective.


Assuntos
Humanos , Refluxo Gastroesofágico/cirurgia , Laparoscopia , Tosse , Concentração de Íons de Hidrogênio
17.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1635, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360006

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: Apesar do avanço nas terapias, o prognóstico de pacientes com câncer gástrico (CG) avançado permanece ruim. Vários estudos demonstraram a expressão do receptor de estrogênio alfa (REa), porém seu significado no CG permanece controverso. OBJETIVO: relatar uma série de casos de CG com expressão de REa-positivo, e descrever suas características clínicopatológicas e prognóstico. MÉTODOS: Avaliamos retrospectivamente os pacientes com CG submetidos à gastrectomia com intenção curativa entre 2009 e 2019. A expressão do REa foi avaliada por imuno-histoquímica por meio da construção de microarranjos de tecido (TMA). Pacientes com adenocarcinoma gástrico ERa-negativos serviram como grupo comparação. RESULTADOS: No período selecionado, foram identificados 6 (1,8%) CG REa-positivos entre os 345 CG analisados. Todos os ERa-positivos eram homens, com idades entre 34-78 anos, tinham CG do tipo difuso de Lauren e pN+. Comparado aos REa-negativos, os CG REa-positivos associaram-se a maior diâmetro (p=0,031), gastrectomia total (p=0,012), tipo de Lauren difuso/misto (p=0,012), presença de invasão perineural (p=0,030) e metástase linfonodal (p=0,215). O estágio final foi o IIA em um caso; IIIA em três e IIIB em dois casos. Entre os 6 pacientes REa -positivos, 3 tiveram recorrência da doença (peritoneal) e morreram. Não houve diferença significativa na sobrevida entre os grupos REa-positivo e negativo. CONCLUSÃO: A expressão do REa é menos comum no CG, estando associada à histologia difusa e presença de metástases linfonodal, podendo servir como um marcador relacionado à progressão tumoral e pior prognóstico. Além disso, uma alta taxa de recorrência peritoneal foi observada em pacientes ERa-positivos.


ABSTRACT - BACKGROUND: Despite advances in therapies, the prognosis of patients with advanced gastric cancer (GC) remains poor. Several studies have demonstrated the expression of estrogen receptor alpha (ERa); however, its significance in GC remains controversial. AIM: The present study aims to report a case series of GC with ERa-positive expression and describe their clinicopathological characteristics and prognosis. METHODS: We retrospectively evaluated patients with GC who underwent gastrectomy with curative intent between 2009 and 2019. ERa expression was assessed by immunohistochemistry through tissue microarray construction. Patients with ERa-negative gastric adenocarcinoma served as a comparison group. RESULTS: During the selected period, 6 (1.8%) ERa-positive GC were identified among the 345 GC patients analyzed. All ERa-positive patients were men, aged 34-78 years, and had Lauren diffuse GC and pN+ status. Compared with ERa-negative patients, ERa-positive patients had larger tumor size (p=0.031), total gastrectomy (p=0.012), diffuse/mixed Lauren type (p=0.012), presence of perineural invasion (p=0.030), and lymph node metastasis (p=0.215). The final stage was IIA in one case, IIIA in three cases, and IIIB in two cases. Among the six ERa-positive patients, three had disease recurrence (peritoneal) and died. There was no significant difference in survival between ERa-positive and ERa-negative groups. CONCLUSIONS: ERa expression is less common in GC, is associated with diffuse histology and presence of lymph node metastasis, and may be a marker related to tumor progression and worse prognosis. Also, a high rate of peritoneal recurrence was observed in ERa-positive patients.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Idoso , Estudos Retrospectivos , Receptor alfa de Estrogênio/genética , Neoplasias Gástricas/cirurgia , Gastrectomia , Pessoa de Meia-Idade , Recidiva Local de Neoplasia
18.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1642, 2021. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360003

