Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 135
Filtrar
1.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-12951

RESUMO

Este plan esta conformado por una alternativa inicial que puede ayudarte en los momentos en los que identifiques alguna conducta de riesgo que pueda atentar contra tu vida, tu integridad, o la vida y la integridad de alguna otra persona.


Assuntos
Saúde Mental , Bem-Estar Psicológico , Aptidão , Comportamento e Mecanismos Comportamentais
2.
Multimedia | Recursos Multimídia | ID: multimedia-12952

RESUMO

Este plan esta conformado por una alternativa inicial que puede ayudarte en los momentos en los que identifiques alguna conducta de riesgo que pueda atentar contra tu vida, tu integridad, o la vida y la integridad de alguna otra persona.


Assuntos
Saúde Mental , Aptidão , Bem-Estar Psicológico , Comportamento e Mecanismos Comportamentais
3.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e250825, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448939

RESUMO

As identidades transmasculinas ganharam visibilidade social e acadêmica no Brasil a partir de 2010, contudo, as questões subjetivas dos homens trans ainda são pouco debatidas, em particular temas associados aos relacionamentos afetivos na experiência desses sujeitos. Este estudo qualitativo tem por objetivo identificar as percepções e expectativas dos homens trans acerca dos relacionamentos afetivo-sexuais no cenário pós-transição de gênero. Participaram da pesquisa 15 homens transexuais hormonizados, com idades entre 20 e 41 anos. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada nas modalidades presencial e on-line. Empregou-se análise temática reflexiva, que resultou em dois temas analíticos. Os resultados apontam que os homens trans, ao contrário de suas expectativas iniciais, percebem que tiveram menos oportunidades de relacionamentos afetivo-sexuais depois de sua transição de gênero. Os participantes atribuem essa dificuldade especialmente ao fato de não terem se submetido à cirurgia de redesignação sexual. O desconforto é acentuado por sua materialidade corpórea divergente da cisnormatividade, sistema regulador que associa pessoas pertencentes ao gênero masculino à presença de um pênis. Outra fonte de desconforto é o repúdio social, que alimenta a abjeção, exotização e fetichização dos corpos transmasculinos. Também são descritas as especificidades do relacionamento dos homens trans com mulheres cisgênero, heterossexuais e lésbicas. Os resultados evidenciam que a fixação persistente no genital, como referente e signo determinante do gênero e da sexualidade, modula e regula a busca e o encontro de parceira(o) íntima(o).(AU)


Transmasculine identities have gained social and academic visibility in Brazil since 2010, but subjective issues, especially those associated with affective relationships, are still little discussed. This qualitative study sought to identify trans men's perceptions and expectations regarding post-transition affective-sexual relationships. A total of 15 transsexual men undergoing hormone therapy, aged between 20 and 41 years, participated in the research. Data were collected by means of in-person and online semi-structured interviews and analysed using reflexive thematic analysis, which resulted in two analytical themes. Results show that trans men, differently from their initial expectations, perceive fewer opportunities for affective-sexual relationships after their gender transition. The participants attribute this difficulty, especially, to the fact that they have not undergone sexual reassignment surgery. Discomfort isaccentuated by their bodily materiality diverging from cisnormativity, the regulatory system that associates people belonging to the male gender with the presence of a penis. Another source of discomfort is the social repudiation, which reinforces the abjection, exoticization, and fetishization of transmasculine bodies. The specifics of trans men's relationships with cisgender, heterosexual, and lesbian women are also described. The results show that the persistent fixation on the genital, as a referent and determinant sign of gender and sexuality, modulates and regulates the search for and encounter of intimate partners.(AU)


Las identidades transmasculinas han ganado visibilidad social y académica en Brasil desde 2010, sin embargo, las cuestiones subjetivas de los hombres trans son aún poco discutidas, en particular las cuestiones asociadas a las relaciones afectivas en la experiencia de estos sujetos. Este estudio cualitativo tiene como objetivo identificar las percepciones y expectativas de los hombres trans sobre las relaciones afectivo-sexuales después de la transición de género. Participaron en la investigación 15 hombres transexuales hormonados, de edades comprendidas entre los 20 y los 41 años. La recopilación de datos se realizó mediante una entrevista semiestructurada en las modalidades presencial y en línea. Se realizó un análisis temático reflexivo, que dio como resultado dos temas analíticos. Los resultados muestran que los hombres trans, al contrario de sus expectativas iniciales, perciben que han tenido menos oportunidades de relaciones afectivo-sexuales después de su transición de género. Los participantes atribuyen esta dificultad especialmente al hecho de no haberse sometido a cirugía de reasignación sexual. La incomodidad se acentúa por su materialidad corpórea divergente de la cisnormatividad, un sistema normativo según el cual las personas pertenecientes al género masculino deben tener pene. Otra fuente de malestar es el repudio social, que alimenta la abyección, la exotización y la fetichización de los cuerpos transmasculinos. También se describen las especificidades de las relaciones de los hombres trans con las mujeres heterosexuales, cisgénero y lesbianas. Los resultados muestran que la persistente fijación en los genitales, como referente y signo determinante del género y la sexualidad, modula y regula la búsqueda y el encuentro de parejas íntimas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Adulto Jovem , Transexualidade , Casamento , Cônjuges , Pessoas Transgênero , Identidade de Gênero , Desenvolvimento da Personalidade , Preconceito , Psicologia , Psicologia Social , Desenvolvimento Psicossexual , Autocuidado , Autoimagem , Comportamento Sexual , Hormônios Esteroides Gonadais , Pessoa Solteira , Identificação Social , Problemas Sociais , Sociologia , Voz , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Imagem Corporal , Bissexualidade , Família , Homossexualidade , Saúde Mental , Inquéritos e Questionários , Direitos Civis , Mamoplastia , Estado Civil , Entrevista , Coito , Homossexualidade Feminina , Afeto , Acesso à Informação , Atenção à Saúde , Ego , Literatura Erótica , Saúde de Gênero , Acolhimento , Fenômenos Reprodutivos Fisiológicos , Masculinidade , Saúde Reprodutiva , Saúde Sexual , Homofobia , Pessimismo , Disforia de Gênero , Violência de Gênero , Ativismo Político , Diversidade de Gênero , Monossexualidade , Pessoas Cisgênero , Binarismo de Gênero , Estereotipagem de Gênero , Performatividade de Gênero , Necessidades Específicas do Gênero , Esgotamento Psicológico , Tristeza , Respeito , Insatisfação Corporal , Angústia Psicológica , Pessoas Intersexuais , Comparação Social , Inclusão Social , Equidade de Gênero , Papel de Gênero , Minorias Desiguais em Saúde e Populações Vulneráveis , Política de Saúde , Direitos Humanos , Identificação Psicológica , Crise de Identidade , Individuação , Introversão Psicológica
4.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e253741, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448940

RESUMO

Apesar das crescentes investigações sobre uso de telas na infância, essa é uma temática complexa e ainda recente, que traz diversos desafios para pesquisadores e cuidadores. Comunidades virtuais em redes sociais são utilizadas por mães e pais para esclarecer dúvidas e receber conselhos acerca da parentalidade e saúde infantil, podendo, simultaneamente, assumir uma função prescritiva e normativa quanto ao seu modo de agir. Sendo assim, este artigo pretende compreender como o uso de telas na infância vem sendo abordado por especialistas em grupos de mães e pais no Facebook. Foi realizado um estudo qualitativo envolvendo 49 postagens de especialistas, sobretudo psicólogos e educadores, extraídas de cinco grupos públicos de mães e pais nessa rede social. Os textos das publicações foram verificados por meio de análise temática e discutidos com base no referencial teórico psicanalítico. Os resultados mostraram que os especialistas destacam os possíveis prejuízos do uso de telas na infância, além de fornecer orientações aos pais sobre como lidar com sua presença no cotidiano das crianças e de suas famílias. Concluiu-se que apesar dos grupos de cuidadores no Facebook serem uma ferramenta de divulgação de informações acerca do uso de telas na infância, cabe não naturalizar a presença de especialistas nesses espaços virtuais criados por pais e mães, interpondo-se nos saberes e nas trocas horizontalizadas entre os cuidadores.(AU)


Although investigations on the use of screens in childhood are increasing, this is a complex and recent topic, which poses several challenges for researchers and caregivers. Virtual communities in social networks are used by mothers and fathers to clarify doubts and receive advice regarding parenting and child health, at times, simultaneously, assuming a prescriptive and normative role on their way of acting. Therefore, this study aimed to understand how the use of screens in childhood has been approached by experts in groups of mothers and fathers on Facebook. A qualitative study was carried out involving 49 posts from specialists, mainly psychologists and educators, extracted from five public groups of mothers and fathers in this social network. The publications' texts were verified via thematic analysis and discussed based on the psychoanalytical theoretical framework. The results showed that experts highlight the possible damage of the use of screens in childhood, in addition to providing guidance to parents on how to deal with the presence of digital technology in the daily lives of children and families. It was concluded that, although caregivers' groups on Facebook are a tool for disseminating information about the use of screens in childhood, it is important not to naturalize the presence of specialists in these virtual spaces created by fathers and mothers, interposing in the horizontally interchanges that occur between the caregivers.(AU)


A pesar de las crecientes investigaciones sobre el uso de pantallas en la infancia, este es un tema complejo y aún reciente, que plantea varios desafíos para investigadores y cuidadores. Las comunidades virtuales en las redes sociales son utilizadas por madres y padres para aclarar dudas y recibir consejos sobre educación y salud infantil, pudiendo, al mismo tiempo, asumir un rol prescriptivo y normativo sobre su forma de actuar. Por lo tanto, este estudio tuvo como objetivo comprender cómo el uso de las pantallas en la infancia ha sido abordado por especialistas en grupos de madres y padres en Facebook. Se realizó un estudio cualitativo a partir de 49 publicaciones de especialistas, principalmente de psicólogos y educadores, extraídas de cinco grupos públicos de madres y padres en esta red social. Se realizó en los textos de las publicaciones un análisis temático y se utilizó el marco teórico psicoanalítico. Los resultados mostraron que los expertos destacan posibles daños que provoca el uso de pantallas en la infancia, además de orientar a los padres sobre cómo afrontar esta presencia de la tecnología digital en el día a día de los niños y sus familias. Se concluyó que, a pesar de que los grupos de cuidadores en Facebook son una herramienta de difusión de información sobre el uso de pantallas en la infancia, es importante no naturalizar la presencia de especialistas en estos espacios virtuales creados por padres y madres que se interpone entre los saberes e intercambios horizontales de los cuidadores.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicanálise , Criança , Rede Social , Ansiedade , Relações Pais-Filho , Pediatria , Desenvolvimento da Personalidade , Transtornos da Personalidade , Jogos e Brinquedos , Psicologia , Psicologia Educacional , Aspirações Psicológicas , Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade , Instituições Acadêmicas , Transtorno Autístico , Sono , Logro , Mudança Social , Isolamento Social , Socialização , Esportes , Estresse Fisiológico , Tecnologia , Televisão , Pensamento , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Terapia Comportamental , Livros Ilustrados , Neurociências , Luto , Exercício Físico , Comportamento Infantil , Cuidado da Criança , Desenvolvimento Infantil , Orientação Infantil , Serviços de Saúde da Criança , Educação Infantil , Proteção da Criança , Saúde Mental , Saúde da Criança , Poder Familiar , Negociação , Cuidadores , Pessoal de Saúde , Cognição , Comunicação , Intervenção Educacional Precoce , Jogos de Vídeo , Internet , Criatividade , Afeto , Níveis Máximos Permitidos , Características Culturais , Cibernética , Síndrome Metabólica , Desenvolvimento Moral , Telefone Celular , Depressão , Diabetes Mellitus , Escolaridade , Emoções , Acolhimento , Estudos Populacionais em Saúde Pública , Sobrepeso , Nutrição da Criança , Insuficiência de Crescimento , Fantasia , Banho de Sol , Inteligência Emocional , Comportamento Sedentário , Mídia Audiovisual , Obesidade Infantil , Aplicativos Móveis , Habilidades Sociais , Coragem , Fatores Sociológicos , Ajustamento Emocional , Alfabetização , Transtornos do Neurodesenvolvimento , Transtorno da Fluência com Início na Infância , Jogos Recreativos , Uso do Telefone Celular , Frustração , Transtorno de Adição à Internet , Interação Social , COVID-19 , Dependência de Tecnologia , Felicidade , Desamparo Aprendido , Passatempos , Maternidades , Hipertensão , Imaginação , Individualidade , Distúrbios do Início e da Manutenção do Sono , Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem , Aprendizagem , Deficiências da Aprendizagem , Atividades de Lazer , Estilo de Vida , Relações Mãe-Filho , Atividade Motora , Comunicação não Verbal
5.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e252476, 2023. graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448942

