Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 1.534
Filtrar
1.
Dental press j. orthod. (Impr.) ; 29(1): e242317, 2024. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1534310

RESUMO

ABSTRACT Objective: The aim of the present study was to assess the impact of orthodontic retainers on oral health-related quality of life (OHRQoL) in the short and long terms after orthodontic treatment. Methods: Data from 45 patients up to three years after orthodontic treatment (T0) were analyzed. Patients were reassessed four years (T1) after T0. OHRQoL was measured using the OHIP-14 (Oral Health Impact Profile-14) questionnaire. The presence of a fixed retainer in the upper and/or lower arches, sex, and age were the predictive variables evaluated at T0 and T1. The occurrence of retainer fracture at T0 was clinically evaluated. Due to the COVID-19 pandemic, clinical examination on T1 was not possible, so the OHIP-14 and the self-perception of changes in teeth position and fracture of retainers were examined using an on-line questionnaire. Results: At the initial examination, the presence of upper retainers had a negative impact on quality of life (p=0.018). The OHIP-14 value increased significantly from T0 to T1 (p=0.014), regardless of the presence of retainers. The fracture or debonding of the retainer reported by the patient was the only variable that had a negative impact on OHRQoL (p=0.05). Conclusion: The use of fixed upper retainers suggests a negative impact on the quality of life of the orthodontic patient after the end of orthodontic treatment. This impact, however, is negligible in the long term, except when associated with fracture or debonding. This study emphasizes the need for continuous follow-up of orthodontic patients during the retention period.


RESUMO Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar o impacto das contenções ortodônticas na qualidade de vida relacionada à saúde bucal (QVRSB) em curto e longo prazos após o tratamento ortodôntico. Métodos: Foram analisados dados de 45 pacientes até três anos após o tratamento ortodôntico (T0). Os pacientes foram reavaliados quatro anos (T1) após T0. A QVRSB foi mensurada usando o questionário OHIP-14 (Oral Health Impact Profile-14). A presença da contenção fixa nas arcadas superior e/ou inferior, o sexo e a idade foram as variáveis preditoras em T0 e T1. A ocorrência de quebra da contenção em T0 foi avaliada clinicamente. Em razão da pandemia da COVID-19, não foi possível o exame clínico em T1; assim, a autopercepção das alterações na posição dos dentes e a quebra ou descolagem das contenções foram registradas por meio de um questionário online. Resultados: No exame inicial, a presença da contenção superior apresentou um impacto negativo na qualidade de vida (p=0,018). Em T1, o valor de OHIP-14 aumentou significativamente em comparação a T0 (p=0,014), independentemente da presença das contenções. A quebra ou descolagem da contenção relatada pelo paciente foi a única variável que apresentou um impacto negativo na QVRSB (p=0,05). Conclusão: O uso de contenção fixa superior sugere um impacto inicial negativo na qualidade de vida do paciente após o fim do tratamento ortodôntico. Esse impacto, entretanto, é insignificante em longo prazo, exceto quando associado à descolagem ou quebra das contenções ortodônticas. Esse estudo enfatiza a necessidade de acompanhamento contínuo das contenções fixas após a finalização do tratamento ortodôntico.

2.
Dental press j. orthod. (Impr.) ; 29(1): e2423136, 2024. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1534314

RESUMO

ABSTRACT Objective: The aim of this study was to evaluate the extent to which orthodontic treatment need is perceived by the patients and by the orthodontist, as well as the possible impacts on the OHRQoL (Oral Health-Related Quality of Life) over the course of conventional orthodontic treatment in adolescent patients. Methods: The sample consisted of 55 adolescents. The perception of patients and orthodontists relative to the malocclusion was evaluated by the IOTN (Index of Orthodontic Treatment Need). The OHRQoL was evaluated by the Child-OIDP (Child-Oral Impacts on Daily Performances) questionnaire before the conventional orthodontic appliance was bonded (T0); and at the following time intervals: after one week (T1), one month (T2), three months (T3), six months (T4), and after the end of orthodontic treatment (T5). Results: Adolescents who had large orthodontic treatment needs had a poor OHRQoL, according to their self-perception (p=0.003) and according to the orthodontist's perception (p<0.001), when compared with patients with small and moderate needs. There was statistically significant difference in the OHRQoL between the time intervals T0 and T1 (p=0.021), T2 and T3 (p<0.001), T3 and T4 (p=0.033), and T0 and T5 (p<0.002). At the end of treatment, all evaluated participants reported an improvement in OHRQoL. Conclusions: It was concluded that adolescents and orthodontists agreed with regard to the perception of orthodontic treatment need. In the first week and in the first month of orthodontic treatment, there was a negative impact on the OHRQoL. After three months, an improvement of OHRQoL was detected, which has progressed over time.


RESUMO Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar o quanto a necessidade de tratamento ortodôntico é percebida pelos pacientes e pelo ortodontista, bem como os possíveis impactos na Qualidade de Vida Relacionada à Saúde Bucal (QVRSB) ao longo do tratamento ortodôntico convencional em pacientes adolescentes. Métodos: A amostra foi composta por 55 adolescentes. A percepção dos pacientes e ortodontistas em relação à má oclusão foi avaliada pelo Índice de Necessidade de Tratamento Ortodôntico (IOTN). A QVRSB foi avaliada pelo questionário Child-OIDP (Child-Oral Impacts on Daily Performances) antes da colagem do aparelho ortodôntico convencional (T0); e nos seguintes intervalos de tempo: após uma semana (T1), um mês (T2), três meses (T3), seis meses (T4) e após o término do tratamento ortodôntico (T5). Resultados: Adolescentes que apresentavam grandes necessidades de tratamento ortodôntico apresentaram baixa QVRSB, segundo sua autopercepção (p=0,003) e segundo a percepção do ortodontista (p<0,001), quando comparados com pacientes com necessidades pequenas e moderadas . Houve diferença estatisticamente significativa na QVRSB entre os intervalos de tempo T0 e T1 (p=0,021), T2 e T3 (p<0,001), T3 e T4 (p=0,033) e T0 e T 5 (p<0,00 2 ). Ao final do tratamento, todos os participantes avaliados relataram melhora na QVRSB. Conclusões: Concluiu-se que adolescentes e ortodontistas concordaram quanto à percepção da necessidade de tratamento ortodôntico. Na primeira semana e no primeiro mês de tratamento ortodôntico, houve impacto negativo na QVRSB. Após três meses, foi detectada uma melhora na QVRSB, que progrediu ao longo do tempo.

3.
Rev. Fac. Odontol. Porto Alegre ; 64(1): e130007, dez 2023.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1526315

RESUMO

Objetivo: Este estudo teve como objetivo avaliar a elasticidade de elásticos ortodônticos após desinfecção e esterilização com ácido peracético 0,2%. Materiais e métodos: Neste estudo piloto in vitro, elásticos ortodônticos Morelli® e American Orthodontics™ nas cores cinza e cristal foram divididas em três grupos experimentais: Grupo 1, imerso em água destilada por 72 horas, Grupo 2, imerso em peracético 0,2% por 10 min (para desinfecção) e Grupo 3, imerso em ácido peracético 0,2% por 30 min (para esterilização). Após a imersão, os valores de resistência à tração dos elásticos foram analisados em uma máquina de ensaios universal (EMIC DL-1000) para avaliar a resistência, em Newtons, necessária para a ruptura dos mesmos. A normalidade dos dados foi avaliada pelo teste de Shapiro-Wilk e os dados dos diferentes grupos experimentais foram comparados pelo teste ANOVA. Resultados: Para ambas as marcas, não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos experimentais quanto à resistência à tração. Discussão: O estudo apresentou um método alternativo para a desinfecção e esterilização de materiais termossensíveis. Conclusão: Assim, podemos concluir que a desinfecção e esterilização dos elásticos ortodônticos com ácido peracético 0,2% não alterou seu módulo de elasticidade.


