Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 1.363
Filtrar
1.
Multimedia | Recursos Multimídia, MULTIMEDIA-SMS-SP | ID: multimedia-12901

RESUMO

Você sabia que o uso do nome social nos equipamentos de saúde é um direito garantido por lei? O Saúde LGBTIA+, desta terça-feira (10), vai falar sobre a importância do respeito ao nome social nos atendimentos.


Assuntos
Acolhimento , Transexualidade
2.
Multimedia | Recursos Multimídia, MULTIMEDIA-SMS-SP | ID: multimedia-12722

RESUMO

No Prefeitura de SP é + Saúde, desta terça-feira (2), conheça o Pietro Chagas, que faz acompanhamento na Casa Ser - Centro de Atenção à Saúde Sexual e Reprodutiva Maria Auxiliadora Lara Barcelos há um ano e meio. No vídeo, ele conta um pouco da sua história e do bom relacionamento que mantém com as profissionais do equipamento.


Assuntos
Acolhimento , Disseminação de Informação , Política Pública
3.
Interv. psicosoc. (Internet) ; 33(1): 1-14, Ene. 2024. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês | IBECS | ID: ibc-229635

RESUMO

Objetive: The aim of this study was to conduct an exhaustive synthesis to determine which instruments and variables are most appropriate to evaluate foster care programs (foster, kinship, and professional families). This evaluation includes the children, their foster families, their families of origin, professionals, and foster care technicians. Method: The systematic review included randomized, quasi-randomized, longitudinal, and control group studies aimed at evaluating foster care interventions. Results: A total of 86 studies, 138 assessment instruments, 18 constructs, and 73 independent research teams were identified. Conclusions: (1) although the object of the evaluations was the children, the informants were usually the people in charge of their care; therefore, effort should be made to involve the children in a more participatory way; (2) psychosocial functioning, behavior, and parenting are transversal elements in most evaluations, while quality of life and coping are not sufficiently well incorporated; (3) practical instruments (brief and easy to apply and correct) that are widely used and carry scientific guarantees should be prioritized to ensure the comparability and reliability of the conclusions; and (4) progress should be made in the study of evaluation models for all forms of foster care, including foster, extended, and specialized families.(AU)


Objetivo: El objetivo es realizar una síntesis exhaustiva que contribuya a determinar qué instrumentos y variables son las más adecuadas para evaluar programas de acogimiento familiar (familias extensas, ajenas y profesionalizadas), incluyendo en esta evaluación a los niños, sus familias acogedoras, sus familias de origen y a los profesionales y técnicos del acogimiento familiar. Método: La revisión sistemática incluyó estudios aleatorizados, cuasialeatorizados, longitudinales y con grupo control dirigidos a evaluar intervenciones de acogimiento familiar. Resultados: Se identificaron 86 estudios, 138 instrumentos de evaluación, 18 constructos y 73 equipos de investigación independientes. Conclusiones: (1) aunque el objeto de las evaluaciones sean los niños, habitualmente los informantes son las personas a cargo de sus cuidados, con lo que se debe hacer un esfuerzo por involucrarlos de forma más participativa; (2) el funcionamiento psicosocial, el comportamiento o la parentalidad son elementos transversales en la mayor parte de evaluaciones, sin embargo la calidad de vida y el afrontamiento no están suficientemente bien incorporados; (3) deben priorizarse instrumentos prácticos (breves y fáciles de aplicar y corregir), de amplio uso y con garantías científicas para asegurar la comparabilidad y fiabilidad de las conclusiones; (4) debe avanzarse en la investigación de modelos de evaluación en todas las modalidades de acogimiento familiar, ya sea en familias ajenas, extensas o especializadas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Acolhimento , Criança Acolhida , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde , Jovens em Situação de Rua , Sistemas de Apoio Psicossocial
4.
Psicol. Estud. (Online) ; 29: e53449, 2024.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529195

RESUMO

RESUMO Por meio da antropologia da saúde, podemos compreender o terreiro de umbanda como parte de um sistema popular de cuidado. Este estudo teve por objetivo investigar as concepções de saúde e doença produzidas por zeladores de terreiro de umbanda. Participaram dez zeladores de terreiro da cidade de Uberaba (MG/Brasil), sendo três mulheres e sete homens, com idades entre 40 e 76 anos. O tempo médio de atuação como dirigente foi de 18,4 anos, variando de cinco a 43 anos. Os terreiros chefiados por esses participantes atendem entre 15 e 280 pessoas por dia de funcionamento. Pela análise das entrevistas, destaca-se que o cuidado em saúde oferecido pelos zeladores ultrapassa os limites rituais, nas cerimônias públicas, sendo prestado de modo contínuo nos terreiros. As posturas assumidas pelos entrevistados envolvem ações de escuta, acolhimento e proximidade física no momento da urgência. Pelas narrativas, pode-se concluir que o zelar, no sentido de gerenciar o espaço do terreiro, espiritual e materialmente, não pode ser dissociado do cuidar, significando os zeladores como importantes agentes populares de saúde.


RESUMEN A través de la antropología de la salud podemos entender el terreiro de umbanda como parte de un sistema de atención popular. Este estudio tuvo como objetivo investigar las concepciones de salud y enfermedad producidas por los cuidadores del terreiro de umbanda. Participaron diez cuidadores de terreiro de la ciudad de Uberaba (MG/Brasil), tres mujeres y siete hombres, con edades comprendidas entre 40 y 76 años. El tiempo promedio como gerente fue de 18.4 años, que van de cinco a 43 años. Los terreiros encabezados por estos participantes atienden entre 15 y 280 personas por día de operación. Del análisis de las entrevistas, se destaca que la atención médica ofrecida por los cuidadores va más allá de los límites rituales, en ceremonias públicas, que se brindan continuamente en los terreiros. Las actitudes asumidas por los entrevistados implican escuchar, acoger y proximidad física en el momento de urgencia. A través de las narrativas, se puede concluir que el cuidado, en el sentido de administrar el espacio del terreiro, espiritual y materialmente, no se puede disociar del cuidado, lo que significa que los cuidadores son importantes agentes de salud populares.