RESUMO

Este artigo tem como objetivo analisar a vivência de trabalho precoce de adolescentes e jovens em cumprimento de medida socioeducativa, no estado da Paraíba. Os instrumentos utilizados foram um Questionário Mosquito Diagnóstico e uma Entrevista Semiestruturada. A análise foi realizada com o software Iramuteq, (Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires), através da Análise Hierárquica Descendente, que gerou seis classes: significado do trabalho; infância e escola; condições objetivas de vida; trabalho, drogas e ato infracional; consequências do trabalho infantil; e trabalho infantojuvenil. A perspectiva teórica utilizada foi a psicologia histórico-cultural e os dados discutidos a partir do conceito de vivência. Conclui-se que as vivências e situações sociais de desenvolvimento foram caracterizadas pelo trabalho precoce que oportunizou o envolvimento com atos infracionais e as instituições responsáveis pela garantia de direitos em vez de garantir a proteção social, criminalizaram por meio de medidas socioeducativas.(AU)


This article aims to analyze the experience of child labor of adolescents and youngsters that are complying a social-educational measure, in the State of Paraíba. The instruments utilized were a Questionnaire Mosquito Diagnóstico and a Semi-Structured Interview. The analysis was performed by using the Iramuteq software (Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires), by using Descending Hierarchical Analysis, which generated six classes: meaning of labor; childhood and school; objective conditions of life; labor, drugs, and act of infraction; consequences of child labor; and child labor. The theoretical perspective used was historical-cultural psychology and the data were discussed from the concept of experience. It was concluded that the experiences and social situations of development were characterized by child labor, which enabled the involvement with acts of infraction; and the institutions responsible for guaranteeing rights, instead of guaranteeing social protection, criminalized by using social-educational measures.(AU)


Este artículo tiene como objetivo analizar la vivencia precoz de adolescentes y jóvenes que cumplen medidas socioeducativas en el estado de Paraíba (Brasil). Los instrumentos utilizados fueron un Cuestionario Mosquito Diagnóstico y una entrevista semiestructurada. El análisis se realizó con el software Iramuteq (Interface de R pour les Multidimensionnelles Analyzes de Textes et de Questionnaires), mediante análisis jerárquico descendente, que generó seis clases: Significado del trabajo; Infancia y escuela; Condiciones objetivas de vida; Trabajo, drogas y acto de infracción; Consecuencias del trabajo infantil; y Trabajo infantojuvenil. La perspectiva teórica que se utilizó fue la psicología histórico-cultural, y los datos se discutieron desde el concepto de vivencia. Se concluye que las vivencias y situaciones sociales de desarrollo se caracterizaron por trabajo infantil que permitió la participación en infracciones y que las instituciones responsables de garantizar los derechos en lugar de la protección social los criminalizaron mediante medidas socioeducativas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Trabalho Infantil , Adolescente , Educação , Personalidade , Jogos e Brinquedos , Pobreza , Preconceito , Trabalho Sexual , Psicologia , Política Pública , Punição , Instituições Acadêmicas , Autoimagem , Mudança Social , Classe Social , Condições Sociais , Apoio Social , Socialização , Fatores Socioeconômicos , Estereotipagem , Evasão Escolar , Tentativa de Suicídio , Roubo , Violência , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Jornada de Trabalho , Abuso Sexual na Infância , Inclusão Escolar , Riscos Ocupacionais , Acidentes de Trabalho , Família , Drogas Ilícitas , Criança Abandonada , Defesa da Criança e do Adolescente , Criança Institucionalizada , Proteção da Criança , Comportamento Autodestrutivo , Direitos Civis , Política de Planejamento Familiar , Assédio Sexual , Comunicação , Adulto , Legislação , Aconselhamento , Crime , Comportamento Perigoso , Saúde do Adolescente , Morte , Desinstitucionalização , Amigos , Menores de Idade , Agressão , Violação de Direitos Humanos , Escolaridade , Emprego , Vulnerabilidade em Saúde , Mercado de Trabalho , Bullying , Remuneração , Discriminação Social , Tráfico de Drogas , Pessoas Escravizadas , Capital Social , Ajustamento Emocional , Consumo de Álcool por Menores , Alfabetização , Comportamento de Busca de Ajuda , Autocontrole , Reabilitação Psiquiátrica , Sistemas de Apoio Psicossocial , Equilíbrio Trabalho-Vida , Fragilidade , Sobrevivência , Reincidência , Fracasso Acadêmico , Experiências Adversas da Infância , Cyberbullying , Análise de Dados , Internação Involuntária , Retorno à Escola , Sustento , Abuso Emocional , Estresse Financeiro , Perspectiva de Curso de Vida , Instabilidade Habitacional , Vulnerabilidade Social , Cidadania , Homicídio , Zeladoria , Direitos Humanos , Institucionalização , Delinquência Juvenil , Idioma , Serviços de Saúde Mental
6.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e251711, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448945

RESUMO

As resoluções emitidas pelo Sistema Conselhos são instrumentos essenciais de orientação e promoção de práticas éticas que denotem qualidade técnica no exercício profissional da Psicologia. Dada a complexidade que envolve a elaboração de documentos psicológicos, esta pesquisa teve como objetivo identificar as principais mudanças observadas no texto da recém-publicada Resolução CFP n.º 006/2019 quando comparada à Resolução CFP n.º 007/2003, ambas referidas à elaboração de documentos psicológicos. Trata-se de uma pesquisa descritiva-comparativa de abordagem qualitativa, que utilizou da análise de conteúdo no tratamento e interpretação dos dados oriundos de fonte exclusivamente documental. Os resultados indicaram poucas diferenças qualitativas entre os marcos resolutivos, embora se vislumbre altamente relevante o ganho adquirido com a proibição de escritos descritivos, a exigência de referencial teórico para fundamentar o raciocínio profissional e a obrigatoriedade da devolutiva documental. Entre os achados que ganham notoriedade consta a preocupação com os princípios que regem a elaboração de documentos, cuja apresentação tautológica responde a um cenário político de retrocessos que tem favorecido o desrespeito aos direitos humanos e às minorias.(AU)


Resolutions issued by Sistema Conselhos are essential tools to guide and promote ethical and quality psychology practices. Given the complexity involved in elaborating such documents, this descriptive, qualitative research outlines the main changes in the text of the recently published CFP Resolution no. 006/2019 when compared with CFP Resolution no. 007/2003, both addressing the elaboration of psychological documents. Documentary data was investigated by content analysis. Results indicated few qualitative differences between the analyzed Resolutions, among them the prohibition of descriptive writing, the requirement for a theoretical framework to support professional reasoning, and the obligation to return documents. Concern with the principles that guide document elaboration stands out, responding to a political scenario of major setbacks regarding respect for human rights and minorities.(AU)


Las resoluciones que expide el Sistema Conselhos consisten en instrumentos fundamentales que guían y promueven prácticas éticas respecto a la calidad técnica en el ejercicio profesional de la Psicología. Dada la complejidad que implica la elaboración de documentos psicológicos, esta investigación tuvo como objetivo identificar los principales cambios observados en la Resolución CFP n.º 006/2019, de reciente publicación, en comparación con la Resolución CFP n.º 007/2003, ambas abordan la elaboración de documentos psicológicos. Se trata de una investigación descriptiva-comparativa con enfoque cualitativo, que utilizó el análisis de contenido en el tratamiento e interpretación de datos de fuente exclusivamente documental. Los resultados indicaron pocas diferencias cualitativas entre los marcos resolutivos (aunque el logro de prohibir los escritos descriptivos es muy relevante), la exigencia de un marco teórico para sostener el razonamiento profesional y la devolución obligatoria de los documentos. Entre los hallazgos que cobran notoriedad está la preocupación por los principios que rigen la elaboración de documentos, cuya presentación tautológica responde a un escenario político de retrocesos que ha favorecido la falta de respeto a los derechos humanos y las minorías.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Guias como Assunto , Diagnóstico , Prova Pericial , Organização e Administração , Equipe de Assistência ao Paciente , Satisfação Pessoal , Fenômenos Psicológicos , Psicologia , Publicações , Qualidade da Assistência à Saúde , Qualidade de Vida , Comportamento Sexual , Classe Social , Valores Sociais , Transexualidade , Revelação da Verdade , Orientação Vocacional , Trabalho , Redação , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Políticas, Planejamento e Administração em Saúde , Cooperação Técnica , Atestado de Saúde , Atitude do Pessoal de Saúde , Registros , Classificação Internacional de Doenças , Diretório , Carga de Trabalho , Direitos Civis , Negociação , Comunicação , Artigo de Jornal , Vocabulário Controlado , Declarações , Publicação Governamental , Má Conduta Profissional , Autonomia Pessoal , Normas Jurídicas , Conselhos de Saúde , Denúncia de Irregularidades , Códigos de Ética , Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais , Grupos Raciais , Documentação , Acordos de Cooperação Científica e Tecnológica , Domínios Científicos , Ética na Publicação Científica , Publicações Científicas e Técnicas , Publicações de Divulgação Científica , Humanização da Assistência , Acolhimento , Ética Profissional , Prazo de Validade de Produtos , Relatório de Pesquisa , Participação Social , Escrita Médica , Confiabilidade dos Dados , Profissionalismo , Controle de Formulários e Registros , Ciência na Literatura , Estratégias de eSaúde , Sociedade Civil , Angústia Psicológica , Assistência de Saúde Universal , Intervenção Psicossocial , Cidadania , Análise Documental , Condições de Trabalho , Escrita Manual , Ciências Humanas , Idioma
7.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e257126, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529221

RESUMO

O texto é um relato de experiência da participação no Grupo de Estudos psicoQuilombologia ocorrida nos meses de setembro de 2020 a março de 2021, período atravessado pela segunda onda da pandemia de COVID-19 no Brasil. O objetivo do relato é apresentar o conceito-movimento de psicoQuilombologia como uma proposta epistemológica quilombola de agenciamento de cuidado e saúde, com base em uma escuta que se faça descolonial e inspirada no fecundo e ancestral acervo de cuidado dos povos africanos, quilombolas e pretos, preservado e atualizado em nossos quilombos contemporâneos. A metodologia utilizada é a escrevivência, método desenvolvido por Conceição Evaristo que propõe uma escrita em que as vivência e memórias estão totalmente entrelaçadas, imersas e imbricadas com a pesquisa. O resultado das escrevivências dessa pesquisa descortinam que os povos pretos desenvolveram práticas de cuidado e acolhimento às vulnerabilidades do outro, enraizadas no fortalecimento de laços e conexões coletivas de afetos e cuidado mútuos. Práticas de cuidado que articulam memória, ancestralidade, tradição, comunidade, transformação, luta, resistência e emancipação, engendrando modos coletivos de ser e viver. Nas quais cuidar do outro implica tratar suas relações e situar o cuidado como extensão de uma cura que se agencia no coletivo. O trabalho conclui apontando que o cenário pandêmico vigente acentua a pungência de se desenvolver estratégias de cuidado baseadas em epistemologias pretas e quilombolas, valorizando os sentidos de ancestralidade, comunidade, pertencimento e emancipação.(AU)