Aim: This study aimed to evaluate the elasticity of orthodontic elastics after disinfection and sterilization with 0.2% peracetic acid. Materials and methods: In this in vitro pilot study, Morelli® and American Orthodontics™ elastic bands in gray and crystal colors were divided into three experimental groups: Group 1, immersed in distilled water for 72 hours, Group 2, immersed in 0.2% peracetic acid for 10 min (for disinfection) and Group 3, immersed in 0.2% peracetic acid for 30 min (for sterilization). After immersion, the tensile strength values of the elastics were analyzed in a universal test machine (EMIC DL-1000) to evaluate the strength, in Newtons, necessary for their rupture. Normality of the data was assessed using the Shapiro-Wilk test, and data from the different experimental groups were compared using the ANOVA test. Results: For both brands, there was no statistically significant difference between the experimental groups regarding tensile strength. Discussion: This study presented an alternative method for the disinfection and sterilization of thermo-sensitive materials. Conclusion: Thus, it can be concluded that the sterilization of orthodontic elastics with 0.2% peracetic acid did not change their modulus of elasticity.

4.
Rev. cir. traumatol. buco-maxilo-fac ; 23(2): 39-43, abr./jun 2023. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1537799

RESUMO

Objetivo: discorrer sobre um caso clínico de mordida aberta anterior com uma abordagem de tratamento orto-cirúrgica. Relato de caso: Paciente, leucoderma, sexo feminino, 21 anos, ASA 1, buscou tratamento cirúrgico, após a recomendação do ortodontista. Esta já havia realizado tratamento ortodôntico no período de dois anos, mas sem alcançar resultados satisfatórios. Ao exame clínico, se concluiu uma ausência de assimetria facial significativa e uma paciente face longa. Além de um padrão esquelético classe II, com uma bi-protusão dos incisivos caracterizando uma mordida aberta anterior, no qual, posteriormente foi solicitada a cirurgia para a correção da deformidade dentofacial e maloclusão. Conclusão: Em síntese, após todo o tratamento orto-cirúrgico houve uma melhora significativa da oclusão da paciente, com o posterior ganho da sua autoconfiança e estética facial e, consequentemente, o reestabelecimento da sua função mastigatória, respiratória e fonação.


Objective: discuss a clinical case of anterior open bite with an ortho surgical treatment approach. Case report: Patient, Caucasian, female, 21 years old, ASA 1, sought surgical treatment after orthodontist recommendation. The patient already went through orthodontic treatment for two years, not achieving satisfactory results. On clinical examination, there was an absence of significant facial asymmetry and a long-face. In addition to a class II skeletal pattern, with a bi-protrusion of the incisors characterizing an anterior open bite, in which surgery was later requested to correct the dentofacial deformity and malocclusion. Conclusion: In summary, after ortho-surgical treatment, there was a significant improvement in the patient's occlusion, with substantial increase of her self-confidence and facial aesthetics and consequently, the reestablishment of patient's masticatory, respiratory and phonation function.


Objetivo: discutir un caso clínico de mordida abierta anterior con abordaje de tratamiento ortoquirúrgico. Reporte de caso: Paciente, caucásica, sexo femenino, 21 años, ASA 1, buscó tratamiento quirúrgico, por recomendación del ortodoncista. Ya se había sometido a un tratamiento de ortodoncia durante dos años, pero sin lograr resultados satisfactorios. En el examen clínico, había ausencia de asimetría facial significativa y una cara alargada. Además de un patrón esquelético clase II, con biprotrusión de los incisivos caracterizando una mordida abierta anterior, en la que, posteriormente, se solicitó cirugía para corregir la deformidad dentofacial y maloclusión. Conclusión: En resumen, después de todo el tratamiento ortoquirúrgico, hubo una mejoría signifi cativa en la oclusión de la paciente, con la consiguiente ganancia en su confi anza en sí misma, en su estética facial y en consecuencia, el restablecimiento de su función masticatoria, respiratoria y fonatoria.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Cirurgia Ortognática
5.
RFO UPF ; 28(1): 1-13, 20230808. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1509403

RESUMO

Objetivo: A má oclusão classe III de Angle se caracteriza por protrusão mandibular, retrusão maxilar ou pela combinação de ambas. Além de prejudicar a estética facial do paciente, essa má oclusão pode causar alterações funcionais e respiratórias. Uma das alternativas de tratamento para esses casos é o uso da máscara de Petit e do aparelho disjuntor de Hyrax. Este estudo tem como objetivo avaliar por meio da cefalometria ortodôntica se o tratamento com expansão maxilar em conjunto com a tração reversa da maxila diminuem os agravos estéticos e funcionais do paciente Classe III. Relato de caso: o relato de caso descrito no presente trabalho é sobre uma paciente que foi submetida a esse tratamento, sendo descrito por meio de análises cefalométricas, exames radiográficos, fotos intrabucais e achados clínicos. Considerações finais: A verificação dos resultados obtidos após o término do tratamento mostrou que a paciente teve uma boa adesão ao uso desses aparelhos e obteve resultados satisfatórios na sua função mastigatória, na sua oclusão e na sua estética facial e dentária.(AU)


Objective: Angle class III malocclusion is characterized by mandibular protrusion, maxillary retrusion or a combination of both. In addition to impairing the patient's facial aesthetics, this malocclusion can cause functional and respiratory changes. One of the treatment alternatives for these cases is the use of the Petit mask and the Hyrax breaker device. This study aims to evaluate, through orthodontic cephalometry, whether the treatment with maxillary expansion in conjunction with the reverse traction of the maxilla reduces the aesthetic and functional problems of Class III patients. Case report: the case report described in the present work is about a patient who underwent this treatment, being described through cephalometric analysis, radiographic examinations, intraoral photos and clinical findings. Final considerations: The verification of the results obtained after the end of the treatment showed that the patient had a good adherence to the use of these devices and obtained satisfactory results in her masticatory function, in her occlusion and in her facial and dental aesthetics.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Aparelhos Ortodônticos , Técnica de Expansão Palatina/instrumentação , Má Oclusão Classe III de Angle/terapia , Radiografia Dentária , Cefalometria , Resultado do Tratamento , Má Oclusão Classe III de Angle/diagnóstico por imagem
6.
RFO UPF ; 27(1): 30-40, 08 ago. 2023. ilus, tag, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1509382

RESUMO

Objective: to analyze, through literature review, the available literature on orthodontic treatment in traumatized permanent teeth. Methods: A literature search was performed in electronic databases (PubMed and SciELO) using the descriptors [tooth injuries] OR [injuries, teeth] OR [injury, teeth] OR [teeth injury] OR [injuries, tooth] OR [injury, tooth] OR [tooth injury] OR [teeth injuries] AND [orthodontics]. Observational studies and clinical trials were included, narrative reviews, laboratory and in vitro studies, case reports and series as well as articles that presented abstracts written in languages other than Portuguese, English and Spanish were excluded from the study. Two reviewers considered the eligibility, the risk of bias of the analyzed data and the qualitative synthesis of the studies included. A total of 1,322 references were found and 4 articles met all inclusion criteria and were included in the qualitative analysis. Some consequences like pulp necrosis and root resorption have been highlighted and trauma severity should be considered when orthodontically intervening in previously traumatized teeth. Final considerations: The traumatized teeth can be orthodontically treated as long as the time of tissue reorganization is respected, and the pull and periodontal conditions are followed up.(AU)


