Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 429
Filtrar
2.
Med. infant ; 30(4): 346-357, Diciembre 2023. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS, UNISALUD, BINACIS | ID: biblio-1524214

RESUMO

La Atención farmacéutica (AF) ayuda a los pacientes a alcanzar objetivos terapéuticos reduciendo los problemas relacionados al medicamento (PRM). Objetivos: analizar los PRM en la práctica de la AF a pacientes con inmunodeficiencia adquirida (IDA) y/o tuberculosis (TBC) y evaluar su impacto. Método: estudio, descriptivo, observacional, en el área ambulatoria de Farmacia. Se incluyeron pacientes con IDA y/o TBC con: inicio de tratamiento, polifarmacia, reinternaciones frecuentes, regular/mala adherencia, reacciones adversas a medicamentos (RAM) previas y/o comorbilidades. Se entrevistaron pacientes o cuidadores y se registraron PRM, errores, grados de adherencia y conocimiento farmacoterapéutico, retiro oportuno de medicamentos y parámetros clínicos. Se registró la intervención farmacéutica y entregó material educativo. Se repitieron las mediciones en una segunda entrevista. Resultados: Se estudiaron 54 pacientes (28 con IDA y 26 con TBC). Se realizaron 93 intervenciones (29.9% dirigidas al prescriptor, 27.8% a otros profesionales) y se detectaron 8 RAM y 53 errores (28 IDA y 25 TBC), el principal PRM fue la mala/regular adherencia con bajo porcentaje de conocimiento farmacoterapéutico completo. Después de la AF, en IDA el grado de adherencia tuvo una mejora estadísticamente significativa (p= 0.012), también fue significativa la mejora en el retiro oportuno de la medicación (28.6% a 71.4% p=0.005 IDA). Se obtuvieron resultados favorables de carga viral (CV) en 72% pacientes con IDA y aumento de peso en 92% pacientes con TBC, aunque no fueron estadísticamente significativos. Conclusiones: mediante AF se mejoró la adherencia y la comunicación en pacientes pediátricos con IDA y/o TBC (AU)


Pharmacovigilance (PV) helps patients achieve therapeutic goals by reducing drug-related problems (DRP). Objectives: to analyze DRPs in the practice of PV in patients with acquired immunodeficiency (AIDS) and/or tuberculosis (TB) and to evaluate its impact. Methods: A descriptive, observational study was conducted in the outpatient pharmacy area. Patients with AIDS and/or TB with: treatment initiation, polypharmacy, frequent readmissions, regular/poor adherence, previous adverse drug reactions (ADR) and/or comorbidities were included. Patients or caregivers were interviewed, and DRP, errors, adherence and pharmacotherapeutic knowledge, timely drug withdrawal, and clinical parameters were recorded. The pharmaceutical intervention was recorded and educational material was delivered. Measurements were repeated in a second interview. Results: We studied 54 patients (28 with AIDS and 26 with TB). Ninety-three interventions were performed (29.9% addressed to the drug prescriber, 27.8% to other professionals) and 8 ADRs and 53 errors were detected (28 AIDS and 25 TB). The main DRP was poor/regular adherence together with a low level of complete pharmacotherapeutic knowledge. After PV, in patients with AIDS the degree of adherence statistically significantly improved (p= 0.012). The improvement in timely medication withdrawal was also significant (28.6% vs. 71.4% p=0.005 AID). Favorable viral load results were obtained in 72% of patients with AIDS and weight gain in 92% of patients with TB, although they were not statistically significant. Conclusions: PV improved adherence and communication in pediatric patients with AIDS and/or TB (AU)


Assuntos
Humanos , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Ambulatório Hospitalar , Tuberculose/tratamento farmacológico , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/tratamento farmacológico , Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos , Farmacovigilância , Cooperação e Adesão ao Tratamento , Hospitais Pediátricos , Erros de Medicação , Epidemiologia Descritiva , Entrevista
3.
RECIIS (Online) ; 17(3): 682-695, jul.-set. 2023.
Artigo em Português | LILACS, Coleciona SUS | ID: biblio-1517774

RESUMO

Em entrevista à Reciis, a médica sanitarista Lucia Souto conta como seu trabalho em medicina comunitária a motivou à pesquisa científica, a fim de compreender as desigualdades que persistem no Brasil. Atuante em diversos movimentos populares e conferências nacionais voltadas à área da saúde, a pesquisadora faz um panorama sobre a trajetória das conferências nacionais de saúde, particularmente da 8ª à 17ª, realizada neste ano de 2023. Considera que houve um aumento da participação popular na garantia do direito à saúde. A sanitarista afirma que uma sociedade democrática não pode existir sem uma popularização radical dos meios de comunicação e informação, nos quais se manifeste uma pluralidade de vozes e uma ecologia dos saberes. Lucia Souto é chefe da Assessoria de Participação Social e Diversidade do Ministério da Saúde


In an interview with Reciis, public health physician Lucia Souto tells how her work in community medicine motivated her to pursue scientific research to understand the persistent Brazilian inequalities. Active in several popular movements and national conferences focused on health, the researcher provides an overview of the trajectory of national health conferences, particularly from the 8th to the 17th held this year (2023). She considers that there has been an increased popular participation in the guarantee of the right to health. The public health expert states that a democratic society cannot exist without a radical popularization of the means of communication and information, in which a plurality of voices and an ecology of knowledge are manifested. Lucia Souto is head of the Social Participation and Diversity Advisory Office at the Ministry of Health


En una entrevista con Reciis, la médica sanitarista Lucia Souto cuenta cómo su trabajo en medicina comunitaria la motivó a realizar investigaciones científicas para comprender las persistentes desigualdades brasileñas. Activa en varios movimientos populares y congresos nacionales centrados en la salud, la investigadora ofrece un panorama de la trayectoria de los congresos nacionales de salud, en particular del 8° al 17° celebrado este año (2023). Considera que ha habido una mayor participación popular en la garantía del derecho a la salud. El experto en salud pública afirma que no puede existir una sociedad democrática sin una popularización radical de los medios de comunicación e información, en la que se manifiesten una pluralidad de voces y una ecología de conocimientos. Lucia Souto es jefa de la Asesoría de Participación Social y Diversidad del Ministerio de Salud


Assuntos
Humanos , Fatores Socioeconômicos , Entrevista , Pesquisadores , Serviços de Saúde Escolar , Direito Sanitário
4.
Psicol. teor. prát ; 25(3): 15159, 10 jul. 2023.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1451184

RESUMO

From a critical perspective that considers the social involvement of emotions and ways of subjectivation, this article aims to explore the experiences of women who had endured physical violence in an intimate relationship. Specifically, the focus is on how the feelings, effects and emotions were configured and manifested in the process of entering, maintaining, and leaving a violent heterosexual relationship. A multiple case study was carried out through interviews with five women. The material was transcribed and initially analyzed by two researchers separately. Next, the cases were debated seeking their singularities and similarities, considering an analysis through gender dispositifs. In the discussion developed in this article, observations on the following topics were addressed: 1) Narcissistic satisfaction of being chosen and special; 2) Forms of violence; 3) Mobilized Effects; 4) "The love of my life": the idealization of romantic love; and 5) The decentering of romantic love and the entry of the "third party": possible ways out.


Sob uma perspectiva crítica que considera as emoções e os caminhos de subjetivação como socialmente implicados, o presente artigo teve por objetivo investigar os sentimentos, afetos e emoções vivenciados por mulheres que sofreram violência física em relacionamento íntimo, como eles se configuram e se ma-nifestam na inserção, manutenção e saída de um relacionamento violento heterossexual. Foi realizado um estudo de casos múltiplos por meio de entrevistas com cinco mulheres. O material foi transcrito e anali-sado por duas pesquisadoras, primeiramente de forma separada. Depois, em conjunto, os casos foram debatidos buscando suas singularidades e semelhanças, levando-se em conta uma análise por meio dos dispositivos de gênero. Na discussão desenvolvida neste artigo, foram abordadas observações sobre os seguintes temas: 1) Satisfação narcísica de ser escolhida e especial; 2) Formas de violência; 3) Afetos Mo-bilizados; 4) "O amor da minha vida": idealização do amor romântico; e 5) O descentramento do amor romântico e a entrada do "terceiro": possíveis vias de saída.


Partiendo de una perspectiva crítica que considera las emociones y formas de subjetivación como social-mente involucradas, el presente artículo tuvo como objetivo investigar los sentimientos, afectos y emo-ciones vividas por mujeres que han sufrido violencia física en una relación íntima, cómo se configuran y manifiestan en el ingreso, mantener y salir de una relación heterosexual violenta. Se realizó un estudio de caso múltiple a través de entrevistas a cinco mujeres. El material fue transcrito y analizado por dos inves-tigadores, primero por separado. Luego, en conjunto, se debatieron los casos buscando sus singularidades y similitudes, teniendo en cuenta un análisis a través de dispositivos de género. En la discusión desarrollada en este artículo, se abordaron observaciones sobre los siguientes temas: 1) La satisfacción narcisista de ser elegido y especial; 2) Formas de violencia; 3) Afecciones Movilizadas; 4) "El amor de mi vida": idealización del amor romántico; y 5) El descentramiento del amor romántico y la entrada del "tercero": salidas posibles.


Assuntos
Humanos , Feminino , Violência contra a Mulher , Entrevista , Violência Doméstica , Emoções , Relações Familiares , Violência por Parceiro Íntimo
5.
Memorandum ; 40: [1-20], mar. 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1527302

RESUMO

Na Psicologia, a centralidade da escuta se apresenta como uma questão epistemológica e prática, sendo discutida no âmbito da psicologia fenomenológica e, enquanto escuta suspensiva, como dispositivo que dispara e desenvolve a entrevista como sua chave operativa. Trata-se de uma articulação teórica na perspectiva da fenomenologia clássica de Edmund Husserl, que exige considerara esfera transcendental e a antropologia resultante das reduções intersubjetivas realizadas pelo fundador da fenomenologia. Para a Psicologia, explicita a relação inerente entre pessoa e cultura, tema que coloca em questão os objetos e o modo de fazer pesquisa empírico-fenomenológica, bem como consequências para a clínica. Os resultados equivalem a uma sequência de análises fenomenológicas, partindo das análises preliminares da entrevista e da escuta, em seus momentos hiléticos e noéticos. A escuta suspensiva é operada como encontro de horizontes de expectativa, indicando sua complexidade e especificidades de sua execução.