The text is an experience report of the participation in the psicoQuilombology Study Group that carried out from September 2020 to March 2021, during the second wave of the COVID-19 pandemic in Brazil. The purpose of the report is to introduce the concept-movement of psicoQuilombology as a quilombola epistemological proposal for the development of care and health, based on a decolonial listening and inspired by the rich care collection of African peoples, quilombolas and Blacks, preserved and updated in our contemporary quilombos. The methodology used is writexperience [escrevivências], a method developed by Conceição Evaristo who proposes a writing in that the experiences and memories are totally involved with the research. The result of the writability of this research show that Black people have developed practices of care and acceptance of the other's vulnerabilities, based on the strengthening of ties and collective connections of mutual affection and care. Care practices that mix memory, ancestry, tradition, community, transformation, struggle, resistance and emancipation, outlining collective ways of being and living. The core idea is that taking care of the other means treating your relationships and maintaining care as an extension of a cure that takes place in the collective. The paper concludes by pointing out that the current pandemic scenario demonstrates the urgent need to develop care strategies based on black and quilombola epistemologies, valuing the senses of ancestry, community, belonging and emancipation.(AU)


Este es un reporte de experiencia de la participación en el Grupo de Estudio psicoQuilombología que ocurrió en los meses de septiembre de 2020 a marzo de 2021, periodo en que Brasil afrontaba la segunda ola de la pandemia de la COVID-19. Su propósito es presentar el concepto-movimiento de psicoQuilombología como una propuesta epistemológica quilombola para el desarrollo del cuidado y la salud, basada en una escucha decolonial e inspirada en el rico acervo asistencial de los pueblos africanos, quilombolas y negros, conservado y actualizado en nuestros quilombos contemporáneos. La metodología utilizada es la escrivivencia, un método desarrollado por Conceição Evaristo quien propone una escrita en que las vivencias y los recuerdos están totalmente involucrados con la investigación. El resultado de la escrivivencia muestra que las personas negras han desarrollado prácticas de cuidado y aceptación de las vulnerabilidades del otro, basadas en el fortalecimiento de lazos y conexiones colectivas de afecto y cuidado mutuos. Prácticas de cuidado que mezclan memoria, ascendencia, tradición, comunidad, transformación, lucha, resistencia y emancipación, perfilando formas colectivas de ser y vivir. El cuidar al otro significa tratar sus relaciones y mantener el cuidado como una extensión de una cura que tiene lugar en lo colectivo. El trabajo concluye que el actual escenario pandémico demuestra la urgente necesidad de desarrollar estrategias de atención basadas en epistemologías negras y quilombolas, y que valoren los sentidos de ascendencia, comunidad, pertenencia y emancipación.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Negro ou Afro-Americano , Estratégias de Saúde , Aprendizagem Baseada em Problemas , Conhecimento , Empatia , Pandemias , COVID-19 , Quilombolas , Pobreza , Preconceito , Psicologia , Política Pública , Qualidade de Vida , Religião , Recursos Audiovisuais , Comportamento Social , Condições Sociais , Desejabilidade Social , Predomínio Social , Identificação Social , Fatores Socioeconômicos , Estereotipagem , Violência , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Inclusão Escolar , Atitude , Etnicidade , Família , Saúde Mental , Colonialismo , Congressos como Assunto , Saneamento Básico , Participação da Comunidade , Vida , Comportamento Cooperativo , Internet , Cultura , Terapias Espirituais , Autonomia Pessoal , Espiritualidade , Populações Vulneráveis , População Negra , Agricultura , Educação , Ego , Acolhimento , Existencialismo , Racismo , Marginalização Social , Migração Humana , Violência Étnica , Escravização , Status Moral , Fragilidade , Sobrevivência , Ativismo Político , Construção Social da Identidade Étnica , Nação-Estado , Liberdade , Índice de Vulnerabilidade Social , Solidariedade , Empoderamento , Evolução Social , Fatores Sociodemográficos , Racismo Sistêmico , Minorias Étnicas e Raciais , Terapia de Reestruturação Cognitiva , Vulnerabilidade Social , Cidadania , Diversidade, Equidade, Inclusão , Condições de Trabalho , População Africana , Profissionais de Medicina Tradicional , Hierarquia Social , História , Comportamento de Retorno ao Território Vital , Zeladoria , Habitação , Direitos Humanos , Individualidade , Acontecimentos que Mudam a Vida , Comportamento de Massa
8.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e249386, 2023. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422400

RESUMO

A imitação facial é um comportamento involuntário capaz de facilitar a transmissão de informações não verbais relevantes em diferentes contextos sociais. Este estudo teve por objetivo analisar a capacidade de reconhecimento de expressões emocionais enquanto o observador tensiona a própria face ou imita a face-alvo. A hipótese utilizada foi a de que indivíduos que tensionam a própria face terão menor probabilidade de acertos na execução das tarefas de reconhecimento de expressões emocionais e aqueles que imitam a expressão terão uma maior probabilidade de acertos na execução das mesmas tarefas. A amostra foi composta por 30 participantes, divididos em dois grupos experimentais: o Grupo Imitação (GI) e o Grupo Ruído (GR), ambos com 18 participantes do sexo feminino e 12 do sexo masculino. O experimento consistiu em apresentar fotos de atores expressando facialmente uma emoção básica por 10 segundos. Neste período, os participantes deveriam, então, observar ou intervir facialmente, imitando ou tensionando a própria face (de acordo com o grupo alocado, Imitação ou Ruído). Após os 10 segundos executando a instrução (observar, imitar ou interferir), o participante deveria responder - entre as opções alegria, tristeza, nojo, raiva, surpresa e medo - a emoção correspondente à imagem. Os resultados apresentaram diferenças significativas quando comparadas as tarefas de tensionar ou imitar a face-alvo, sugerindo que a alteração da própria face do observador pode influenciar durante o desempenho de uma tarefa de reconhecimento de emoções em faces.(AU)


Facial mimicry is an involuntary behavior capable of facilitating the transmission of relevant non-verbal information in different social contexts. The present study aimed to analyze the ability to recognize emotional expressions while the observer tenses their own face or imitates the target face. The hypothesis used was that individuals who tension their own face or imitate the expression of facial emotion have less or greater probability of success in performing tasks to recognize emotional expressions on faces, respectively. The sample consisted of 30 participants, divided into two experimental groups: the Imitation Group - GI (18 female participants and 12 male participants) and the Noise Group - GR (18 female participants and 12 male participants). The experiment consisted of presenting pictures of actors facially expressing a basic emotion for 10 seconds; the participants should then observe or intervene facially, imitating or tensing their own face (according to the allocated group, Imitation or Noise). After 10 seconds of executing the instruction (observing, imitating or interfering), the participant should respond - among the options joy, sadness, disgust, anger, surprise and fear - the emotion corresponding to the image. The results showed significant differences when comparing the tasks of tensioning or imitating the target face, suggesting that the alteration of the observer's own face may influence during the performance of a facial emotion recognition task.(AU)


La imitación facial es un comportamiento involuntario capaz de facilitar la transmisión de información no verbal relevante en diferentes contextos sociales. Esto estudio tuvo como objetivo analizar la capacidad de reconocer expresiones emocionales mientras el observador tensa su propio rostro o imita el rostro objetivo. Se utilizó la hipótesis de que los individuos que tensan su propio rostro tendrán menor probabilidad de éxito en la realización de tareas de reconocimiento de expresiones emocionales y los individuos que imitan la expresión tendrán una mayor probabilidad de éxito en la realización de las mismas tareas. La muestra estuvo formada por 30 participantes divididos en dos grupos experimentales: el Grupo de Imitación - GI (18 mujeres y 12 hombres) y el Grupo de Ruido - GR (18 mujeres y 12 hombres). El experimento consistió en presentar imágenes de actores expresando facialmente una emoción básica durante 10 segundos; los participantes deberían entonces observar o intervenir facialmente, imitando o tensando su propio rostro (según el grupo asignado, Imitación o Ruido). Después de 10 segundos de ejecutar la instrucción (observar, imitar o interferir), el participante debería responder - entre las opciones de alegría, tristeza, asco, ira, sorpresa y miedo - la emoción correspondiente a la imagen. Los resultados mostraron diferencias significativas al comparar las tareas de tensar o imitar el rostro objetivo, sugiriendo que la alteración del propio rostro del observador puede influir durante la realización de una tarea de reconocimiento de emociones en rostros.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Emoções , Expressão Facial , Reconhecimento Facial , Psicologia , Células Receptoras Sensoriais , Transtorno Autístico , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Neurociências , Inteligência Artificial , Núcleo Familiar , Comunicação , Emoções Manifestas , Programa de Estímulos e Incentivos , Neurônios-Espelho , Aparência Física , Cognição Social , Manobra Psicológica , Relações Interpessoais , Desenvolvimento da Linguagem , Ruído , Comunicação não Verbal
9.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e255165, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529227

RESUMO

O presente estudo qualitativo objetivou compreender as expectativas de mães e cuidadoras sobre a sua participação no Programa ACT para Educar Crianças em Ambientes Seguros na versão remota, no período da pandemia de covid-19. Também visou identificar a percepção das participantes sobre educar uma criança em um ambiente seguro. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas on-line com doze mães e cuidadoras, antes da participação no Programa ACT. Os resultados indicaram diferentes expectativas sobre a participação no Programa ACT, entre elas: adquirir novos conhecimentos, aprimorar as habilidades parentais, trocar experiências, receber auxílio no momento da pandemia de covid-19 e possibilitar para a criança um desenvolvimento saudável. Na percepção das mães e cuidadoras, a versão remota do Programa ACT apresenta aspectos positivos; entre eles, a participação de pais e cuidadores que não residem na cidade em que é oferecida a intervenção. No entanto, apontaram como fatores negativos a ausência do contato físico e as interrupções que podem acontecer a partir das falhas de internet. Para as mães e cuidadoras, educar a criança em um ambiente seguro estava relacionado a promover os direitos estabelecidos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), como educação, saúde, lazer, cuidado, afeto, assim como protegê-la de situações de violência. Considera-se que as expectativas das participantes estavam alinhadas aos objetivos do Programa ACT. Torna-se prioritário oferecer programas de prevenção à violência aos pais e cuidadores, em especial em momentos adversos como o da pandemia de covid-19, a fim de promover o desenvolvimento e a saúde das crianças, assim como prevenir situações de violação de direitos.(AU)


This qualitative study aims to understand the expectations of mothers and caregivers about participating in the ACT Raising Safe Kids Program in its remote version, during the COVID-19 pandemic period. It also aims to identify the participants' perception of raising a child in a safe environment. Semi-structured on-line interviews were conducted with 12 mothers/caregivers, prior to participation in the ACT Program. The results indicated different expectations regarding the participation in the ACT Program, for example: acquiring new knowledge, improving parenting skills, exchanging experiences, receiving support during the COVID-19 pandemic, and enabling the child to have a healthy development. In the perception of mothers and caregivers, the remote version of the ACT Program has positive aspects, such as the participation of parents and caregivers who do not live in the city where the intervention is offered. However, they pointed out as negative factors absence of physical contact and interruptions due to internet failures. For the mothers/caregivers, educating children in a safe environment was related to promoting the rights established by the Brazilian Child and Adolescent Statute, namely education, health, leisure, care, affection, as well as protecting them from situations of violence. The expectations of the participants were aligned with the objectives of the ACT Program. Offering violence prevention programs to parents and caregivers is a priority, especially in adverse moments such as the COVID-19 pandemic, in order to promote the development and health of children, as well as prevent situations of violation of rights.(AU)