Objetivos: analisar, por meio de revisão de literatura, a respeito do tratamento ortodôntico em dentes permanentes traumatizados. Metodologia: Uma pesquisa bibliográfica foi realizada em bancos de dados eletrônicos (PubMed e SciELO) usando os descritores [tooth injuries] ou [injuries, teeth] ou [injury, teeth] ou [teeth injury] ou [injuries, tooth] ou [injury, tooth] ou [tooth injury] ou [teeth injuries] e [orthodontics]. Foram incluídos estudos observacionais e ensaios clínicos, revisões narrativas, estudos laboratoriais e in vitro, relatos de casos e séries, bem como artigos que apresentassem resumos redigidos em idiomas diferentes do português, inglês e espanhol foram excluídos do estudo. Dois revisores consideraram a elegibilidade, o risco de viés dos dados analisados e a síntese qualitativa dos estudos incluídos. Foram encontradas 1.322 referências e 4 artigos atenderam a todos os critérios de inclusão e foram incluídos na análise qualitativa. Algumas consequências como necrose pulpar e reabsorção radicular têm sido destacadas e a gravidade do trauma deve ser considerada na intervenção ortodôntica em dentes previamente traumatizados. Considerações finais: Os estudos incluídos nesta revisão sugerem que dentes traumatizados podem ser tratados ortodônticamente desde que respeitado o tempo de reorganização tecidual e acompanhadas as condições pulpares e periodontais.(AU)


Assuntos
Humanos , Técnicas de Movimentação Dentária/métodos , Traumatismos Dentários/terapia , Dentição Permanente , Reabsorção da Raiz/etiologia , Índices de Gravidade do Trauma , Necrose da Polpa Dentária/etiologia
7.
RFO UPF ; 28(1)20230808.
Artigo em Português | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1537700

RESUMO

Introdução: Atualmente, braquetes autoligados têm sido sugeridos para reduzir o tempo de tratamento na Ortodontia. Objetivo: Dessa maneira, o presente estudo objetivou revisar a literatura acerca do tempo de tratamento com esses braquetes, em comparação com outros braquetes e tratamentos sugeridos. Revisão de literatura: Foi realizada pesquisa bibliográfica de caráter descritivo, que compreendeu o levantamento de referencial teórico na base de dados eletrônica Medline ­ PubMed. A seleção de artigos foi feita a partir dos títulos e resumos e a revisão compreendeu 4 artigos publicados na língua inglesa no período de 2019 a 2023. Conclusão: Há uma escassez de estudos clínicos envolvendo essa temática e o tratamento ortodôntico com aparelhos autoligados parece apresentar menor tempo de tratamento em comparação com aparelhos fixos tradicionais. No entanto, os estudos não mostraram diferenças estatisticamente significativas na redução desse tempo. Pode-se sugerir que mais estudos clínicos sejam conduzidos no intuito de elucidar essa questão.


Introduction: Currently, self-ligating brackets have been suggested to reduce treatment time in Orthodontics. Objective: Therefore, the present study aimed to review the literature about the treatment time with these brackets, in comparison with other brackets and suggested treatments. Literature review: Descriptive bibliographical research was carried out, which included the survey of theoretical references in the electronic database Medline ­ PubMed. The selection of articles was made based on titles and abstracts and the review comprised 4 articles published in the English language from 2019 to 2023. Conclusion: there is a shortage of clinical studies involving this topic and orthodontic treatment with self-ligating appliances seems to present shorter treatment time compared to traditional fixed appliances. However, the studies did not show statistically significant differences in reducing this time. It can be suggested that more clinical studies be conducted to elucidate this issue.

8.
Entramado ; 19(1)jun. 2023.
Artigo em Espanhol | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1534420

RESUMO

R E S U M E N En pacientes con ortodoncia aparecen eventos patológicos no deseados como agrandamiento gingival inducido por tratamiento de ortodoncia (AGTO) o hipertrofia gingival. El objetivo del estudio es identificar la distribución inmunohistoquímica de citoqueratina CK-14, CK-19 y Ki-67 en epitelio gingival de pacientes con AGTO. Se seleccionaron I3 pacientes divididos en: grupo control (n=6), conformado por individuos periodontalmente sanos no portadores de aparatología ortodóntica y grupo test (n=7), integrado por pacientes con AGTO. Los marcadores CK-14, CK-19 y Ki-67 fueron identificados mediante inmunohistoquímica con anticuerpos monoclonales y observados en un microscopio óptico Leica DM 500. En los pacientes del grupo test el tejido epitelial se mostró hipertrófico con pérdida en la continuidad de la membrana basal. La CK-14 y CK-19 fue positiva en el epitelio de todos los sujetos evaluados, con una expresión positiva de alta intensidad en células de la lámina basal del grupo test. El promedio de células positivas para Ki-67 en el grupo test fue de 56%. En conclusión, la CK-14, CK-19 y Ki-67 son marcadores con elevada inmunoreactividad en tejido gingival de pacientes con AGTO portadores de ortodoncia.


During orthodontic treatment, unwanted pathological events such as gingival overgrowth induced by orthodontic treatment or gingival hypertrophy may appear The objective of this study is to identify immunohistochemical distribution of cytokeratin CK-14, CK-19 and Ki-67 in the gingival epithelium of patients with gingival overgrowth induced by orthodontic treatment. Thirteen patients were selected divided into: control group (n = 6), conformed of periodontally healthy individuals without orthodontic appliances and the test group (n = 7), conformed of patients with gingival overgrowth induced by orthodontic treatment. The biomarkers CK-14, CK-19 and Ki-67 were identified by immunohistochemistry with monoclonal antibodies and observed in a Leica DM 500 optical microscope. Hypertrophic epithelial tissue with loss of continuity of the basement membrane was found in the test group patients. CK-14 and CK-19 were positive in the epithelial tissue of all the subjects evaluated, with a high intensity positive expression in the cells of the basal lamina of the test group. The average number of cells positive for Ki-67 in test group was 56%. In conclusion, CK-14, CK-19 and Ki-67 are biomarkers with high immunoreactivity in the gingival tissue of patients with gingival overgrowth induced by orthodontic treatment.


Durante o tratamento ortodôntico, eventos patológicos indesejados como o crescimento gengival induzido pelo tratamento ortodôntico (CGTO) ou hipertrofia gengival podem aparecer: O objetivo deste estudo é identificar a distribuição imuno-histoquímica das citoqueratinas CK -14, CK-19 e Ki-67 no epitélio gengival de pacientes com CGTO. Foram selecionados 13 pacientes divididos em: grupo controle (n=6), conformado por indivíduos periodontalmente saudáveis sem aparelhos ortodônticos e o grupo teste (n=7), conformado por pacientes com CGTO. Os biomarcadores CK-14, CK-19 e Ki-67 foram identificados por imuno-histoquímica com anticorpos monoclonais e observados em microscópio óptico Leica DM 500. Tecido epitelial hipertrófico com perda de continuidade da membrana basal foi encontrado nos pacientes do grupo teste. CK-14 e CK-19 foram positivos no tecido epitelial de todos os sujeitos avaliados, com expressão positiva de alta intensidade nas células da lâmina basal do grupo teste. O número médio de células positivas para Ki-67 no grupo teste foi de 56%. Em conclusão, CK-14, CK-19 e Ki-67 são biomarcadores com alta imunorreatividade no tecido gengival de pacientes com CGTO.

9.
Rev. Cient. CRO-RJ (Online) ; 8(1): 35-45, Jan.-Apr 2023.
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1512080

RESUMO

Objetivo: o objetivo desta pesquisa foi analisar a associação do tempo de aleitamento materno com a prática de hábitos deletérios e o desenvolvimento de maloclusões na primeira infância. Materiais e Métodos: foram aplicados 171 formulários às mães com 18 anos ou mais que acompanharam o processo de amamentação de seu(s) filho(s) de 4 a 10 anos de idade. O questionário foi composto por 22 perguntas, sendo 15 específicas e relacionadas ao aleitamento, hábitos deletérios da criança (uso de chupeta, sucção de dedo e sucção do próprio lábio) e maloclusões específicas (mordida cruzada posterior, mordida cruzada anterior e mordida aberta). Resultados: a prevalência da amamentação exclusiva por 6 meses ou mais foi de 52%, enquanto 29,8% das crianças foram amamentadas de 0 a 5 meses e 18,2% nunca foram amamentadas no seio exclusivamente. Quanto a alimentação complementar, grande parcela (37,4%) encontrada evidenciou início após os 6 meses; 57,9% das mães relataram algum tipo de dificuldade para amamentar e 34,5% das crianças fizeram uso de chupeta. Em relação aos hábitos deletérios, 10% desenvolveram sucção de dedo. O relato de desenvolvimento de maloclusões foi de 9,4% das crianças com mordida cruzada posterior; 7,6% mordida cruzada anterior e 18,7% mordida aberta anterior. Conclusão: sendo assim, é possível inferir que o tempo preconizado pela Organização Mundial da Saúde para aleitamento materno exclusivo foi fundamental para o não desenvolvimento de hábitos deletérios e maloclusões. Em contrapartida, quanto mais cedo a introdução de alimentos complementares, e a interrupção do aleitamento exclusivo nos seis primeiros meses, maior o risco do desenvolvimento de hábitos e consequentemente maloclusões.