ABSTRACT Through health anthropology we can understand the umbanda terreiro (specific place for the religious ritual) as part of a popular system of care. This study aimed to investigate the conceptions of health and illness produced by saint keepers of umbanda terreiro. Ten leaders of the terreiros in the city of Uberaba (MG/Brazil) participated, being three women and seven men, between 40 and 76 years old. The average time of performance as a manager was 18.4 years, ranging from 5 to 43 years. The terreiros led by these participants attend between 15 and 280 people working day. The health care offered by saint keepers exceeds ritual limits in public ceremonies and is provided on a continuous basis in the terreiros. The postures assumed by the interviewees involve actions of listening, welcoming and physical proximity at the moment of urgency. From the narratives, it can be concluded that care, in the sense of managing the space of the terreiro, both spiritually and materially, can not be dissociated from caring, meaning saint keepers as important popular health.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Terapêutica , Saúde Mental/ética , Cura pela Fé/ética , Autocuidado/psicologia , Comportamento Ritualístico , Emoções/ética , Acolhimento , Etnopsicologia/ética , Antropologia Cultural
5.
Psicol. Estud. (Online) ; 29: e54679, 2024.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529193

RESUMO

RESUMO. A implementação da reforma psiquiátrica é tema de recorrentes discussões no campo da saúde mental. Essa implementação não é padrão para todas as localidades brasileiras, uma vez que depende dos recursos materiais, humanos e aspectos culturais de cada região. A esta singularidade retoma-se a noção de arranjo assistencial. Este trabalho se propôs a conhecer a implementação numa regional de saúde da região Sul. Foi realizado um mapeamento descritivo, seguindo método empírico-fenomenológico. Descrevem-se serviços que acolhem todos os públicos, mas que encontram dificuldades no trabalho com a população usuária de álcool e outras drogas. Foram elencados sete dispositivos assistenciais: acolhimento, grupos terapêuticos, oficinas, atendimentos individuais, uso da medicação, encaminhamentos e reuniões de equipe. Expõe-se a ideia de que a estrutura de um serviço de saúde mental não pode ser estanque. Os arranjos assistenciais estão relacionados às vivências e soluções criativas e humanas como também práticas irrefletidas e normatizadoras na atenção do sofrimento mental.


RESUMEN. La implementación de la reforma psiquiátrica no se encuentra estandarizada para todas las regiones brasileras, una vez que eso depende de recursos materiales, humanos y de aspectos culturales. Por cuenta de esta singularidad, se retoma la noción de arreglo asistencial. En este trabajo se propone conocer la implementación en una regional de salud de sur de Brasil. Se realizó un mapeo descriptivo, siguiendo el método empírico-fenomenológico. Se describen servicios que acogen a todos los públicos, pero que encuentran dificultades en el trabajo con usuarios de alcohol y drogas. Fueran enumerados siete dispositivos asistenciales: Acogimiento, grupos terapéuticos, talleres, atendimientos individuales, uso de medicación, encaminamientos y reuniones de equipo. Se expone la idea de que la estructura de un servicio de Salud Mental no puede ser hermética. Los arreglos asistenciales están relacionados con las vivencias y soluciones creativas y humanas como también prácticas irreflexivas y normalizadoras en la atención del sufrimiento mental.


ABSTRACT. The psychiatric reform is not standard in all Brazilian places, as it depends on different factors such as material, human and cultural aspects of each region. As for its singularity, it is seen as a care arrangement. This article aims to study the psychosocial care network on a regional health department in south Brazil. A descriptive mapping has been performed, following the empirical-phenomenological method. The services described welcome the entire community, people from all walks of life, but when it comes Drug and Alcohol addicted, the approach becomes more challenging. There have been seven care services listed: Hosting, Therapeutic Groups, Workshops, Individual Treatment, Medication usage, Referrals and Support Group Meetings. The approach for care arrangement is related to the creative experiences and human solutions as well as thoughtless and normative practices in the attention of mental suffering.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Equipe de Assistência ao Paciente , Serviços de Saúde , Serviços de Saúde Mental , Psiquiatria , Terapêutica/psicologia , Preparações Farmacêuticas , Detecção do Abuso de Substâncias/psicologia , Acolhimento , Consumo Excessivo de Bebidas Alcoólicas/complicações , Uso Excessivo de Medicamentos Prescritos
6.
Arq. ciências saúde UNIPAR ; 27(2): 829-842, Maio-Ago. 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1424975

RESUMO

A Atenção Primária à Saúde (APS), definida a partir da Declaração de Alma- Ata, e, identificada mundialmente como uma estratégia de organização dos serviços de saúde, caracteriza-se como o primeiro nível de contato dos indivíduos, da família e da comunidade com o sistema nacional de saúde. Este trabalho constitui um relato de experiência desenvolvido a partir de uma atividade teórico-prática, que se propôs a analisar os atributos e os processos de trabalho da Atenção Primária à Saúde no contexto de uma Unidade de Saúde da Família (USF), no município de Foz do Iguaçu-PR, com o objetivo de relacionar a teoria com a prática, por meio de questionários, elaborados com base na literatura e, aplicado aos profissionais e usuários do sistema de saúde. Ademais, contou com a observação da rotina do processo de trabalho na unidade. A vivência oportunizou a identificação dos desafios e fragilidades referentes aos atributos da APS e dos elementos constituintes do processo de trabalho em saúde. Por fim, conclui-se que, no cotidiano dos serviços, a APS enfrenta muitas dificuldades em se estabelecer como previsto na literatura e, por isso, faz-se premente a participação social para sua efetivação e consagração como primeiro nível de contato com o sistema de saúde.


Primary Health Care (PHC), defined from the Declaration of Alma-Ata, and identified worldwide as a strategy for organizing health services, is characterized as the first level of contact of individuals, family and community with the national health system. This paper is an experience report developed from a theoretical-practical activity, which proposed to analyze the attributes and work processes of Primary Health Care in the context of a Family Health Unit (USF) in the municipality of Foz do Iguaçu-PR, with the objective of relating theory to practice, through questionnaires, prepared based on the literature and applied to professionals and users of the health system. In addition, there was observation of the routine of the work process in the unit. The experience made it possible to identify the challenges and weaknesses related to the attributes of PHC and the constituent elements of the health work process. Finally, it is concluded that, in the daily life of services, PHC faces many difficulties in establishing itself as predicted in the literature and, therefore, social participation is necessary for its effectiveness and consecration as the first level of contact with the health system.


La Atención Primaria de Salud (APS), definida a partir de la Declaración de Alma-Ata, e identificada mundialmente como una estrategia de organización de los servicios de salud, se caracteriza por ser el primer nivel de contacto de los individuos, la familia y la comunidad con el sistema nacional de salud. Este trabajo es un relato de experiencia desarrollado a partir de una actividad teórico-práctica, que se propuso analizar los atributos y procesos de trabajo de la Atención Primaria de Salud en el contexto de una Unidad de Salud de la Familia (USF) en el municipio de Foz do Iguaçu- PR, con el objetivo de relacionar la teoría con la práctica, a través de cuestionarios, elaborados con base en la literatura y aplicados a profesionales y usuarios del sistema de salud. Además, hubo observación de la rutina del proceso de trabajo en la unidad. La experiencia permitió identificar los desafíos y debilidades relacionados con los atributos de la APS y los elementos constitutivos del proceso de trabajo en salud. Finalmente, se concluye que, en el día a día de los servicios, la APS enfrenta muchas dificultades para establecerse como predice la literatura y, por lo tanto, es necesaria la participación social para su eficacia y consagración como primer nivel de contacto con el sistema de salud. PALABRAS CLAVE: Atención Primaria de Salud; Sistema Único de Salud; Políticas de Salud.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Atenção Primária à Saúde/organização & administração , Estudantes de Medicina , Saúde da Família/educação , Sistema Único de Saúde , Estratégias de Saúde , Acolhimento , Sistemas Nacionais de Saúde , Relatos de Casos como Assunto , Visita Domiciliar
7.
Multimedia | Recursos Multimídia, MULTIMEDIA-SMS-SP | ID: multimedia-12643

RESUMO

Neste terça-feira (7), o Saúde LGBTIA+ mostra como acontecem os encontros de pais, cuidadores e adolescentes trans promovidos pela equipe do Centro de Referência de Saúde Integral para a População de Travestis e Transexuais (CR POP TT) – Janaína Lima.