Este estudio cualitativo pretendió comprender las expectativas de madres y cuidadoras sobre la participación en el Programa de ACT para Educar a Niños en Ambientes Seguros en la versión remota, en el periodo de la pandemia de la COVID-19. También se propuso identificar la percepción de las participantes sobre educar a un niño en un ambiente seguro. Se llevaron a cabo entrevistas semiestructuradas en línea con 12 madres/cuidadoras, antes de la participación en el Programa ACT. Los resultados señalaron diferentes expectativas con la participación del Programa de ACT, entre ellas: adquirir nuevos conocimientos, perfeccionar las habilidades parentales, intercambiar experiencias, recibir auxilio en el momento de la pandemia de la COVID-19 y posibilitar al niño un desarrollo saludable. En la percepción de las madres y cuidadoras, la versión remota del Programa de ACT presenta aspectos positivos, como la participación de padres y cuidadores que no residen en la ciudad donde es ofrecida la intervención. Sin embargo, señalaron como factores negativos la ausencia del contacto físico y las interrupciones, que pueden ocurrir por fallas en Internet. Para las madres/cuidadoras, educar al niño en un ambiente seguro estaba relacionado a promover los derechos establecidos en el Estatuto del Niño y del Adolescente de Brasil, como educación, salud, ocio, cuidado, afecto, así como protegerlo de situaciones de violencia. Se considera que las expectativas de las participantes estaban alineadas con los objetivos del Programa de ACT. Es prioritario ofrecer programas de prevención a la violencia a los padres y cuidadores, en especial en momentos adversos como el de la pandemia de la COVID-19, con el fin de promover el desarrollo y la salud de los niños, así como prevenir situaciones de vulneración de derechos.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Maus-Tratos Infantis , Prevenção de Doenças , Intervenção Psicossocial , Apetite , Desenvolvimento da Personalidade , Ludoterapia , Resolução de Problemas , Psicologia , Desempenho Psicomotor , Política Pública , Segurança , Instituições Acadêmicas , Delitos Sexuais , Autoritarismo , Ajustamento Social , Classe Social , Isolamento Social , Responsabilidade Social , Apoio Social , Estresse Psicológico , Síndrome da Criança Espancada , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Sintomas Comportamentais , Abuso Sexual na Infância , Brasil , Sistemas On-Line , Caráter , Criança , Criança Abandonada , Cuidado da Criança , Proteção da Criança , Saúde Mental , Negociação , Entrevista , Violência Doméstica , Coronavirus , Distúrbios de Guerra , Meios de Comunicação , Assistência Integral à Saúde , Crime , Ameaças , Sintomas Afetivos , Cultura , Vigilância em Desastres , Morte , Denúncia de Irregularidades , Populações Vulneráveis , Agressão , Sonhos , Conflito Familiar , Relações Familiares , Terapia Familiar , Pandemias , Rede Social , Narrativa Pessoal , Transtornos Relacionados a Trauma e Fatores de Estresse , Trauma Psicológico , Assistentes Sociais , Criança Acolhida , Frustração , Crescimento Psicológico Pós-Traumático , Respeito , Angústia Psicológica , Trauma Sexual , Inclusão Social , Retorno à Escola , Abastecimento de Alimentos , COVID-19 , Ambiente Domiciliar , Vulnerabilidade Social , Cidadania , Hematoma , Homicídio , Visita Domiciliar , Direitos Humanos , Infanticídio , Acontecimentos que Mudam a Vida , Amor , Imperícia , Bem-Estar Materno , Transtornos Mentais , Narcisismo , Apego ao Objeto
10.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e264922, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529231

RESUMO

Este artigo propõe o estudo sobre o conceito de outro como semelhante e como objeto. Partindo de textos que interpelam a alteridade na psicanálise e remetendo aos temas do complexo semelhante, da satisfação, da perda, do luto, da negativa, da repetição; avalia o conceito de outro articulando textos de diversos autores. A partir da psicanálise freudiana, estuda o das Ding e a negação, discriminando com estes termos um objeto estruturante na origem do psiquismo. Aborda textos técnicos da psicanálise para delimitar o tema da repetição. Também a recordação e a repetição são vinculadas ao objeto e estudadas na perspectiva da filosofia moderna. São retomados temas do diálogo platônicos para definir o lugar do erótico e da amizade. No fim do presente artigo, propomos o termo clássico grego Oikos com valor equivalente ao da Coisa freudiana e como esta aparece em escritos psicanalíticos.(AU)


This article studies the concept of other as similar and object. It is based on texts that question the alterity in psychoanalysis and refers to the themes of otherness complex, loss, grief, negative, repetition, and evaluates the concept of other, using articles of diverse authors. Based on Freudian psychoanalysis, it studies the Thing and the denial and discriminates a structuring object in the origin of psychism. It approaches technical texts of psychoanalysis to delimitate the theme of repetition. The recordation and repetition are also linked to the object and studied from the perspective of modern philosophy. Themes of the platonic dialogues are resumed to define the place of the erotic and the friendship. In the end of the article, we propose the greek classic term Oikos, with equal value to the Freudian Thing, as this one appears in psychoanalytic writings.(AU)


Este artículo estudia el concepto Otro como semejante y como objeto. A partir de textos que interpelan la alteridad en psicoanálisis y que se refieren a temas del complejo semejante, de la satisfacción, de la pérdida, del duelo, de la negación, de la repetición, se evalúa el concepto de Otro articulando textos de diferentes autores. Basado en el psicoanálisis freudiano, se aborda Ding y la negación, discriminando con estos términos un objeto estructurante en el origen de lo psíquico. Se abordan textos técnicos del psicoanálisis para delimitar el tema de la repetición; el recuerdo y la repetición son vinculadas al objeto y estudiadas desde la perspectiva de la filosofía moderna; y se retoman temas de los diálogos platónicos para definir el lugar de lo erótico y la amistad. Al culminar este artículo se propone leer el término griego clásico Oikos con un valor equivalente al de la Cosa freudiana como aparece en los escritos psicoanalíticos.(AU)


Assuntos
Filosofia , Psicanálise , Psicologia , Humanos , Apego ao Objeto , Percepção , Princípio do Prazer-Desprazer , Projeção , Psicopatologia , Desenvolvimento Psicossexual , Racionalização , Rejeição em Psicologia , Repressão Psicológica , Repressão-Sensibilização , Segurança , Comportamento Social , Responsabilidade Social , Sublimação Psicológica , Superego , Pensamento , Revelação da Verdade , Inconsciente Psicológico , Beleza , Volição , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Cooperação Técnica , Simbolismo , Atitude , Singularidades , Cura Homeopática , Mortalidade , Adolescente , Desenvolvimento de Pessoal , Comunicação , Conflito Psicológico , Consciência , Estado de Consciência , Privacidade , Conhecimento , Metáfora , Vida , Empirismo , Discurso , Afeto , Programação Neurolinguística , Livro-Texto , Virtudes , Autonomia Pessoal , Desenvolvimento Moral , Sujeitos da Pesquisa , Transtorno Depressivo , História Antiga , Sonhos , Impulso (Psicologia) , Educação , Ego , Literatura Erótica , Academias e Institutos , Domínios Científicos , Acolhimento , Ética , Extroversão Psicológica , Fantasia , Teoria da Mente , Esperança , Autocontrole , Status Moral , Interacionismo Simbólico , Teoria Freudiana , Angústia Psicológica , Espaço Social Alimentar , Grécia , Ódio , Id , Identificação Psicológica , Imaginação , Individualidade , Inibição Psicológica , Relações Interpessoais , Julgamento , Teoria Junguiana , Idioma , Libido , Amor , Memória , Mitologia
11.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e255714, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529210

RESUMO

Uma das demandas centrais das pessoas em situação de rua é a dificuldade de acesso a trabalho e renda, o que tanto pode levá-las a essa circunstância como dificultar sua saída das ruas. Nessa direção, em parceria com o Movimento Nacional da População em Situação de Rua em Natal, Rio Grande do Norte (MNPR/RN), Brasil, realizamos projeto de extensão com os objetivos de fortalecer as ações de geração de renda para os militantes do referido movimento e para o movimento em si e de promover a organização coletiva e política dos militantes do MNPR/RN em torno da pauta trabalho. Baseamo-nos na Economia Solidária para elaborar ações de geração de renda e fortalecimento político, e na Psicologia Social do Trabalho para informar sobre as intervenções realizadas pela equipe extensionista. Como estratégia de ação, foram realizados cinco bazares solidários em 2019, os quais envolveram militantes do MNPR/RN e extensionistas em reuniões preparatórias, arrecadação de materiais e efetivação dos bazares. Avaliou-se que os bazares foram uma ótima estratégia para a arrecadação de fundos para o movimento e a geração de renda imediata para os militantes envolvidos, mas que não garantiram a médio e longo prazo a renda dessas pessoas. Também possibilitaram o fortalecimento da autonomia, da participação ativa como trabalhadores e trabalhadoras e do aprendizado mútuo sobre princípios da Economia Solidária.(AU)


One of the main demands of people living on the streets is the difficulty in accessing work and income, which can either lead them to this circumstance or make it difficult for them to leave the streets. In this direction, in partnership with the National Movement of Homeless Population in Natal, in the state of Rio Grande do Norte (Movimento Nacional População de Rua - MNPR/RN), we carried out an extension project with the objectives of strengthening the actions to generate income for the militants of the referred movement and for the movement itself and to promote the collective and political organization of the MNPR/RN militants around the work agenda. We start with the Solidarity Economy for the elaboration of actions to generate income and political strengthening, and from the Social Psychology of Work to inform about the interventions carried out by the extension team. As an action strategy, five solidarity bazaars were held in 2019, involving MNPR/RN militants and extension workers in preparatory meetings, collection of materials, and holding the bazaars. The bazaars were considered an excellent strategy for raising funds for the movement and generating immediate income for the activists involved, but that they could not guarantee the income of these people in the medium and long term. It also allowed for the strengthening of autonomy, active participation as a female or male worker, and mutual learning on the principles of Solidarity Economy.(AU)


Una de las principales demandas de las personas en situación de calle es la dificultad para acceder al trabajo y a los ingresos, lo que puede llevarlos a esta situación o dificultarles su salida de la calle. En este sentido, en colaboración con el Movimiento Nacional de Población en Situación de Calle en Natal/RN (MNPR/RN), realizamos un proyecto de extensión con los objetivos de fortalecer las acciones de generación de ingresos para los activistas del referido movimiento y para el movimiento en sí y de promover la organización colectiva y política de los activistas del MNPR/RN en torno a las normas del trabajo. Partimos de la economía solidaria para desarrollar acciones de generación de ingresos y de fortalecimiento político, y desde la Psicología Social del Trabajo para informar de las intervenciones que realiza el equipo de extensión. Como estrategia de acción, en el 2019 se realizaron cinco ferias solidarias, en las cuales participaron activistas y grupos de extensión del MNPR/RN en reuniones preparatorias, recolección de materiales y realización de las ferias. Se consideró que las ferias son una excelente estrategia para recaudar fondos para el movimiento y generar ingresos inmediatos para los activistas involucrados, pero no pueden garantizar los ingresos de estas personas a mediano y largo plazo. También permiten fortalecer la autonomía, la participación activa como trabajador y trabajadora, y el aprendizaje mutuo sobre los principios de la economía solidaria.(AU)