Objective: the objective of this research was to analyze the association of breastfeeding duration with the practice of deleterious habits and the development of malocclusions in early childhood. Materials and Methods: a total of 171 forms were applied to mothers aged 18 years or older who followed the breastfeeding process of their child(ren) between 4 and 10 years of age. The questionnaire consisted of 22 questions, 15 of which were specific and related to breastfeeding, the child's deleterious habits (use of a pacifier, finger sucking and lip sucking) and specific malocclusions (posterior crossbite, anterior crossbite and open bite). Results: the prevalence of exclusive breastfeeding for 6 months or more was 52%, while 29.8% of children were breastfed from 0 to 5 months and 18.2% were never exclusively breastfed. As for complementary feeding, a large portion (37.4%) found to start after 6 months; 57.9% of the mothers reported some type of difficulty in breastfeeding and 34.5% of the children used a pacifier. Regarding deleterious habits, 10% developed finger sucking. The report of development of malocclusions was 9.4% of children with posterior crossbite; 7.6% anterior crossbite and 18.7% anterior open bite. Conclusion: therefore, it is possible to infer that the time recommended by the World Health Organization for exclusive breastfeeding was fundamental for the non-development of deleterious habits and malocclusions. On the other hand, the earlier the introduction of complementary foods and the interruption of exclusive breastfeeding in the first six months, the greater the risk of developing habits and, consequently, malocclusions.


Assuntos
Desmame , Má Oclusão , Aleitamento Materno , Sucção de Dedo
10.
J. health sci. (Londrina) ; 25(1): 02-09, 20230330.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS | ID: biblio-1510041

RESUMO

Esse estudo propectivo teve como objetivo realizar a avaliação das alterações dentoalveolares em modelos digitais de pacientes cuja mordida aberta anterior foi tratada seguindo dois protocolos distintos: esporão lingual e mentoneira. A amostra foi composta por 41 pacientes (27 do sexo feminino e 14 do sexo masculino) com idades entre 7-10 anos (média de idade de 8.37 anos), dentição mista com diagnóstico de mordida aberta anterior (média de -3.43mm) e tratados ao longo de um ano. Os pacientes foram aleatoriamente dividiso em dois grupos de acordo com a terapia realizada: Grupo 1 (n=23) tratados com esporão lingual, e Grupo 2 (n=18) tratados com mentoneira pré-fabricada. Os modelos de gesso foram escaneados, gerando uma imagem tridimensionao em qual as medidas foram realizadas em 2 tempos distintos: T1 (imediatamente antes do tratamento) e T2 (um ano após o início do tratamento). Alteraçnoes transversais, comprimento e perímetro dos arcos dentários superior e inferior, trespasse horizontal e vertical, assim como inclinação dos incisivos centrais foram avaliadas. O Coeficiente de Correlação Interclasse (CCI) e o método Bland-Altman foram aplicados para verificar o erro intra examinador. Os resultados foram analisados através do Teste T pareado e independente adotando uma significância de 5%. Após um ano de tratamento, observou-se alerações estatisticamente significantes em todas as variáveis, exceto perímetro e comprimento dos arcos superio e inferior, inclinação do incisivo central superior e trespasse horizontal. As alterações enre os grupos (T2-T1) apresentaram resultados similares. Concluiu-se que ambos os protocolos apresentaram mudanças semelhantes na mordiada aberta anterior após um ano de tratamento.(AU)

11.
Rev. Flum. Odontol. (Online) ; 1(60): 30-44, jan.-abr. 2023. ilus
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1411183

RESUMO

Bisfosfonatos são medicamentos que reduzem a reabsorção óssea, inibindo a atividade enzimática dos osteoclastos. Por essa razão, são amplamente utilizados no tratamento de várias doenças, como a osteoporose. Durante o tratamento ortodôntico, a aplicação de forças compressivas no dente promove a reabsorção e remodelação óssea, permitindo sua movimentação. Vários estudos in vivo observaram a diminuição da movimentação ortodôntica por bisfosfonatos, tornando o tema relevante devido à crescente demanda de tratamento ortodôntico em idosos ­ principais usuários dessa droga. Assim sendo, o objetivo deste trabalho é avaliar evidências do uso de bisfosfonatos no decorrer do tratamento ortodôntico e, mais especificamente, examinar seus efeitos na movimentação ortodôntica através de mensurações clínico-laboratoriais. Para isso, foi realizada uma revisão sistematizada na base de dados Pubmed através dos descritores Ortodontia e Bisfosfonatos. Buscou-se estudos em inglês entre 2015 e 2020. De 39 artigos compatíveis à proposta, 8 artigos passaram pelos critérios de inclusão e exclusão. Desses, a maioria dos autores é categórica em se referir ao uso de bisfosfonatos como um fator relevante para índices inferiores de movimentação. Porém, tais dados devem ser vistos com cautela, pois os métodos utilizados são variados, havendo uma grande heterogeneidade. Ademais, pequenas amostras e tempo curto dos experimentos não permitem uma generalização para pacientes de rotina. Como conclusão temos que a administração de bisfosfonatos associada à movimentação ortodôntica aparenta provocar uma duração prolongada no tratamento devido, fundamentalmente, aos índices inferiores de movimentação dentária planejada. Entretanto, os fatores específicos para tal não estão plenamente explicados.


Bisphosphonates are drugs that provide bone resorption by inhibiting the enzyme activity of osteoclasts. For this reason, they are widely used in the treatment of various diseases, such as osteoporosis. During orthodontic treatment, the application of compressive forces on the tooth promotes bone resorption and remodeling, allowing its movement. Several in vivo studies observed a decrease in orthodontic movement caused by bisphosphonates, making the topic relevant due to the growing demand for orthodontic treatment in the elderly - the main users of this drug. Therefore, the aim of this study is to evaluate evidence of the use of bisphosphonates during orthodontic treatment and, more specifically, to examine their effects on orthodontic movement through clinical and laboratory measurements. For this, a systematized review was performed in the Pubmed database using the descriptors Orthodontics and Bisphosphonates. Studies in English between 2015 and 2020 were sought. Of 39 articles compatible with the proposal, 8 articles passed the inclusion and exclusion criteria. Most authors are categorical in referring to the use of bisphosphonates as a relevant factor for lower movement rates. However, such data must be viewed with caution, as the methods used are sundry, with great heterogeneity. Furthermore, small administrations and short experimental times do not allow generalization to routine patients. In conclusion, the administration of bisphosphonates associated with orthodontic movement seems to cause a prolonged duration of treatment, fundamentally due to the lower rates of planned tooth movement. However, the specific factors for this are not fully explained.


