Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 524
Filtrar
1.
Rev. crim ; 65(3): 81-95, 20230910. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1538050

RESUMO

El presente artículo aporta un acercamiento al ciberdelincuente identificando las características comunes en la personalidad de quienes delinquen en este escenario. Para llevar a cabo la investigación, se tomó una muestra de diecinueve expertos que forman parte de la Dirección de Investigación Criminal e INTERPOL, abordados por entrevista en profundidad. Los datos obtenidos fueron tratados desde un diseño hermenéutico con énfasis en la teoría fundamentada, por medio de tres fases elaboradas en análisis matricial de codificación abierta, selectiva y teórica; a partir de las cuales se establecen algunas de las tácticas del ciberdelincuente desplegadas en el ciberespacio a través de tecnologías de la información y las comunicaciones; su descripción desde el modelo big five y se identifican algunas de sus características como la falta de empatía, escrúpulos, incapacidad para el control de emociones, confianza y capacidad de innovar sus modus operandi(Sánchez y Robles, 2013). Finalmente, desde las teorías del control social se han estudiado el ciberdelito y los actos del ciberdelincuente de una manera formal que vela por encontrar estrategias de control del Estado, según González (2010), o informal, que busca los motivos que conducen a cometer delitos, como lo afirma López (2015), a partir de lo cual, al final, se presentan algunas recomendaciones.


This article provides an approach to cybercriminals by identifying the common characteristics in the personality of those who commit crimes in this scenario. In order to carry out the research, a sample of nineteen experts from the Criminal Investigation Directorate and INTERPOL were interviewed in depth. The data obtained were treated based on a hermeneutic design with emphasis on grounded theory, by means of three phases elaborated in matrix analysis of open, selective and theoretical coding; from which some of the tactics of cybercriminals deployed in cyberspace through information and communication technologies are established; their description based on the big five model and the identification of several of their characteristics such as lack of empathy, scruples, the inability to control emotions, confidence and the ability to innovate their modus operandi (Sánchez y Robles, 2013). Finally, theories of social control have studied cybercrime and the acts of cybercriminals in a formal way that seeks to find strategies to control the State, according to González (2010), or informally, seeking the motives that lead to committing crimes, as stated by López (2015), on the basis of which, at the end, some recommendations are presented.


Este artigo traz uma abordagem sobre os cibercriminosos, identificando as características comuns na personalidade de quem comete crimes nesse cenário. Para a realização da investigação foi recolhida uma amostra de dezanove peritos que integram a Direcção de Investigação Criminal e a INTERPOL, abordados através de entrevista em profundidade. Os dados obtidos foram tratados a partir de um desenho hermenêutico com ênfase na teoria fundamentada, por meio de três fases desenvolvidas em análise matricial de codificação aberta, seletiva e teórica; a partir da qual se estabelecem algumas das táticas cibercriminosas implantadas no ciberespaço através das tecnologias de informação e comunicação; A sua descrição baseia-se no modelo dos big five e são identificadas algumas das suas características, como a falta de empatia, escrúpulos, incapacidade de controlar emoções, confiança e capacidade de inovar o seu modus operandi (Sánchez y Robles, 2013). Por fim, a partir das teorias de controle social, o cibercrime e os atos dos cibercriminosos têm sido estudados de forma formal, que busca encontrar estratégias de controle do Estado, segundo González (2010), ou informalmente, que busca os motivos que levam ao cometimento dos crimes. , conforme afirma López (2015), a partir do qual, ao final, são apresentadas algumas recomendações.


Assuntos
Humanos , Internet , Estado , Comportamento Criminoso
2.
Estud. pesqui. psicol. (Impr.) ; 23(1): 10-27, maio 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1434404

RESUMO

A ascensão de governos neoliberais e de movimentos ultraconservadores vem reforçando a heterocisnormatividade e o racismo, produzindo desigualdade e infligindo ainda mais sofrimento e riscos letais às minorias. Conjurando imposição de regimes de austeridade, limites da presença do Estado e esvaziamento da propriedade social à autorresponsabilização pela gestão da própria vida e saúde, a questão da diferença passou a ser forjada como ponto de instabilidade e ameaça a tais propósitos e pressupostos político-econômicos. Uma das consequências é a ampla circulação de discursos de ódio e desprezo pela diversidade. Este trabalho buscou, assim, compreender como então se estabelecem intersecções enunciativas entre marcadores de diferença e a racionalidade liberal na economia e conservadora nos costumes, tomando como foco a (des)articulação em torno da precarização de parentalidades e conjugalidades diversas. Os resultados desta investigação apontam que, quanto maior a densidade democrática de uma sociedade ou relação sociocultural, maiores as possibilidades de afirmação positiva da alteridade e diferença, bases importantes para a produção da saúde e da cidadania (racial, sexual, de gênero e ambiental).


The rise of neo-liberal governments and ultra-conservative movements has been reinforcing cisheteronormativity and racism, thus generating inequalities and inflicting even more lethal risks and suffering upon minorities. Conjuring the imposition of austerity regimes, limitations on State action and the emptying of social property in favor of self-responsibility for managing one's own life and health, the issue of differences started being forged as a point of instability and threat to such political and economic premises and purposes. One of the consequences is the widespread circulation of discourses filled with hate and contempt for diversity. This study aimed to understand how discourse intersections are established between markers of difference and the liberal rationale in terms of economy and the conservative rationale in terms of customs, focusing on the (dis)articulation surrounding the precariousness of diverse parenthood and conjugalities. The results of this study point out that the larger democratic density of a given society or sociocultural relationship, the greater the possibilities of positively affirming otherness and difference, which are important foundations for health care, and citizen (racial, sexual, gender and environmental) rights.