Assuntos
Psicologia Social , Trabalho , Pessoas Mal Alojadas , Economia , Solidariedade , Renda , Pobreza , Preconceito , Atenção Primária à Saúde , Psicologia , Política Pública , Qualidade de Vida , Descanso , Aposentadoria , Segurança , Autocuidado , Autoimagem , Mudança Social , Condições Sociais , Desejabilidade Social , Isolamento Social , Planejamento Social , Problemas Sociais , Ciências Sociais , Serviço Social , Socialização , Fatores Socioeconômicos , Sociologia , Estereotipagem , Desemprego , Violência , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Características da População , Imagem Corporal , Brasil , Família , Drogas Ilícitas , Higiene , Saúde Mental , Fome , Local de Trabalho , Relações Comunidade-Instituição , Privacidade , Credenciamento , Abrigo , Capitalismo , Democracia , Desumanização , Doações , Violação de Direitos Humanos , Dieta , Educação , Escolaridade , Disparidades nos Níveis de Saúde , Mercado de Trabalho , Acolhimento , Comercialização de Produtos , Conflito Familiar , Estigma Social , Participação Social , Consumo Excessivo de Bebidas Alcoólicas , Discriminação Social , Marginalização Social , Fatores Sociológicos , Alfabetização , Segregação Social , Sobrevivência , Fracasso Acadêmico , Autogestão , Liberdade , Autonegligência , Direito à Saúde , Direito ao Trabalho , Casas de Trabalho , Liberdade de Circulação , Insegurança Alimentar , Instabilidade Habitacional , Minorias Desiguais em Saúde e Populações Vulneráveis , Acesso a Alimentos Saudáveis , Ambiente Domiciliar , Fatores Sociodemográficos , Vulnerabilidade Social , Cidadania , Condições de Trabalho , Política de Saúde , Férias e Feriados , Habitação , Direitos Humanos , Individuação , Relações Interpessoais , Sindicatos , Atividades de Lazer , Ocupações
12.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e256659, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529213

RESUMO

Em 2020, o mundo enfrentou uma grave emergência de saúde pública devido à pandemia de COVID-19, que impactou significativamente a mobilidade humana e a vida cotidiana de milhares de imigrantes ao redor do mundo. Este artigo fez uso de entrevistas online e por telefone com imigrantes que chegaram ao Brasil a partir de 2016, para identificar as estratégias de enfrentamento adotadas durante a pandemia. Foi realizada uma análise transversal das entrevistas com o auxílio do software Atlas.ti 9, usando a técnica sistemática de categorização iterativa. Com base em uma perspectiva sociocultural em psicologia, o artigo introduz os impactos iniciais da pandemia em diferentes esferas da vida cotidiana desses imigrantes e apresenta as estratégias mobilizadas para restaurar continuidades funcionais e relacionais em um momento no qual as rupturas provocadas pela migração e pela pandemia se sobrepõem. Entre outros, podese identificar como os entrevistados ativaram rapidamente as redes sociais locais e transnacionais virtualmente, mobilizando competências e habilidades aprendidas durante a migração.(AU)


In 2020, the world faced a serious public health emergency due to the COVID-19 pandemic, which has significantly impacted human mobility and the daily lives of thousands of immigrants around the world. This article uses online and telephone interviews conducted with migrants who arrived in Brazil in 2016, to identify coping strategies employed during the pandemic. A transversal analysis of all interviews was conducted with the aid of the software Atlas.ti 9, using a systematic approach of iterative categorization. From a sociocultural perspective in psychology, the article introduces the initial impacts of the pandemic in different spheres of everyday life of these immigrants. With this everyday context, we present the strategies mobilized by immigrants to restore functional and relational continuities at a moment in which the ruptures caused by migration and the pandemic overlap. In particular, we identify how interviewees rapidly activated local and transnational social networks virtually, mobilizing skills learnt during migration.(AU)


En 2020, el mundo se enfrentó a un grave estado de emergencia en salud pública debido a la pandemia del COVID-19, que impactó significativamente la movilidad humana y la vida cotidiana de miles de inmigrantes en todo el mundo. Este artículo realizó entrevistas en línea y por teléfono con inmigrantes quienes llegaron a Brasil a partir de 2016, con el fin de identificar sus estrategias de afrontamiento adoptadas durante la pandemia. Se realizó un análisis transversal de las entrevistas con la ayuda del software Atlas.ti 9, utilizando la técnica sistemática de categorización iterativa. Desde una perspectiva sociocultural en Psicología, este artículo expone los impactos iniciales de la pandemia en diferentes ámbitos de la vida cotidiana de estos inmigrantes y presenta las estrategias movilizadas para restaurar las continuidades funcionales y relacionales en un momento en que se superponen las rupturas causadas por la migración y la pandemia. Entre otros aspectos, se puede identificar cómo los entrevistados activaron virtualmente las redes sociales locales y transnacionales movilizando habilidades y destrezas aprendidas durante la migración.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Adaptação Psicológica , Características Culturais , Emigração e Imigração , COVID-19 , Ansiedade , Aptidão , Política , Psicologia , Psicologia Social , Política Pública , Qualidade de Vida , Refugiados , Segurança , Salários e Benefícios , Mudança Social , Desejabilidade Social , Isolamento Social , Mobilidade Social , Problemas Sociais , Ciências Sociais , Serviço Social , Fatores Socioeconômicos , Desemprego , Vírus , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Brasil , Mobilidade Ocupacional , Desenvolvimento Econômico , Quarentena , Controle de Doenças Transmissíveis , Características da Família , Transtornos de Adaptação , Higiene , Saúde Mental , Surtos de Doenças , Mortalidade , Imunização , Crescimento Demográfico , Precauções Universais , Competência Clínica , Local de Trabalho , Entrevista , Transmissão de Doença Infecciosa , Notificação de Doenças , Campos de Refugiados , Doenças Endêmicas , Credenciamento , Intervenção em Crise , Sintomas Afetivos , Cultura , Terrorismo , Capitalismo , Internacionalidade , Desastres , Economia , Emprego , Meio Ambiente e Saúde Pública , Mercado de Trabalho , Ética , Distribuição de Produtos , Competência Cultural , Resiliência Psicológica , Medo , Recessão Econômica , Políticas , Remuneração , Previsões , Organizações Religiosas , Expressão de Preocupação , Direito a Buscar Asilo , Respeito , Angústia Psicológica , Modelo Transteórico , Distanciamento Físico , Insegurança Alimentar , Vulnerabilidade Social , Operações em Desastres , Desenvolvimento Humano , Direitos Humanos , Renda , Distúrbios do Início e da Manutenção do Sono , Aprendizagem , Atividades de Lazer , Acontecimentos que Mudam a Vida , Solidão
13.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e255629, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1529219

RESUMO

Sobreviventes ao suicídio são pessoas que têm suas vidas profundamente afetadas e apresentam sofrimento psicológico, físico ou social após serem expostas a esse fato. O objetivo deste estudo foi analisar a experiência de sobreviventes ao suicídio de jovens, a partir do luto. Participaram sete sobreviventes entre familiares, amigos e parceiros amorosos de jovens que cometeram suicídio. A análise de conteúdo de entrevistas narrativas apontou que os participantes utilizam explicações racionalizadas ou dissociadas, criando uma distância entre o evento e eles mesmos. Como formas de lidar com o sofrimento podem buscar o isolamento, apoio entre amigos, prática religiosa e/ou a dedicação ao trabalho. Reafirma-se a dimensão do luto diante dessa experiência, além da importância da prevenção ao suicídio e da posvenção aos sobreviventes.(AU)


Suicide survivors are people who have their lives deeply affected; they experience psychological, physical, and social suffering following the occurrence. The aim of this study is to analyze the experience of survivors of youth suicide attempts, based on grief. Seven survivors participated among family, friends, and romantic partners of young people who committed suicide. The content analysis of narrative interviews showed that the participants use rationalized or dissociated explanations, creating a distance between the event and themselves. As ways to deal with suffering, they seek isolation, support among friends, religious practice, and/or dedication to work. The dimension of grief in the face of this experience is reaffirmed, as well as the importance of suicide prevention and postvention for survivors.(AU)


Este artículo tiene como objetivo presentar la construcción metodológica desarrollada en una investigación de maestría, en la que sostenemos la escritura de escenas como método de investigación de la escucha clínica. Las escenas del trabajo en cuestión se recogieron a lo largo del tiempo desde la experiencia en un proyecto de extensión universitario de atención a la niñez y adolescencia en situación de vulnerabilidad social aplicado en una comunidad periférica. En este texto, presentamos los interrogantes que se elaboraron en torno a la elección por el trabajo con escenas y compartimos el rescate histórico de las mismas como un método de escribir la clínica y la reanudación del análisis a partir de la tradición psicoanalítica. Amparadas en el psicoanálisis y en lecturas y contribuciones del filósofo francés Jacques Derrida, nos basaremos en la noción de que la escena se constituye como un lugar de producción, engendrando la configuración particular de elementos significantes en los procesos de subjetivación y de construcción social. La escena no es aquí una representación de lo que pasa en la clínica, sino un modo de producir escucha y sus procesos de investigación.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Suicídio , Luto , Adolescente , Sobreviventes , Ansiedade , Satisfação Pessoal , Relações Profissional-Família , Relações Profissional-Paciente , Psicologia , Psicologia Social , Psicotrópicos , Religião , Autocuidado , Autoimagem , Automutilação , Isolamento Social , Apoio Social , Sociedades , Estresse Psicológico , Tentativa de Suicídio , Terapêutica , Violência , Mulheres , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Humanos , Criança , Saúde Mental , Saúde da Criança , Comportamento Autodestrutivo , Relação entre Gerações , Suicídio Assistido , Vítimas de Crime , Saúde do Adolescente , Morte , Confiança , Pesquisa Qualitativa , Populações Vulneráveis , Agressão , Depressão , Países em Desenvolvimento , Empatia , Acolhimento , Conflito Familiar , Relações Familiares , Fadiga Mental , Comportamento Errante , Bullying , Ideação Suicida , Apatia , Perdão , Esperança , Fatores de Proteção , Comportamento de Busca de Ajuda , Trauma Psicológico , Abuso Físico , Esgotamento Psicológico , Frustração , Regulação Emocional , Integração Social , Suicídio Consumado , Transtorno de Adição à Internet , Abuso Emocional , Interação Social , Apoio Familiar , Bem-Estar Psicológico , Prevenção do Suicídio , Culpa , Promoção da Saúde , Relações Interpessoais , Estágios do Ciclo de Vida , Solidão , Antidepressivos , Negativismo , Transtorno da Personalidade Antissocial
14.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e222817, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431127

RESUMO

No decorrer da história, sempre foram infindáveis os casos em que os sujeitos recorriam a centros espíritas ou terreiros de religiões de matrizes africanas em decorrência de problemas como doenças, desempregos ou amores mal resolvidos, com o objetivo de saná-los. Por conta disso, este artigo visa apresentar os resultados da pesquisa relacionados ao objetivo de mapear os processos de cuidado em saúde ofertados em três terreiros de umbanda de uma cidade do litoral piauiense. Para isso, utilizamos o referencial da Análise Institucional "no papel". Os participantes foram três líderes de terreiros e os respectivos praticantes/consulentes dos seus estabelecimentos religiosos. Identificamos perspectivas de cuidado que se contrapunham às racionalidades biomédicas, positivistas e cartesianas, e faziam referência ao uso de plantas medicinais, ao recebimento de rezas e passes e à consulta oracular. A partir desses resultados, podemos perceber ser cada vez mais necessário, portanto, que os povos de terreiros protagonizem a construção, implementação e avaliação das políticas públicas que lhe sejam específicas.(AU)


In history, there have always been endless cases of people turning to spiritual centers or terreiros of religions of African matrices due to problems such as illnesses, unemployment, or unresolved love affairs. Therefore, this article aims to present the research results related to the objective of mapping the health care processes offered in three Umbanda terreiros of a city on the Piauí Coast. For this, we use the Institutional Analysis reference "on Paper." The participants were three leaders of terreiros and the respective practitioners/consultants of their religious establishments. We identified perspectives of care that contrasted with biomedical, positivist, and Cartesian rationalities and referred to the use of medicinal plants, the prescript of prayers and passes, and oracular consultation. From these results, we can see that it is increasingly necessary, therefore, that the peoples of the terreiros lead the construction, implementation, and evaluation of public policies that are specific to them.(AU)


