Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 10 de 10
Filtrar
1.
Rev. bras. enferm ; 75(supl.1): e20210069, 2022.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1341100

RESUMO

ABSTRACT Objective: to narrate the experience of facing a long economic and political crisis and the experience of the arrival process of the coronavirus pandemic in a Spanish healthcare center. Methods: this is a descriptive qualitative study with ethnographic analysis, with data collection through interviews, participant observation and field diary records. Results: the immersion in the context allowed us to identify two axes of domain: "The crisis, work in the community and the territory in Primary Care"; "The inevitability of being a nurse in facing a health crisis". Final considerations: the narrative portrays the ethics in field research, tensions and values of nursing work in crisis situations. Nurses' experiences are presented in narratives of dissatisfaction and difficulties, but with the support of values related to guaranteeing assistance to users and cooperation and solidarity in the collective organization of workers to face the COVID-19 crisis.


RESUMEN Objetivo: narrar la experiencia de afrontar una larga crisis económico-política y la experiencia del proceso de llegada de la pandemia de coronavirus en un centro sanitario español. Métodos: se trata de un estudio cualitativo descriptivo con análisis etnográfico, con recolección de datos a través de entrevistas, observación participante y registros de diario de campo. Resultados: la inmersión en el contexto permitió identificar dos ejes de dominio: "La crisis, el trabajo en la comunidad y el territorio en Atención Primaria"; "De la inevitabilidad de ser enfermero ante la crisis sanitaria". Consideraciones finales: la narrativa retrata la ética en la investigación de campo, las tensiones y los valores del trabajo de enfermería en situaciones de crisis. La experiencia de las enfermeras se presenta en narrativas de insatisfacción y dificultades, pero con el respaldo de valores relacionados con garantizar la asistencia a los usuarios y la cooperación y solidaridad en la organización colectiva de los trabajadores para enfrentar la crisis del COVID-19.


RESUMO Objetivo: narrar a experiência do enfrentamento de uma longa crise econômico-política e a vivência do processo da chegada da pandemia do coronavírus em um centro de saúde espanhol. Métodos: trata-se de estudo descritivo qualitativo com análise etnográfica, com coleta de dados por entrevistas, observação participante e registros em diário de campo. Resultados: a imersão no contexto permitiu identificar dois eixos de domínio: "a crise, o trabalho na comunidade e o território na Atenção Primária"; "da inevitabilidade do ser enfermeiro no enfrentamento da crise sanitária". Considerações finais: a narrativa retrata a ético na pesquisa de campo, tensões e valores do trabalho da enfermagem em conjuntura de crise. A experiência dos enfermeiros é trazida em narrativas de insatisfação e dificuldades, porém com a sustentação de valores relacionados à garantia da assistência aos usuários e de cooperação e solidariedade na organização coletiva dos trabalhadores para enfrentamento da crise da COVID-19.

2.
Rev Bras Enferm ; 75(suppl 1): e20210069, 2021.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-34669788

RESUMO

OBJECTIVE: to narrate the experience of facing a long economic and political crisis and the experience of the arrival process of the coronavirus pandemic in a Spanish healthcare center. METHODS: this is a descriptive qualitative study with ethnographic analysis, with data collection through interviews, participant observation and field diary records. RESULTS: the immersion in the context allowed us to identify two axes of domain: "The crisis, work in the community and the territory in Primary Care"; "The inevitability of being a nurse in facing a health crisis". FINAL CONSIDERATIONS: the narrative portrays the ethics in field research, tensions and values of nursing work in crisis situations. Nurses' experiences are presented in narratives of dissatisfaction and difficulties, but with the support of values related to guaranteeing assistance to users and cooperation and solidarity in the collective organization of workers to face the COVID-19 crisis.