La ascensión de gobiernos neoliberales y de movimientos ultraconservadores viene reforzando la heterocisnormatividad y el racismo, produciendo desigualdad e imponiendo aún más sufrimiento y riesgos letales a las minorías. Invocando imposición de regímenes de austeridad, límites a la presencia del Estado y el vaciamiento de la propiedad social a la auto-responsabilización por la gestión de la propia vida y salud, el tema de la diferencia pasó a ser forjado como punto de instabilidad y amenaza a tales propósitos y presupuestos político-económicos. Una de las consecuencias es la amplia circulación de discursos de odio y desprecio hacia la diversidad. Este trabajo buscó comprender cómo, entonces, se establecen intersecciones enunciativas entre marcadores de diferencia y la racionalidad liberal en la economía y conservadora en las costumbres, tomando como enfoque la (des)articulación sobre la precarización de parentalidades y conjugalidades diversas. Los resultados de esta investigación apuntan a que cuánto más grande la densidad democrática de una sociedad o relación sociocultural, mayores posibilidades de afirmación positiva de la alteridad y la diferencia, bases importantes para la producción de la salud y de la ciudadanía (racial, sexual, de género y ambiental).


Assuntos
Humanos , Política , Família , Estado , Racismo , Sexismo
3.
Estud. pesqui. psicol. (Impr.) ; 23(1): 115-137, maio 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1434424

RESUMO

O artigo objetivou identificar e analisar desafios e potencialidades no trabalho de psicólogas(os) nas políticas públicas brasileiras na conjuntura pandêmica. É um estudo exploratório-descritivo de abordagem mista. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário virtual com 123 psicólogas(os) que trabalhavam nas políticas públicas no país. A análise se deu a partir da extração de medidas de tendência central e pela Análise de Conteúdo temática, em um diálogo da psicologia com a tradição marxista. Os resultados apontaram para os efeitos deletérios objetivos e subjetivos do sucateamento das políticas às(aos) profissionais, bem como o tolhimento de suas práticas. Por outro lado, também apontaram algumas potencialidades que contradizem a si próprias(os) e à realidade. Fica a premência de responsabilização do Estado em fornecer melhores condições de trabalho e fortalecer as políticas públicas para o enfrentamento à pandemia, assim como a necessidade de reflexão e transformação da psicologia e sua práxis.


The article aimed to identify and analyze the challenges and potentialities of psychologists' work in Brazilian public policies in the pandemic context. It's an exploratory-descriptive study with a mixed approach. Data collection was carried out through a virtual questionnaire with 123 psychologists working in public policies around the country. The analysis was carried out from the extraction of central tendency measures and by Thematic Content Analysis, in a dialogue between psychology and the Marxist tradition. Results pointed to numerous deleterious effects (objective and subjective) on professionals resulting from the scrapping of public policies and the hampering of their practices. On the other hand, they also pointed out some potentialities that contradict themselves and reality. There is an urgent need for state responsibility to offer better working conditions and to strengthen public policies to fight the pandemic, together with the need for reflection and transformation of psychology and its own praxis.


El artículo objetivó identificar y analizar desafíos y potencialidades del trabajo de psicólogas/os en las políticas públicas brasileñas en el contexto de la pandemia. Es un estudio exploratorio-descriptivo con enfoque mixto. La recolección de datos se realizó a través de un cuestionario virtual con 123 psicólogos que trabajaban en políticas públicas en el país. El análisis se realizó a partir de la extracción de medidas de tendencia central, y por Análisis de Contenido temática, en un diálogo entre psicología y tradición marxista. Los resultados apuntaron los efectos deletéreos (objetivos y subjetivos) del desguace de políticas a los profesionales y la obstaculización de sus prácticas. Por otro lado, también señalaron potencialidades que contradicen a sí mismos y a la realidad. Existe una necesidad urgente de rendición de cuentas del Estado para mejorar las condiciones laborales y el fortalecimiento de las políticas para combatir la pandemia y la necesidad de reflexión y transformación de la psicología y de su praxis.


Assuntos
Humanos , Psicologia , Política Pública , COVID-19 , Condições de Trabalho , Brasil , Saúde Mental , Estado
4.
Arq, bras psicol ; ;75(esp)30/03/2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1517900

RESUMO

Procura-se neste artigo compreender as marcas da militarização como elemento estruturante do Estado na América Latina e, em especial, no Brasil. Toma-se como ponto de partida o protagonismo dos movimentos sociais nas lutas contra a violência de Estado e na elaboração do conhecimento sobre o que seriam essas formas de militarização. Busca-se problematizar tanto a permanência de processos de militarização quanto a sua intensificação em determinados momentos, e a percepção do atual avanço destas políticas e práticas que produzem também subjetividades que naturalizam e legitimam a violência de Estado.