The centrality of listening to Psychology is presented as an epistemological and practical issue, being discussed within the scope of phenomenological psycho-logy and, as suspensive listening, as an operational device that, like a key, triggers and develops the interview. It is a theoretical articulation from the perspective of classical phenomenology by Edmund Husserl, which demands considering the transcendental sphere and the anthropology resulting from the intersubjective reductions carried out by the founder of phenomenology. For Psychology, it explains the inherent relationship between person and culture, a theme that puts objects in question and the way of doing empirical-phenomenological re-search, as well as consequences for the clinical psychology. The results are equivalent to a sequence of phenomenological analyses, starting with the preliminary analyses of the interview and listening, in its hiletic and noetic moments. Suspensive listening is operated as a meeting of horizons of expectation, indicating its complexity and specificities of its execution.


Assuntos
Entrevista
6.
Psicol. teor. prát ; 25(2): 15398, 23/02/2023.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: biblio-1436612

RESUMO

Com o objetivo de investigar os efeitos das medidas de restrição da pandemia de COVID-19 na saúde física e mental, nove mulheres adultas participaram de entrevistas individuais, em profundidade, virtuais, a partir de roteiro semiestruturado. A análise de conteúdo das entrevistas gerou cinco núcleos temáticos: 1) Sensações, emoções e reações intensificadas, retratando sentimentos e emoções decorrentes da pandemia; 2) Mudança de rotina no trabalho: home office, abordando a transição do trabalho presencial para o trabalho remoto em casa; 3) Intensificando relações, evidenciando os efeitos nas relações familiares 4) Comer emocional, comer saudável, apontando a reorganização nas formas de comer e 5) Enfrentamento à pandemia, quando são indicadas as principais estratégias adotadas. A necessidade de reorganização abrupta da realidade, o medo de contaminação e adoecimento e a imprevisibilidade do fim da pandemia impactou a saúde psicológica das participantes. O exercício físico se revelou como importante estratégia de manutenção da saúde mental.


Aiming to investigate the effects of COVID-19 pandemic restriction measures on physical and mental health nine adult women were interviewed individually, in remote format, following a semi-structured script, which aimed to gather an in depth view of their thoughts. The content analysis of the interviews resulted in five thematic nuclei: 1) Intensified sensations, emotions, and reactions, portraying emotions resulting from the pandemic; 2) Change of work routine: home office, addressing the transition from face-to-face work to remote work at home; 3) Intensifying relationships, highlighting the effects on family relationships; 4) Emotional eating, healthy eating, evidencing the reorganization of the foodways; and 5) Dealing with the pandemic, when strategies adopted were reported. The need for an abrupt reorganization of reality, the fear of contamination and illness, and the unpredictability of the end of the pandemic impacted the participants' psychological health. Physical exercise proved to be an important strategy for maintaining mental health.


Con el objetivo de investigar los efectos de medidas de restricción de la pandemia de COVID-19 en la salud física y mental, nueve mujeres adultas participaron de entrevistas semiestructuradas, en profundidad. Del análisis de contenido, surgieron cinco núcleos temáticos: 1) Sensaciones, emociones y reacciones intensificadas, retratando sentimientos y emociones productos de la pandemia; 2) Cambio de rutina laboral: oficina en casa, abordando la transición del trabajo presencial para home office ; 3) Intensificando las relaciones, destacando el impacto en las relaciones familiares; 4) Comer emocional, comer sano, señalando la reorganización en las maneras de comer y 5) Hacer frente a la pandemia, cuando informan las estrategias adoptadas. La necesidad de una reorganización abrupta de la realidad, el miedo a la contaminación y la enfermedad, y la imprevisibilidad del fin de la pandemia impactaron la salud psicológica de las participantes. El ejercicio físico resultó ser una estrategia importante para mantener la salud mental.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Isolamento Social , Saúde Mental , Comportamento Alimentar , COVID-19 , Mulheres , Trabalho , Exercício Físico , Entrevista , Relações Interpessoais
7.
Memorandum ; 40(2023): 1-20, 07/02/2023.
Artigo em Português | Index Psicologia - Periódicos | ID: psi-72569

RESUMO

Na Psicologia, a centralidade da escuta se apresenta como uma questão epistemológica e prática, sendo discutida no âmbito da psicologia fenomenológica e, enquanto escuta suspensiva, como dispositivo que dispara e desenvolve a entrevista como sua chave operativa. Trata-se de uma articulação teórica na perspectiva da fenomenologia clássica de Edmund Husserl, que exige considerara esfera transcendental e a antropologia resultante das reduções intersubjetivas realizadas pelo fundador da fenomenologia. Para a Psicologia, explicita a relação inerente entre pessoa e cultura, tema que coloca em questão os objetos e o modo de fazer pesquisa empírico-fenomenológica, bem como consequências para a clínica. Os resultados equivalem a uma sequência de análises fenomenológicas, partindo das análises preliminares da entrevista e da escuta, em seus momentos hiléticos e noéticos. A escuta suspensiva é operada como encontro de horizontes de expectativa, indicando sua complexidade e especificidades de sua execução. (AU)


The centrality of listening to Psychology is presented as an epistemological and practical issue, being discussed within the scope of phenomenological psycho-logy and, as suspensive listening, as an operational device that, like a key, triggers and develops the interview. It is a theoretical articulation from the perspective of classical phenomenology by Edmund Husserl, which demands considering the transcendental sphere and the anthropology resulting from the intersubjective reductions carried out by the founder of phenomenology. For Psychology, it explains the inherent relationship between person and culture, a theme that puts objects in question and the way of doing empirical-phenomenological re-search, as well as consequences for the clinical psychology. The results are equivalent to a sequence of phenomenological analyses, starting with the preliminary analyses of the interview and listening, in its hiletic and noetic moments. Suspensive listening is operated as a meeting of horizons of expectation, indicating its complexity and specificities of its execution. (AU)


Assuntos
Psicologia , Entrevista
8.
REME rev. min. enferm ; 27: 1508, jan.-2023.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1526585

RESUMO

Objetivo: compreender as percepções maternas acerca do diagnóstico de Síndrome de Down (SD) de seus filhos quando crianças. Método: estudo exploratório-descritivo com abordagem qualitativa realizado com 9 mães de crianças com SD em um hospital público de nível terciário no município de São Paulo. A coleta dos dados ocorreu por meio de entrevistas individuais e semiestruturadas, guiadas por roteiro de tópicos. Os dados foram analisados por meio da análise temática de conteúdo e à luz dos princípios de ancoragem e objetivação da Teoria das Representações Sociais. Resultados: Os dados foram analisados e emergiram duas categorias principais: 1) as percepções maternas em relação à comunicação do diagnóstico de SD do filho; e 2) as percepções maternas acerca do impacto do diagnóstico de SD do filho, com subcategorias interligadas. Conclusão: constatou-se manejo predominantemente inadequado dos profissionais ao comunicarem o diagnóstico de SD, o que potencializou as reações emocionais de sofrimento, que não se restringiram ao momento da notícia. As reações podem ser amenizadas ou potencializadas com a vivência da maternagem e com interações familiares, sociais e com profissionais de saúde.(AU)


Objective: to understand maternal perceptions about the diagnosis of Down Syndrome (DS) of their children as children. Method: Exploratory-descriptive study with a qualitative approach carried out with 9 mothers of children with DS in a tertiary public hospital in the city of São Paulo. Data collection took place through individual and semi-structured interviews, guided by a script of topics. Data were analyzed using thematic content analysis and considering the principles of anchoring and objectification of the Theory of Social Representations. Results: data were analyzed, and two main categories emerged: 1) maternal perceptions regarding communication of the child's DS diagnosis; and 2) maternal perceptions about the impact of the child's DS diagnosis, with interconnected subcategories. Conclusion: There was predominantly inadequate management by professionals when communicating the diagnosis of DS, which potentiated the emotional reactions of suffering, which were not restricted to the moment of the news. Reactions can be mitigated or enhanced with the experience of motherhood and with family and social interactions and with health professionals.(AU)


Objetivo: comprender las percepciones maternas sobre el diagnóstico del niño con Síndrome de Down (SD). Método: estudio exploratorio-descriptivo con enfoque cualitativo, realizado con madres de niños con SD, en un hospital público de tercer nivel, en el municipio de São Paulo. La recolección se realizó a través de entrevistas individuales y semiestructuradas, regidas por un guión de temas. Los datos fueron analizados mediante análisis temático de contenido y a la luz de los principios de anclaje y objetivación de la Teoría de las Representaciones Sociales. Resultados: participaron 9 madres de niños con SD. Los datos se analizaron y surgieron dos categorías principales: 1) Percepciones maternas sobre la comunicación del diagnóstico de SD del hijo, y 2) Percepciones maternas sobre el impacto del diagnóstico de SD del hijo, con subcategorías interconectadas. Conclusión: se constató manejo predominantemente inadecuado de los profesionales en la comunicación del diagnóstico de SD, lo que potenció las reacciones emocionales de sufrimiento, que no se restringieron al momento de la noticia. Las reacciones se pueden mitigar o mejorar con la experiencia de la maternidad, las interacciones con los miembros de la familia, los profesionales de la salud y sociales.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Síndrome de Down/diagnóstico , Relações Mãe-Filho , Síndrome de Down/enfermagem , Entrevista , Pesquisa Qualitativa , Comportamento Materno/psicologia
9.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e246686, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422401