Assuntos
COVID-19 , Pandemias , Humanos , Atenção Primária à Saúde , SARS-CoV-2 , Espanha
3.
Rev Bras Enferm ; 74Suppl 1(Suppl 1): e20201310, 2021.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | ID: mdl-34287572

RESUMO

OBJECTIVE: to reflect on social control in health and the contributions that nursing can make to cope with the COVID-19 pandemic. METHODS: this is a theoretical reflection, elaborated from discussions based on literature and the experience of authors' performance in social control and in Primary Care. It is divided into two topics: the first, related to aspects of institutionalized social control; the second, related to the perspectives for nursing in this space. RESULTS: limits and relevant aspects for nurses' role in social control are presented, contributing to a perspective of praxis in health based on their ethical-political commitment and their technical competence in the coordination and management of care to face the pandemic. FINAL CONSIDERATIONS: nurses' role in social control favors the strengthening of the struggle for the right to life above profits, especially through popular participation in the community context in Primary Care.


Assuntos
COVID-19 , Pandemias , Humanos , Atenção Primária à Saúde , SARS-CoV-2 , Controle Social Formal
4.
Rev. bras. enferm ; 74(supl.1): e20201310, 2021.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1288428

RESUMO

ABSTRACT Objective: to reflect on social control in health and the contributions that nursing can make to cope with the COVID-19 pandemic. Methods: this is a theoretical reflection, elaborated from discussions based on literature and the experience of authors' performance in social control and in Primary Care. It is divided into two topics: the first, related to aspects of institutionalized social control; the second, related to the perspectives for nursing in this space. Results: limits and relevant aspects for nurses' role in social control are presented, contributing to a perspective of praxis in health based on their ethical-political commitment and their technical competence in the coordination and management of care to face the pandemic. Final considerations: nurses' role in social control favors the strengthening of the struggle for the right to life above profits, especially through popular participation in the community context in Primary Care.


RESUMEN Objetivo: reflexionar sobre el control social en salud y los aportes que puede hacer la enfermería para hacer frente a la pandemia del COVID-19. Métodos: es una reflexión teórica, elaborada a partir de discusiones basadas en la literatura y la experiencia del desempeño de los autores en el control social y en Atención Primaria. Se divide en dos temas: el primero, relacionado con aspectos del control social institucionalizado; el segundo, relacionado con las perspectivas de la enfermería en este espacio. Resultados: se presentan límites y aspectos relevantes al rol del enfermero en el control social, contribuyendo a una perspectiva de la praxis de la salud basada en su compromiso ético-político y su competencia técnica en la coordinación y gestión de la atención para enfrentar la pandemia. Consideraciones finales: el rol de las enfermeras en el control social favorece el fortalecimiento de la lucha por el derecho a la vida por encima de las ganancias, especialmente a través de la participación popular en el contexto comunitario en Atención Primaria.


RESUMO Objetivo: realizar reflexão acerca do controle social na saúde e as contribuições que a enfermagem pode realizar para enfrentamento da pandemia de COVID-19. Métodos: trata-se de uma reflexão teórica, elaborada a partir de discussões baseadas na literatura e na experiência de atuação dos autores no controle social e na Atenção Básica. Divide-se em dois tópicos: o primeiro, relacionado aos aspectos do controle social institucionalizado; o segundo, relacionado às perspectivas para a enfermagem neste espaço. Resultados: apresentam-se limites e aspectos relevantes para a atuação do enfermeiro no controle social, contribuindo para uma perspectiva de práxis na saúde a partir do seu compromisso ético-político e sua competência técnica na coordenação e gestão do cuidado para enfrentamento da pandemia. Considerações finais: a atuação do enfermeiro no controle social favorece o fortalecimento da luta pelo direito à vida acima dos lucros, especialmente por meio da participação popular no contexto comunitário na Atenção Básica.

5.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e42472, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem, LILACS | ID: biblio-1050652

RESUMO

Objetivo: promover reflexão acerca da conjuntura de crise econômica e política recente e sua relação com as mudanças no trabalho da enfermagem na atenção primária de saúde (APS). Conteúdo: a discussão é norteada pelo resgate de duas obras pioneiras na análise da profissionalização da categoria na teoria marxista; a crise do capitalismo e o papel do Estado pelo olhar do materialismo histórico dialético. Ressalta-se o avanço do neoliberalismo com reflexos no desmonte dos direitos sociais, na política de saúde e no trabalho da enfermagem na APS. Conclusão: considerando a dinâmica da crise, sua repercussão no Estado e no financiamento da saúde pública, é necessário refletir sobre a prática social da enfermagem que desejamos para conquistar o direito universal à saúde, fortalecer o Sistema Único de Saúde e valorizar a profissão.