Assuntos
Segurança , Estado , Violência com Arma de Fogo , Sociedade Civil
5.
Arq, bras psicol ; ;75(esp)30/03/2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1516927

RESUMO

A eclosão, em 2020, da pandemia Covid-19 agudizou certos problemas brasileiros, a exemplo da pobreza que fica escancarada e da clara exposição do caráter discriminatório do chamado Estado de Direito. É possível amalgamar essas duas referências, pobreza e direitos, ao campo da chamada justiça social, quando ela traz a crença no Estado com o seu enunciado de igualdade, afirmado pela sociedade liberal. Entretanto, não é apenas nesse momento pandêmico que constatamos para quais humanos os direitos são destinados e como se dão suas maciças violações, pois, quando percorremos a história brasileira, vislumbramos a insustentabilidade da proposta de um mundo comum e igual para todos. A aplicação diferenciada da lei e a naturalização da violência que recai sobre alguns como prática de proteção de alguns outros põem a nu as relações militarizadas de poder. É com tais problematizações que propomos, no presente artigo, análises da relação Estado, justiça e militarização do cotidiano.


Assuntos
Decisões Judiciais , Estado , Fatores de Proteção
6.
Artigo em Espanhol, Português | LILACS | ID: biblio-1428054

RESUMO

INTRODUÇÃO: Este artigo visa pensar, em um ensaio temático, as práticas de gestão dos riscos, especificamente no que tange corpos de grupos sociais desfiliados por processos de exclusão e até mesmo de inclusão pelo lugar de estigma como posição de sujeito. OBJETIVOS: O texto aborda a construção de uma segurança racista que se difunde em nome da defesa social e da proteção como controle regular, na articulação das leis com as normas no chamado Estado Democrático de Direito. MÉTODOS: Trata-se de uma discussão histórica, genealógica e baseada na psicologia social. DISCUSSÃO: As encomendas por segurança e ampliação das punições na sociedade atual trazem uma esfera de racismo e preconceito de classe que se ancora na lógica penal associada à generalização da sociedade punitiva. CONCLUSÕES: Por fim, analisa-se como a subjetividade marcada pelo medo e insegurança é expandida com a incidência das práticas de vigilância e de segurança no neoliberalismo em nome da defesa social.


INTRODUCTION: This article aims to think, in a thematic essay, the practices of risk management, specifically with regard to bodies of social groups disaffiliated by exclusion processes and even inclusion by the place of stigma as a position of subject. OBJECTIVES: The text addresses the construction of racist security that spreads in the name of social defense and protection as regular control, in the articulation of laws with the norms in the so-called Democratic Rule of Law. METHODOLOGY: It is a historical, genealogical discussion based on social psychology. DISCUSSION: The orders for security and expansion of punishments in today's society brings a sphere of racism and class prejudice that is anchored in the criminal logic associated with the generalization of punitive society. CONCLUSION: Finally, it analyzes how subjectivity marked by fear and insecurity is expanded with the incidence of surveillance and security practices on neoliberalism in the name of social defense.


INTRODUCCIÓN: Este artículo pretende reflexionar, en un ensayo temático, las prácticas de gestión de riesgos, específicamente con respecto a los cuerpos de grupos sociales desafiliados por los procesos de exclusión e incluso la inclusión por el lugar del estigma como posición de sujeto. OBJETIVOS: El texto aborda la construcción de una seguridad racista que se extiende en nombre de la defensa y protección social como control regular, en articulación de leyes con las normas en el llamado Estado Democrático de Derecho. METODOLOGÍA: Es una discusión histórica, genealógica basada en la psicología social. DISCUSSIÓN: Las órdenes de seguridad y expansión de los castigos en la sociedad actual traen una esfera de racismo y prejuicio de clase que está anclada en la lógica criminal asociada con la generalización de la sociedad punitiva. CONCLUSIÓN: Al fin, analiza cómo la subjetividad marcada por el miedo y la inseguridad se expande con la incidencia de las prácticas de vigilancia y seguridad sobre el neoliberalismo en nombre de la defensa social.


Assuntos
Gestão de Riscos , Segurança , Estado
7.
Licere (Online) ; 26(03): 249-280, set.2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1531220

RESUMO

Esta pesquisa tem como objetivo analisar a produção acadêmica acerca do tema "Lazer e Periferia" nos periódicos especializados do campo do Lazer no Brasil. Buscaremos a partir desta análise, observar, por exemplo, se a periferia tem sido tratada como um lugar de ausência ou um espaço de produção cultural. Além disso, vamos investigar em que medida o Lazer se constitui como um direito para a população periférica, a partir destas publicações. Para tanto, foi realizada uma revisão de literatura, levando em conta os periódicos voltados ao campo do Lazer no Brasil, que possuem Qualis Capes B4 ou superior. Os estudos apontam para três principais categorias de análise para compreendermos a relação entre o Lazer e a Periferia: "Equipamentos de Lazer", "Atuação e Formação Profissional de Lazer" e "Políticas Públicas". A partir destas três categorias, foi possível observar que a intervenção estatal no âmbito da garantia do direito ao Lazer precisa, antes de tudo, estar alinhada às próprias demandas das comunidades, sem, contudo, negligenciar o acesso ao patrimônio histórico-cultural que precisa ser garantido à população periférica.