RESUMO

A pesquisa teve como objetivo geral analisar a atividade e o ofício dos mototaxistas de Sobral, Ceará. O objetivo específico foi compreender: a) a atividade exercida e o conceito de real da atividade; b) as prescrições; c) as regras informais; e d) as relações profissionais. A investigação adotou o referencial teórico da Clínica da Atividade, e participaram oito mototaxistas. Inspiradas no método da Instrução ao Sósia, foram realizadas e gravadas entrevistas semiestruturadas. Seu áudio foi transcrito e o conteúdo passou por análise construtivo-interpretativa. Os resultados mostraram que a atividade era regulamentada pela prefeitura e dependia da manutenção dos instrumentos utilizados. O expediente era organizado por uma regra do coletivo de trabalho relacionada ao horário de funcionamento de escolas e universidades. A busca por passageiros variava, sendo possível ficar em pontos fixos ou circular pela cidade. As condições ambientais demandavam cuidados como o uso de protetor solar e hidratação. A autonomia da profissão permitia organizar o próprio expediente e o ganho mensal. Entretanto, houve queixas relativas à falta de direitos previdenciários e ao fato de que a flexibilidade geraria uma sobrecarga de trabalho que poderia trazer prejuízos à saúde. Riscos foram identificados em acidentes de trânsito e violência urbana. Os relatos acerca das relações com os colegas mostraram um ambiente amistoso, e as relações com os passageiros eram definidas por cada situação, abrangendo desde interações objetivas até conversas pessoais.(AU)


The research had as general objective to analyze the activity and the work of motorcycle taxi drivers in Sobral, Ceará. Specific objectives were to understand: (a) the activity performed and the real of activity; (b) the prescriptions; (c) informal rules and (d) professional relationships. The investigation adopted the theoretical framework of the Clinic of Activity. Eight motorcycle taxi drivers participated in the investigation. Inspired by the instruction to the double method, semi-structured interviews were conducted. The audio of the interviews was transcribed and underwent constructive-interpretive analysis. The results showed that the activity was regulated by the city and depended on the maintenance of the instruments used. The working hours were organized by a collective labor rule related to the opening hours of schools and universities. The looking-for for passengers also varied: it was possible to stay at fixed points or move around the city. Environmental conditions required care such as the use of sunscreen and hydration. The profession's autonomy made it possible to organize its own hours and monthly earnings. However, there were complaints regarding the lack of social security rights and that flexibility would create an overload of work that could harm health. Risks have been identified in traffic accidents and urban violence. Reports about relationships with colleagues showed a friendly atmosphere. Relations with passengers were defined by each situation, ranging from objective interactions to personal conversations.(AU)


La investigación tuvo como objetivo general analizar la actividad y el trabajo de los mototaxis en Sobral, Ceará. Los objetivos específicos eran comprender: (a) la actividad realizada y la real de la actividad; (b) las prescripciones; (c) reglas informales y (d) relaciones profesionales. La investigación adoptó el marco teórico de la Clínica de Actividad. En la investigación participaron ocho mototaxis. Inspirándose en el método de instrucción al doble, se realizaron entrevistas semiestructuradas. El audio de las entrevistas fue transcrito y sometido a un análisis constructivo-interpretativo. Los resultados mostraron que la actividad estaba regulada por la prefectura municipal y dependía del mantenimiento de los instrumentos utilizados. Los horarios de trabajo fueron organizados por una norma laboral colectiva relacionada con los horarios de apertura de escuelas y universidades. La búsqueda de pasajeros también variaba: era posible permanecer en puntos fijos o moverse por la ciudad. Las condiciones ambientales requerían cuidados como el uso de protector solar e hidratación. La autonomía de la profesión permitió organizar sus propias horas y ganancias mensuales. Sin embargo, hubo quejas sobre la falta de derechos de seguridad social y que la flexibilidad crearía una sobrecarga de trabajo que podría dañar la salud. Se han identificado riesgos en accidentes de tráfico y violencia urbana. Los informes sobre las relaciones con los colegas mostraron un ambiente agradable. Las relaciones con los pasajeros se definieron por cada situación, desde interacciones objetivas hasta conversaciones personales.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Psicopatologia , Motocicletas , Ofícios , Atividade Motora , Psicologia , Política Pública , Qualidade de Vida , Segurança , Salários e Benefícios , Autocuidado , Neoplasias Cutâneas , Sono , Problemas Sociais , Sociologia , Protetores Solares , Tecnologia , Roubo , Urbanização , Violência , Jornada de Trabalho , Esgotamento Profissional , Exercício Físico , Acidentes , Organizações , Doença , Direitos Civis , Entrevista , Eficiência Organizacional , Vulnerabilidade a Desastres , Autonomia Pessoal , Capitalismo , Comportamento Perigoso , Morte , Internacionalidade , Economia , Emprego , Fiscalização Sanitária , Setor Informal , Estresse Ocupacional , Liberdade , Frustração , Exaustão por Calor , Hipertensão , Satisfação no Emprego , Sindicatos , Atividades de Lazer , Obesidade
10.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e250301, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422415

RESUMO

Documentos normativos determinam que serviços de Proteção Social Especial (PSE) do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) devem oferecer atendimento psicossocial às(aos) usuárias(os). No entanto, não especificam que atendimento é esse, que tipo de atividades ele inclui, porque ele caracteriza principalmente serviços da PSE ou o que o diferencia das outras atividades desenvolvidas pelas equipes desses serviços. Diante disso, neste artigo, buscamos responder às seguintes questões: como profissionais que atuam nas equipes técnicas ou na gestão de serviços de proteção social especial do município de São Paulo compreendem a noção de "atendimento psicossocial"? E como essa noção é convertida em práticas concretas de intervenção? Para respondê-las, realizamos uma pesquisa bibliográfica e documental, bem como fizemos 10 entrevistas semiestruturadas com profissionais da PSE. As entrevistas e documentos analisados indicam a polissemia da expressão atendimento psicossocial. Ora ela refere-se a determinadas práticas ou ações que fazem parte do cotidiano dos serviços do SUAS; ora a um aspecto ou uma visão que norteia o trabalho. Indicam, ainda, que tal forma de atendimento é caracterizada, entre outras coisas, por sua interdisciplinaridade, pela importância que dá ao contexto e ao território e por não ser equivalente à clínica psicoterápica tradicional.(AU)


Regulatory documents determine that Special Social Protection (PSE) services of the Unified Social Assistance System (SUAS) must offer psychosocial support to its users. However, they do not specify which support, what type of activities it includes, why it mainly characterizes PSE services or what differentiates it from other activities developed by teams in these services. Given this, in this article, we seek to answer the following questions: how do professionals working in the technical teams or in the management of special social protection services in the municipality of São Paulo understand the notion of "psychosocial support"? And how is this notion converted into concrete intervention practices? To answer them, we conducted a bibliographic and documentary research, as well as 10 semi-structured interviews with professionals from PSE services. The interviews and documents analyzed indicate the polysemy of the expression psychosocial support. At times, it refers to certain practices or actions that are part of the daily routine of SUAS services; at other times, it refers to an aspect or vision that guides the work. They also indicate that this form of support is characterized, among other things, by its interdisciplinary nature, by the importance given to context and territory and by not being equivalent to the traditional psychotherapeutic clinic.(AU)


Los documentos normativos determinan que los servicios de Protección Social Especial (PSE) del Sistema Único de Asistencia Social (SUAS) deben ofrecer atención psicosocial a los usuarios. Sin embargo, no especifican en qué consiste esta atención, qué tipo de actividades incluye, por qué caracteriza principalmente a los servicios de PSE o qué lo diferencia de otras actividades desarrolladas por los equipos de estos servicios. Teniendo esto en cuenta, en este artículo buscamos responder a las siguientes preguntas: ¿Qué piensan sobre la noción de "atención psicosocial" los profesionales que trabajan en los equipos técnicos o en la gestión de los servicios de protección social especial en el municipio de São Paulo? ¿Y cómo convierten esta noción en prácticas concretas de intervención? Para responderlas, realizamos una investigación bibliográfica y documental, así como diez entrevistas semiestructuradas con profesionales de la PSE. Las entrevistas y los documentos analizados indican la polisemia de la expresión atención psicosocial. A veces, se refiere a ciertas prácticas o acciones que forman parte de la rutina diaria de los servicios del SUAS; otras veces, a un aspecto o visión que guía el trabajo. También esta forma de atención se caracteriza, entre otras cosas, por su interdisciplinariedad, por la importancia que se da al contexto y al territorio, y por no ser equivalente a la clínica psicoterapéutica tradicional.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Psicologia , Política Pública , Medidas de Segurança , Apoio Social , Serviços de Saúde Mental , Ansiedade , Pobreza , Interpretação Psicanalítica , Psicoterapia , Padrões de Referência , Segurança , Ciência , Delitos Sexuais , Mudança Social , Ciências Sociais , Seguridade Social , Violência , Direitos da Mulher , Ferimentos e Lesões , Trabalho Infantil , Defesa da Criança e do Adolescente , Risco , Fatores de Risco , Distúrbios Civis , Direitos Civis , Polícia , Entrevista , Sobreviventes , Privacidade , Sexualidade , Aconselhamento , Crime , Cultura , Vítimas de Desastres , Autonomia Pessoal , Comportamento Perigoso , Valor da Vida , Estado , Controle Comportamental , Violações dos Direitos Humanos , Depressão , Educação , Empatia , Prevenção de Doenças , Perseguição , Integração Comunitária , Integralidade em Saúde , Segregação Social , Práticas Interdisciplinares , Opressão Social , Liberdade , Respeito , Índice de Vulnerabilidade Social , Sociedade Civil , Angústia Psicológica , Internação Involuntária , Análise de Mediação , Cidadania , Bem-Estar Psicológico , Ocupações em Saúde , Promoção da Saúde , Serviços de Assistência Domiciliar , Visita Domiciliar , Habitação , Apego ao Objeto
11.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e249989, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422420