A lo largo de la historia, siempre hubo casos en los cuales las personas buscan en los centros espíritas o terreros de religiones africanas la cura para sus problemas, como enfermedades, desempleo o amoríos mal resueltos. Por este motivo, este artículo pretende presentar los resultados de la investigación con el objetivo de mapear los procesos de cuidado en salud ofrecidos en tres terreros de umbanda de una ciudad del litoral de Piauí (Brasil). Para ello, se utiliza el referencial del Análisis Institucional "en el Papel". Los participantes fueron tres líderes de terreros y los respectivos practicantes / consultivos de los establecimientos religiosos que los mismos conducían. Se identificaron perspectivas de cuidado que se contraponían a las racionalidades biomédicas, positivistas y cartesianas, y hacían referencia al uso de plantas medicinales, al recibimiento de rezos y pases y a la consulta oracular. Los resultados permiten concluir que es cada vez más necesario que los pueblos de terreros sean agentes protagónicos de la construcción, implementación y evaluación de las políticas públicas destinadas específicamente para ellos.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Religião , Medicinas Tradicionais Africanas , Prática Clínica Baseada em Evidências , Assistência Religiosa , Permissividade , Preconceito , Psicologia , Racionalização , Religião e Medicina , Autocuidado , Ajustamento Social , Classe Social , Identificação Social , Valores Sociais , Sociedades , Fatores Socioeconômicos , Espiritualismo , Estereotipagem , Tabu , Terapêutica , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Negro ou Afro-Americano , Terapias Complementares , Etnicidade , Comportamento Ritualístico , Filosofia Homeopática , Lachnanthes tinctoria , Processo Saúde-Doença , Comparação Transcultural , Eficácia , Coerção , Assistência Integral à Saúde , Conhecimento , Vida , Cultura , África , Terapias Mente-Corpo , Terapias Espirituais , Cura pela Fé , Espiritualidade , Dança , Desumanização , Populações Vulneráveis , Biodiversidade , Grupos Raciais , Humanização da Assistência , Acolhimento , Estudos Populacionais em Saúde Pública , Etnologia , Inteligência Emocional , Horticultura Terapêutica , Estigma Social , Etarismo , Racismo , Violência Étnica , Escravização , Normas Sociais , Chás de Ervas , Folclore , Direitos Culturais , Etnocentrismo , Liberdade , Solidariedade , Angústia Psicológica , Empoderamento , Inclusão Social , Liberdade de Religião , Cidadania , Quilombolas , Medicina Tradicional Afro-Americana , População Africana , Profissionais de Medicina Tradicional , História , Direitos Humanos , Individualidade , Atividades de Lazer , Estilo de Vida , Magia , Cura Mental , Antropologia , Medicina Antroposófica , Grupos Minoritários , Moral , Música , Misticismo , Mitologia , Ocultismo
15.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e248295, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431129

RESUMO

Este ensaio propõe que a Covid-19 pode operar como um analisador, dentro da perspectiva da análise institucional, iluminando um determinado modo de organização social que promove profundas desigualdades e ameaça a vida em diversos níveis e revelando as condições sociais, institucionais e políticas de produção de sofrimento no corpo profissional de Enfermagem. A pandemia desvelou um conjunto de marcas relacionadas à profissão, agravadas pela crise sanitária, reforçando a naturalização das relações de cuidado atribuídas ao feminino, bem como um conjunto de clivagens e hierarquias internas à profissão a partir da sinergia de marcadores da diferença, como gênero, cor/raça, classe e geração. Além disso, este trabalho mostra a presença de uma necropolítica nas respostas à pandemia que banaliza a vida e permite morrer determinados grupos sociais. A ideia de "profissionais de linha de frente" é criticada em suas metáforas bélicas, mas tomada como figura de linguagem em sua potência para afirmar que existem corpos que, pelas marcas sociais e históricas e pela interdependência do cuidado, são mais presentes e exigidos e, portanto, mais vulneráveis à doença e ao sofrimento dela decorrente.(AU)


The essay proposes that Covid-19 can operate as an analyzer, within the perspective of institutional analysis, illuminating a certain mode of social organization that promotes profound inequalities and threatens life at various levels, revealing the social, institutional and political conditions for the production of suffering in the professional nursing body. The pandemic would unveil a set of marks related to the profession, aggravated by the sanitary crisis, reinforcing the naturalization of the care relations attributed to the feminine, as well as a set of cleavages and internal hierarchies to the profession from the synergy of markers of difference as gender, color/race, class and generation. The work shows the presence of necropolitics in responses to the pandemic, which trivializes life and allows certain social groups to die. The idea of "front-line professionals" is criticized in its war metaphors, but taken as a figure of speech in its potency to affirm that there are bodies that by social and historical marks, and by the interdependence of care, are more present and demanded, and therefore more vulnerable to disease and the resulting suffering.(AU)


El ensayo propone que el Covid-19 puede funcionar como analizador, desde la perspectiva del análisis institucional, revelando las condiciones sociales, institucionales y políticas de producción de sufrimiento de enfermeras. La pandemia revela algunas marcas relacionadas con la profesión, agravadas por la crisis de salud, reforzando la naturalización de la atribución del cuidado a lo femenino y un conjunto de jerarquías internas de la profesión. El trabajo también muestra la presencia de una necropolítica en las respuestas a la pandemia. La idea de "profesionales de primera línea" es criticada, pero tomada como una figura del lenguaje en su potencia para afirmar que hay cuerpos que, por las marcas sociales e históricas y por la interdependencia del cuidado, están más presentes y demandados, y por lo tanto más vulnerables a la enfermedad.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Enfermagem , Angústia Psicológica , Identidade de Gênero , Autoteste , COVID-19 , Oxigenoterapia , Dor , Equipe de Assistência ao Paciente , Alta do Paciente , Pacientes , Política , Atenção Primária à Saúde , Psicologia , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde , Qualidade de Vida , Relações Raciais , Salários e Benefícios , Mudança Social , Isolamento Social , Ciências Sociais , Fatores Socioeconômicos , Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos , Mulheres Trabalhadoras , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Características da População , Teoria de Enfermagem , Riscos Ocupacionais , Esgotamento Profissional , Viroses , Vacinas , Pesquisa em Enfermagem , Acidentes de Trabalho , Portador Sadio , Saúde Mental , Mortalidade , Modelos de Enfermagem , Saúde Ocupacional , Carga de Trabalho , Autonomia Profissional , Assistência de Longa Duração , Qualidade, Acesso e Avaliação da Assistência à Saúde , Programas de Imunização , Transmissão de Doença Infecciosa , Continuidade da Assistência ao Paciente , Feminismo , Cuidados Críticos , Vulnerabilidade a Desastres , Risco à Saúde Humana , Acesso à Informação , Atenção à Saúde , Poluição do Ar , Economia e Organizações de Saúde , Emergências , Emprego , Meio Ambiente e Saúde Pública , Funções Essenciais da Saúde Pública , Disparidades nos Níveis de Saúde , Ética Profissional , Vigilância em Saúde do Trabalhador , Programa de Prevenção de Riscos no Ambiente de Trabalho , Efeitos da Contaminação do Ar , Enfermagem Baseada em Evidências , Medo , Remuneração , Intervenção Médica Precoce , Medicalização , Assistência Ambulatorial , Equipamento de Proteção Individual , Sistemas de Apoio Psicossocial , Estresse Ocupacional , Esgotamento Psicológico , Assistência ao Paciente , Sobrecarga do Cuidador , Modelos Biopsicossociais , Teste Sorológico para COVID-19 , Equidade de Gênero , Desenvolvimento de Vacinas , Recursos Comunitários , Enquadramento Interseccional , Racismo Sistêmico , Vulnerabilidade Social , Crise Humanitária , Condições de Trabalho , Síndrome de COVID-19 Pós-Aguda , Prevenção de Acidentes , Ocupações em Saúde , Serviços de Saúde , Acessibilidade aos Serviços de Saúde , Comportamento de Ajuda , Hierarquia Social , Hospitalização , Hospitais , Humanismo , Cuidados para Prolongar a Vida , Máscaras , Tono Muscular , Assistência Noturna , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem Prática , Equipe de Enfermagem , Doenças Profissionais
16.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e244243, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431131

RESUMO

A Avaliação Terapêutica (AT) é um processo avaliativo e interventivo proposto para ser semiestruturado e colaborativo com o objetivo de promover mudanças positivas no cliente, que é convidado a ter uma participação ativa durante o processo. Na AT, os resultados dos testes psicológicos padronizados ganham destaque como facilitadores do processo de autoconhecimento do cliente. Desse modo, usualmente, integram-se os achados de testes psicológicos de autorrelato com os métodos projetivos para gerar informações que possam ampliar a visão que o cliente tem de si. Neste artigo, buscou-se compreender o potencial de uso dos testes psicológicos e da relação colaborativa a partir de um caso atendido na perspectiva da AT. A participante, Violeta (nome fictício), foi atendida em 10 sessões com duração entre 60 e 115 minutos. Foram utilizados os testes psicológicos Escala de Bem-Estar Psicológico (Ebep), Escala de Vulnerabilidade e Estresse no Trabalho (Event), Bateria Fatorial de Personalidade (BFP), Método de Rorschach e Inventários de Habilidades Sociais 2 (IHS-2). Observou-se que, durante o processo, Violeta ampliou sua autopercepção, o que possibilitou mudanças no modo de agir em seus relacionamentos amorosos e na reflexão sobre como sua postura era vista por si e por seus colegas de trabalho. Acredita-se que a AT cumpriu com o objetivo de estabelecer uma experiência terapêutica que possibilitasse mudanças positivas para a cliente. Este estudo de caso contribuiu para ampliar a compreensão sobre a importância e o uso dos testes psicológicos neste modelo de avaliação psicológica.(AU)


The Therapeutic Assessment (TA) is an evaluative and interventional process proposed to be semi-structured and collaborative with the objective of promoting positive changes in the client, who is invited to have an active participation during the process. At the TA, the results of standardized psychological tests are highlighted as facilitators of the client's self-knowledge process. In this way, the findings of psychological self-report tests are usually integrated with projective methods to generate information that can broaden the client's view of themselves. In this article, understanding the potential use of psychological tests and of the collaborative relationship from a case treated from the TA perspective was sought. The participant, Violet (fictitious name), was assisted in 10 sessions lasting between 60 and 115 minutes. The psychological tests Psychological Well-Being Scale (EBEP), Vulnerability and Stress at Work Scale (EVENT), Personality Factorial Battery (BFP), Rorschach Method and Social Skills Inventories 2 (IHS-2) were used. It was observed that, during the process, Violet increased her self-perception, which allowed changes in her way of acting in her love life and in her reflection on how her posture was seen by herself and herco-workers. It is believed that TA fulfilled the objective of establishing a therapeutic experience that would enable positive changes for the client. This case study contributed to broaden the understanding about the importance and use of psychological testing in this psychological assessment model.(AU)