Assuntos
Educação , Acolhimento
8.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-12307

RESUMO

“O que é aconselhamento?”. O assunto é abordado no sétimo podcast da série “RP Convida – especial Agosto Dourado”, da revista Residência Pediátrica (RP) No programa, a dra. Elsa Giugliani, do Departamento Científico de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), apresenta estratégias relevantes para a condução da consulta, acolhimento da família e disseminação de informações no contexto da amamentação.


Assuntos
Aleitamento Materno , Aconselhamento , Disseminação de Informação , Promoção da Saúde , Webcast , Acolhimento
9.
Multimedia | Recursos Multimídia, MULTIMEDIA-SMS-SP | ID: multimedia-10961

RESUMO

Cerca de 600 idosos estão em acolhimento em hotéis na cidade de São Paulo. A medida foi pensada durante a pandemia, para garantir o isolamento social de pessoas com mais de 60 anos e que estejam em situação de rua. O episódio do Construindo Histórias mostra como é essa hospedagem. Confira!


Assuntos
COVID-19 , Idoso , Acolhimento
10.
Rev. Ciênc. Plur ; 9(2): 29306, 31 ago. 2023. graf
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-1509303

RESUMO

Considerando o ciclo das Políticas públicas, o planejamento e a avaliação são elementos cruciais, favorecendo organização e julgamento de valor a respeito de uma intervenção ou sobre qualquer um dos seus componentes, envolvendo tanto quem faz uso dos serviços como quem produz os mesmos. Na perspectiva da melhoria da assistência prestada à mulher e ao recém-nascido na porta de entrada dos serviços de atenção materno-infantis, é realizado o Acolhimento com Classificação de Risco Obstétrico que cursa como uma ferramenta de apoio à tomada de decisão clínica que tem como intuito a identificação da paciente crítica ou mais grave, permitindo um atendimento de maneira rápida e segura de acordo com o potencial de risco, com base nas evidências científicas existentes. Objetivo: Realizar uma reflexão teórica acerca dos avanços e limitações relacionados aoplanejamento e avaliação dos serviços deAcolhimento com Classificação de RiscoObstétrico.Metodologia:Trata-se de um estudo de caráter descritivo, em formato de artigo de reflexão, em que foram definidas duas dimensões categóricas que retratam o contexto do planejamento e avaliação dos serviços de Acolhimento com Classificação de RiscoObstétrico.Resultados:Percebemos que ainda é possível identificar muitas arestas no planejamento e na qualidade da prestação deste tipo de serviço, principalmente no que diz respeito à garantia da integralidade e do cuidado de acordo com as necessidades da mulher.Conclusões:Para que uma articulação entre os diferentes atores seja alcançada são necessárias estratégias de planejamento que tornem viável buscar a qualidade assistencial e que deem condições de avaliar essa assistência prestada (AU).


Considering the cycle of Public Policies, planning and evaluation are crucial elements, favoring organization and judgment of valuesregarding an intervention or any of its components, involving both those who use the services and those who produce them. With a view toimproving the care provided to women and newborns at the entranceto maternal and child care services, the Reception with Obstetric Risk Classification iscarried out as a tool to support clinical decision-making which aims to identify critical or more severe patients, allowing a quick and safe care according to the risk potential, based on existing scientific evidence.Objective:To carry out a theoretical reflection on the advances and limitations related to the planning and evaluation of Reception serviceswith Obstetric Risk Classification.Methodology:This is a descriptive study, in the form of a reflection article, in which two categorical dimensions were defined and that portray the context of planning and evaluation of Reception serviceswith Obstetric Risk Classification.Results:We realized that it is still possible to identify many edges in the planning and quality of the provision of this type of service, especially with regard to ensuring comprehensiveness and care according to the needs of women.Conclusions:In order to achieved thearticulation between the different actors, it is necessary to plan strategies that make it feasible to seek care quality and that provide conditions for evaluating this assistance provided (AU).


Considerando el ciclo de las Políticas Públicas, la planificación y la evaluación son elementos cruciales, favoreciendo la organización y el juicio de valor sobre una intervención o cualquiera de sus componentes, involucrando tanto a quienes utilizan los servicios como a quienes los producen. Con el objetivode mejorar la asistenciabrindadaa lasmujeresy recién nacidosen elingresoa los servicios de atención materno-infantil, se realiza laAcogidacon Clasificación de Riesgo Obstétrico como una herramienta de apoyo a la toma de decisiones clínicas que tiene como objetivo identificar las pacientes más graves, permitiendo una atención rápida y segura de acuerdo al potencial de riesgo, segúnla evidencia científica existente.Objetivo: Realizar una reflexión teórica sobre los avances y limitaciones relacionados con la planificación y evaluación de los servicios de Acogida con Clasificación de Riesgo Obstétrico.Metodología:Se trata de un estudio descriptivo, en forma de artículo de reflexión, en el que se definieron dos dimensiones categóricas que retratan el contexto de planificación y evaluación de los servicios de Acogida con Clasificación de Riesgo Obstétrico. Resultados: Percibimos que aún es posible identificar muchas asperezasen la planificación y calidad de la prestación de este tipo de servicio, especialmente en lo que se respectaa garantizar la integralidad y la atención acorde a las necesidades de las mujeres. Conclusiones: Para que se logre una articulación entre los diferentes actores, son necesarias estrategias de planificación que viabilicen la búsqueda de la calidad de la atención y que proporcionen condiciones para evaluar esta asistencia brindada (AU).


Assuntos
Qualidade da Assistência à Saúde , Gravidez , Avaliação de Processos em Cuidados de Saúde , Serviços de Saúde Materno-Infantil , Planejamento em Saúde/métodos , Epidemiologia Descritiva , Acolhimento , Avaliação de Resultados da Assistência ao Paciente
11.
Rev. baiana saúde pública ; 47(1): 258-268, 20230619.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1438392

RESUMO

A Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência, instituída em 2012, estabelece a atenção básica à saúde como elemento central para a garantia da integralidade e do acesso dessa população a serviços e ações em saúde, especialmente pela sua potencialidade enquanto coordenadora do cuidado. Os desafios para a efetivação da rede e consequente garantia do direito e acesso à saúde ainda persistem devido àdesarticulação dos serviços que a integram e à fragmentação das práticas de cuidado. Portanto, este ensaio tem como objetivo discutir alguns desafios e perspectivas relacionados à ampliação do acesso da pessoa com deficiência à atenção básica, de forma a fortalecer sua posição estratégica na rede. Superar as barreiras de acesso e garantia à saúde envolve refletir sobre novas estratégias, mas principalmente reconhecer aquelas já desenvolvidas e comprovadas ­ a exemplo do acolhimento e do apoio matricial ­, sem ignorar o contexto sociopolítico que ainda convoca à superação do recente processo de perda de direitos sociais, de desmonte de políticas educacionais, de inclusão e de saúde.