This research aims to analyze the academic production on the theme "Leisure and Periphery" in specialized journals in the field of Leisure in Brazil. Based on this analysis, we will seek to observe, for example, whether the periphery has been treated as a place of absence or a space for cultural production. In addition, we will investigate to what extent Leisure constitutes a right for the peripheral population, based on these publications. For that, a literature review was carried out, taking into account the journals focused on the field of Leisure in Brazil, which have Qualis Capes B4 or higher. The studies point to three main categories of analysis to understand the relationship between Leisure and the Periphery: "Leisure Equipment", "Leisure Activities and Professional Training" and "Public Policies". From these three categories, it was possible to observe that state intervention in the scope of guaranteeing the right to Leisure needs, above all, to be aligned with the communities' own demands, without, however, neglecting access to the historical and cultural heritage that needs to be guaranteed to the peripheral population.


Assuntos
Revisão , Evolução Cultural , Estado
9.
BEPA, Bol. epidemiol. paul. (Impr.) ; 20(220 edição temática CVE): 1-26, 2023.
Artigo em Português | Sec. Est. Saúde SP, Coleciona SUS, SESSP-CVEPROD, Sec. Est. Saúde SP | ID: biblio-1427452

Assuntos
Estado , Hepatite
10.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e249513, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431132

RESUMO

Este ensaio teórico-reflexivo tem como objetivo discutir sobre as contribuições dos estudos da criminologia e sua crítica para as diversas formas de aprisionamento feminino, e mais atualmente para o encarceramento em massa no sistema prisional, além de abrir espaço para o debate sobre as diferentes perspectivas feministas e as relações com os estudos criminológicos, sobretudo com os posicionamentos da chamada criminologia crítica. Reconhecem-se importantes avanços e conquistas feministas no debate sobre a estruturação masculinizada do direito penal e do seu fazer jurídico, mas também a manutenção de diversas formas de violência de gênero que configuram um sistema penal antropocêntrico, seletivo, racista e discriminatório. Indica-se a urgência de estudos interseccionais que considerem as particularidades e reinvindicações das mulheres no cárcere e suas formas de militância, sobretudo diante de população carcerária feminina composta majoritariamente por mulheres negras, pobres e periféricas. Faz-se visível a necessidade de uma análise dos fatores que atravessam o encarceramento feminino por uma ótica feminista plural, adequada às realidades que se estudam e atenta às múltiplas perspectivas que podem existir dentro do feminismo.(AU)


This theoretical-reflexive essay aims to discuss the contributions of criminological studies and their critique of the various forms of imprisonment of women, and more recently of mass incarceration in the prison system, in addition to opening space for the debate on the different feminist perspectives and their relations with criminological studies, especially with the positions of the so-called critical criminology. Important feminist advances and conquests are recognized in the debate about the masculinized structure of penal law and its legal practice, but also the maintenance of diverse forms of gender violence that configure an anthropocentric, selective, racist, and discriminatory penal system. It indicates the urgency of intersectional studies that consider the particularities and claims of women in prison and their forms of militancy, especially in the face of the female prison population composed mostly of black, poor, and peripheral women. The need for an analysis of the factors that cross women's imprisonment from a plural feminist perspective, adequate to the realities under study and attentive to the multiple perspectives that may exist within feminism, becomes visible.(AU)


Este ensayo teórico-reflexivo pretende discutir las aportaciones de los estudios criminológicos y su crítica a las distintas formas de encarcelamiento femenino, y más recientemente de encarcelamiento masivo en el sistema penitenciario, además de generar debate sobre las distintas perspectivas feministas y sus relaciones con los estudios criminológicos, especialmente con las posiciones de la Criminología Crítica. Se reconocen importantes avances y logros feministas en el debate sobre la estructuración masculinizada del derecho penal y su práctica jurídica, además del mantenimiento de diversas formas de violencia de género que configuran un sistema penal antropocéntrico, selectivo, racista y discriminatorio. Se necesitan estudios interseccionales que consideren las particularidades y reivindicaciones de las mujeres en prisión y sus formas de militancia, principalmente ante la población penitenciaria femenina compuesta mayoritariamente por mujeres negras, pobres y periféricas. Se hace evidente la necesidad de analizar los factores que inciden en el encarcelamiento femenino desde una perspectiva feminista plural, adecuada a las realidades que se estudian y atenta a las múltiples perspectivas que pueden existir dentro del feminismo.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Prisões , Feminismo , Criminologia , Serviço de Acompanhamento de Pacientes , Preconceito , Trabalho Sexual , Psicologia , Psicologia Social , Política Pública , Punição , Qualidade de Vida , Estupro , Rejeição em Psicologia , Religião , Papel (figurativo) , Segurança , Comportamento Sexual , Ajustamento Social , Comportamento Social , Mudança Social , Classe Social , Problemas Sociais , Socialização , Fatores Socioeconômicos , Sociologia , Estereotipagem , Tabu , Roubo , Desemprego , Gravidez , Áreas de Pobreza , Educação Infantil , Demografia , Características da Família , Higiene , Política de Planejamento Familiar , Bruxaria , Colonialismo , Congressos como Assunto , Sexualidade , Conhecimento , Estatística , Crime , Cultura , Vandalismo , Direito Sanitário , Estado , Regulamentação Governamental , Aplicação da Lei , Populações Vulneráveis , Agressão , Grupos Raciais , Escolaridade , Humanização da Assistência , Mercado de Trabalho , Produtos de Higiene Menstrual , Feminilidade , Etarismo , Racismo , Sexismo , Discriminação Social , Tráfico de Drogas , Reincidência , Ativismo Político , Opressão Social , Vulnerabilidade Sexual , Androcentrismo , Liberdade , Respeito , Sociedade Civil , Papel de Gênero , Enquadramento Interseccional , Cidadania , Estrutura Familiar , Servidores Penitenciários , Promoção da Saúde , Homicídio , Zeladoria , Direitos Humanos , Imperícia , Menstruação , Princípios Morais , Mães , Motivação
11.
Hist. ciênc. saúde-Manguinhos ; 30: e2023005, 2023.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1430456