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: Três técnicas cirúrgicas para correção de hérnia inguinal estão atualmente validadas. Poucos estudos compararam os resultados entre Lichtenstein e a abordagem laparoscópica transabdominal pré-peritoneal obtidos em uma etapa inicial da curva de aprendizado. OBJETIVO: Comparar os resultados iniciais do tratamento entre a técnica de Liechtenstein e a abordagem pré-peritoneal transabdominal laparoscópica para fornecer uma base para a tomada de decisão do cirurgião. MÉTODO: Os pacientes foram divididos em grupo 1: aborgadem laparoscópica transabdominal pré-peritoneal (114 pacientes), e grupo 2: reparo aberto de Lichtenstein (35 pacientes). Os dados foram coletados em prontuários médicos durante a evolução do pós-operatório imediato e por contato telefônico após a alta hospitalar. Para a análise das variáveis, foi implementado o teste de independência Qui-Quadrado, com nível de significância estabelecido em p-valor = 0,05. RESULTADOS: Houve forte associação entre laparoscopia, menos dor pós-operatória e maior tempo operatório. Além disso, notou-se preferência pela técnica nos casos de recorrência, bilateralidade, hérnia umbilical associada ou obesidade. Neste estudo, a técnica de Lichtenstein foi associada a um menor tempo de retorno ao trabalho e foi o tratamento de escolha para pacientes idosos. CONCLUSÃO: A herniorrafia laparoscópica transabdominal pré-peritoneal deve ser a primeira escolha em casos de bilateralidade, hérnia umbilical associada, obesidade e recorrência para reparo anterior. O risco cirúrgico é adequado para o procedimento, mesmo nos estágios iniciais da curva de aprendizado.


ABSTRACT - BACKGROUND: Three surgical techniques for inguinal hernia repair are currently validated. Few studies have compared results among Lichtenstein and transabdominal preperitoneal (TAPP) laparoscopic approach obtained at an early step of the learning curve. AIM: This study aims to compare the early treatment results between the Liechtenstein technique and the laparoscopic TAPP approach to provide a basis for the surgeon's decision-making. METHODS: Patients were divided into two groups: those who underwent laparoscopic TAPP approach (114 patients), and those who underwent open Lichtenstein repair (35 patients). Data were collected from the medical records during the evolution of the immediate postoperative period and by telephone contact after hospital discharge. For the analysis of the variables, the chi-square test of independence was implemented, with a level of significance set at a p-value of 0.05. RESULTS: There was a strong association between laparoscopy, less postoperative pain, and longer operative time. In addition, a preference for the technique in cases of recurrence, bilaterality, associated umbilical hernia, or obesity was noticed. In this study, the Lichtenstein technique was associated with a shorter time to return to work and was the treatment of choice for elderly patients. CONCLUSION: TAPP laparoscopic herniorrhaphy should be the first choice in cases of bilaterality, associated umbilical hernia, obesity, and recurrence to a previous anterior repair. The surgical risk is adequate for the procedure, even at early stages of the learning curve.


Assuntos
Humanos , Idoso , Laparoscopia , Herniorrafia , Período Pós-Operatório , Telas Cirúrgicas , Estudos Prospectivos , Liechtenstein
19.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1634, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360005

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: Os fatores relacionados à perda de peso nos pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica sempre foram exaustivamente estudados na tentativa de propor a melhor técnica cirúrgica com maior perda de peso e resolução as comorbidades à longo prazo. Os pacientes apresentam variações anatômicas no que tange o comprimento do intestino delgado. Há estudos que demonstram alterações de peso nos pacientes que apresentam diferentes comprimentos das alças intestinais na técnica do by-pass em Y de Roux. O presente trabalho realizou um estudo entre a influência do IMC, a perda de peso e o comprimento da alça comum nos resultados cirúrgicos à longo prazo. MÉTODOS: Estudo transversal descritivo pela análise retrospectiva de 112 prontuários de pacientes submetidos à cirurgia bariátrica aberta pela técnica do bypass gástrico no Hospital de Clínicas -UFPR. Os dados foram correlacionados em programas estatísticos para este fim. RESULTADOS: Dos 112 pacientes, 83,03% eram do sexo feminino, média de idade de 41,52 anos. O comprimento médio do intestino delgado total dos pacientes foi de 5,02 metros. Houve uma relação diretamente proporcional entre o comprimento do intestino delgado e a perda de peso (p=0,0428). CONCLUSÃO: Há uma ampla gama de variáveis relacionadas à perda de peso nos pacientes submetidos à cirurgia bariátrica, tais como a técnica utilizada, o comprimento das alças no by-pass gástrico em Y de Roux e a rotina de acompanhamento nutricional e físico do paciente. É importante considerar os detalhes técnicos do procedimento cirúrgico, e verificar a perda de peso avaliando-se o paciente como um todo e outras variáveis.