The Care Network for People with Disabilities, established in 2012, establishes primary health care as a central element to guarantee the integrality and access of this population to health services and actions, especially for its potential as a care coordinator. The challenges for the effectiveness of the network and consequent guarantee of the right and access to health and persists due to the disarticulation of the services that integrate it and to the fragmentation of care practices. Therefore, this essay aims to discuss some challenges and perspectives related to expanding access to primary health care for people with disabilities, to strengthen their strategic position in the network. Overcoming barriers to accessing and guaranteeing health involves reflecting on new strategies, but mainly recognizing those that have already been developed and proven ­ such as reception and matrix support ­, without ignoring the socio-political context that still calls for overcoming the recent process of loss of social rights, of dismantling educational, inclusion, and health policies.


La Red de Cuidados a las Personas con Discapacidad, que se constituyó en 2012, presenta la atención primaria de salud como un elemento central para garantizar la integralidad y el acceso de esta población a los servicios y acciones de salud, especialmente por su potencialidad como coordinadora de atención. Aún persisten los desafíos para la efectividad de la red y consecuente garantía del derecho a la salud y al acceso, debido a la desarticulación de los servicios que la integran y las prácticas asistenciales fragmentadas. Por lo tanto, este ensayo tiene como objetivo discutir algunos desafíos y perspectivas relacionados con la ampliación del acceso a la atención primaria de salud para las personas con discapacidad, con el fin de fortalecer su posición estratégica en la red. Superar las barreras para acceder y garantizar la salud implica reflexionar sobre nuevas estrategias, pero principalmente reconocer aquellas ya desarrolladas y probadas, como la acogida y el apoyo matricial, sin desconocer el contexto sociopolítico que aún exige superar el reciente proceso de desmantelamiento educativo y de las políticas de inclusión y salud, además de la pérdida de derechos sociales.


Assuntos
Acolhimento
12.
Rev. ABENO ; 23(1): 1891, mar. 2023. tab
Artigo em Português | BBO - Odontologia | ID: biblio-1519670

RESUMO

O presente artigoobjetiva relatar a experiência da aplicação de ferramentas digitais em encontros virtuais para o acolhimento de alunos ingressantes do curso de Odontologia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI)durante a fase de isolamento social advinda da pandemia do novo coronavírus no ano de 2020. A ação extensionista foi realizada em cinco encontros virtuais por meio da plataforma de reuniões Google Meete foram aplicadas ferramentas colaborativas como Padlet, Mentimetere Google Formspara integração do grupo. A participação dos ingressantes foi integral, 100% dos estudantes matriculados no primeiro período do curso se fizeram presentes nos encontros. Diante das incertezas relativas ao início do período letivo no ano de 2020, a proposta realizada obteve êxito no objetivo principal de acolher os ingressantes e estabelecer o vínculo com a família do curso de Odontologia da UESPI. Desta forma a experiência mostrou-se positiva, proporcionando uma acolhida dos discentes durante o período mais crítico da pandemia de COVID-19 e forte isolamento social (AU).


Este artículo tiene como objetivo relatar la experiencia de aplicación de herramientas digitales en reuniones virtuales de bienvenida a estudiantes que ingresan a la carrera de Odontología de la Universidad Estadual de Piauí (UESPI) durante la fase de aislamiento social derivada de la pandemia del nuevo coronavirus en 2020. La acción de extensión se llevó a cabo en cinco reuniones virtuales utilizando la plataforma de reuniones Google Meet y se aplicaron herramientas colaborativas como Padlet, Mentimeter y Google Forms para la integración del grupo. La participación de los estudiantes de primer año fue plena, en las reuniones estuvo presente el 100% de los estudiantes matriculados en el primer periodo del curso. Ante las incertidumbres respecto al inicio del periodo académico del año 2020, la propuesta realizada tuvo éxito en su objetivo principal de dar la bienvenida a nuevos estudiantes y establecer un vínculo con la familia de carreras de Odontología de la UESPI. De esta manera, la experiencia resultó positiva, brindando a los estudiantes una acogida durante el período más crítico de la pandemia de COVID-19 y de fuerte aislamiento social (AU).


The present article aims to report the experience of applying digital tools in virtual meetings to welcome students entering the Dentistry course at the State University of Piauí (UESPI) during the social isolation phase resulting from the new coronavirus pandemic in 2020. The extension action was carried out in five virtual meetings using the Google Meet meeting platform and collaborative tools such as Padlet, Mentimeter and Google Forms were applied to integrate the group. The participation of freshmen was full, 100% of students enrolled in the first period of the course were present at the meetings. Given the uncertainties regarding the start of the academic period in 2020, the proposal made was successful in its main objective of welcoming new students and establishing a bond with the UESPI Dentistry course family. In this way, the experience proved to be positive, providing students with a welcome during the most critical period of the COVID-19 pandemic and strong social isolation (AU).


Assuntos
Modelos Educacionais , Tecnologia Educacional , Acolhimento , COVID-19/transmissão , Estudantes de Odontologia , Inclusão Escolar
13.
Tempus (Brasília) ; 16(4): 87-97, abr. 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1425820

RESUMO

O objeto deste estudo é a percepção dos profissionais de enfermagem sobre o vínculo e o acolhimento na Atenção Primária à Saúde. O objetivo é analisar as potencialidades e os limites dessas ferramentas para efetivação do princípio da integralidade no cuidado em saúde. Trata-se de estudo descritivo de abordagem qualitativa que analisou 251 entrevistas realizadas com enfermeiras(os) atuantes no Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. As entrevistas, guiadas por roteiro semiestruturado, foram gravadas e transcritas. Os dados produzidos foram tratados e explorados com auxílio do software MaxQda. A maior parte das participantes eram mulheres, brancas, residiam na mesma cidade de trabalho, graduaram-se em instituições privadas e tinham especialização na área. Os resultados foram organizados em três categorias: longitudinalidade e continuidade do cuidado; relação de afetividade e confiança; garantia de acesso aos serviços de saúde, identificação das necessidades de saúde. Os enfermeiros entendem que o vínculo e o acolhimento, que perpassa a construção de afetividade e de confiança, favorecem a construção de um projeto terapêutico integral. Além disso, identificam que a prática em saúde amparada no vínculo e no acolhimento estão associados a uma maior valorização da profissão de enfermagem por parte da população. (AU)