RESUMO

Abstract This article analyzes healthy child contests as a medical and socio-political strategy implemented in Latin America to protect childhood, thus ensuring the future of the "race" and the nation. These contests blended degeneration, racial theories, and state interventionism and gained momentum in the 1930s with the rise of eugenics. This article examines the contest in Colombia, which was implemented under the Liberal Republic (1930-1946); even though this competition was defined by its national context, a broader international perspective improves understanding. Questions are also raised about the efforts of the Liberal government to strengthen the idea of national identity through education and health programs.


Resumen Este artículo analiza los concursos de niño sano como una estrategia médica y sociopolítica implementada en América Latina para proteger a la niñez, asegurando así el futuro de la "raza" y de la nación. Estos concursos combinaron la degeneración, las teorías raciales y el intervencionismo estatal y cobraron impulso en la década de 1930 con el auge de la eugenesia. Este artículo examina la contienda en Colombia, que se implementó bajo la República Liberal (1930-1946); aunque esta competencia fue definida por su contexto nacional, una perspectiva internacional más amplia mejora la comprensión. También se plantean preguntas sobre los esfuerzos del gobierno liberal para fortalecer la idea de identidad nacional a través de programas de educación y salud.


Assuntos
Proteção da Criança , Mortalidade Infantil , Saúde da Criança , Estado , Eugenia (Ciência) , Colômbia , História do Século XX
12.
Saúde Soc ; 32(1): e210307pt, 2023.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1424477

RESUMO

Resumo Neste artigo, aprofunda-se a discussão crítica às políticas adotadas pelo governo Bolsonaro em relação à saúde pública, particularmente no que tange ao financiamento em geral, ao enfrentamento da pandemia e ao primeiro ano de implantação do novo modelo de "financiamento" para a Atenção Primária à Saúde (APS). A análise evidencia o acirramento da legitimidade restrita do regime político, assumida por políticas ultraneoliberais e pelo neofascismo do governo Bolsonaro. Estas formas de dominação - política e econômica - engendram uma conjuntura interna que visa remodelar a acumulação de capital na saúde pública via APS por meio de mecanismos "operacionais" burocráticos sutis de desconstrução da universidade do "financiamento". Na primeira parte, discute-se a abrangência da crise tripla do capital - sanitária, econômica e ecológica - e sua relação orgânica com o Estado no capitalismo dependente brasileiro, abrindo espaço para o crescimento da restrição do regime político endossado pela ascensão do neofascismo. Na segunda parte, aborda-se a escalada do desfinanciamento do Sistema Único de Saúde (SUS) em plena crise de covid-19 e os efeitos da implementação do modelo de financiamento da APS, evidenciando a continuidade do processo de valorização de um "SUS operacional" em detrimento do seu princípio de universalidade como dimensão neofascista do governo Bolsonaro.


Abstract This article deepens the critical discussion about the policies of the Bolsonaro government regarding public health, particularly regarding the general financing, the confrontation of the pandemic, and the first year of implementation of the new financing model for Primary Health Care (PHC). The analysis evidences the aggravation of the restrict legitimacy of the political regime, assumed by ultra-neoliberal policies and by the neofascism of the Bolsonaro government. These forms of domination - political and economic - produce an internal conjuncture that seeks to remodel the capital accumulation in public health by PHC by subtle bureaucratic "operational" mechanisms of deconstruction of financing universality. In the first part, the coverage of the triple crisis of the capital - sanitary, economic and ecological - and its organic relationship to the State in the Brazilian dependent capitalism is discussed, opening space to the increase of the restriction of the political regime endorsed by the ascension of the neofascism. In the second part, the increase of the de-financing of the Unified Health System (SUS) right in the middle of the covid-19 crisis and the effects of the implementation of the financing model of the PHC, evidencing the continuity of the process of valuing an "operational SUS" in detriment of its universality principle as a neofascist dimension of Bolsonaro's government.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Política , Atenção Primária à Saúde , Estado , Financiamento da Assistência à Saúde , COVID-19 , Sistema Único de Saúde , Adaptação Psicológica , Fascismo
13.
Rev. crim ; 65(1): 41-56, 2023. graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1428001

RESUMO

Este artículo argumenta que la macroviolencia ha invisibilizado buena parte de las masacres ocurridas en regiones donde el conflicto interno fue de menor intensidad, ha banalizado sus efectos en pequeñas poblaciones, y con ello, ha provocado una relación transaccional entre el Estado y victimarios con las víctimas de masacres de menor escala. Por esta razón, por medio de un estudio de caso, haciendo uso de entrevistas semiestructuradas, grupos focales y encuestas al universo de habitantes de Cienaguita-Pita (Atlántico), se ilustrará cuáles fueron los efectos de la masacre, las entradas diferenciadas del Estado y el acceso que tuvieron las víctimas a los derechos a la verdad, justicia, reparación, no repetición y dignificación. Por último, este artículo pretende visibilizar una de las masacres ocurridas en el Caribe, que ha sido oculta por cuenta de la macroviolencia que caracterizó a la región en las décadas de 1990 y 2000, y demostrar, además, que el Estado es quien ha asumido la carga de indemnizar a las víctimas y establecer algunos insumos para reconstruir la verdad en el conflicto armado.