Assuntos
Ortodontia , Terapêutica , Técnicas de Movimentação Dentária , Difosfonatos/efeitos adversos
12.
Audiol., Commun. res ; 28: e2740, 2023. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1439467

RESUMO

RESUMO O objetivo deste estudo foi relatar a abordagem interdisciplinar no manejo da macroglossia em um caso de paciente com síndrome de Beckwith-Wiedemann, no período de dez anos. O acompanhamento iniciou pela equipe de Cirurgia Bucomaxilofacial, seguido da Fonoaudiologia, em função de dificuldades alimentares. Após avaliação clínica e instrumental, aos 8 meses de idade, iniciou-se a intervenção fonoaudiológica com foco na disfagia orofaríngea e na terapia miofuncional orofacial. Foi verificado, com 1 ano e 11 meses, ausência de sinais de alteração de deglutição em fase faríngea e melhora na postura de lábios e língua. Aos 3 anos, foram iniciados estímulos para retirada dos hábitos orais e o treino da função mastigatória. O tratamento ortodôntico para correção de mordida aberta anterior e mordida cruzada posterior unilateral iniciou-se aos 6 anos. Aos 7 anos e 5 meses de idade, constatou-se estabilidade do modo respiratório nasal e adequação da postura de repouso de lábios e língua. Aos 9 anos, em função de recidiva das alterações oclusais, optou-se pela redução cirúrgica da língua seguida de terapia miofuncional orofacial, retomada aos 9 anos e 3 meses. O resultado foi a correção da postura da língua na deglutição e a adequação da fala. A associação dos tratamentos, envolvendo Fonoaudiologia, Ortodontia e Cirurgia Bucomaxilofacial foi considerada efetiva no manejo da macroglossia, resultando na adequação e equilíbrio das funções orofaciais.


ABSTRACT This study aims to report the interdisciplinary management of macroglossia in a Beckwith-Wiedemann syndrome patient during ten years. Clinical follow-up started by the Oral and Maxillofacial Surgery team, followed by Speech Therapy due to feeding difficulties. After clinical and instrumental evaluation, at 8 months old, the speech therapy intervention was indicated, focusing on oropharyngeal dysphagia and orofacial myofunctional therapy. At 1 year and 11 months, no signs of swallowing alteration in the pharyngeal phase and improvement in the posture of the lips and tongue were found. At the age of 3, stimulation to remove oral habits and train masticatory function were initiated. Orthodontic treatment to correct anterior open bite and unilateral posterior crossbite started at age 6. At 7 years and 5 months, there was stability in the nasal breathing mode and adequacy of resting posture of lips and tongue. At the age of 9, due to relapse of the occlusal alterations, surgical reduction of the tongue was indicated, followed by orofacial myofunctional therapy, restarted at the age of 9 years and 3 months. The result was the correction of the posture of the tongue during swallowing and speech adequacy. The association of treatments involving Speech Therapy, Orthodontics and Oral and Maxillofacial Surgery was considered effective in the management of the macroglossia. It resulted in the adequacy and equilibrium of orofacial functions.


Assuntos
Humanos , Masculino , Criança , Equipe de Assistência ao Paciente , Síndrome de Beckwith-Wiedemann/diagnóstico , Terapia Miofuncional/métodos , Glossectomia , Macroglossia/terapia , Ortodontia , Fonoaudiologia
13.
Dental press j. orthod. (Impr.) ; 28(5): e23spe5, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1520819

RESUMO

ABSTRACT Introduction: Although uncommon in dentistry, the concept of the life cycle holds great importance for dental professionals in identifying crucial intervention opportunities and determining the optimal timing for treatments and procedures. Objective: To carry out a review of the literature on life cycle classifications and their distinct phases, evaluating their applicability in healthcare. Methods: A literature review was performed, searching for articles in PubMed, SciELO, National Health Library (BvB), and Google Scholar databases, as well as relevant books. The keywords "life cycle," "life stages," "human development," "age groups," and "biological age" were used. Relevant articles were selected by analyzing their titles and abstracts, and read in full to confirm their inclusion in the research. Results: Nine distinct life cycle classifications were found, each with unique criteria. Conclusion: Based on the comprehensive literature review, a novel classification was proposed (The 10-phase Life Cycle), which encompasses dental, growth, physiological aging, sociocultural, and behavioral characteristics, aiming to enhance communication among healthcare professionals, particularly those engaged in the growth, development, and aging processes of human beings.


RESUMO Introdução: Embora incomum na Odontologia, o conceito de ciclo vital é de grande importância para ajudar os profissionais dessa área a identificar oportunidades cruciais para intervenções e para determinar o momento ideal para tratamentos e procedimentos. Objetivo: Realizar uma revisão da literatura sobre as classificações do ciclo vital e suas distintas fases, avaliando sua aplicabilidade na área da saúde. Métodos: Foi realizada uma revisão da literatura, buscando artigos nas bases de dados PubMed, SciELO, Biblioteca Nacional de Saúde (BvB) e Google Acadêmico; além de livros relevantes. Foram utilizadas as palavras-chave "ciclo vital", "estágios de vida", "desenvolvimento humano", "faixas etárias" e "idade biológica". Os artigos relevantes foram selecionados por meio da análise de seus títulos e resumos e lidos na íntegra para confirmar sua inclusão na pesquisa. Resultados: Nove classificações distintas de ciclo vital foram encontradas, cada uma com critérios únicos. Conclusão: Com base nessa revisão abrangente da literatura, é proposta uma nova classificação (o ciclo vital de 10 fases) que engloba características dentárias, de crescimento, envelhecimento fisiológico, socioculturais e comportamentais, com o objetivo de melhorar a comunicação entre os profissionais da área de saúde, particularmente aqueles envolvidos nos processos de crescimento, desenvolvimento e envelhecimento do ser humano.

14.
Dental press j. orthod. (Impr.) ; 28(4): e2322195, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1514057

RESUMO

ABSTRACT Introduction: With the advent of COVID-19, teledentistry and remote monitoring have become an imminent reality that allows orthodontists to monitor orthodontic treatment through virtual checkups, which complement in-office appointments. Objective: To evaluate the effectiveness of using teledentistry in monitoring the evolution of orthodontic treatment. Material and Methods: Searches were performed in on-line databases. PECO strategy focused on comparing orthodontic patients exposed and not exposed to teledentistry. Searches and data extraction followed PRISMA guidelines. The assessment of the risk of bias and the certainty of the evidence was performed using the ROBINS-I and GRADE tools, respectively. A meta-analysis was also performed. Results: Out of 1,178 records found, 4 met the criteria and were included in the qualitative analysis. The risk of bias for follow-up assesment in aligner treatment was low to moderate; while for interceptive treatment, it was high. Studies are favorable to the use of teledentistry. The meta-analysis was performed with aligners studies only, due to heterogeneity. The certainty of the evidence was considered very low. Conclusion: With very low certainty of evidence, teledentistry using Dental Monitoring® software is effective as an aid in monitoring the evolution of interceptive orthodontic treatment (high risk of bias) and, especially, treatment performed with aligners (low to moderate risk of bias). The meta-analysis evidenced a reduction in the number of face-to-face appointments (mean difference = −2.75[−3.95, -1.55]; I2=41%; p<0.00001) and the time for starting refinement (mean difference = −1.21[−2.35, -0.08]; I2=49%; p=0.04). Additional randomized studies evaluating corrective orthodontic treatment with brackets and wires are welcome.