The object of this study is the perception of nursing professionals about bonding and user embracement in Primary Health Care. The objective is to analyze the potentialities and limits of these tools to implement the principle of integrality in health care. This is a descriptive study with a qualitative approach that analyzed 251 interviews carried out with nurses working in Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro and São Paulo. The interviews, guided by a semi-structured script, were recorded and transcribed. The data produced were processed and explored with the help of the MaxQda software. Most of the participants were women, white, lived in the same city where they worked, graduated from private institutions and had specialization in the area. The results were organized into three categories: longitudinality and continuity of care; relationship of affection and trust; guarantee of access to health services, identification of health needs. Nurses understand that bonding and user embracement, which permeates the construction of affection and trust, favors the construction of an integral therapeutic project. In addition, they identify that health practice based on bonding and user embracement are associated with a greater appreciation of the nursing profession by the population. (AU)


El objeto de este estudio es la percepción de los profesionales de enfermería sobre el vínculo y la acogida en la Atención Primaria de Salud. El objetivo es analizar las potencialidades y límites de estas herramientas para implementar el principio de integralidad en la atención a la salud. Se trata de un estudio descriptivo con enfoque cualitativo que analizó 251 entrevistas realizadas con enfermeros que actúan en Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro y São Paulo. Las entrevistas, guiadas por un guión semiestructurado, fueron grabadas y transcritas. Los datos producidos fueron procesados y explorados con la ayuda del software MaxQda. La mayoría de los participantes eran mujeres, blancas, vivían en la misma ciudad donde trabajaban, egresadas de instituciones privadas y tenían especialización en el área. Los resultados se organizaron en tres categorías: longitudinalidad y continuidad de la atención; relación de afecto y confianza; garantía de acceso a los servicios de salud, identificación de necesidades de salud. Los enfermeros comprenden que el vínculo y la acogida, que permean la construcción de afecto y confianza, favorecen la construcción de un proyecto terapeutico integral. Además, identifican que las prácticas de salud basadas en el vínculo y la acogida están asociadas a una mayor valorización de la profesión de enfermería por parte de la población. (AU)


Assuntos
Percepção Social , Saúde Pública , Continuidade da Assistência ao Paciente , Acolhimento
14.
Recurso educacional aberto em Português | CVSP - Regional | ID: oer-4116

RESUMO

O “Manual de acolhimento de Travestis e Transexuais (TT) à Atenção Primária à Saúde (APS)” é resultado de uma pesquisa de mestrado profissional realizada pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP) com a população TT na região central de São Paulo Neste trabalho foram entrevistados 20 usuários TT e investigados os motivos pelos quais estes usavam ou deixavam de usar suas Unidades Básica de Saúde (UBS). A parit daí foram identificadas barreiras que dificultam o acesso desta população à AP e propostas estratégias de superação. As barreiras identificadas estão associadas 1) às implicações da transfobia no acesso do serviço de saúde 2) aos paradigmas heteronormativo e de gênero como equivalência de sexo na APS; 3) à pouca oferta do cartão do sus com nome social e não uso do nome social; 4) à falta de uma escuta qualificada / comunicação não responsiva; 5) à falta de educação permanente: desconhecimento dos fluxos e conceitos da rede da pessoa trans e 6) à transfobia nos serviços da APS. “O Manual” tem como objetivo apresentar informações e propostas de abordagem ao usuário TT no contexto da APS que acredita-se, facilitará e poderá aprimorar o acesso desta população à este nível de atenção. Foi produzido com intenção de contemplar dúvidas de profissionais de saúde que já recebem e, receberão, cada vez mais, essa população. Os fluxos e protocolos aqui descritos são referentes a data de publicação deste material e, diante das constantes mudanças políticas e legislativas que a luta por direitos civis vem passando, faz-se necessária constantes revisões das informações aqui contidas.


Assuntos
Atenção Primária à Saúde , Acolhimento , Travestilidade , Transexualidade
15.
Artigo em Espanhol, Português | LILACS | ID: biblio-1523079

RESUMO

INTRODUÇÃO: A principal porta de entrada para a saúde pública no Brasil é a Atenção Primária à Saúde (APS), que é essencial para o funcionamento do modelo de atenção psicossocial proposto pelo Sistema Único de Saúde (SUS). OBJETIVO: Relatar as vivências de um psicólogo residente em Clínica da Pessoa e da Família, inserido no Complexo Comunitário Vida Plena (CCVP), uma unidade básica de saúde docente-assistencial, no acolhimento de pessoas em Sofrimento Psíquico Intenso (SPI). A unidade de saúde fica localizada no Distrito Sanitário Pau da Lima (DSPL), um território repleto de vulnerabilidade social e escassez de espaços comunitários e de cuidados ampliados. MÉTODO: Trata-se de um relato de experiência, de caráter qualitativo, sobre o acolhimento de pessoas em SPI no CCVP. RESULTADOS E DISCUSSÕES: Foi observado que o contexto do DSPL levou a uma sobrecarga do CCVP, e em especial dos profissionais da psicologia, no cuidado de pessoas em SPI. Apesar de exercer um papel importante no cuidado desses sujeitos, o CCVP enfrenta dificuldades na promoção da saúde mental, amparada pela perspectiva da atenção psicossocial. Entre os desafios observados destacam-se a fragmentação do cuidado, a dificuldade na articulação com outras unidades e a influência de modelos biomédicos ainda vigentes. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A experiência de formação pelo trabalho em serviços da APS favoreceu o desenvolvimento de reflexões críticas sobre os desafios da atenção às pessoas em SPI e propiciou a elaboração de estratégias de cuidado possíveis que se aproximam dos princípios da clínica psicossocial no SUS.


INTRODUCTION: The main gateway to public health in Brazil is the Primary Health Care (PHC), which is essential for the functioning of the psychosocial care model proposed by the Sistema Único de Saúde - SUS (Unified Health System). OBJECTIVE: To report the clinical experience of the psychologist residing in the Person and Family Clinic, located in the Complexo Comunitário Vida Plena ­ CCVP (Community Complex Vida Plena), a teachingcare primary care unit in the reception of people in Intense Psychological Distress (IPD). The unit is in the Distrito Sanitário Pau da Lima ­ DSPL (Pau da Lima Sanitary District), a place full of social vulnerability and scarcity of community spaces and broad health care. METHOD: This is a qualitative experience report on the reception of people in IPD in the CCVP. RESULTS AND DISCUSSIONS: It was observed that the context of the DSPL led to an overload of both the CCVP and the psychology professional, in the care of people in IPD. Despite playing an important role in the care of these subjects, the CCVP has difficulties in promoting mental health care, based on the perspective of psychosocial care. Among the challenges observed, the fragmentation of care, the difficulty in articulating with other units and the influence of biomedical models still in force are highlighted. FINAL CONSIDERATIONS: The experience of learning by work in PHC has fostered the development of critical reflections on the challenges of care for people in IPD and made possible the development of possible care strategies that approach the principles of a psychosocial clinic in the UHS.