RESUMO

O Serviço-Escola de Psicologia (SEP) da Unifesp foi constituído com o intuito de transcender o tradicional funcionamento das clínicas-escola, superando a atomização da Psicologia em áreas e oferecendo serviços integrados à rede. Isso possibilita uma formação interdisciplinar, pluralista, generalista, não tecnicista, crítica, permitindo a compreensão e atuação do psicólogo em diversos contextos socioculturais. O objetivo do artigo é descrever, avaliar e problematizar as ações do SEP da Unifesp, em relação à oferta de campos de estágio e ações desenvolvidas neles. É um estudo transversal, baseado em metodologia predominantemente quantitativa e descritiva. O levantamento de dados foi realizado por meio de dois questionários online respondidos por todos os supervisores. Os dados quantitativos foram submetidos à análise estatística descritiva. Os resultados evidenciaram maior incidência das ações no município de Santos e, em menor grau, em outros municípios da Baixada Santista e na cidade de São Paulo. A maioria das atividades de estágios não se limita ao espaço físico de atendimento clínico do Serviço-Escola, ocorrendo junto às instituições públicas ou às instituições ligadas ao terceiro setor na região, relacionadas, direta ou indiretamente, com a promoção de políticas públicas. A pluralidade de recursos utilizados (grupos, atendimento individual, acompanhamento terapêutico, oficinas, matriciamento, entre outros) revela uma ampliação do repertório de competências e habilidades. A variedade de oferta de projetos e campos de estágio, públicos-alvo atendidos, assim como a diversidade e flexibilidade de ações e estratégias desenvolvidas, apontam um movimento de congruência em relação às diretrizes curriculares nacionais e ao inovador Projeto Pedagógico do curso.(AU)


UNIFESP's Psychology Service-School (SEP) was founded with the objective of going beyond the traditional functioning of school-clinics, overcoming the atomization of Psychology in areas and offering services integrated to the network. This enables an interdisciplinary, pluralist, generalist, non-technicist, and critical training, allowing psychologists' understanding and action in different sociocultural contexts. This article aims to describe, evaluate, and discuss the actions of UNIFESP's SEP regarding the offer of internship fields and the actions developed in those fields. It is a cross-sectional study, based on a predominantly descriptive and quantitative methodology. The data was surveyed with two online questionnaires answered by all supervisors. Quantitative data were submitted to descriptive statistical analysis. The results showed a higher incidence of actions in the municipality of Santos and, to a lesser extent, in other municipalities of the Baixada Santista and in the city of São Paulo. Most internship activities are not limited to the physical space of the service-school's clinical care and take place alongside public institutions or institutions linked to the third sector in the area, directly or indirectly related to the promotion of public policies. The plurality of resources (groups, personal care, therapeutic monitoring, workshops, matrix support, among others) reveals an expansion of competences and skills repertoire. The variety of projects and internship fields offers, of target audiences served, as well as the diversity and flexibility of the developed actions and strategies point to a congruence movement relating to national curricular guidelines and to the innovative pedagogical project of the course.(AU)


El Serviço-Escola de Psicologia (SEP) de la Unifesp (Universidade Federal de São Paulo, Brasil) buscó trascender el funcionamiento tradicional de las clínicas universitarias, superar la atomización de la Psicología en áreas y ofrecer servicios integrados a la red. Esto permite una formación interdisciplinar, pluralista, generalista, sin tecnicismos, crítica, lo que posibilita a los/las psicólogos/as comprender y actuar en diferentes contextos socioculturales. Este artículo pretendió describir, evaluar y problematizar las acciones del SEP Unifesp respecto a la oferta de campos de prácticas profesionales y acciones desarrolladas. Es un estudio transversal, con metodología predominantemente cuantitativa y descriptiva. Los datos se recolectaron de dos cuestionarios en línea respondidos por los/las supervisores/as. Se les aplicaron un análisis estadístico descriptivo. Hubo más acciones en la ciudad de Santos (Brasil) que en otros municipios de la región metropolitana de la Baixada Santista y en la ciudad de São Paulo. La mayoría de las prácticas profesionales no se limita a la atención clínica del SEP, ocurriendo en instituciones públicas o vinculadas al tercer sector en la región, directa o indirectamente, relacionadas con la promoción de políticas públicas. La pluralidad de recursos (grupos, atención individual, acompañamiento terapéutico, talleres, soporte matricial, entre otros) revela un amplio repertorio de competencias y habilidades. La variada oferta de proyectos y campos para prácticas profesionales, los públicos destinatarios atendidos, así como la diversidad y flexibilidad de acciones y estrategias desarrolladas apuntan a una congruencia respecto a los lineamientos curriculares nacionales y al innovador proyecto pedagógico del curso.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Política Pública , Instituições Acadêmicas , Ensino , Pensamento , Apoio ao Desenvolvimento de Recursos Humanos , Serviços Contratados , Hospitais de Ensino , Aptidão , Psicologia , Pesquisa , Ciência , Serviço Social , Mulheres , Trabalho , Políticas, Planejamento e Administração em Saúde , Família , Criança , Características de Residência , Registros Médicos , Organizações , Triagem , Adolescente , Negociação , Entrevista , Educação Baseada em Competências , Aprendizagem Baseada em Problemas , Confidencialidade , Comportamento do Consumidor , Conhecimento , Comunicação Interdisciplinar , Programas Obrigatórios , Plantão Médico , Economia e Organizações de Saúde , Acolhimento , Relatórios de Projetos , Estudos de Avaliação como Assunto , Existencialismo , Prática Clínica Baseada em Evidências , Retroalimentação , Instituições de Assistência Ambulatorial , Habilidades Sociais , Angústia Psicológica , Direito à Saúde , Intervenção Psicossocial , Autoteste , Vulnerabilidade Social , Terapia Comunitária Integrativa , Ocupações em Saúde , Administração Hospitalar , Relações Interprofissionais , Legislação como Assunto , Serviços de Saúde Mental
12.
Psico USF ; 28(2): 211-224, Apr.-June 2023. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448899

RESUMO

Este estudo investigou o poder de predição das subescalas do Questionário de Capacidades e Dificuldades (SDQ) para o diagnóstico de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e transtorno do espectro autista (TEA) na avaliação de pais e professores. Participaram 108 crianças entre 4 e 12 anos (controles n=72) sendo o grupo clínico composto por crianças com diagnóstico psiquiátrico. Análises multivariadas de variância verificaram as similaridades e diferenças entre os grupos nas subescalas e modelos de regressão logística foram testados para analisar o poder de predição. Os grupos clínicos apresentaram dificuldades em todas as subescalas e as crianças com TEA diferiram-se das com TDAH apenas em sintomas emocionais. O comportamento pró-social foi preditivo para os dois transtornos. Especificidades e divergências foram encontradas no poder preditivo das demais subescalas para ambos os grupos e avaliações. Discute-se o potencial do SDQ para auxílio diagnóstico do TDAH e TEA em diferentes contextos.(AU)


This study investigated the predictive power of the Strengths and Difficulties Questionnaire (SDQ) subscales for the diagnosis of attention deficit hyperactivity disorder (ADHD) and autistic spectrum disorder (ASD) in the evaluation of parents and teachers. Participants were 108 children between 4 and 12 years (controls n = 72) and clinical group presented psychiatric diagnosis. Multivariate analysis of variance verified the similarities and differences between the groups in the subscales, and logistic regression models to analyze the predictive power. Clinical groups presented difficulties in all subscales, and the children with ASD differed from those with ADHD only in emotional problems. Pro-social behavior was predictive for both disorders. Specificities and divergences were found in the predictive power of the other subscales for both groups and evaluators. We discuss the relevance of SDQ to aid diagnosis of ADHD and ASD in different contexts. (AU)


Este estudio investigó el poder predictivo de las subescalas del Cuestionario de Capacidades y Dificultades (SDQ) para el diagnóstico de trastorno por déficit de atención con hiperactividad (TDAH) y trastorno del espectro autista (TEA) en la evaluación de padres y profesores. Participaron 108 niños entre 4 y 12 años (controles n = 72), estando el grupo clínico compuesto por niños con diagnóstico psiquiátrico. Los análisis multivariados de varianza verificaron las similitudes y diferencias entre grupos en las subescalas y se generaron modelos de regresión logística para analizar el poder predictivo. Los grupos clínicos tenían dificultades en todas las subescalas y los niños con TEA se diferenciaban de los que tenían TDAH solo en los síntomas emocionales. Se encontraron especificidades y divergencias en el poder predictivo de las otras subescalas tanto para grupos como para evaluaciones. Este estudio indicó el potencial de SDQ para ayudar al diagnóstico de TDAH y TEA en diferentes contextos. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Transtornos do Comportamento Infantil , Estudos Transversais , Entrevista , Escala de Avaliação Comportamental , Análise de Dados
13.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e250825, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448939

RESUMO

As identidades transmasculinas ganharam visibilidade social e acadêmica no Brasil a partir de 2010, contudo, as questões subjetivas dos homens trans ainda são pouco debatidas, em particular temas associados aos relacionamentos afetivos na experiência desses sujeitos. Este estudo qualitativo tem por objetivo identificar as percepções e expectativas dos homens trans acerca dos relacionamentos afetivo-sexuais no cenário pós-transição de gênero. Participaram da pesquisa 15 homens transexuais hormonizados, com idades entre 20 e 41 anos. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista semiestruturada nas modalidades presencial e on-line. Empregou-se análise temática reflexiva, que resultou em dois temas analíticos. Os resultados apontam que os homens trans, ao contrário de suas expectativas iniciais, percebem que tiveram menos oportunidades de relacionamentos afetivo-sexuais depois de sua transição de gênero. Os participantes atribuem essa dificuldade especialmente ao fato de não terem se submetido à cirurgia de redesignação sexual. O desconforto é acentuado por sua materialidade corpórea divergente da cisnormatividade, sistema regulador que associa pessoas pertencentes ao gênero masculino à presença de um pênis. Outra fonte de desconforto é o repúdio social, que alimenta a abjeção, exotização e fetichização dos corpos transmasculinos. Também são descritas as especificidades do relacionamento dos homens trans com mulheres cisgênero, heterossexuais e lésbicas. Os resultados evidenciam que a fixação persistente no genital, como referente e signo determinante do gênero e da sexualidade, modula e regula a busca e o encontro de parceira(o) íntima(o).(AU)