La Evaluación Terapéutica (ET) es un proceso de evaluación e intervención que se propone ser semiestructurado y colaborativo, con el objetivo de lograr cambios positivos en el cliente, quien es invitado a tener participación activa durante el proceso. En la ET se destacan los resultados de las pruebas psicológicas estandarizadas como facilitadoras del proceso de autoconocimiento del cliente. Los hallazgos de las pruebas psicológicas de autoinforme suelen integrarse con métodos proyectivos para generar información que pueda ampliar la visión que el cliente tiene de sí mismo. En este artículo se buscó comprender el uso potencial de las pruebas psicológicas y de la relación colaborativa a partir de un estudio de caso tratado desde la perspectiva de la ET. Atendieron a la participante Violeta (nombre ficticio), en 10 sesiones que duraron entre 60 y 115 minutos. Se utilizaron las pruebas psicológicas Escala de Bienestar Psicológico (EBEP), Escala de Vulnerabilidad y Estrés en el Trabajo (EVENT), Batería de Factorial de la Personalidad (BFP), Método de Rorschach e Inventario de Habilidades Sociales 2 (IHS-dos). Se observó que, durante el proceso, Violeta amplió su autopercepción, lo que permitió cambios en la forma de actuar en sus relaciones amorosas y en el reflejo de como ella y sus compañeros de trabajo veían su postura. Así, se cree que ET ha cumplido el objetivo de establecer una experiencia terapéutica que permitió cambios positivos a la cliente. Este estudio contribuyó a ampliar la comprensión sobre la importancia y el uso de las pruebas psicológicas en este modelo de evaluación psicológica.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Terapêutica , Técnicas Psicológicas , Angústia Psicológica , Transtornos de Ansiedade , Projeção , Psicanálise , Testes Psicológicos , Psicologia , Psicoterapia , Raiva , Teste de Rorschach , Vergonha , Ajustamento Social , Comportamento Social , Meio Social , Identificação Social , Isolamento Social , Apoio Social , Socialização , Aprendizagem da Esquiva , Sublimação Psicológica , Temperança , Pensamento , Inconsciente Psicológico , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Behaviorismo , Timidez , Adaptação Psicológica , Atitude , Saúde Mental , Eficácia , Avaliação de Resultados em Cuidados de Saúde , Negociação , Competência Mental , Codependência Psicológica , Comunicação , Manifestações Neurocomportamentais , Aconselhamento , Afeto , Vulnerabilidade a Desastres , Autonomia Pessoal , Mecanismos de Defesa , Controle Comportamental , Redução do Dano , Relações Pesquisador-Sujeito , Confiança , Transtornos de Estresse Traumático , Agressão , Dependência Psicológica , Depressão , Diagnóstico , Emoções , Reação de Fuga , Terapia por Exercício , Extroversão Psicológica , Fantasia , Resiliência Psicológica , Medo , Mídia Audiovisual , Autocontrole , Trauma Psicológico , Sistemas de Apoio Psicossocial , Estresse Ocupacional , Neuroticismo , Associação Livre , Frustração , Tristeza , Respeito , Capacidade de Liderança e Governança , Traição , Assistência ao Paciente , Funcionamento Psicossocial , Intervenção Psicossocial , Interação Social , Evitação da Informação , Esforço de Escuta , Terapia Gestalt , Bem-Estar Psicológico , Comportamento de Ajuda , Desenvolvimento Humano , Identificação Psicológica , Crise de Identidade , Individuação , Relações Interpessoais , Entrevista Psicológica , Introversão Psicológica , Liderança , Solidão , Transtornos Mentais , Processos Mentais , Motivação , Negativismo , Transtornos Neuróticos
17.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e245027, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431133

RESUMO

Este artigo versa sobre o processo de desligamento institucional por maioridade de jovens que residem em serviços de acolhimento. Aposta-se em uma política do sensível para visibilizar os encontros e desencontros que acontecem entre as e os jovens e as políticas públicas brasileiras. Para tanto, realizaram-se encontros com jovens que já haviam passado pelo processo de desligamento e com jovens que logo completariam 18 anos e teriam de sair das instituições de acolhimento. Para tornar visíveis essas existências, investiu-se na escrita de biografemas, inspirados na obra de Roland Barthes. Os conceitos de necropolítica e vidas precárias foram fundamentais para compreender as omissões do Estado no momento do desligamento. Verificou-se que o Estado pode maximizar a precariedade de algumas vidas, especialmente daquelas marcadas por características de raça, gênero e classe culturalmente marginalizados. Contudo, é também o encontro com as políticas públicas que garante melhores condições de vida para alguns, facilitando o acesso à universidade e ao mercado de trabalho. A pesquisa aponta que, diante do abandono, as e os jovens se fazem vagalumes, produzindo luminosidades em meio à escuridão e reivindicando o direito à vida.(AU)


This article discusses the process of institutional removal of young people that reside in foster care institutions for reaching adulthood. It relies on a politics of the sensitive to make visible the encounters and mismatches that take place between young people and Brazilian public policies. To do so, meetings were held with young people who had already experienced the removal process and with young people who would soon turn 18 and would have to leave the host institutions. To make these existences visible, this study invested in the writing of biographems, inspired by the works of Roland Barthes. The concepts of necropolitics and precarious lives were fundamental to understand the omissions of the State at the time of removal. It was also found that the State can maximize the precariousness of some lives, especially those marked by culturally marginalized race, gender, and class characteristics. However, it is also the encounter with public policies that ensures better living conditions for some, facilitating access to the university and the labor market. This research points out that, in the face of abandonment, young people become fireflies, producing luminosity amid the darkness and claiming the right to life.(AU)


Este artículo aborda el proceso de desconexión institucional justificado por la edad adulta de los jóvenes que residen en los servicios de acogida. Utilizamos una política sensible para hacer visibles las reuniones y los desajustes que tienen lugar entre los jóvenes y las políticas públicas brasileñas. Con este fin, se celebraron reuniones con los jóvenes que ya habían pasado por el proceso de desconexión institucional y también con los jóvenes que pronto cumplirían los 18 años y tendrían que abandonar las instituciones de acogida. Para hacer visibles estas existencias, se redactaron biografemas, inspirados en el trabajo de Roland Barthes. Los conceptos de necropolítica y vida precaria fueron fundamentales para comprender las omisiones del Estado en el momento de la desconexión. Se encontró que el Estado puede maximizar la precariedad de algunas vidas, principalmente de aquellas marcadas por características de raza, género y clase culturalmente marginadas. Sin embargo, el encuentro con las políticas también puede garantizar mejores condiciones de vida para algunos, facilitándoles el acceso a la universidad y al mercado laboral. Esta investigación señala que, ante el abandono, los jóvenes se convierten en luciérnagas, produciendo luminosidad en medio de la oscuridad y reclamando el derecho a la vida.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Política Pública , Adolescente , Desinstitucionalização , Institucionalização , Orientação , Satisfação Pessoal , Gravidez na Adolescência , Preconceito , Psicologia , Segurança , Autoimagem , Delitos Sexuais , Transtornos do Comportamento Social , Mudança Social , Controle Social Formal , Problemas Sociais , Responsabilidade Social , Apoio Social , Seguridade Social , Fatores Socioeconômicos , Sociologia , Desemprego , Violência , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Trabalho Infantil , Biografias como Assunto , Luto , Custódia da Criança , Adaptação Psicológica , Mobilidade Ocupacional , Instituições de Caridade , Maus-Tratos Infantis , Defesa da Criança e do Adolescente , Criança Institucionalizada , Proteção da Criança , Organizações , Saúde , Saúde Mental , Coleta de Dados , Expectativa de Vida , Mortalidade , Adolescente Institucionalizado , Coerção , Jovens em Situação de Rua , Crime , Direito Penal , Abrigo , Conflitos Armados , Cultura , Assistência de Custódia , Autonomia Pessoal , Obrigações Morais , Poder Público , Morte , Aplicação da Lei , Menores de Idade , Populações Vulneráveis , Violação de Direitos Humanos , Dependência Psicológica , Crescimento e Desenvolvimento , Educação , Empatia , Disciplina no Trabalho , Emprego , Projetos de Investimento Social , Resiliência Psicológica , Bullying , Racismo , Integração Comunitária , Tráfico de Drogas , Ajustamento Emocional , Consumo de Álcool por Menores , Comportamento Criminoso , Segregação Social , Sistemas de Apoio Psicossocial , Fragilidade , Cuidados no Lar de Adoção , Sobrevivência , Reincidência , Liberdade , Autonegligência , Abuso Emocional , Interação Social , Cidadania , Apoio Familiar , Desamparo Aprendido , Homicídio , Direitos Humanos , Renda , Delinquência Juvenil , Imperícia
18.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e248738, 2023. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431135

RESUMO

A recuperação de vítimas de queimaduras é longa e dolorosa e afeta diversas esferas da vida do paciente. A resiliência, que se refere à capacidade humana de enfrentar e se adaptar a eventos adversos, exerce grande importância no processo de recuperação da queimadura. Logo, este trabalho objetiva avaliar a capacidade de resiliência de pacientes queimados, no momento da admissão e da alta hospitalar, em um hospital de emergência e urgência de Goiânia. Trata-se de um estudo descritivo, quantitativo e transversal que utiliza a Escala de Resiliência de Connor-Davidson (CD-RISC) como instrumento de mensuração. Na admissão hospitalar, a média da resiliência foi de 71,35, tendo sido observada uma relação significativa entre o fator Amparo da escala CD-RISC e a presença do(a) companheiro(a). O escore de resiliência encontrado nesta pesquisa é consistente com outros achados da literatura científica internacional e nacional referente à expressão da resiliência em vítimas de queimaduras e outros adoecimentos. A relação entre o fator Amparo e a presença de um(a) companheiro(a) enfatiza a importância da rede de apoio familiar na reabilitação do paciente queimado.(AU)


The recovery of burned patients is long and painful and impacts on different areas of people's lives. Resilience, which refers to the human capacity to face and adapt to adverse events, plays a major role in the process of recovery from burns. Therefore, the present study aims to assess the resilience of burned patients, on admission and hospital discharge, in an emergency and urgency hospital in Goiânia. This is a descriptive, quantitative and cross-sectional study that uses the Connor-Davidson Resilience Scale (CD RISC) as a measuring instrument. At hospital admission, the mean resilience was 71.35, with a significant association between the Support factor on the CD RISC scale and the presence of a partner. The resilience score found in the present study is consistent with other findings in the international and national scientific literature regarding the expression of resilience in victims of burns and other illnesses. The relationship between the Support factor and the presence of a partner emphasizes the importance of the family support network in the rehabilitation of the burned patient.(AU)


La recuperación de los pacientes quemados es larga y dolorosa e impacta en diferentes esferas de la vida de las personas. La resiliencia, que se refiere a la capacidad humana para enfrentar y adaptarse a eventos adversos, juega un papel importante en el proceso de recuperación de las quemaduras. Por tanto, el presente estudio tiene como objetivo evaluar la resiliencia de los pacientes quemados, en el momento del ingreso y el alta, en un hospital de emergencia y urgencia en Goiânia. Se trata de un estudio descriptivo, cuantitativo y transversal que utiliza la Escala de Resiliencia Connor-Davidson (CD RISC) como instrumento de medida. Al ingreso hospitalario, la resiliencia media fue de 71,35, con associación significativa entre el factor Amparo de la escala CD RISC y la presencia de pareja. El puntaje de resiliencia encontrado en el presente estudio es consistente con otros hallazgos en la literatura científica nacional e internacional sobre la expresión de resiliencia en víctimas de quemaduras y otras enfermedades. La relación entre el factor Amparo y la presencia de pareja enfatiza la importancia de la red de apoyo familiar en la rehabilitación del paciente quemado.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Adulto Jovem , Apoio Social , Queimaduras , Resiliência Psicológica , Transtornos de Ansiedade , Dor , Preceptoria , Preconceito , Fenômenos Psicológicos , Psicologia , Sala de Recuperação , Centros de Reabilitação , Segurança , Autoimagem , Pele , Percepção Social , Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos , Suicídio , Cirurgia Geral , Cirurgia Plástica , Tecidos , Banhos , Ferimentos e Lesões , Comportamento , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Cooperação Técnica , Sistema Único de Saúde , Imagem Corporal , Traumatologia , Unidades de Queimados , Queimaduras Químicas , Queimaduras por Corrente Elétrica , Acidentes Domésticos , Acidentes de Trabalho , Acidentes de Trânsito , Resíduos Explosivos , Resíduos Inflamáveis , Saúde Mental , Morbidade , Cicatriz , Enfermagem , Transtorno de Pânico , Readaptação ao Emprego , Estatísticas não Paramétricas , Corpo Humano , Intuição , Senso de Humor e Humor , Hidrogéis , Aconselhamento , Cuidados Críticos , Vulnerabilidade a Desastres , Autonomia Pessoal , Morte , Transtornos de Estresse Traumático Agudo , Depressão , Discriminação Psicológica , Educação , Empatia , Humanização da Assistência , Acolhimento , Ética , Dor Irruptiva , Ativação Metabólica , Aparência Física , Transtornos Relacionados a Trauma e Fatores de Estresse , Trauma Psicológico , Lesões Acidentais , Angústia Psicológica , Comparação Social , Estado Funcional , Autocompaixão , Prevenção de Acidentes , Acessibilidade aos Serviços de Saúde , Comportamento de Ajuda , Homicídio , Amputação Traumática , Hospitalização , Individualidade , Unidades de Terapia Intensiva , Relações Interpessoais , Acontecimentos que Mudam a Vida , Transtornos Mentais , Negativismo , Assistentes de Enfermagem , Cuidados de Enfermagem
19.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e253141, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1440792