INTRODUCCIÓN: La principal puerta de entrada a la salud pública en Brasil es la Atención Primaria de Salud (APS), que es esencial para el funcionamiento del modelo de atención psicosocial, propuesto por el Sistema Único de Saúde - SUS (Sistema Único de Salud). OBJETIVO: Reportar la experiencia clínica del psicólogo residente en Clínica de la Persona y Familia, insertado en el Complexo Comunitário Vida Plena ­ CCVP (Complejo Comunitario Vida Plena), unidad de atención primaria docente-asistencial, en la acogida de personas en Angustia Psicológica Intensa (API). La unidad está ubicada en el Distrito Sanitário de Pau da Lima (DSPL), territorio lleno de vulnerabilidad social y escasez de espacios comunitarios y de una amplia atención de la salud. MÉTODO: Se trata de un relato de experiencia, de naturaleza cualitativa, sobre la recepción de personas en API en el CCVP. RESULTADOS Y DISCUSIÓN: Se observó que el contexto del DSPL llevó a una sobrecarga del CCVP, y especialmente de lo profesional de psicología, en el cuidado de personas en API. A pesar de tener un papel importante en el cuidado de estas personas, el CCVP tiene dificultades en la promoción de la atención en salud mental, basada en la perspectiva de la atención psicosocial. Entre los desafíos observados están la fragmentación de la atención, la dificultad para articular las otras unidades y la influencia de los modelos biomédicos aún vigentes. CONSIDERACIONES FINALES: La experiencia de aprender por el trabajo en la APS ha favorecido el desarrollo de reflexiones críticas sobre los retos de la atención a las personas en API y ha propiciado la construcción de posibles estrategias de atención que aborden los principios de la clínica psicosocial en el SUS.


Assuntos
Angústia Psicológica , Atenção Primária à Saúde , Acolhimento
16.
Curitiba; s.n; 20230206. 87 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1443841

RESUMO

Resumo: A gestação é um fenômeno fisiológico e mesmo com o manejo de pré-natal adequado, as perdas gestacionais podem ocorrer. A Organização Mundial da Saúde estima uma ocorrência de 4,9 milhões de mortes perinatais no mundo todos os anos. No Brasil, a incidência em 2020, mostrou um total de 28.993 casos, sendo 1.062 no estado do Paraná e, destes, 117 na cidade de Curitiba. Não obstante, para além dos dados, tem-se o impacto emocional para todos os envolvidos, inquestionáveis para a mulher e família que sofre com a perda gestacional, mas também para os profissionais de saúde, em especial os enfermeiros, que se deparam com estas situações ao longo da vida profissional. Desta forma, este estudo teve como questão de pesquisa: qual a percepção do enfermeiro sobre o cuidado oferecido à mulher que sofreu perda gestacional? Ainda, como objetivo geral, compreender a percepção do enfermeiro que presta cuidados às mulheres diante das perdas gestacionais; e objetivos específicos: identificar elementos do cuidado do enfermeiro frente à mulher que sofreu perda gestacional e descrever a experiência dos enfermeiros sobre seu cuidado diante da mulher que diante perda gestacional. Trata-se de estudo qualitativo exploratório, realizado em um hospital universitário da Região Sul do país. A coleta de dados deu-se através de entrevistas semiestruturadas, as quais foram audiogravadas e transcritas na íntegra, durante os meses de abril a junho de 2022. Contou com a participação de 11 enfermeiros que atuam diretamente com mulheres em situação de perda gestacional. Para análise dos dados, foram seguidos os passos da Análise de Conteúdo do tipo temática proposta por Bardin e apoiada pelo uso do software de análise qualitativa o webQDA. Resultados: foram levantados 13 temas, os quais, por afinidade e exclusão, resultaram na elaboração de 3 categorias: Fragilidades do processo de cuidar frente às perdas gestacionais; Potencialidades do processo de cuidar frente às perdas gestacionais; e Cuidados de enfermagem frente às perdas gestacionais. Foi possível evidenciar que os enfermeiros conseguiam reconhecer as lacunas assistenciais e, mesmo com suas dificuldades, prestavam um cuidado respeitoso e empático, além de proporcionar momento de criação de memórias para as famílias enlutadas, através de fotos ou guarda de pertences que foram do bebê, que passou tão brevemente pela vida. O estudo permitiu compreender que os enfermeiros entrevistados reconheciam a importância da sua presença como um profissional que oferece um cuidado direcionado a cada mulher/família em situação de perda gestacional nas suas necessidades, enfatizaram a comunicação verbal e não verbal, sendo uma de suas preocupações que esta compreendesse, para além da assistência oferecida, este olhar singular do profissional. Os impactos do desenvolvimento deste trabalho podem resultar na elaboração de documentos, materiais educativos e protocolos assistenciais voltados aos profissionais de saúde que prestam cuidados diante das perdas gestacionais dentro das instituições hospitalares.


Abstract: Pregnancy is a physiological phenomenon. However, even with proper prenatal care management, pregnancy losses may occur. The World Health Organization estimates 4.9 million perinatal deaths worldwide every year. In Brazil, showed an incidence of 28,993 cases in 2020, with 1,062 cases in Parana State and, among these, 117 in its capital city, Curitiba. Therefore, that is a global health problem, but there still have been scarce public policies addressing this theme. Apart from the data, there is also the emotional impact on all the involved individuals, unquestionably to the woman and family who suffer the pregnancy loss, but also to the healthcare professionals, ultimately nurses, who are confronted with those situations along their professional lives. Thus, the research question in this study was: what is the nurses' perception on the health care delivered to the woman facing a pregnancy loss? In addition, the general objective was to understand the nurse's perception who renders health care to the woman who suffered a pregnancy loss. It is an exploratory qualitative study held at a university hospital in Southern Brazil. Data collection was conducted by means of semi-structured interviews, which were audio recorded and fully transcribed between April and June 2022. The participants were 11 nurses who care for women in a situation of pregnancy loss. For the data analysis, Thematic Content Analysis proposed by Bardin was applied, supported by the use of the webQDAE software for qualitative analysis. Results: 13 themes by affinity and exclusion stood out by means of the analysis, which resulted in the elaboration of 3 categories: Fragilities in the caring process in the face of pregnancy losses; Potentialities of the caring process in the face of pregnancy losses; and Nursing Care in the face of pregnancy losses. It was possible to evidence that nurses could recognize caring gaps, and even facing difficulties, they could deliver respectful and empathetic care, in addition to providing a moment of creating memories to bereaved families through photos or belongings of the baby who briefly got through their lives. The study enabled to understand that the interviewed nurses acknowledged the importance of their presence as professionals who delivered care to meet the needs of each woman/family going through a pregnancy loss. They also pointed out verbal and non-verbal communication as one of their concerns so that the women could understand their unique professional look, beyond care delivery. The study outcomes may result in the elaboration of documents, educational materials and care protocols to those health professionals who are confronted with pregnancy losses while rendering care within hospital institutions.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Gravidez , Luto , Aborto , Acolhimento , Cuidados de Enfermagem , Equipe de Enfermagem
17.
Rev. enferm. atenção saúde ; 12(2): 202391, Mar.-Jun. 2023. ilus
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1444772