Transmasculine identities have gained social and academic visibility in Brazil since 2010, but subjective issues, especially those associated with affective relationships, are still little discussed. This qualitative study sought to identify trans men's perceptions and expectations regarding post-transition affective-sexual relationships. A total of 15 transsexual men undergoing hormone therapy, aged between 20 and 41 years, participated in the research. Data were collected by means of in-person and online semi-structured interviews and analysed using reflexive thematic analysis, which resulted in two analytical themes. Results show that trans men, differently from their initial expectations, perceive fewer opportunities for affective-sexual relationships after their gender transition. The participants attribute this difficulty, especially, to the fact that they have not undergone sexual reassignment surgery. Discomfort isaccentuated by their bodily materiality diverging from cisnormativity, the regulatory system that associates people belonging to the male gender with the presence of a penis. Another source of discomfort is the social repudiation, which reinforces the abjection, exoticization, and fetishization of transmasculine bodies. The specifics of trans men's relationships with cisgender, heterosexual, and lesbian women are also described. The results show that the persistent fixation on the genital, as a referent and determinant sign of gender and sexuality, modulates and regulates the search for and encounter of intimate partners.(AU)


Las identidades transmasculinas han ganado visibilidad social y académica en Brasil desde 2010, sin embargo, las cuestiones subjetivas de los hombres trans son aún poco discutidas, en particular las cuestiones asociadas a las relaciones afectivas en la experiencia de estos sujetos. Este estudio cualitativo tiene como objetivo identificar las percepciones y expectativas de los hombres trans sobre las relaciones afectivo-sexuales después de la transición de género. Participaron en la investigación 15 hombres transexuales hormonados, de edades comprendidas entre los 20 y los 41 años. La recopilación de datos se realizó mediante una entrevista semiestructurada en las modalidades presencial y en línea. Se realizó un análisis temático reflexivo, que dio como resultado dos temas analíticos. Los resultados muestran que los hombres trans, al contrario de sus expectativas iniciales, perciben que han tenido menos oportunidades de relaciones afectivo-sexuales después de su transición de género. Los participantes atribuyen esta dificultad especialmente al hecho de no haberse sometido a cirugía de reasignación sexual. La incomodidad se acentúa por su materialidad corpórea divergente de la cisnormatividad, un sistema normativo según el cual las personas pertenecientes al género masculino deben tener pene. Otra fuente de malestar es el repudio social, que alimenta la abyección, la exotización y la fetichización de los cuerpos transmasculinos. También se describen las especificidades de las relaciones de los hombres trans con las mujeres heterosexuales, cisgénero y lesbianas. Los resultados muestran que la persistente fijación en los genitales, como referente y signo determinante del género y la sexualidad, modula y regula la búsqueda y el encuentro de parejas íntimas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Adulto Jovem , Transexualidade , Casamento , Cônjuges , Pessoas Transgênero , Identidade de Gênero , Desenvolvimento da Personalidade , Preconceito , Psicologia , Psicologia Social , Desenvolvimento Psicossexual , Autocuidado , Autoimagem , Comportamento Sexual , Hormônios Esteroides Gonadais , Pessoa Solteira , Identificação Social , Problemas Sociais , Sociologia , Voz , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Imagem Corporal , Bissexualidade , Família , Homossexualidade , Saúde Mental , Inquéritos e Questionários , Direitos Civis , Mamoplastia , Estado Civil , Entrevista , Coito , Homossexualidade Feminina , Afeto , Acesso à Informação , Atenção à Saúde , Ego , Literatura Erótica , Saúde de Gênero , Acolhimento , Fenômenos Reprodutivos Fisiológicos , Masculinidade , Saúde Reprodutiva , Saúde Sexual , Homofobia , Pessimismo , Disforia de Gênero , Violência de Gênero , Ativismo Político , Diversidade de Gênero , Monossexualidade , Pessoas Cisgênero , Binarismo de Gênero , Estereotipagem de Gênero , Performatividade de Gênero , Necessidades Específicas do Gênero , Esgotamento Psicológico , Tristeza , Respeito , Insatisfação Corporal , Angústia Psicológica , Pessoas Intersexuais , Comparação Social , Inclusão Social , Equidade de Gênero , Papel de Gênero , Populações Minoritárias, Vulneráveis e Desiguais em Saúde , Política de Saúde , Direitos Humanos , Identificação Psicológica , Crise de Identidade , Individuação , Introversão Psicológica
14.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e252949, 2023. graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1440791

RESUMO

As startups são empresas que apresentam modelos de negócios marcados pela inovação, rapidez, flexibilidade e alta capacidade de adaptação aos mercados. Atuando em diferentes setores socioeconômicos, elas prometem criar e transformar produtos e serviços. A emergência e disseminação dessas empresas ocorrem em um momento histórico de mudanças iniciadas a partir de 1970 e marcadas pelas crises geradas com o esgotamento do paradigma da sociedade urbano industrial. No Brasil, o número desse modelo de negócio apresentou uma expansão expressiva, alcançando a marca de 13.374 nos últimos cinco anos. Atento a esse cenário, o objetivo desta pesquisa consistiu em compreender como sujeitos, grupos e instituições atribuem sentidos à experiência de trabalho nas chamadas startups. Na parte teórica, as condições sociais e econômicas que possibilitaram a emergência e disseminação das startups são analisadas em uma perspectiva crítica. A parte empírica, por sua vez, apresenta depoimentos de empreendedores relatando o contexto geral de atuação nas startups. Ao final deste artigo, conclui-se que há uma instrumentalização capitalística de componentes subjetivos específicos selecionados e colocados em circulação para fortalecer o modo de produção capitalista financeirizado.(AU)


Startups are companies that have business models characterized by innovation, speed, flexibility, and a high capacity to adapt to markets. Operating in different socioeconomic sectors, they promise to create and transform products and services. The emergence and dissemination of these companies occur at a historical moment of changes that began from 1970 and are marked by the crises generated by the exhaustion of the paradigm of industrial urban society. In Brazil, the number of businesses in this model showed a significant expansion, reaching 13,374 companies in the last five years. Attentive to this scenario, the objective of this research was to understand how subjects, groups, and institutions attribute meanings to the work experience in so-called startups. In the theoretical part, the social and economic conditions that enabled the emergence and dissemination of startups are analyzed in a critical perspective. The empirical part presents entrepreneurs reporting the general context of action in startups. At the end of this article, it is concluded that there is a capitalistic instrumentalization of specific subjective components that are selected and put into circulation to strengthen the financed capitalist production.(AU)


Las startups son empresas que tienen modelos de negocio marcados por la innovación, la velocidad, la flexibilidad y una alta capacidad de adaptación a los mercados. Desde diferentes sectores socioeconómicos, las startups prometen crear y transformar productos y servicios. La aparición y difusión de estas empresas se produce en un momento histórico de cambios que comenzó a partir de 1970 y que está marcado por crisis generadas por el agotamiento del paradigma de la sociedad urbana industrial. En Brasil, estas empresas se expandieron significativamente alcanzando la marca de 13.374 empresas en los últimos cinco años. En este escenario, el objetivo de esta investigación fue entender cómo los sujetos, grupos e instituciones atribuyen significados a la experiencia laboral en las startups. En la parte teórica, se analizan las condiciones sociales y económicas que permitieron el surgimiento y la difusión de las startups en una perspectiva crítica. La parte empírica presenta testimonios de emprendedores que informan sobre el trabajo en startups. La investigación concluye que hay una instrumentalización capitalista de componentes subjetivos específicos que se seleccionan y ponen en circulación para fortalecer el modo de producción capitalista financiero.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Satisfação Pessoal , Psicologia Social , Trabalho , Organizações , Capitalismo , Organização e Administração , Inovação Organizacional , Grupo Associado , Personalidade , Política , Corporações Profissionais , Prática Profissional , Psicologia , Relações Públicas , Gestão de Riscos , Segurança , Salários e Benefícios , Ajustamento Social , Mudança Social , Valores Sociais , Tecnologia , Pensamento , Jornada de Trabalho , Tomada de Decisões Gerenciais , Proposta de Concorrência , Financiamento de Capital , Inteligência Artificial , Conferências de Consenso como Assunto , Cultura Organizacional , Saúde , Pessoal Administrativo , Saúde Ocupacional , Técnicas de Planejamento , Adolescente , Empreendedorismo , Readaptação ao Emprego , Setor Privado , Modelos Organizacionais , Entrevista , Gestão da Qualidade Total , Gerenciamento do Tempo , Eficiência Organizacional , Comportamento Competitivo , Recursos Naturais , Comportamento do Consumidor , Serviços Contratados , Benchmarking , Patente , Serviços Terceirizados , Evolução Cultural , Marketing , Difusão de Inovações , Competição Econômica , Eficiência , Emprego , Eventos Científicos e de Divulgação , Comercialização de Produtos , Estudos de Avaliação como Assunto , Agroindústria , Planejamento , Ensaios de Triagem em Larga Escala , Empresa de Pequeno Porte , Rede Social , Administração Financeira , Invenções , Crowdsourcing , Computação em Nuvem , Equilíbrio Trabalho-Vida , Participação dos Interessados , Crescimento Sustentável , Liberdade , Big Data , Utilização de Instalações e Serviços , Comércio Eletrônico , Blockchain , Design Universal , Realidade Aumentada , Inteligência , Investimentos em Saúde , Meios de Comunicação de Massa , Ocupações
15.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e252545, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1440793