Objective: to promote reflection on the recent economic and political crisis and its relationship with changes in nursing work in primary health care (PHC). Content: the discussion is guided by the rescue of two pioneering works in the analysis of the professionalization of nursing under Marxist theory; the crisis of capitalism and the role of the state from the perspective of dialectical historical materialism. We highlight the advance of neoliberalism with consequences on the dismantling of social rights, in the health policy and on the nursing work in PHC. Conclusion: considering the dynamics of the crisis, its impact on the State and public health financing, it is necessary to reflect on the social nursing practice that we want inn order to achieve the universal right to health, strengthen the Unified Health System and value the profession.


Objetivo: promover la reflexión sobre la actual crisis económica y política y su relación con los cambios en el trabajo de enfermería en atención primaria de salud (APS). Contenido: la discusión se guía por el rescate de dos trabajos pioneros en el análisis de la profesionalización de la enfermería en la teoría marxista; la crisis del capitalismo y el papel del Estado desde la perspectiva del materialismo histórico dialéctico. Destacamos el avance del neoliberalismo con consecuencias en el desmantelamiento de los derechos sociales, en la política de salud y en el trabajo de enfermería en APS. Conclusión: considerando la dinámica de la crisis, su impacto en el estado y el financiamiento de la salud pública, es necesario reflexionar sobre la práctica social de enfermería de que queremos lograr el derecho universal a la salud, fortalecer el Sistema Único de Salud y valorar la profesión.


Assuntos
Humanos , Atenção Primária à Saúde , Enfermagem em Saúde Comunitária , Política de Saúde , Sistema Único de Saúde , Comunismo
6.
Ciênc. cuid. saúde ; 18(3): e44343, 2019-03-23.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1120742

RESUMO

Objective:To identify, in the scientific literature, publications on the main occupational risks in the work of the Community Health Agent (ACS). Method:Qualitative research of the type integrative literature review, having as guiding question: What are the risks that the ACS are exposed in their work activity? Data collection took place in May 2019, in the Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences (LILACS) and Scientific Electronic Library Online (SciELO) databases, through the Virtual Health Library (VHL) portal, the main collection of the Web of Science, through the Portal of Periodicals of Capes. Results:We identified 43 publications that, after filtering according to inclusion and exclusion criteria, rusulted in a sample of 12 articles. Four types of risk were identified, presented in the categories of analysis categories, namely: Physical risks; Chemical risks; Biological risks; Psychosocial risks. Conclusions:Given the importance of the ACS to the Family Health Strategy and public health, it is important to reflect on the working conditions in which these professionals are and its hoped that managers and the ACS and other professionals are expected to mobilize to structure mechanisms of support and defenseof this category, minimizing and eliminating occupational risks.


Objetivo:Identificar, na literatura científica, publicações sobre os principais riscos ocupacionais no trabalho do Agente Comunitário de Saúde (ACS). Método:Pesquisa qualitativa do tipo revisão integrativa de literatura, tendo como questão norteadora: Quais os riscos que os ACS estão expostos na sua atividade laboral? A coleta de dados ocorreu em maio de 2019, nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Scientific Electronic Library Online (SciELO), por meio do portal da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), a coleção principal da Web of Science, através do Portal de Periódicos da Capes. Resultados:Foram identificadas 43 publicações que, após a filtragem segundo critérios de inclusão e exclusão, culminou em uma amostra de 12 artigos. Foram identificados quatro tipos de riscos, apresentados no formato de categorias de análise, a saber: Riscos físicos; Riscos químicos; Riscos biológicos; Riscos psicossociais. Conclusões:Diante da tamanha relevância do ACS para a Estratégia Saúde da Família e a saúde pública, cabe a reflexão sobre as condições laborais nas quais estes profissionais se encontram e espera-se que gestores, os próprios ACS e demais profissionais se mobilizem para estruturar mecanismos de apoio e defesa desta categoria, minimizando e sanando os riscos ocupacionais.