RESUMO

Objetivo: conhecer a produção científica sobre o trabalho da equipe de enfermagem no serviço de urgência e emergência pediátrica. Método: revisão integrativa cujos os dados foram das publicações de 2009 a 2019, totalizando 10 artigos que atenderam os critérios propostos nas buscas. Resultados: foram compilados em quatro categorias temáticas: A equipe de enfermagem no trabalho na urgência e emergência pediátrica; Segurança da assistência de enfermagem na urgência e emergência pediátrica; Perspectiva dos acompanhantes sobre a assistência de enfermagem na urgência e emergência pediátrica; Dificuldades e estratégias de enfrentamento no trabalho da equipe de enfermagem na urgência e emergência pediátrica. Conclusão: identificou-se uma lacuna em publicações que buscavam conhecer a perspectiva dos profissionais acerca do seu trabalho cotidiano, sendo este um tema potencial para a realização de estudos, visando melhorar a qualidade da assistência e o suporte a essa população (AU).


Objective: to know the scientific production on the work of the nursing team in the pediatric urgency and emergency service. Method: integrative review whose data were from publications from 2009 to 2019, totaling 10 articles that met the criteria proposed in the searches. Results: were compiled into four thematic categories: The nursing team at work in pediatric urgency and emergency; Safety of nursing care in pediatric urgency and emergency; Companions' perspective on nursing care in the pediatric urgency and emergency; Difficulties and coping strategies in the work of the nursing team in pediatric urgency and emergency. Conclusion: a gap was identified in the publications that sought to know the perspective of professionals about their daily work, which is a potential theme for carrying out studies, aiming to improve the quality of care and support for this population (AU).


Objetivo: conocer la producción científica sobre el trabajo del equipo de enfermería en el servicio de urgencia y emergencia pediátrica. Método: revisión integradora cuyos datos fueron de publicaciones de 2009 a 2019, totalizando 10 artículos que cumplieron con los criterios propuestos en las búsquedas. Resultados: fueron compilados en cuatro categorías temáticas: El equipo de enfermería en el trabajo en urgencias y emergencias pediátricas; Seguridad del cuidado de enfermería en urgencias y emergencias pediátricas; Perspectiva de los acompañantes sobre el cuidado de enfermería en la urgencia y emergencia pediátrica; Dificultades y estrategias de afrontamiento en el trabajo del equipo de enfermería en urgencias y emergencias pediátricas. Conclusión: se identificó una brecha en publicaciones que buscaban conocer la perspectiva de los profesionales sobre su trabajo diario, siendo este un tema potencial para realizar estudios, con el objetivo de mejorar la calidad de la atención y el apoyo a esta población (AU).


Assuntos
Saúde da Criança , Saúde Ocupacional , Enfermagem em Emergência , Acolhimento , Equipe de Enfermagem
18.
Rev. enferm. atenção saúde ; 12(3): 2023102, jul.-out. 2023. ilus, tab
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1510474

RESUMO

Objetivo: Avaliar as dimensões de estrutura, processo e resultado do acolhimento com classificação de risco realizado nas Unidades de Pronto Atendimento. Método: Trata-se de pesquisa exploratória, com abordagem quantitativa, coletados via formulário eletrônico, dividido em duas partes: caracterização do profissional e aplicação do "Instrumento para Avaliação do Acolhimento com Classificação de Risco". Resultados: Com base na avaliação por pontuação média em cada dimensão envolvendo os serviços, apenas um deles, alcançou a pontuação de titulação satisfatória na dimensão Processo, com 26,83 e 26,52 para dimensão Resultado. Já no ranking médio total, todas as dimensões receberam titulação precária, de acordo com o escore aplicado. Conclusões: Embora os resultados tenham apontado a dimensão Processo e Resultado como satisfatórios para um dos serviços, ainda não é capaz de sugerir qualidade, o que requer melhorias em todas as dimensões, com destaque para treinamentos periódicos aos enfermeiros que desempenham o acolhimento com classificação de risco (AU).


Objective: Evaluate the dimensions of structure, process and result of the reception with risk classification carried out in the Emergency Care Units. Method: This is exploratory research, with a quantitative approach, collected via electronic form, by: characterization of the professional and application of the "Instrument for Assessment of Welcoming with Risk Classification". Results: Based on the average score evaluation in each dimension involving the services, only one of them achieved a satisfactory degree score in the Process dimension, with 26.83 and 26.52 for the Outcome dimension. In the total average ranking, all dimensions received a precarious degree, according to the applied score. Conclusions: Although the results indicated the Process and Result dimension as satisfactory for one of the services, it is still not able to suggest quality, which requires improvements in all dimensions, with emphasis on periodic training for nurses who perform the reception with a classification of risk (AU).


Objetivo: Evaluar las dimensiones de la estructura, proceso y resultado de la recepción con clasificación de riesgo realizada en las Unidades de Atención de Urgencias. Método: se trata de una investigación exploratoria, con enfoque cuantitativo, compilada electrónicamente, mediante: caracterización del profesional y aplicación del "Instrumento de Evaluación de Bienvenida con Clasificación de Riesgo". Resultados: Con base en la evaluación del puntaje promedio de las dimensiones de los servicios, solo uno de ellos obtuvo puntajes satisfactorios en la dimensión Procesos, con 26.83 y 26.52 en la dimensión Resultados. En la clasificación general media, todas las dimensiones recibieron una puntuación precaria. Conclusiones: Si bien los resultados indicaron la dimensión Proceso y Resultado como satisfactoria para uno de los servicios, aún no es capaz de sugerir calidad, lo que requiere mejoras en todas las dimensiones, con énfasis en la formación periódica de los enfermeros que realizan la recepción con calificación de riesgo (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Triagem , Enfermagem , Serviços Médicos de Emergência , Acolhimento , Melhoria de Qualidade
19.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e249030, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422398

RESUMO

Desenvolver habilidades para coordenar grupos é requisito importante do trabalho desenvolvido por psicólogos, especialmente quando vinculados a instituições de saúde pública. Este estudo foi uma pesquisa-ação amparada no enfoque clínico-qualitativo e desenvolvida a partir do dispositivo dos grupos operativos. O objetivo geral foi compreender como psicólogos percebem o trabalho grupal que oferecem em suas práticas laborais, a partir de vivências em grupos operativos de aprendizagem. Participaram 10 psicólogos atuantes em uma Unidade Ambulatorial de Atendimento Psicossocial - equipamento secundário da Rede de Atenção Psicossocial - de um município do interior de Minas Gerais. A ordenação de dados ocorreu a partir de emergentes grupais surgidos durante três sessões, e foram analisados a partir do diálogo com a literatura sobre grupos, em especial grupos em cenários institucionais. O processo grupal vivido fomentou recursos profissionais para lidar com a grupalidade. Expressões sobre dificuldades profissionais enfrentadas na coordenação de intervenções grupais apareceram e foram discutidas. O dispositivo "grupo" foi pensado como ferramenta possível de ser empregada para facilitar transformações e fomentar potenciais encontros humanos. Estudos futuros poderão ser direcionados a novas formas de compreender o trabalho grupal desenvolvido por esses e outros psicólogos, de realidades distintas da retratada.(AU)