RESUMO Introdução: Com o advento da COVID-19, a teleodontologia e o monitoramento remoto tornaram-se uma realidade iminente, permitindo ao ortodontista acompanhar o tratamento ortodôntico por meio de checkups virtuais, que complementam as consultas presenciais. Objetivo: Avaliar a eficácia do uso da teleodontologia no acompanhamento da evolução do tratamento ortodôntico. Material e Métodos: Buscas foram realizadas em bases de dados on-line. A estratégia PECO focou na comparação de pacientes ortodônticos expostos e não expostos à teleodontologia. As buscas e a extração dos dados seguiram a metodologia PRISMA. A avaliação do risco de viés e da certeza da evidência foi realizada com as ferramentas ROBINS-I e GRADE, respectivamente. Uma metanálise também foi realizada. Resultados: Dos 1.178 estudos encontrados, 4 atenderam aos critérios e foram incluídos na análise qualitativa. O risco de viés para a avaliação do acompanhamento de tratamentos com alinhadores foi baixo a moderado; enquanto para o tratamento interceptativo, foi alto. Os estudos são favoráveis ao uso da teleodontologia. A meta-análise foi realizada apenas com estudos de alinhadores, devido à heterogeneidade. A certeza da evidência foi considerada muito baixa. Conclusão: Com muito baixo nível de certeza da evidência, a teleodontologia utilizando o software Dental Monitoring® é eficaz para auxiliar no acompanhamento da evolução do tratamento ortodôntico interceptativo (alto risco de viés) e, principalmente, do tratamento realizado com alinhadores (risco de viés baixo a moderado). A metanálise evidenciou redução no número de atendimentos presenciais (diferença média = −2,75[−3,95, -1,55]; I2=41%; p<0,00001) e no tempo para início do refinamento (diferença média = −1,21[−2,35, -0,08]; I2=49%; p=0,04). Estudos randomizados adicionais avaliando o tratamento ortodôntico corretivo com braquetes e fios são bem-vindos.

15.
RGO (Porto Alegre) ; 71: e20230038, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1514655

RESUMO

ABSTRACT Objective: The accomplishment of this cephalometric objective to evaluate the face characteristics of this cefalometric work individuals had to the city of this cephalometric prevalence, as well as measure the objective of malocclusion. Methods: For this study, 531 sort of individuals of the masculine organizations of Rio de Janeiro had been submitted to the clinical chait of the course of Master in Orthodontics of the Center Research Leopold Mandic, of which if it got prevalence of malocclusion. Results: Of this sample, it was observed that 22 individuals with normal occlusion and that if they had never submitted the orthodontic treatment. In these patients they had been made taken from normal head in lateral cephalometric radiographs and evaluated the cephalometrics largeness: SNA, SNB, ANB, Axle "Y", NS.Go-Me, FMA, FMIA, IMPA, 1.NA, 1- NA, 1.NB, 1-NB, 1.1, 1.SN, 1.Go-Gn, SN.PLO, AO-BO, Line H, Z angle, P-NB, AFA, AFP and IAF. The gotten date had been submitted to the analysis with a level of significance of 5% (p< 0.05) and used descriptive statistics and the error of Dalbergh. The results showed that of the total of the evaluated sample, the malocclusion of 44.3% of Classroom I; 29.5% of Classroom II; 17.2% of Classroom III and 9.2% of normal occlusion. Conclusion: The individuals with normal occlusion of the city of Rio De Janeiro had presented equal cephalometric characteristics with many standard measures described in literature, except for the superior incisor that were presented vestibulate and the well inclined inferior incisor for vestibular contest.


RESUMO Objetivos: A realização deste trabalho teve como objetivo avaliar cefalometricamente as características faciais de indivíduos pertencentes ao município do Rio de Janeiro-RJ, bem como mensurar a prevalência de maloclusão. Métodos: Para este estudo, 531 indivíduos do gênero masculino pertencentes às organizações militares do Rio de Janeiro foram submetidos à ficha clínica do curso de Mestrado em Ortodontia da Faculdade São Leopoldo Mandic, dos quais se obteve a prevalência de maloclusão. Resultados: Dessa amostra, observou-se que 22 indivíduos possuíam oclusão normal e que nunca haviam se submetido a tratamento ortodôntico. Nesses pacientes foram feitas tomadas de telerradiografias de cabeça em norma lateral e avaliadas as grandezas cefalométricas: SNA, SNB, ANB, Eixo "Y", NS.Go-Me, FMA, FMIA, IMPA, 1.NA, 1-NA, 1.NB,1-NB, 1.1, 1.SN, 1.Go-Gn, SN.PLO, AO-BO, Linha H, ângulo Z, P-NB, AFA, AFP e IAF. Os dados obtidos foram submetidos à análise com nível de significância de 5% (p< 0,05) e utilizadas estatísticas descritivas e o erro de Dalbergh. Os resultados mostraram que do total da amostra avaliada, a maloclusão foi de 44,3% de Classe I; 29,5% de Classe II; 17,2% de Classe III e 9,2% de oclusão normal. Conclusão: Os indivíduos com oclusão normal do município do Rio de Janeiro apresentaram características cefalométricas condizentes com muitas medidas padrões descritas na literatura, exceto para o incisivo superior que apresentou-se vestibularizado e o incisivo inferior bem inclinado para vestibular.

16.
Braz. dent. sci ; 26(1): 1-8, 2023. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1419212

RESUMO

Objective: The aim of the present study is to evaluate whether a "radiation free" method using 3D facial scan can replace Cone Beam Computed Tomography (CBCT) volumetric rendering of soft tissue of the patient to assess maxillofacial surgery outcomes and compare the reference points and angular measurements of patient facial soft tissue. Material and Methods: Facial soft tissue scan of the patient's face, before and after orthognathic surgery and a CBCT of the skull for volumetric rendering of soft tissues were carried out. The 3D acquisitions were processed using Planmeca ProMax 3D ProFace® software (Planmeca USA, Inc.; Roselle, Illinois, USA). The participant were positioned in a natural position during the skull scannering. Three sagittal angular measurements were performed (Tr-NA, Tr-N-Pg, Ss-N-Pg) and two verticals (Go-N-Me, Tr-Or-Pg) on facial soft tissue scan and on the patient's 3D soft tissue CBCT volumetric rendering. Results: A certain correspondence has been demonstrated between the measurements obtained on the Proface and those on the CBCT. Conclusion: A radiation free method was to be considered an important diagnostic tool that works in conditions of not subjecting the patient to harmful ionizing radiation and it was therefore particularly suitable for growing subjects. The soft tissue analysis based on the realistic facial scan has shown sufficient reliability and reproducibility even if further studies are needed to confirm the research result.(AU)


Objetivo:Avaliar se um método "livre de radiação" usando escaneamento facial 3D pode substituir a renderização volumétrica da tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC) dos tecidos moles do paciente para analisar os resultados da cirurgia maxilofacial e comparar os pontos de referência e medições angulares afim de avaliar a correspondência entre as duas metodologias. Material e Métodos: Foi realizado o escaneamento dos tecidos moles faciais do paciente, antes e depois da cirurgia ortognática e uma tomografia computadorizada de feixe cônico do crânio para renderização volumétrica dos tecidos moles. As aquisições 3D foram processadas usando o software Planmeca ProMax 3D ProFace® (Planmeca USA, Inc.; Roselle, Illinois, USA). O participante foi posicionado em posição natural durante o escaneamento do crânio. Três medições angulares sagitais foram realizadas (Tr-NA, Tr-N-Pg, Ss-N-Pg) e duas verticais (Go-N-Me, Tr-Or-Pg) nas imagens de scaneamento e nas imagens do tecido mole facial da reconstrução tridimensional da TCFC. Resultados: Uma certa correspondência foi demonstrada entre as medidas obtidas no Proface® e aquelas na TCFC. Conclusão: Um método livre de radiação deve ser considerado uma importante ferramenta de diagnóstico que funciona em condições de não submeter o paciente a radiação ionizante nociva e, portanto, é particularmente adequado para indivíduos em crescimento. A análise de tecidos moles com base na varredura facial realista mostrou confiabilidade e reprodutibilidade, porém mais estudos são necessários para confirmar o resultado da pesquisa. (AU)


Assuntos
Ortodontia , Radiação não Ionizante , Lesões dos Tecidos Moles , Diagnóstico , Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico
17.
RGO (Porto Alegre) ; 71: e20230002, 2023. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1422498

RESUMO

ABSTRACT Context: Digital study models have become a safe and advantageous alternative for diagnosis and planning in dentistry. Despite the superior characteristics in comparison with traditional plaster models, professionals seem to resist the use of new technologies. Aims: To assess the level of knowledge and the use of digital models through a questionnaire applied to dental professionals. Methods: A questionnaire with 12 multiple-choice questions about plaster models, digital, and use of the 3Shape - 3D viewer software was answered by 76 orthodontists (42 women and 34 men; mean age =37.82 years (SD ± 7.60)) and 30 general dental surgeons (18 women and 12 men; mean age of 33.93 years (SD ± 8.45)) in Aracaju, Sergipe, Brazil. Data were tabulated in Excel spreadsheets and then analyzed using the SPSS statistical software version 20. An absolute analysis of frequency and percentage of responses was performed. Results: Most professionals reported using plaster models and claimed their low cost as justification for their use (P = 0.001). Aware of the benefits of digital models, professionals of both classes highlighted the facilitated storage and search for information as the main advantages, the cost and infrastructure as the main disadvantages. Regarding the use of the 3Shape - 3D viewer software, orthodontists showed better utilization of this resource than general dental surgeons (P = 0.0198). Conclusion: It verified that most professionals make use of plaster models. However, despite knowing the advantages of digital models, their cost is sees as a limiting factor for adherence to this technology.