RESUMO

A vida universitária de mulheres mães apresenta questões que precisam ser mediadas quando comparadas com a mesma dinâmica em estudantes que não são mães. O referencial teórico da psicodinâmica do trabalho reconhece o estudar e o maternar como trabalho, pois demandam esforço cognitivo, físico e temporal com finalidade social. O objetivo deste artigo foi avaliar os danos advindos desses dois trabalhos, sobretudo, em suas dimensões física, psicológica e social, na vida de mães universitárias com filhos de até cinco anos de idade. Utilizou-se a metodologia quantitativa com ajuda da aplicação da Escala de Avaliação dos Danos Relacionados ao Trabalho (EADRT), e adaptada para o contexto estudantil e materno. A pesquisa foi respondida por 453 mães universitárias. Dessa forma, foi encontrada uma amostra heterogênea, cujas respostas apontaram para diferenças na percepção dos danos; correlações dos fatores; e associações com as variáveis sociodemográficas. Logo, discute-se a presença de danos físicos, sociais e psicológicos considerados graves para as duas atividades. No entanto, quando as mães universitárias residem com um companheiro ou têm maior renda, os danos sociais e psicológicos se mostraram menores. Com efeito, esta pesquisa ampliou o conhecimento sobre quem são as mães brasileiras na graduação e que tipo/grau de danos à saúde elas vivenciam, destacando que o acúmulo dos dois papéis acarreta níveis críticos que podem ser atenuados pelo apoio familiar e pela assistência às questões de vulnerabilidade econômica. Por fim, reforça-se a preocupação em analisar cientificamente essas realidades, servindo de embasamento para políticas públicas e estratégias futuras de intervenção.(AU)


The student life of college mothers shows complementary issues that need to be evaluated when compared with the same dynamic in students that are not mothers. The theoretical framework of the psychodynamics of work recognizes studying and mothering occupations as work activities, since they demand cognitive, physical, and temporal effort with a social purpose. The aim of this article was to assess the damage arising from these two workloads, especially, in their physical, psychological, and social dimensions, to the lives of women undergraduate students who have children up to five years old. We used a quantitative methodology with the application of the Work-Related Damage Assessment Scale (EADRT), adapted to the university and maternity context. The scale was answered by 453 college student mothers. Thus, we found a heterogeneous sample, whose answers pointed to variations in the perception of damage; correlations between factors; and connections with the socio demographic variables. Therefore, we discuss the presence of physical, social, and psychological damages considered severe for both activities. However, when the student mothers live with a partner or have a higher income, the social and psychological damage are lesser. In conclusion, this study expanded the knowledge about who are the Brazilian undergraduate student mothers and the type/degree of damages to their health they experienced, highlighting that the build-up of the two roles leads to critical levels that can be mitigated by family support and by assistance to issues concerning economic vulnerability. Finally, the importance to scientifically analyze these realities, serving as foundation for public policies and future intervention strategies, is reinforced.(AU)


La vida universitaria de madres tienen demandas diferentes que necesitan discusión en la comparación con la vida universitaria de mujeres que no son madres. El marco teórico de la psicodinámica de trabajo reconoce el papel de madre y de estudiante como trabajos, ya que para hacerlos se requiere esfuerzo cognitivo, físico y temporal, con finalidad social. El objetivo de este estudio es avaliar los daños que acompañan estos dos trabajos en sus dimensiones física, psicológica y social, en la vida de mujeres brasileñas estudiantes de grado que tienen hijos de hasta 5 años de edad. Se utilizó la metodología cuantitativa a partir de la aplicación de la Escala de Evaluación de Daños Relacionados al Trabajo (EADRT), adaptada al contexto estudiantil y de maternidad. La encuesta fue respondida por 453 madres universitarias. Como resultado, se encontró una muestra heterogénea, con diferencias entre la percepción de daños, correlaciones entre los factores y asociaciones entre los daños y variables sociodemográficas. Se discute la presencia de daños físicos, sociales y psicológicos considerados graves para los dos papeles. Sin embargo, cuando las madres universitarias viven con un compañero o tienen ingresos más grandes, los daños sociales y psicológicos son menores. Se concluye que este estudio permitió ampliar el conocimiento acerca de las madres brasileñas en el grado y qué tipo/nivel de los daños a la salud tienen, que destaca que la acumulación de los papeles genera niveles críticos que pueden ser mitigados por el apoyo familiar y asistencia en cuestiones de vulnerabilidad económica. Se destaca la preocupación por analizar científicamente las realidades de madres universitarias, sirviendo de base para políticas públicas y estrategias de intervenciones futuras.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Adulto Jovem , Trabalho , Avaliação de Danos , Mães , Ansiedade , Relações Pais-Filho , Pobreza , Preconceito , Psicologia , Psicologia Social , Qualidade de Vida , Ensino de Recuperação , Sono , Transtornos do Sono-Vigília , Comportamento Social , Mudança Social , Responsabilidade Social , Ciências Sociais , Apoio Social , Socialização , Fatores Socioeconômicos , Evasão Escolar , Direitos da Mulher , Comportamento , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Inclusão Escolar , Aleitamento Materno , Gravidez , Adaptação Psicológica , Pais Solteiros , Casamento , Educação Infantil , Características da Família , Indicadores de Qualidade de Vida , Responsabilidade Legal , Licença Parental , Estado Civil , Aprendizagem Baseada em Problemas , Feminismo , Compensação e Reparação , Tontura , Sonhos , Escolaridade , Emoções , Docentes , Medo , Comportamento Alimentar , Discriminação Social , Marginalização Social , Capital Social , Ajustamento Emocional , Sistemas de Apoio Psicossocial , Equilíbrio Trabalho-Vida , Testes de Memória e Aprendizagem , Ativismo Político , Divisão do Trabalho Baseada no Gênero , Esgotamento Psicológico , Status Econômico , Tristeza , Angústia Psicológica , Inclusão Social , Fatores Econômicos , Fatores Sociodemográficos , Cidadania , Apoio Familiar , Bem-Estar Psicológico , Culpa , Habitação , Direitos Humanos , Acontecimentos que Mudam a Vida , Amor , Relações Mãe-Filho , Motivação
20.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e254483, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1440795

RESUMO

Compreender as estratégias de resolução de conflitos utilizadas por adolescentes na relação com seus pais é fundamental para entender como ocorre seu desenvolvimento saudável. Este artigo investigou a resolução de conflitos de adolescentes em situações de confronto entre o seu domínio pessoal e o controle parental. 36 adolescentes com idades entre 15 e 17 anos, divididos igualmente conforme o sexo, responderam a uma entrevista semiestruturada, que continha quatro situações de conflito hipotéticas. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo semântica e a testes não paramétricos. Os resultados foram categorizados em sete estratégias: Assunção de culpa, Submissão, Mentira, Hostilidade, Diálogo/Explicação, Negociação e Outra. A forma predominante de resolução utilizada foi o Diálogo/Explicação, considerada como uma forma recorrente de defender o domínio pessoal. Foram encontradas diferenças em relação ao sexo dos participantes e à situação hipotética. Por fim, os resultados são discutidos em termos de grau de autonomia e tipo de defesa do domínio pessoal.(AU)


Understanding the conflict resolution strategies used by adolescents in their relationship with their parents is fundamental to understanding how their healthy development occurs. This article investigated the resolution of conflicts by adolescents in confrontation situations between their personal domain and parental control. A total of 36 adolescents, aged 15 to 17 years, divided equally according to sex, answered a semi-structured interview that contained four hypothetical conflict situations. Data were subjected to semantic content analysis and non-parametric tests. The results were categorized into seven strategies: Assumption of Guilt, Submission, Lie, Hostility, Dialogue/Explanation, Negotiation, and Other. The predominant form of resolution used was Dialogue/Explanation, considered a recurrent form of defense of the personal domain. Differences were found depending on the participants' gender and the hypothetical situation. Finally, the results are discussed regarding the degree of autonomy and type of defense of the personal domain.(AU)


Enterarse de las estrategias de resolución de conflictos que los adolescentes utilizan en la relación con sus padres es fundamental para comprender cómo ocurre el desarrollo saludable de los adolescentes. A partir de una entrevista semiestructurada, presentamos cuatro situaciones hipotéticas de conflicto que fueron analizadas y respondidas por 36 adolescentes de entre 15 y 17 años, divididos según el género. Los datos se sometieron a un análisis de contenido semántico y a pruebas no paramétricas. Los resultados se categorizaron en siete estrategias de resolución de conflictos: Asunción de culpa, Sumisión, Mentira, Hostilidad, Diálogo/Explicación, Negociación y Otros. La forma de resolución más utilizada fue Diálogo/Explicación, y esta categoría fue una forma de defensa del dominio personal. Asimismo, se encontraron diferencias en función del género de los participantes y conforme la situación hipotética. Los resultados se discuten en términos de grado de autonomía y tipo de defensa del dominio personal.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adolescente , Negociação , Conflito Familiar , Ansiedade , Orientação , Relações Pais-Filho , Satisfação Pessoal , Personalidade , Desenvolvimento da Personalidade , Atenção Primária à Saúde , Psicologia , Psicologia Social , Desenvolvimento Psicossexual , Psicoterapia , Política Pública , Qualidade de Vida , Papel (figurativo) , Sexo , Autoritarismo , Transtornos do Comportamento Social , Mudança Social , Predomínio Social , Meio Social , Socialização , Estereotipagem , Estresse Psicológico , Aprendizagem da Esquiva , Tabu , Temperamento , Temperança , Violência , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Escolha da Profissão , Atitude , Defesa da Criança e do Adolescente , Proteção da Criança , Comportamento de Escolha , Saúde Mental , Puberdade , Comportamento do Adolescente , Poder Familiar , Relação entre Gerações , Codependência Psicológica , Entrevista , Comunicação , Assistência Integral à Saúde , Privacidade , Adulto , Sexualidade , Transtorno da Conduta , Retroalimentação Psicológica , Revelação , Comportamento Perigoso , Ética Baseada em Princípios , Tomada de Decisões , Redução do Dano , Desenvolvimento Moral , Dissidências e Disputas , Confiança , Amigos , Desenvolvimento do Adolescente , Desenvolvimento Sexual , Dominação-Subordinação , Educação , Escolaridade , Ego , Emoções , Reação de Fuga , Medo , Inteligência Emocional , Senso de Coerência , Perdão , Fatores de Proteção , Normas Sociais , Ajustamento Emocional , Consumo de Álcool por Menores , Influência dos Pares , Tratamento Conservador , Perfeccionismo , Uso do Telefone Celular , Incivilidade , Autogestão , Etnocentrismo , Liberdade , Frustração , Angústia Psicológica , Integração Social , Empoderamento , Modelo Transteórico , Desinformação , Coesão Social , Cidadania , Terapia Gestalt , Apoio Familiar , Bem-Estar Psicológico , Culpa , Felicidade , Hormônios , Hostilidade , Desenvolvimento Humano , Direitos Humanos , Crise de Identidade , Individuação , Delinquência Juvenil , Ira , Atividades de Lazer , Acontecimentos que Mudam a Vida , Solidão , Amor , Enganação , Princípios Morais , Narcisismo , Apego ao Objeto
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...