RESUMO

O brincar é uma atividade importante para o desenvolvimento infantil, porque melhora aspectos cognitivos, emocionais e físicos. Além disso, jogos e brincadeiras podem ser explorados como recurso educacional. Partindo do entendimento da ludicidade enquanto um processo subjetivo, este trabalho investigou a relação com o saber estabelecida durante as brincadeiras, buscando compreendê-las em suas dimensões epistêmica, social e identitária. Dezesseis estudantes do 5º ano do ensino fundamental foram entrevistados a partir de um roteiro baseado no instrumento "balanço do saber", proposto por Bernard Charlot. As questões foram adaptadas para possibilitar apreender o que as crianças dizem aprender durante as brincadeiras em que participam, com ênfase naquelas realizadas em sala de aula. Os resultados da análise de conteúdo realizada mostraram que, apesar de existirem conflitos sobre como se estabelecem as funções lúdica e educativa, quando a brincadeira infantil é utilizada como recurso pedagógico, os sujeitos podem identificar benefícios no processo de aprendizagem por meio dela. Aponta-se, também, a necessidade de considerar a condição social da criança no ambiente escolar para o sucesso ao utilizar essas atividades como práticas pedagógicas.(AU)


Child's play is an important activity for child development since it improves cognition, emotional, and physical aspects. Games can also be explored as an educational resource. Starting from the understanding that playfulness is a subjective process, this work has investigated the relationship to the knowledge stablished during games, aiming to understand it in its epistemic, social, and identitary dimensions. A group of 16 5th grade students were interviewed from a script based on the instrument "balance of knowledge," as proposed by Bernard Charlot. The questions were adapted to enable the apprehension of what children say they learn on the games they play, emphasizing those which are played in classrooms. The results of the content analysis performed have showed that, despite the conflicts on how both playful and educative functions are stablished when child's play is used as a pedagogic resource, the subjects can identify benefits on the process of learning with it. The need to consider the child's social condition in the school environment to reach success when using these activities as pedagogical practices is also pointed out.(AU)


Jugar es una actividad importante para el desarrollo de los niños, porque mejora aspectos cognitivos, emocionales y físicos. Por tanto, los juegos son explorados como recurso educativo. Partiendo de la comprensión de que lo lúdico es un proceso subjetivo, este trabajo analizó la relación con el saber que se establece durante el juego, con el objetivo de comprenderlo en sus dimensiones epistémica, social e identitaria. Se entrevistó a dieciséis estudiantes de quinto grado a partir de un guion basado en el instrumento "balance del saber" propuesto por Bernard Charlot. Las preguntas fueron adaptadas para permitir la aprehensión de lo que los niños dicen que aprenden en sus juegos, enfatizando los que se juegan en las aulas. Los resultados del análisis de contenido realizado mostraron que, a pesar de que existen conflictos sobre cómo se establecen ambas funciones lúdica y educativa cuando se utiliza el juego infantil como recurso pedagógico, los niños pueden identificar beneficios en el proceso de aprendizaje a través del juego. Se señala la necesidad de considerar la condición social del niño en el entorno escolar para alcanzar el éxito al utilizar estas actividades como prácticas pedagógicas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Jogos e Brinquedos , Ludoterapia , Instituições Acadêmicas , Escolaridade , Personalidade , Aptidão , Psicologia , Psicologia Educacional , Qualidade de Vida , Serviços de Saúde Escolar , Meio Social , Percepção Social , Esportes , Análise e Desempenho de Tarefas , Ensino , Temperamento , Estudos de Tempo e Movimento , Baixo Rendimento Escolar , Timidez , Simbolismo , Adaptação Psicológica , Exercício Físico , Atitude , Família , Defesa da Criança e do Adolescente , Cuidado da Criança , Orientação Infantil , Proteção da Criança , Saúde Mental , Negociação , Entrevista , Animação , Filme e Vídeo Educativo , Manifestações Neurocomportamentais , Desenho , Criatividade , Cultura , Confiança , Crescimento e Desenvolvimento , Ego , Empatia , Estudos de Avaliação como Assunto , Comportamento Exploratório , Fantasia , Banho de Sol , Prazer , Comportamento Sedentário , Função Executiva , Habilidades Sociais , Aprendizagem Espacial , Jogos Recreativos , Professores Escolares , Práticas Interdisciplinares , Liberdade , Frustração , Solidariedade , Interação Social , Felicidade , Passatempos , Saúde Holística , Imaginação , Individualidade , Inteligência , Liderança , Atividades de Lazer , Memória , Processos Mentais , Motivação , Destreza Motora , Movimento , Música , Comunicação não Verbal
16.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e254483, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1440795

RESUMO

Compreender as estratégias de resolução de conflitos utilizadas por adolescentes na relação com seus pais é fundamental para entender como ocorre seu desenvolvimento saudável. Este artigo investigou a resolução de conflitos de adolescentes em situações de confronto entre o seu domínio pessoal e o controle parental. 36 adolescentes com idades entre 15 e 17 anos, divididos igualmente conforme o sexo, responderam a uma entrevista semiestruturada, que continha quatro situações de conflito hipotéticas. Os dados foram submetidos à análise de conteúdo semântica e a testes não paramétricos. Os resultados foram categorizados em sete estratégias: Assunção de culpa, Submissão, Mentira, Hostilidade, Diálogo/Explicação, Negociação e Outra. A forma predominante de resolução utilizada foi o Diálogo/Explicação, considerada como uma forma recorrente de defender o domínio pessoal. Foram encontradas diferenças em relação ao sexo dos participantes e à situação hipotética. Por fim, os resultados são discutidos em termos de grau de autonomia e tipo de defesa do domínio pessoal.(AU)


Understanding the conflict resolution strategies used by adolescents in their relationship with their parents is fundamental to understanding how their healthy development occurs. This article investigated the resolution of conflicts by adolescents in confrontation situations between their personal domain and parental control. A total of 36 adolescents, aged 15 to 17 years, divided equally according to sex, answered a semi-structured interview that contained four hypothetical conflict situations. Data were subjected to semantic content analysis and non-parametric tests. The results were categorized into seven strategies: Assumption of Guilt, Submission, Lie, Hostility, Dialogue/Explanation, Negotiation, and Other. The predominant form of resolution used was Dialogue/Explanation, considered a recurrent form of defense of the personal domain. Differences were found depending on the participants' gender and the hypothetical situation. Finally, the results are discussed regarding the degree of autonomy and type of defense of the personal domain.(AU)


Enterarse de las estrategias de resolución de conflictos que los adolescentes utilizan en la relación con sus padres es fundamental para comprender cómo ocurre el desarrollo saludable de los adolescentes. A partir de una entrevista semiestructurada, presentamos cuatro situaciones hipotéticas de conflicto que fueron analizadas y respondidas por 36 adolescentes de entre 15 y 17 años, divididos según el género. Los datos se sometieron a un análisis de contenido semántico y a pruebas no paramétricas. Los resultados se categorizaron en siete estrategias de resolución de conflictos: Asunción de culpa, Sumisión, Mentira, Hostilidad, Diálogo/Explicación, Negociación y Otros. La forma de resolución más utilizada fue Diálogo/Explicación, y esta categoría fue una forma de defensa del dominio personal. Asimismo, se encontraron diferencias en función del género de los participantes y conforme la situación hipotética. Los resultados se discuten en términos de grado de autonomía y tipo de defensa del dominio personal.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adolescente , Negociação , Conflito Familiar , Ansiedade , Orientação , Relações Pais-Filho , Satisfação Pessoal , Personalidade , Desenvolvimento da Personalidade , Atenção Primária à Saúde , Psicologia , Psicologia Social , Desenvolvimento Psicossexual , Psicoterapia , Política Pública , Qualidade de Vida , Papel (figurativo) , Sexo , Autoritarismo , Transtornos do Comportamento Social , Mudança Social , Predomínio Social , Meio Social , Socialização , Estereotipagem , Estresse Psicológico , Aprendizagem da Esquiva , Tabu , Temperamento , Temperança , Violência , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Escolha da Profissão , Atitude , Defesa da Criança e do Adolescente , Proteção da Criança , Comportamento de Escolha , Saúde Mental , Puberdade , Comportamento do Adolescente , Poder Familiar , Relação entre Gerações , Codependência Psicológica , Entrevista , Comunicação , Assistência Integral à Saúde , Privacidade , Adulto , Sexualidade , Transtorno da Conduta , Retroalimentação Psicológica , Revelação , Comportamento Perigoso , Ética Baseada em Princípios , Tomada de Decisões , Redução do Dano , Desenvolvimento Moral , Dissidências e Disputas , Confiança , Amigos , Desenvolvimento do Adolescente , Desenvolvimento Sexual , Dominação-Subordinação , Educação , Escolaridade , Ego , Emoções , Reação de Fuga , Medo , Inteligência Emocional , Senso de Coerência , Perdão , Fatores de Proteção , Normas Sociais , Ajustamento Emocional , Consumo de Álcool por Menores , Influência dos Pares , Tratamento Conservador , Perfeccionismo , Uso do Telefone Celular , Incivilidade , Autogestão , Etnocentrismo , Liberdade , Frustração , Angústia Psicológica , Integração Social , Empoderamento , Modelo Transteórico , Desinformação , Coesão Social , Cidadania , Terapia Gestalt , Apoio Familiar , Bem-Estar Psicológico , Culpa , Felicidade , Hormônios , Hostilidade , Desenvolvimento Humano , Direitos Humanos , Crise de Identidade , Individuação , Delinquência Juvenil , Ira , Atividades de Lazer , Acontecimentos que Mudam a Vida , Solidão , Amor , Enganação , Princípios Morais , Narcisismo , Apego ao Objeto
17.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e251630, 2023. tab
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448947