Developing skills to coordinate groups is an important requirement for psychologists, especially when linked to public health institutions. This action research, supported by the clinical-qualitative approach, was developed based on the Operative Groups device. It sought to understand how psychologists perceive the group work they offer, based on experiences in operative learning groups. Ten psychologists, working in an Outpatient Psychosocial Care Unit - a secondary facility of the Psychosocial Care Network - in a city in rural Minas Gerais, participated in the study. Data ordering occurred from emerging groups listed during three group sessions, and were analyzed based on the literature on groups, especially groups in institutional settings. The group process experienced fostered professional resources for addressing groupness. Expressions about professional difficulties faced in coordinating group interventions emerged and were discussed. The "group" device was thought of as a possible tool to be employed to facilitate transformations and foster potential human encounters. Future studies may be directed to new ways of understanding the group work developed by these and other psychologists, from different realities from the one portrayed.(AU)


El desarrollo de habilidades en la coordinación de grupos es un requisito importante en el trabajo de los psicólogos, especialmente cuando están vinculados a instituciones de salud pública. Este estudio fue una investigación-acción respaldada por el enfoque clínico-cualitativo y desarrollada a partir del dispositivo de grupos operativos. Su objetivo general fue comprender cómo los psicólogos perciben el trabajo grupal que ofrecen en sus prácticas laborales a partir de experiencias en grupos de aprendizaje operativo. Participaron en el estudio diez psicólogos que laboran en una Unidad de Atención Psicosocial Ambulatoria (equipamiento secundario de la Red de Atención Psicosocial) de un municipio del estado de Minas Gerais, en Brasil. Se ordenaron los datos a partir de grupos emergentes que surgieron durante las tres sesiones grupales realizadas y analizadas con base en el diálogo con la literatura sobre grupos, especialmente en contextos institucionales. El proceso grupal experimentado ha potenciado los recursos profesionales para afrontar la agrupación. Surgieron y discutieron expresiones sobre las dificultades profesionales experimentadas en la coordinación de intervenciones grupales. Se pensó en el dispositivo "grupal" como una posible herramienta que se utilizaría para facilitar transformaciones y fomentar posibles encuentros humanos. Los estudios futuros pueden dirigirse a nuevas formas de entender el trabajo en grupo desarrollado por estos y otros psicólogos a partir de realidades distintas a la retratada.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Pesquisa , Processos Psicoterapêuticos , Funções Essenciais da Saúde Pública , Ansiedade , Reorganização de Recursos Humanos , Aptidão , Arte , Atenção Primária à Saúde , Psicodrama , Psicologia , Psicoterapia , Qualidade de Vida , Autoimagem , Apoio Social , Socialização , Estereotipagem , Inconsciente Psicológico , Cultura Organizacional , Família , Colaboração Intersetorial , Negociação , Comunicação , Barreiras de Comunicação , Confidencialidade , Diversidade Cultural , Conhecimento , Observação , Autonomia Pessoal , Crescimento e Desenvolvimento , Eficiência , Empatia , Metodologia como Assunto , Acolhimento , Estudos de Avaliação como Assunto , Existencialismo , Fotografia , Respeito , Angústia Psicológica , Esforço de Escuta , Terapia de Reestruturação Cognitiva , Terapia Gestalt , Dinâmica de Grupo , Humanismo , Solidão , Apego ao Objeto
20.
Saúde Soc ; 32(1): e211011pt, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1424476

RESUMO

Resumo Com alta transmissibilidade e demanda por atendimento hospitalar, a covid-19 teve impactos (como ansiedade, medo e insegurança) sobre o equilíbrio psicológico de pacientes, seus familiares e profissionais da saúde. Diante disso, o objetivo deste artigo é mapear intervenções psicológicas no contexto hospitalar frente à covid-19, a fim de subsidiar a constituição de protocolos. Observou-se que visitas virtuais, trabalho de luto antecipatório e técnicas de psicoeducação, através de psicoterapia breve, mostram-se necessários dentro do contexto de unidades fechadas, Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e emergências, como forma de enfrentamento que permite a elaboração de sentimentos, como medo, angústia e ansiedade. Para ambulatórios, destacam-se os plantões psicológicos, através de videochamadas, de demanda espontânea, além de encaminhamento para psicoterapia externa, voltados a profissionais com sintomas de pânico, ansiedade, depressão e exaustão. Mesmo com intervenções psicológicas originadas a partir desse contexto, evidencia-se a falta de protocolos com abrangência nacional e eficazes para o ambiente hospitalar, tanto para pacientes e familiares como para profissionais que atuam diretamente com o vírus. Portanto, cabe ao Brasil aperfeiçoar o modelo apresentado pela Comissão Nacional de Saúde da China, ou construir protocolos próprios de acordo com o contexto sociocultural, compreendendo suas diferentes formas de comunicação e enfrentamento. É essencial considerar sentimentos de cansaço dos profissionais da saúde, de forma que se sugerem ações como grupo de acolhimento de demandas emocionais geradas nesta pandemia.


Abstract With high transmission and demand for hospital care, COVID-19 caused impacts (such as anxiety fear, and insecurity) on the psychological balance of patients, family members, and health professionals. Therefore, the objective of this article is to map psychological interventions in the hospital context against COVID-19, to support the constitution of protocols in this environment. We observed that virtual visits, anticipatory mourning work, and psychoeducational techniques, via brief psychotherapy are necessary within the context of closed units, Intensive Care Units (ICU's), and emergencies, as a way of coping that allow the elaboration of feelings such as fear, anguish , and anxiety. For outpatient clinics, psychological shifts in hospitals, via video calls, of spontaneous demand, in addition to referral to external psychotherapy, for professionals with symptoms of panic, anxiety, depression, and exhaustion stand out. Even with psychological interventions originating from this context, the lack of protocols with national coverage and effectiveness for the hospital environment is evident, both for patients and families and for professionals who work directly with the virus. Therefore, it is up to Brazil to improve the model presented by the National Health Commission for the People's Republic of China, or build our own protocols according to the sociocultural context, comprising their different forms of communication and confrontation. In addition, it to Considering the feelings of tiredness of health professionals is essential, so that actions such as a group to acknowledge emotional demands generated in this pandemic are suggested.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicologia Médica , Psicoterapia , Guias como Assunto , COVID-19 , Ansiedade , Pânico , Adaptação Psicológica , Depressão , Acolhimento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...