RESUMO Contexto: Os modelos digitais de estudo têm se tornado uma alternativa segura e vantajosa para o diagnóstico e planejamento em odontologia. Apesar das características superiores em comparação aos modelos tradicionais de gesso, os profissionais parecem resistir ao uso de novas tecnologias. Objetivos: Avaliar o nível de conhecimento e a utilização de modelos digitais por meio de questionário aplicado a profissionais da área odontológica. Material e Métodos: Questionário com 12 questões de múltipla escolha sobre modelos de gesso, digitais e uso do software 3Shape - 3D viewer foi respondido por 76 ortodontistas (42 mulheres e 34 homens; idade média = 37,82 anos (DP = ± 7,60) ) e 30 cirurgiões-dentistas gerais (18 mulheres e 12 homens; média de idade de 33,93 anos (DP = ± 8,45)) em Aracaju, Sergipe, Brasil. Os dados foram tabulados em planilhas do Excel e posteriormente analisados no software estatístico SPSS versão 20. Foi realizada uma análise absoluta de frequência e percentual de respostas. Resultados: A maioria dos profissionais relatou utilizar modelos de gesso e alegou seu baixo custo como justificativa para seu uso (P = 0,001). Cientes dos benefícios dos modelos digitais, os profissionais de ambas as classes destacaram o armazenamento facilitado e a busca de informações como as principais vantagens, o custo e a infraestrutura como as principais desvantagens. Em relação à utilização do software 3Shape - 3D viewer, os ortodontistas apresentaram melhor aproveitamento desse recurso do que os cirurgiões-dentistas gerais (P = 0,0198). Conclusões: Verificou-se que a maioria dos profissionais faz uso de modelos de gesso. Porém, apesar de conhecer as vantagens dos modelos digitais, seu custo é visto como um fator limitante para a adesão a essa tecnologia.

18.
Arq. odontol ; 59: 39-53, 2023. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1434152

RESUMO

Objetivo: Comparar o efeito do uso de instruções convencionais (verbais ou escritas) e instruções digitais (apps e mensagens de telefone) na cooperação e melhora da higiene oral dos pacientes ortodônticos.Métodos: Foram conduzidas buscas em seis bases de dados. Seleção dos estudos, extração de dados e análise do risco de viés dos artigos com a ferramenta Cochrane foram realizadas. Resultados de meta-análises foram apresentados em diferença média (DM) e intervalo de confiança (IC). Resultados: Seis estudos foram incluídos. No geral, os estudos mostraram que indivíduos que recebem instruções convencionais e digitais de higiene bucal apresentam uma melhora do índice de placa e índice gengival ao longo do tratamento ortodôntico (p < 0,05). Os indivíduos que só recebem instruções convencionais não apresentam melhora dos índices (p > 0,05). Os resultados são confirmados por duas meta-análises, sendo o índice de placa (DM = -1,30, IC = -2,52 - -0,08) e o índice gengival (DM = -0,27, IC = -0,42 - -0,12) melhor entre indivíduos que receberam instruções convencionais e digitais em comparação a indivíduos que receberam somente instruções convencionais. Meta-análises mostraram que não há diferença para índice de placa (DM = 0,57, IC = -0,61 ­ 1,74) e índice gengival (DM = -0,46, IC = -1,52 - 0,59) durante o tratamento entre indivíduos que somente receberam instruções de higiene convencionais e aqueles que só receberam instruções digitais. Indivíduos que só receberam instruções convencionais apresentam um aumento de lesões de mancha branca ao longo do tratamento (p < 0,05). O risco de viés variou de baixo a alto. Conclusão: Instruções digitais junto às convencionais são eficientes na melhora da higiene bucal dos pacientes em tratamento ortodôntico.


Aim: To compare the effects of the use of conventional instructions (verbal or written) and digital instructions (apps and phone messages) for the cooperation and improvement of oral hygiene in orthodontic patients. Methods: Searches were conducted in six databases. Selection of studies, data extraction, and risk of bias analysis of articles were performed using the Cochrane tool. For meta-analysis results, mean difference (MD) and confidence interval (CI) were provided. Results: Six studies were included. Overall, studies demonstrated that individuals who received conventional and digital oral hygiene instructions show an improvement in both the plaque and gingival indices over the course of orthodontic treatment (p < 0.05). By contrast, individuals who only received conventional instructions showed no improvement in the indices (p > 0.05). The results were confirmed in two meta-analyses, with the plaque index (MD = -1.30, CI = -2.52 - -0.08) and the gingival index (MD = -0.27, CI = -0.42 - -0.12) presenting better outcomes among individuals who received conventional and digital instructions, as compared to individuals who received only conventional instructions. Meta-analyses showed that there is no difference between the plaque index (MD = 0.57, CI = -0.61 ­ 1.74) and the gingival index (MD = -0.46, CI = -1.52 ­ 0.59) concerning the course of treatment between individuals who only received conventional hygiene instructions and those who only received digital instructions. Individuals who only received conventional instructions showed an increase in white spot lesions throughout the treatment (p < 0.05). The risk of bias ranged from low to high. Conclusion: Both digital instructions and the conventional instructions are efficient in improving the oral hygiene of patients during orthodontic treatment.


Assuntos
Higiene Bucal , Ortodontia , Aconselhamento , Letramento em Saúde , Comunicação em Saúde
19.
Dental press j. orthod. (Impr.) ; 28(2): e2321167, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1439985

RESUMO

ABSTRACT Objective: To evaluate the pulp chamber temperature rise (PCTR) in light-cure bonding of brackets with and without primer, in intact and restored mandibular central incisors (M1), maxillary first premolars (Mx4), and mandibular third molars (M8). Material and Methods: Ninety human teeth were included: M1 (n=30), Mx4 (n=30), and M8 (n=30). Light-cure bonding of brackets was performed in intact (n=60) and restored (n=30) teeth, with primer (n=60) or without (n=30) primer. PCTR was defined as the difference between initial (T0) and peak temperatures (T1), recorded with a thermocouple during light-cure bonding. Differences on PCTR between bonding techniques (primer vs. no primer), teeth types (M1 vs. Mx4 vs. M8), and teeth condition (intact vs. restored) were estimated by ANCOVA, with α=5%. Results: PCTR was significantly higher with the use of primer (2.05 ± 0.08oC) than without primer (1.65 ± 0.14oC) (p=0.02), and in M1 (2.23 ± 0.22oC) compared to Mx4 (1.56 ± 0.14oC) (p<0.01). There was no difference in the PCTR in M8 (1.77 ± 0.28oC) compared to M1 or Mx4 (p>0.05), and no difference between intact (1.78 ± 0.14oC) and restored (1.92 ± 0.08oC) teeth (p=0.38). There was no influence of dentin enamel thickness in the PCTR (p=0.19). Conclusion: PCTR was higher in light-cure bonding of brackets with primer, especially in M1. Light-cure bonding seems less invasive without primer.