Assuntos
Riscos Ocupacionais , Agentes Comunitários de Saúde , Trabalho , Estratégias de Saúde Nacionais , Produtos Biológicos , Literatura de Revisão como Assunto , Saúde , Saúde Pública , Risco , Saúde Ocupacional , Pessoal de Saúde , Gestor de Saúde , Angústia Psicológica
7.
Cogit. Enferm. (Online) ; 21(4): 01-07, Out.-Dez. 2016.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-846681

RESUMO

O objetivo desta pesquisa é relatar as ações realizadas no âmbito do campo prático da Saúde do Trabalhador no internato da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. A experiência foi vivenciada entre os meses de maio e dezembro de 2015 e os alunos participantes são discentes de Enfermagem do último ano. Foram criados três grupos de práticas, a citar: Participação nos programas de saúde do trabalhador da unidade; Educação em saúde para os trabalhadores; Análise de riscos ambientais de enfermarias específicas. Conclui-se que as atividades contribuíram para o desenvolvimento acadêmico, configurando-se como essencial à apropriação das competências básicas da respectiva área (AU).


The aim of this study was to report actions carried out in the practice field of occupational health in the boarding school of the School of Nursing of the Rio de Janeiro State University. The experience was carried out from May to December 2015 and the participants were senior nursing students. Three practice groups were formed as follows: Participation in the unit's occupational health programs; Education in occupational health; Analysis of environmental risks at specific wards. In conclusion, the activities contributed to academic development, and were considered essential for the learning of basic skills in the respective field (AU).


El objetivo de esta investigación es informar las acciones realizadas en el ámbito del campo práctico de la Salud Laboral en la pasantía de la Facultad de Enfermería de la Universidad del Estado de Rio de Janeiro. La experiencia fue realizada entre los meses de mayo y diciembre de 2015, los alumnos participantes eran estudiantes del último año de Enfermería. Fueron creados tres grupos de prácticas, a saber: Participación en programas de salud laboral de la unidad; Educación en salud para los trabajadores; Análisis de riesgos ambientales de enfermerías específicas. Se concluye en que las actividades contribuyeron al desarrollo académico, configurándose como esenciales para la apropiación de las competencias básicas del área en cuestión (AU)


Assuntos
Humanos , Saúde Ocupacional , Enfermagem do Trabalho , Educação em Saúde
8.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 15(4): 644-654, Dec 2016.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-967505

RESUMO

OBJETIVO: analisar os saberes de caráter científico e popular de enfermeiros e agentes comunitários de saúde (ACS) das unidades de Saúde da Família do Estado do Rio de Janeiro. Método: estudo na perspectiva hermenêutica-dialética, onde foram entrevistados 16 enfermeiros e participaram de grupos focais, 17 ACS, de Unidades de Saúde da Família no período de outubro/2014 a março/2015. RESULTADOS e DISCUSSÃO: os profissionais utilizam saberes científicos e populares no cuidado à saúde, ainda que nem sempre de modo articulado a prática profissional. Alguns não reconhecem os saberes populares como saberes legítimos e com potência para dialogar e transformar as suas práticas profissionais em diálogo com os saberes científicos. CONCLUSÃO: a articulação entre os saberes apresenta-se como caminho potente na perspectiva de desenvolvimento de práticas de saúde mais integrais e eficientes entre enfermeiros e ACS's na Estratégia Saúde da Família.


AIM: to analyze the scientific and popular knowledge of nurses and community health agents (ACS ­ from the Portuguese Agentes Comunitários de Saúde) of the Family Health units of the State of Rio de Janeiro. Method: study from a hermeneutic-dialectic perspective, where 16 nurses were interviewed and 17 ACS of Health Family Units participated in focal groups from October/2014 to March/2015. RESULTS and DISCUSSION: professionals use popular and scientific knowledge in health care, although not always in an articulated way to their professional practice. Some of them do not recognize popular knowledge as legitimate knowledge with power to dialogue and transform their professional practices in dialogue with scientific knowledge. CONCLUSION: the articulation among the forms of knowledge is presented as a powerful path in the perspective of development of health practices more complete and efficient among nurses and ACS in Family Health Strategy.