RESUMO

Este estudo qualitativo teve como objetivo compreender, a partir da teoria de bioecológica de desenvolvimento, as implicações da prática profissional no processo de acolhimento de crianças em uma casa-abrigo, na perspectiva de cuidadoras. As participantes foram 10 profissionais de uma casa-abrigo localizada na região sul do Brasil. Utilizou-se a entrevista semiestruturada e a organização e análise dos dados sustentou-se na Grounded Theory, com auxílio do software Atlas.ti 8.4.14. Os resultados evidenciaram uma centralização das ações de acolhimento e atenção em torno dos cuidados físicos das crianças. As ações para promover suporte e cuidados emocionais dentro da casa-abrigo eram delegadas às profissionais da equipe técnica da instituição. Observou-se que as dificuldades encontradas pelas cuidadoras diziam respeito à falta de segurança e preparação para responder e acolher as demandas emocionais das crianças, as quais estão presentes em diversos momentos do processo de acolhimento. Percebeu-se que as práticas institucionais afetaram decisivamente tanto as ações de acolhimento das participantes e o suporte emocional oferecido às crianças na passagem pela casa-abrigo quanto as cuidadoras, no sentido de vivenciarem no trabalho sentimentos de insegurança. Os resultados tensionam ecologicamente a interação nos processos proximais presentes no desenvolvimento humano. Advoga-se pela reflexão sobre as implicações das práticas institucionais de uma casa-abrigo e o desenvolvimento infantil, visando o cuidado integral dos acolhidos.(AU)


Based on the developmental bioecological theory, this study analyzes the implications of professional practice in children's user embracement at a shelter from the caregivers' perspective. Semi-structured interviews were conducted with 10 professionals from a shelter located in southern Brazil. Data organization and analysis was performed based on Grounded Theory using the Atlas.ti 8.4.14 software. Results showed that embracement and attention focus on the physical care of children. Support and emotional care activities were delegated to the institution's technical team. Caregivers faced difficulties regarding the lack of security and preparation to respond to and accept the children's emotional demands, which arise at different moments in the embracement process. The institutional practices decisively affected both user embracement actions and the emotional support offered to the children, as well as the caregivers, in the sense of experiencing feelings of insecurity. These findings ecologically tension the interaction in the proximal processes present in human development. Further reflections on the implications of institutional shelter-based practices for child development are needed to provide comprehensive care.(AU)


Este estudio cualitativo tuvo como objetivo comprender, desde la perspectiva de la teoría bioecológica del desarrollo, las implicaciones de la práctica profesional en el proceso de acogida de niños en una institución infantil desde la perspectiva de las cuidadoras. Las participantes fueron 10 profesionales de una institución de acogida infantil ubicada en la región Sur de Brasil. Se utilizó la entrevista semiestructurada, y para la organización y análisis de datos se aplicó Grounded Theory, con el uso del software Atlas.ti 8.4.14. Los resultados mostraron que las acciones de recepción y atención se centran en el cuidado físico de los niños. Las acciones de promoción de apoyo y cuidado emocional dentro del alojamiento se asignaron a los profesionales del equipo técnico de la institución. Se observó que las dificultades encontradas por las cuidadoras estaban relacionadas con la falta de seguridad y preparación para responder y aceptar las demandas emocionales de los niños, las cuales se encuentran presentes en diferentes momentos del proceso de acogida. Se notó que las prácticas institucionales afectaron decisivamente tanto las acciones de acogida de las participantes como el apoyo emocional que la institución brinda a los niños durante su paso, así como a las cuidadoras en el sentido de experimentar sentimientos de inseguridad en el trabajo. Estos resultados tensan ecológicamente la interacción en los procesos proximales presentes en el desarrollo humano. Se aboga por reflexionar sobre las implicaciones de las prácticas institucionales en los alojamientos institucionales y el desarrollo infantil, apuntando a la atención integral de los acogidos.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Prática Profissional , Criança , Cuidadores , Ecologia , Acolhimento , Desenvolvimento Humano , Dor , Relações Pais-Filho , Comportamento Paterno , Privação Paterna , Jogos e Brinquedos , Pobreza , Psicologia , Psicologia Social , Segurança , Atenção , Relações entre Irmãos , Sono , Ajustamento Social , Mudança Social , Condições Sociais , Meio Social , Justiça Social , Problemas Sociais , Apoio Social , Sociologia , Esportes , Violência , Síndrome da Criança Espancada , Mulheres , Trabalho Infantil , Adoção , Divórcio , Família , Criança Abandonada , Maus-Tratos Infantis , Defesa da Criança e do Adolescente , Desenvolvimento Infantil , Criança Institucionalizada , Educação Infantil , Criança não Desejada , Proteção da Criança , Características de Residência , Características da Família , Saúde , Higiene , Filho de Pais Incapacitados , Responsabilidade Legal , Fome , Distúrbios Civis , Poder Familiar , Entrevista , Violência Doméstica , Diversidade Cultural , Vida , Vítimas de Crime , Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool , Afeto , Cultura , Autonomia Pessoal , Instruções , Mecanismos de Defesa , Crianças Adultas , Transtornos de Estresse Traumático , Pesquisa Qualitativa , Amigos , Menores de Idade , Desenvolvimento do Adolescente , Violações dos Direitos Humanos , Dieta , Alcoolismo , Empatia , Saúde da Criança Institucionalizada , Conflito Familiar , Relações Familiares , Usuários de Drogas , Distúrbios Induzidos Quimicamente , Pessoas Escravizadas , Teoria Fundamentada , Avós , Trauma Psicológico , Criança Adotada , Criança Acolhida , Liberdade , Experiências Adversas da Infância , Separação da Família , Angústia Psicológica , Direito à Saúde , Abuso Emocional , Liberdade de Religião , Interação Social , Fatores Sociodemográficos , Vulnerabilidade Social , Cidadania , Apoio Familiar , Trabalho Doméstico , Direitos Humanos , Individualidade , Institucionalização , Ciúme , Atividades de Lazer , Solidão , Amor , Imperícia , Privação Materna , Transtornos Mentais , Motivação , Apego ao Objeto
18.
Rev. bioét. (Impr.) ; 31: e3292PT, 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1449527

RESUMO

Resumo Esta pesquisa busca avaliar o nível de conhecimento de acadêmicos e docentes do curso de medicina quanto à aplicabilidade do testamento vital, às decisões sobre finitude de vida e ao conceito de morte digna. Foi realizada pesquisa qualitativa, por meio de entrevista semiestruturada, com dez acadêmicos e cinco docentes de uma universidade do Sul do Brasil. Os dados foram obtidos por meio de análise do discurso e classificados nas seguintes categorias: conhecimento e aplicabilidade do testamento vital; visão do processo de finitude e morte digna; e o limiar entre a visão do médico e a autonomia do paciente. As conclusões reforçam a necessidade de difusão desse conhecimento para benefício do paciente e atitudes éticas amparadas legalmente por parte dos médicos.


Abstract This qualitative study evaluates the level of academic and faculty knowledge in a medicine program regarding the living will and its applicability, end-of-life decision making, and the concept of dignified death. Semistructured interviews were conducted with ten scholars and five professors from a university in southern Brazil. Data were obtained by discourse analysis and classified in the following categories: knowledge and applicability of living wills; view of the end-of-life process and dignified death; and the limits between the physician's duty and patient autonomy. In conclusion, this knowledge required greater dissemination to benefit patients and legally supported ethical attitudes.


Resumen Esta investigación pretende evaluar el nivel de conocimiento de los académicos y docentes de medicina con respecto a la aplicabilidad del testamento vital, a las decisiones sobre el fin de la vida y al concepto de muerte digna. La investigación cualitativa se realizó mediante entrevistas semiestructuradas con diez académicos y cinco docentes de una universidad en el Sur de Brasil. Los datos se obtuvieron del análisis del discurso y se clasificaron en las siguientes categorías: conocimiento y aplicabilidad del testamento vital; visión del proceso de fin de la vida y muerte digna; y umbral entre la visión del médico y la autonomía del paciente. Las conclusiones refuerzan la necesidad de difundir este conocimiento en beneficio del paciente y las actitudes éticas legalmente apoyadas por los médicos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Bioética , Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida , Entrevista , Pesquisa Qualitativa , Avaliação Educacional , Medicina Paliativa
19.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e248273, 2023. tab
Artigo em Inglês | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431123

RESUMO

The Component Model of Parenting (CMP), from an evolutionary perspective, proposes a phylogenetically evolved repertoire of six systems (body contact, body stimulation, face-to-face exchange, object stimulation, and primary care) and two parenting styles (distal and proximal) by combining some of these systems. We developed the Inventory of Parenting Systems and Styles (ISEP) and applied it to hospitals and schools to analyze its psychometric properties. The parenting measure analysis we propose evolved 70 primary caregivers of young children with a mean age of 22.44 months. ISEP consists of 26 daily situations and assesses the most common parenting practices caregivers adopted in each one of them. Besides, we created a Coding Guide to Parenting Practice. It enabled us to classify each response according to the CMP systems. We found a variance of 84.67% and 95.55% in codification agreement between expert judges and a significant intraclass correlation coefficient for all parenting systems, which discloses validity evidence on the response process of the inventory. Our analyses indicated the occurrence of all parental systems, with a prevalence of narrative envelope and body stimulation. Cluster analysis revealed two clusters, one formed by proximal style and another by distal style, in accordance with the interactions of the system, representing a validity of evidence based on the internal structure of the instrument. ISEP provides reasonable measures for research and professional practice in Psychology. Further research with more extensive and diverse samples is necessary to refine the instrument and, especially its guide.(AU)