This article argues that macro-violence has made invisible a good part of the massacres that occurred in regions where the internal conflict was of lesser intensity, has trivialized its effects in small populations, and with it, has provoked a transactional relationship between the State and victimizers with the victims of smaller scale massacres. For this reason, by means of a case study, using semi-structured inter-views, focus groups and surveys of the universe of inhabitants of Cie-naguita-Pita (Atlántico), we will illustrate the effects of the massacre, the State>s differentiated approaches and the victims> access to the rights to truth, justice, reparation, non-repetition and dignity. Finally, this article aims to make visible one of the massacres that occurred in the Caribbean, which has been hidden due to the macro-violence that characterized the region in the 1990s and 2000s, and also to demonstrate that the State has assumed the burden of compensating the victims and establishing some inputs to reconstruct the truth in the armed conflict.


Este artigo argumenta que a macro-violência tornou invisível uma grande parte dos massacres que ocorreram em regiões onde o conflito interno foi de menor intensidade, banalizou os seus efeitos em pequenas populações, e provocou assim uma relação transaccional entre o Estado e os perpetradores com as vítimas de massacres de menor escala. Por este motivo, através de um estudo de caso, utilizando entrevistas semi-estruturadas, grupos focais e inquéritos aos habitantes de Cienaguita-Pita (Atlántico), ilustraremos os efeitos do massacre, as abordagens diferenciadas do Estado e o acesso das vítimas aos direitos à verdade, à justiça, à reparação, à não repetição e à dignidade. Finalmente, este artigo visa tornar visível um dos massacres ocorridos nas Caraíbas, que foi escondido devido à macro-violência que caracterizou a região nos anos 90 e 2000, e também demonstrar que o Estado assumiu o ónus de compensar as vítimas e estabelecer alguns contributos para a reconstrução da verdade no conflito armado.


Assuntos
Humanos , Conflitos Armados , Estado , Justiça Social , Violência , População do Caribe
14.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e244670, 2023. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1448956

RESUMO

O objetivo deste estudo foi testar um modelo teórico-explicativo para as representações sociais sobre o cenário sociopolítico brasileiro de 2017, de acordo com as seguintes relações: as representações seriam influenciadas diretamente pela confiança nas instituições, e essa confiança, determinada pelas simpatias ideológicas. Participaram 164 estudantes universitários - cuja idade média era 24 anos - que responderam a escalas intervalares. Realizaram-se modelagens de equações estruturais para testar o modelo teórico proposto. Os resultados indicaram: adequabilidade do modelo; dois grupos de variáveis apresentando relações positivas entre as variáveis do mesmo grupo e negativas na comparação intergrupos. No primeiro grupo constaram as variáveis: ideias-força de esquerda, confiança nos movimentos sociais, avaliação do governo Dilma e avaliação das políticas de esquerda; no segundo: ideias-força de direita, confiança nas instituições de controle, confiança na mídia, avaliação do governo Temer e avaliação das políticas de esquerda. Concluiu-se que a confiança institucional e a simpatia ideológica ancoravam as representações sociais do cenário brasileiro na população universitária estudada.(AU)


The aim of this study was to test an explanatory theoretical model about the social representations about Brazilian social-political scenario in 2017, based on the following relations: representations were directly influenced by the trust in institutions, and this trust, determined by ideological sympathies. A sample of 164 college students - whose average age was 24 years - answered interval scales. We performed structural equation modeling to test the proposed model. The results indicated: the suitability of the model; two groups of variables presenting positive relations in the in-group comparison and negative relations in the comparisons between groups. The first group showed the variables: Leftist ideas-forces, trust in social movements, evaluation of Dilma's administration, and evaluation of Leftist policies; the second: Rightist ideas-forces, trust in control institutions, trust in the media, evaluation of Temer's administration, and evaluation of Leftist policies. In conclusion, the institutional trust and ideological sympathies anchored the social representations of the Brazilian scenery for the studied university population.(AU)