OBJETIVO: analizar los saberes de carácter científico y popular de enfermeros y agentes comunitarios de la salud (ACS) de las unidades de Salud de la Familia del Estado de Rio de Janeiro. Método: estudio en la perspectiva hermenéutica-dialéctica, donde se entrevistaron a 16 enfermeros y participaron de grupos focales, 17 ACS , de Unidades de Salud de la Familia en el período de octubre/2014 a marzo/2015. RESULTADOS y DISCUSSIÓN: los profesionales utilizan saberes científicos y populares en el cuidado a la salud, pero no siempre de modo articulado a la práctica profesional. Algunos no reconocen los saberes populares como saberes legítimos, con potencia para dialogar y transformar sus prácticas profesionales en diálogo con los saberes científicos. CONCLUSIÓN: la articulación entre los saberes se presenta como camino potente en la perspectiva del desarrollo de prácticas de salud más integrales y eficientes entre enfermeros y A C S's en la E strategia Salud de la Familia.


Assuntos
Humanos , Agentes Comunitários de Saúde , Estratégias de Saúde Nacionais , Hermenêutica , Enfermeiras e Enfermeiros
9.
Saúde Soc ; 21(supl.1): 199-209, maio 2012.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-640928

RESUMO

O estudo trata de conhecer o posicionamento do enfermeiro sobre sua atuação no Conselho Local de Saúde frente ao princípio organizacional do SUS de controle social no planejamento, acompanhamento e avaliação das ações de saúde. Realizou-se uma pesquisa qualitativa, do tipo exploratório descritivo; os dados foram coletados por meio de entrevistas com enfermeiros de Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Juiz de Fora e atuantes nos Conselhos Locais de Saúde. Foram entrevistados 15 enfermeiros. A análise dos dados foi feita sob dois eixos: a opinião do enfermeiro em relação ao seu papel de Conselheiro Local de Saúde (CLS), tomando parte no exercício de controle social da gestão do SUS e quanto aos reflexos percebidos de sua participação, tanto no serviço de saúde (UBS) como na condição de saúde da comunidade. RESULTADOS: a maioria dos entrevistados tem consciência da importância da atuação do CLS, e considera importante a participação do Enfermeiro no CLS, devido a sua formação voltada para a prática social e de saúde pública. No entanto, muitos entrevistados ainda acreditam que a atuação do Enfermeiro no CLS é importante somente como espaço para divulgar ações e necessidades do serviço de atenção básica à saúde.


Assuntos
Conselhos de Saúde , Controle Social Formal , Gestão em Saúde , Participação da Comunidade , Enfermagem em Saúde Comunitária , Sistema Único de Saúde
10.
Saúde Soc ; 21(supl.1): 199-209, maio 2012.
Artigo em Português | LILACS-Express | CidSaúde - Cidades saudáveis | ID: cid-65309

RESUMO

O estudo trata de conhecer o posicionamento do enfermeiro sobre sua atuação no Conselho Local de Saúde frente ao princípio organizacional do SUS de controle social no planejamento, acompanhamento e avaliação das ações de saúde. Realizou-se uma pesquisa qualitativa, do tipo exploratório descritivo; os dados foram coletados por meio de entrevistas com enfermeiros de Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Juiz de Fora e atuantes nos Conselhos Locais de Saúde. Foram entrevistados 15 enfermeiros. A análise dos dados foi feita sob dois eixos: a opinião do enfermeiro em relação ao seu papel de Conselheiro Local de Saúde (CLS), tomando parte no exercício de controle social da gestão do SUS e quanto aos reflexos percebidos de sua participação, tanto no serviço de saúde (UBS) como na condição de saúde da comunidade. RESULTADOS: a maioria dos entrevistados tem consciência da importância da atuação do CLS, e considera importante a participação do Enfermeiro no CLS, devido a sua formação voltada para a prática social e de saúde pública. No entanto, muitos entrevistados ainda acreditam que a atuação do Enfermeiro no CLS é importante somente como espaço para divulgar ações e necessidades do serviço de atenção básica à saúde.(AU)


Assuntos
Participação da Comunidade , Controle Social Formal , Gestão em Saúde , Conselhos de Saúde , Enfermagem em Saúde Comunitária , Sistema Único de Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...