O Modelo de Componentes da Parentalidade (MCP) da perspectiva evolucionista propõe seis sistemas - contato corporal, estimulação corporal, contato face a face, estimulação por objeto, envelope narrativo e cuidado primário - universais e filogeneticamente evoluídos, e dois estilos parentais - distal e proximal - oriundos da combinação de alguns desses sistemas. Para analisar propriedades psicométricas de uma medida de parentalidade, o Inventário de Sistemas e Estilos Parentais (ISEP) foi aplicado em contexto escolar e hospitalar, em 70 cuidadores primários de crianças com idade média de 24,44 meses. O ISEP, construído para este estudo, apresenta 26 situações cotidianas e solicita que cuidadores indiquem a prática parental mais comumente adotada em cada uma delas, e cada resposta foi classificada em um dos sistemas do MCP por um Guia de Codificação de Práticas Parentais. A concordância entre juízes com a codificação variou entre 84,67% e 95,55%, e os coeficientes de correlação intraclasse foram significativos para todos os sistemas de parentalidade, representando uma evidência de validade por processo de resposta do inventário. As análises indicaram a ocorrência de todos os sistemas parentais, com predominância de envelope narrativo e estimulação corporal. Uma análise de cluster formou dois conglomerados, um derivando o estilo proximal e outro o estilo distal, de acordo com a interação entre os sistemas, constituindo uma evidência de validade baseada na estrutura interna do instrumento. O ISEP mostrou ser uma medida promissora para a pesquisa e a prática profissional em Psicologia. Outras pesquisas com amostras mais amplas e diversificadas são necessárias para refinamento do instrumento e do guia.(AU)


El Modelo Componencial del Parentaje (MCP), desde una perspectiva evolutiva, propone seis sistemas (contacto corporal, estimulación corporal, contacto cara a cara, estimulación con objetos, envoltura narrativa y atención primaria), universales y filogenéticamente evolucionados, así como dos estilos parentales (distal y proximal) que se originan combinando algunos de ellos. Para analizar las propiedades psicométricas de una medida parental, se aplicó el Inventario de Estilos y Sistemas de Crianza (ISEP), en el contexto escolar y hospitalario, a 70 cuidadores primarios de niños con una edad media de 24,44 meses. El ISEP fue construido para el presente estudio, presenta 26 situaciones cotidianas y crianza los cuidadores deben indicar la práctica parental más común adoptada en cada una de ellas. Una Guía de Codificación de Prácticas Parentales permite clasificar cada respuesta en uno de los sistemas del MCP. La concordancia entre los jueces con la codificación varió entre 84,67% y 95,55% y los coeficientes de inter-correlación en todos los sistemas parentales fueron significativos, evidenciando su validez por el proceso de respuesta al inventario. Los análisis indicaron la ocurrencia de todos los sistemas parentales, con predominio de envoltura narrativa y estimulación corporal. Un análisis de clusters formó dos conglomerados, derivando el estilo proximal y el estilo distal, según la interacción entre los sistemas, constituyendo evidencia de validez basada en la estructura interna del instrumento. El ISEP demostró ser una medida valida y fiable para la investigación y la práctica profesional en Psicología. Se necesita más investigación con muestras más grandes y diversificadas para perfeccionar el instrumento.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Psicometria , Criança , Poder Familiar , Relações Pais-Filho , Percepção , Personalidade , Desenvolvimento da Personalidade , Aptidão , Jogos e Brinquedos , Fenômenos Psicológicos , Psicologia , Descanso , Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade , Mudança Social , Meio Social , Ciências Sociais , Sociologia , Comportamento , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Terapia Comportamental , Ciências do Comportamento , Behaviorismo , Custódia da Criança , Adaptação Psicológica , Atitude , Caráter , Cuidado da Criança , Desenvolvimento Infantil , Orientação Infantil , Linguagem Infantil , Educação Infantil , Proteção da Criança , Higiene , Saúde da Criança , Competência Mental , Cuidadores , Entrevista , Comunicação , Corpo Humano , Assistência Integral à Saúde , Vida , Manifestações Neurocomportamentais , Disciplinas e Atividades Comportamentais , Choro , Cultura , Início da Vida Humana , Crescimento e Desenvolvimento , Educação não Profissionalizante , Emoções , Acolhimento , Estudos Populacionais em Saúde Pública , Estudos de Avaliação como Assunto , Face , Expressão Facial , Nutrição da Criança , Relações Familiares , Fantasia , Dieta Saudável , Sobrevivência , Análise de Dados , Funcionamento Psicossocial , Representação Social , Esforço de Escuta , Desenvolvimento Humano , Imaginação , Renda , Individualidade , Inteligência , Aprendizagem , Atividades de Lazer , Acontecimentos que Mudam a Vida , Memória , Atividade Motora
20.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e243813, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431124

RESUMO

Este estudo propõe analisar as relações e os processos de subjetivação de mulheres quebradeiras de coco babaçu decorrentes das intervenções de políticas desenvolvimentistas em seus territórios de vida e reverberações no Movimento Interestadual de Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB). Sob a perspectiva ético-estético-política da Cartografia, acompanhamos as narrativas das histórias de vida de 24 mulheres, suas atividades cotidianas e eventos do MIQCB, também analisamos os documentos das políticas. Entendemos que, ao passo que tais políticas de desenvolvimento rural contribuem para a melhoria das condições de vida, em termos materiais e simbólicos, elas também produzem ressonâncias relacionadas ao modo de subjetivação do tipo "empresário de si", que agenciam seus modos de viver, de produzir e de se relacionar consigo e com os outros na lógica capitalista neoliberal. A resistência às capturas neoliberais também estão presentes ao ampliarem as mobilizações coletivas do próprio movimento, articulando com outros na produção de um "comum".(AU)


This study proposes to analyze the relations and the processes of subjectivation of babassu coconut-breaker women arising from developmental policy interventions in their territories of life and reverberations in the Babassu Coconut-breaker Interstate Movement (MIQCB). From the ethical-aesthetic-political perspective of Cartography, we followed the narratives of the life stories of 24 women, their daily activities and promoted events by MIQCB, we also analyzed the policy documents. We understand that while these policies of rural development contribute to improve the living conditions, in material and symbolic terms, they also produce resonances related to the "self-entrepreneur" mode of subjectivation, which has been handling their ways of living, producing, and relating to themselves and others in the neoliberal capitalist logic. Resistance to neoliberal captures is also present as they expand the collective mobilizations of the movement itself, articulating with others, in the production of a "common."(AU)


Este estudio tiene como objetivo analizar los procesos de subjetivación de las mujeres que rompen coco babaçu que surgen de las intervenciones de las políticas de desarrollo en sus territorios de vida y las reverberaciones en el Movimiento Interestadual de las Mujeres que Rompen Coco Babaçu (MIQCB). Desde la perspectiva ético-estético-política de la Cartografía, seguimos las narraciones de las historias de vida de 24 mujeres, sus actividades diarias y eventos del MIQCB, y también analizamos los documentos de las políticas. Si bien estas políticas han contribuido a mejorar las condiciones de vida de las mujeres, en términos materiales y simbólicos, también han producido resonancias del modo de subjetivación "autoempresarial", que ha agenciado sus formas de vivir, producir y relacionarse consigo mismas y con los demás en la lógica capitalista neoliberal. La resistencia a las capturas neoliberales también está presente cuando amplían las movilizaciones colectivas del propio movimiento, articulándose con otros en la producción de un "común".(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Crescimento e Desenvolvimento , Economia , Governo , Política , Pobreza , Psicologia , Psicologia Social , Política Pública , Aposentadoria , População Rural , Desejabilidade Social , Justiça Social , Problemas Sociais , Ciências Sociais , Solo , Direitos da Mulher , Madeira , Políticas, Planejamento e Administração em Saúde , Planejamento Socioeconômico , Políticas de Controle Social , Legislação Ambiental , Brasil , Água , Exercício Físico , Etnicidade , Desenvolvimento Econômico , Cultivos Agrícolas , Áreas de Pobreza , Usos do Solo , Zona Rural , Florestas , Organizações , Saúde Ambiental , Conflito de Interesses , Carga de Trabalho , Política de Planejamento Familiar , Empreendedorismo , Agroquímicos , Entrevista , Negociação Coletiva , Comércio , Produtos Agrícolas , Gestão Ambiental , Exploração de Recursos Naturais , Recursos Naturais , Recursos Renováveis , Reservas Naturais , Flora , Conservação dos Recursos Naturais , Diversidade Cultural , Natureza , Feminismo , Indústrias Extrativas e de Processamento , Gestão dos Recursos Naturais , Economia Rural , Capitalismo , Estado , Poder Público , Biodiversidade , Agricultura , Eficiência , Meio Ambiente , Meio Ambiente e Saúde Pública , Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde , Projetos , Mercado de Trabalho , Vigilância Sanitária de Produtos , Controle e Fiscalização de Alimentos e Bebidas , Alimentos de Coco , Maquinaria , Agricultura Sustentável , Recursos não Renováveis , Agroindústria , Comunicação Ambiental , Feminilidade , Política Ambiental , Empresa de Pequeno Porte , Violência Étnica , Fatores Sociológicos , Alimentos , Equilíbrio Trabalho-Vida , Ativismo Político , Participação dos Interessados , Direitos Socioeconômicos , Território Ocupado , Desenvolvimento Sustentável , Programas Sociais , Povos Indígenas , Direito ao Trabalho , Empoderamento , Inclusão Social , Equidade de Gênero , Papel de Gênero , Vulnerabilidade Social , Responsabilidade Ambiental , Responsabilidade Socioambiental , Diversidade, Equidade, Inclusão , Condições de Trabalho , Comércio de Vida Silvestre , Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde , Habitação , Atividades Humanas , Direitos Humanos , Sindicatos , Acontecimentos que Mudam a Vida , Antropologia , Mineração , Categorias de Trabalhadores
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...