RESUMO Objetivo: Comparar o aumento na temperatura da câmara pulpar (ATCP) na colagem de braquetes com fotoativação usando ou não primer, em dentes hígidos versus dentes restaurados, em incisivos centrais inferiores (ICI), primeiros pré-molares superiores (1PMS) e terceiros molares inferiores (3MI). Métodos: Foram incluídos noventa dentes humanos: ICI (n=30), 1PMS (n=30) e 3MI (n=30). A colagem de braquetes com fotoativação foi realizada em dentes hígidos (n=60) ou dentes restaurados (n=30), com primer (n=60) ou sem (n=30) primer. O ATCP foi definido como a diferença entre as temperaturas inicial (T0) e máxima (T1) registradas com um termômetro durante a colagem com fotoativação. As diferenças no ATCP entre as técnicas de colagem (com primer vs. sem primer), diferentes dentes (ICIvs.1PMSvs.3MI) e condição dos dentes (hígidos vs. restaurados) foram estimadas por ANCOVA, com α=5%. Resultados: O ATCP foi significativamente maior com o uso de primer (2,05 ± 0,08oC) do que sem primer (1,65 ± 0,14oC) (p=0,02), e no ICI (2,23 ± 0,22oC) do que no 1PMS (1,56 ± 0,14oC) (p<0,01). Não houve diferença no ATCP do 3MI (1,77 ± 0,28oC) em comparação com ICI ou 1PMS (p>0,05), e não houve diferença entre dentes hígidos (1,78 ± 0,14oC) e restaurados (1,92 ± 0,08oC) (p=0,38). Não houve influência da espessura da dentina e do esmalte no ATCP (p=0,19). Conclusão: O ATCP foi maior na colagem de braquetes com fotoativação usando primer, principalmente no ICI. A colagem com fotoativação parece ser menos invasiva sem primer.

20.
São José dos Campos; s.n; 2023. 79 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1443514

RESUMO

O objetivo deste estudo foi desenvolver e avaliar um adesivo resinoso modificado com a incorporação de partículas de vidro bioativas (SCHOTT Bioactive Glass) em diferentes concentrações. Foram avaliados a resistência ao cisalhamento (RU), o índice de remanescente dentário (IRA), o grau de conversão (GC) e a liberação de cálcio. Foram utilizados 50 incisivos bovinos que foram fixados, através de suas raízes, em um molde de PVC, com resina acrílica autopolimerizável. As amostras foram alocadas em 5 grupos (n=10): TXT - Adesivo Transbond XT (3M Unitek, Monrovia, CA, EUA) sem adição de partículas de vidro bioativas, TXT20, TXT30, TXT50 ­ Adesivo Transbond XT acrescido respectivamente de 20%, 30% e 50% de partículas de vidro bioativas e SH - Adesivo resinoso FL BOND ll (SHOFU Inc.) com biomaterial SPRG. As amostras receberam uma profilaxia com pedra pomes e condicionamento com ácido fosfórico à 37%. Em seguida foi aplicada uma fina camada do sistema adesivo indicado na face vestibular dos incisivos bovinos, em todos os grupos e fotopolimerizado por 20 segundos, utilizando-se um fotopolimerizador RADII-Cal (SDI, Victoria, Austrália). Depois foi aplicada uma pequena quantidade de pasta resinosa fotopolimerizável Transbond XT (3M Unitek, Monrovia, CA, EUA) sobre a superfície dos bráquetes autoligados (MORELLI, Sorocaba, São Paulo, Brasil) e estes foram devidamente colados na face vestibular, no centro da coroa clínica do incisivo bovino e fotopolimerizado por 20 segundos, em cada face. Posteriormente as amostras foram submetidas ao teste de resistência ao cisalhamento. O índice de remanescente adesivo foi avaliado em estereomicroscópio DISCOVERY V20 (ZEISS). Os adesivos resinosos foram submetidos ao teste de grau de conversão e liberação de cálcio. Os dados foram inicialmente submetidos ao teste de normalidade e depois submetidos ao teste de ANOVA um fator, seguido do teste de Tukey para análise de comparações múltiplas, com nível de significância de 0,05. De acordo com os resultados obtidos na resistência de união ao cisalhamento (MPa±Dp) a maior média foi observada no grupo TXT 19,50±1,40A, seguida do grupo TXT20 18,22±1,04AB, seguida do grupo SH 17,62±1,45B, seguida do grupo TXT30 14,48±1,46C e a menor média TXT50 14,13±1,02C. No grau de conversão a maior média foi observada no grupo TXT20 73,02±3,33A que foi estatisticamente semelhante ao grupo SH 68,50±1,09A, seguida do grupo TXT 60,28±1,06B e TXT30 58,84±4,06B e a menor média foi do grupo TXT50 40,67±1,21C.Para a liberação de cálcio a maior média foi TXT50 2,23±0,11D, seguida por TXT30 0,74±0,00C, TXT20 0,55±0,00B, SH 0,47±0,04B e TXT 0,14±0,00A. Concluiu-se que a incorporação de partículas de vidro bioativas influenciou na resistência de união ao cisalhamento, no grau de conversão e na liberação de cálcio (AU).


The objective of this study was to develop and evaluate a resin adhesive modified with the incorporation of bioactive glass particles (SCHOTT Bioactive Glass) in different concentrations. Shear bond strength (SBS), adhesive remnant index (ARI), degree of conversion (DC) and calcium release were evaluated. Fifty bovine incisors were used, which were fixed through their roots in a PVC mold with self-curing acrylic resin. The samples were allocated into 5 groups (n=10): TXT ­ Transbond XT Adhesive (3M Unitek, Monrovia, CA, USA) without addition of bioactive glass particles, TXT20, TXT30, TXT50 ­ Transbond XT Adhesive rescpectively increased by 20%, 30% and 50% bioactive glass particles and SH ­ FL BOND ll resin adhesive (SHOFU Inc.) with SPRG biomaterial. The samples received prophylaxis with pumice stoe and conditioning with 37% phosphoric acid. Then, a thin layer of the indicated adhesive system was applied to the buccal surface of the bovine incisors, in all groups, and light cured for 20 seconds, using a RADII-Call curing light (SDI, Victoria, Australia). Then, a small amount of Transbond XT light-curing resinous paste (3M Unitek, Monrovia, CA, USA) was applied on the surface of the self-ligating brackets (MORELLI, Sorocaba, São Paulo, Brazil) and these were duly bonded on the buccal surface, in the center of the clinical crown of the bovine incisor and light cured for 20 seconds, on each side. Subsequently, the samples were submitted to the shear bond test. The adhesive remnant index was evaluated using a DISCOVERY V20 stereomicroscope (ZEISS). The resin adhesives were submitted to the degree of conversion and calcium release test. The data were initially submitted to the normality test and then submitted to the one-way ANOVA test, followed by the Tukey test for analysis of multiple comparisons, with a significance level of 0.05. According to the results obtained in the shear bond strength (MPa±Dp), the highest average was observed in the TXT group 19.50±1.40A, followed by the TXT20 group 18.22±1.04AB, followed by the SH group 17.62±1.45B, followed by the TXT30 group 14.48±1.46C and the lowest mean TXT5014.13±1.02C. In the degree of conversion, the highest average was observed in the TXT20 73.02±3.33A group, wich was statiscally like the SH group 68.50±1.09A, followed by the TXT 60.28±1.06B and TXT30 group 58.84±4.06B and the lowest mean was for the TXT50 group 40.67±1.21C. For calcium release, the highest mean was TXT50 2.23±0.11D, followed by TXT30 0.74±0.00C, TXT20 0.55±0.00B, SH 0.47±0.04B and TXT 0.14±0.00A. It was concluded that the incorporation of bioactive glass particles influenced in the shear bond strength, in the degree of conversion and in the release of calcium (AU).


Assuntos
Animais , Bovinos , Ortodontia , Resistência ao Cisalhamento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...