Este estudio tuvo como objetivo probar un modelo teórico explicativo de las representaciones sociales en el escenario sociopolítico brasileño de 2017 según las siguientes relaciones: las representaciones estarían directamente influenciadas por la confianza en las instituciones, y esta confianza, determinada por las simpatías ideológicas. Participaron en este estudio 164 estudiantes universitarios, con edad media de 24 años, quienes respondieron a escalas intervalares. Se llevaron a cabo modelos de ecuaciones estructurales para probar el modelo teórico propuesto. Los resultados indicaron: adecuación del modelo; dos grupos de variables que presentaban relaciones positivas entre las variables del mismo grupo y negativas en la comparación intergrupal. El primer grupo incluía las variables: ideas-fuerza de la izquierda, confianza en los movimientos sociales, evaluación del gobierno de Dilma y evaluación de las políticas de la izquierda; el segundo: ideas-fuerza de la derecha, confianza en las instituciones de control, confianza en los medios de comunicación, evaluación del gobierno Temer y evaluación de las políticas de la izquierda. Se concluyó que la confianza institucional y la simpatía ideológica funcionaron como fundamentos de las representaciones sociales del escenario político brasileño en la población universitaria estudiada.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Política , Estudantes , Universidades , Cultura , Confiança , Ética Institucional , Representação Social , Princípios Morais , Propriedade , Filosofia , Sistemas Políticos , Pobreza , Psicologia , Psicologia Social , Política Pública , Qualidade de Vida , Racionalização , Segurança , Salários e Benefícios , Ciência , Autoritarismo , Mudança Social , Problemas Sociais , Responsabilidade Social , Ciências Sociais , Previdência Social , Valores Sociais , Socialismo , Fatores Socioeconômicos , Sociologia , Tecnologia , Tecnologia, Indústria e Agricultura , Pensamento , Desemprego , Mulheres , Comportamento , Relações Trabalhistas , Negro ou Afro-Americano , Brasil , Pessoas Mal Alojadas , Adaptação Psicológica , Atitude , Etnicidade , Desenvolvimento Econômico , Defesa da Criança e do Adolescente , Proteção da Criança , Inquéritos e Questionários , Responsabilidade Legal , Direitos Civis , Negociação , Setor Público , Setor Privado , Pessoas com Deficiência , Comunicação , Comunismo , Privacidade , Constituição e Estatutos , Feminismo , Fidelidade a Diretrizes , Modernização do Setor Público , Crime , Conflitos Civis , Autonomia Pessoal , Capitalismo , Acesso à Informação , Estado , Poder Legislativo , Democracia , Agressão , Violação de Direitos Humanos , Revolução Francesa , Economia , Educação , Emoções , Reivindicações Trabalhistas , Emprego , Meio Ambiente , Mercado de Trabalho , Estudos Populacionais em Saúde Pública , Fiscalização Sanitária , Agroindústria , Desenvolvimento Industrial , Diplomacia , Equilíbrio Trabalho-Vida , Minorias Sexuais e de Gênero , Fascismo , Ativismo Político , Participação dos Interessados , Extremismo , Opressão Social , Liberdade , Políticas Inclusivas de Gênero , Respeito , Capacidade de Liderança e Governança , Corrupção , Solidariedade , Modernização Retrógrada , Programas Sociais , Povos Indígenas , Ambientalismo , Justiça Ambiental , Fatores Sociodemográficos , Vulnerabilidade Social , Cidadania , Responsabilidade Socioambiental , Hierarquia Social , Direitos Humanos , Individuação , Jurisprudência , Liderança , Manobras Políticas , Comportamento de Massa , Meios de Comunicação de Massa , Militares , Categorias de Trabalhadores
15.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e247962, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422424

RESUMO

Resumo Conceitos como o de alteridade, encontro de saberes, polifasia cognitiva, o princípio de familiaridade e de representações sociais operaram na complexa tarefa de compreender como os encontros entre profissionais e usuários sustentavam e/ou transformavam as práticas de acolhimento. Entretanto, a experiência da minha pesquisa de doutorado me levou a questionar os próprios conceitos utilizados da Teoria das Representações Sociais. Ao final do ensaio, após discutir aspectos teórico-metodológicos, o princípio de familiaridade e a questão da tensão e dos afetos nas representações sociais, espero evidenciar como o movimento provocado pelo encontro com usuários e profissionais de uma Rede de Atenção Psicossocial levou-me a questionar pontos essenciais da teoria: o papel domesticador das representações, a forma ainda estática de evidenciar os fenômenos, a separação entre um sujeito que representa e o objeto representado e a dificuldade em usar suas ferramentas conceituais para acompanhar processos me fazem repensar meu lugar e minha função de pesquisador.


Abstract Concepts such as alterity, encounter of knowledge, cognitive polyphasia, the principle of familiarity and the very concept of social representations operated in the complex task of understanding how the encounters between professionals and users supported and / or transformed user embracement practices. However, the experience of my doctoral research led me to question the very concepts used in the Theory of Social Representations. At the end of the essay, after discussing theoretical and methodological aspects, the principle of familiarity and the issue of tension and affects in social representations, I hope to show how the movement caused by the encounter with users and professionals of a Psychosocial Care Network, led me to question essential points of the theory: the domesticating role of representations, the still static way of showing phenomena, the separation between a subject that represents and the object represented and the difficulty in using their conceptual tools to accompany processes makes me rethink my place and role as a researcher.


Resumen Conceptos como la alteridad, el encuentro de saberes, la polifasia cognitiva, el principio de familiaridad y el concepto mismo de representaciones sociales operaron en la compleja tarea de comprender cómo los encuentros entre profesionales y usuarios apoyaron y / o transformaron las prácticas de acogimiento. Sin embargo, la experiencia de mi investigación doctoral me llevó a cuestionar los propios conceptos utilizados en la Teoría de las Representaciones Sociales. Al final del ensayo, después de discutir aspectos teóricos y metodológicos, el principio de familiaridad y el tema de tensión y afectos en las representaciones sociales, Espero mostrar cómo el movimiento provocado por el encuentro con usuarios y profesionales de una Red de Atención Psicosocial, me llevó a cuestionar puntos esenciales de la teoría: el rol domesticador de las representaciones, la forma todavía estática de mostrar los fenómenos, la separación entre un sujeto que representa y el objeto representado y la dificultad para utilizar sus herramientas conceptuales para acompañar procesos, me hace repensar mi lugar y rol como investigador.