ABSTRACT - BACKGROUND: Factors related to weight loss in obese patients undergoing bariatric surgery have always been exhaustively studied in an attempt to propose the best surgical technique with greater weight loss and long-term resolution of comorbidities. Patients present anatomical variations regarding the length of the small intestine. Some studies demonstrate weight changes in patients with different lengths of the intestinal loops in the Roux-en-Y bypass technique. The present work carried out a study on the influence of body mass index, weight loss, and common loop length on long-term surgical outcomes. METHODS: This is a descriptive cross-sectional study by retrospective analysis of 112 medical records of patients undergoing open bariatric surgery using the gastric bypass technique at University Hospital - UFPR. The data were correlated in statistical programs for this purpose. RESULTS: Out of 112 patients, 83.03% were women, with mean age of 41.52 years. The mean length of the total small bowel of the patients was 5.02 m. There was a directly proportional relationship between the length of the small intestine and weight loss (p=0.0428). CONCLUSION: There is a wide range of variables related to weight loss in patients undergoing bariatric surgery, such as the technique used, the length of the loops in the Roux-en-Y gastric bypass, and the routine of nutritional and physical monitoring of the patient. It is important to assess the technical details of the surgical procedure and to verify the weight loss by evaluating integrally the patient and other variables.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Obesidade Mórbida , Perda de Peso , Estudos Transversais , Estudos Retrospectivos , Intestino Delgado/cirurgia
20.
ABCD arq. bras. cir. dig ; 34(4): e1629, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1360004

RESUMO

RESUMO - RACIONAL: A cirurgia de resgate é definida como a ressecção cirúrgica após falha de primeiro tratamento com intuito curativo. OBJETIVO: Relatar a experiência de um centro de referência no tratamento do câncer gástrico com a cirurgia de resgate para o adenocarcinoma de estômago. MÉTODOS: Análise retrospectiva dos pacientes com câncer gástrico operados entre 2009 e 2020. RESULTADOS: 40 pacientes foram submetidos à tentativa de gastrectomia de resgate com intuito curativo. Para análise, foram divididos em dois grupos: 23 pacientes após ressecção endoscópica e 17 após gastrectomia. No primeiro grupo, todos tiveram ressecção com margens livres, a média de internação foi 15,7 dias e 2 (8,6%) tiveram complicações maiores. No seguimento médio de 37,2 meses, houve apenas 1 recidiva. A sobrevida global média foi 46 meses. No grupo pós-gastrectomia 9 (52,9%) foram resgatados com intenção curativa, a média de internação foi 12,2 dias e 3 (17,6%) apresentaram complicações maiores. No seguimento médio de 22 meses, 5 recidivaram. A sobrevida global média e a sobrevida livre de doença foram respectivamente: 24 e 16,5 meses. CONCLUSÃO: A cirurgia de resgate no câncer gástrico oferece nova possibilidade de controle da doença a longo prazo e/ou aumento de sobrevida, tendo taxa de complicações aceitáveis.


ABSTRACT - BACKGROUND: Salvage surgery (SS) is defined as surgical resection after the failure of the first treatment with curative intent. AIM: The aim of this study was to report the experience of a reference center with SS for stomach adenocarcinoma. METHODS: This is a retrospective study of patients with gastric cancer (GC) operated on between 2009 and 2020. RESULTS: Notably, 40 patients were recommended for salvage gastrectomy with curative-intent treatment. For analysis purpose, patients were divided into two groups: 23 patients after endoscopic resection and 17 patients after gastrectomy. In the first group, all patients underwent R0 resection, their average hospital length of stay (LOS) was 15.7 days, and 2 (8.6%) patients had major complications. During the average follow-up of 37.2 months, there was only one recurrence. The median overall survival (OS) was 46 months. In the postgastrectomy group, 9 (52.9%) patients were rescued with curative intent, the average hospital LOS was 12.2 days, and 3 (17.6%) had major complications. In a mean follow-up of 22 months, five patients relapsed. Median OS and disease-free survival were 24 and 16.5 months, respectively. CONCLUSION: SS in GC offers the possibility of long-term disease control and increased survival rate with an acceptable complication rate.


Assuntos
Humanos , Adenocarcinoma/cirurgia , Estudos Retrospectivos , Neoplasias Gástricas/cirurgia , Taxa de Sobrevida , Gastrectomia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...