Assuntos
Humanos , Psicologia Social , Pesquisa Qualitativa , Representação Social , Dor , Equipe de Assistência ao Paciente , Política , Preconceito , Resolução de Problemas , Enfermagem Psiquiátrica , Psiquiatria , Psicologia , Psicofarmacologia , Psicoterapia de Grupo , Política Pública , Reabilitação , Delitos Sexuais , Isolamento Social , Apoio Social , Seguridade Social , Serviço Social , Fatores Socioeconômicos , Sociologia , Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos , Síndrome de Abstinência a Substâncias , Condições Patológicas, Sinais e Sintomas , Pensamento , Desemprego , Vigilância Sanitária , Pessoas Mal Alojadas , Biotransformação , Inativação Metabólica , Comportamentos Relacionados com a Saúde , Família , Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde , Drogas Ilícitas , Higiene , Saúde Mental , Recusa do Paciente ao Tratamento , Satisfação do Paciente , Poder Familiar , Cocaína Crack , Internação Compulsória de Doente Mental , Medição de Risco , Vida , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Aconselhamento , Intervenção em Crise , Sintomas Afetivos , Impacto Psicossocial , Autonomia Pessoal , Estado , Redução do Dano , Agressão , Transtorno Depressivo , Economia , Empatia , Metodologia como Assunto , Acolhimento , Ética , Relações Familiares , Fadiga Mental , Resiliência Psicológica , Usuários de Drogas , Overdose de Drogas , Integração Comunitária , Fatores Sociológicos , Fadiga de Compaixão , Ajustamento Emocional , Pessimismo , Trauma Psicológico , Reabilitação Psiquiátrica , Estresse Ocupacional , Cooperação e Adesão ao Tratamento , Comportamentos de Risco à Saúde , Incivilidade , Sobrevivência , Tratamento Psiquiátrico Involuntário , Cosmovisão , Liberdade , Autonegligência , Solidariedade , Angústia Psicológica , Insegurança Alimentar , Ambiente Domiciliar , Vulnerabilidade Social , Apoio Familiar , Capacidades de Enfrentamento , Homicídio , Hospitais Psiquiátricos , Inteligência , Acontecimentos que Mudam a Vida , Solidão , Transtornos Mentais
16.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e249888, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1422426

RESUMO

A recomendação ética do psicólogo para intervir criticamente sobre a demanda vai de encontro com a tarefa de diagnosticar atos de Alienação Parental e, num sentido amplo, com a judicialização das relações privadas. A genealogia de Foucault consiste num método capaz de lançar luz sobre as práticas de poder na base dos discursos relacionados ao tema da alienação parental. O eufemismo pedagógico empregado para designar as sanções da lei tem como finalidade estratégica o convencimento a respeito de supostos benefícios da tutela sobre as famílias, ao mesmo tempo em que lhes são atribuídas alguma patologia disfuncional. Numa perspectiva crítica, a assimetria de gêneros corresponde às relações de poder presentes no problema da alienação parental. Por fim, a inversão dos critérios de identificação da alienação parental revela o distanciamento entre o ideal normativo e a realidade da ruptura conjugal e familiar, apontando para a importância de práticas de cuidado e assistência em vez de judicativas e punitivas.(AU)


The psychologist's ethical recommendation to critically intervene on the demand goes against the task of diagnosing acts of Parental Alienation (AP) and, in a broad sense, with the judicialization of private relations. Foucault's genealogy consists of a method able to shed on the power practices on the basis of discourses related to the theme of Parental Alienation. The pedagogical euphemism used to designate the sanctions of the law has the strategic purpose of convincing about the supposed benefits of guardianship over families, while attributing some dysfunctional pathology to them. From a critical perspective, gender asymmetry corresponds to the power relations present in the Parental Alienation problem. Finally, the inversion of the Parental Alienation's identification criteria reveals the gap between the normative ideal and the reality of marital and family disruption, pointing to the importance of care and assistance practices instead of judicative and punitive ones.(AU)


La recomendación ética del psicólogo de intervenir críticamente sobre la demanda va en contra de la tarea de diagnosticar actos de Alienación Parental (AP) y, en un sentido amplio, con la judicialización de las relaciones privadas. La genealogía de Foucault consiste en un método capaz de arrojar luz sobre las prácticas del poder a partir de discursos relacionados con el tema de la Alienación Parental. El eufemismo pedagógico que se utiliza para designar las sanciones de la ley tiene el propósito estratégico de convencer sobre los supuestos beneficios de la tutela sobre las familias, atribuyéndoles alguna patología disfuncional. Desde una perspectiva crítica, la asimetría de género corresponde a las relaciones de poder presentes en el problema de la Alienación Parental. Finalmente, la inversión de los criterios de identificación de la Alienación Parental revela la brecha entre el ideal normativo y la realidad de la ruptura conyugal y familiar, señalando la importancia de las prácticas de cuidado y asistencia en lugar de las judicativas y punitivas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Justiça Social , Custódia da Criança , Genealogia e Heráldica , Jurisprudência , Ansiedade , Comportamento Paterno , Privação Paterna , Psicanálise , Psicologia Social , Política Pública , Repressão Psicológica , Transtorno do Deficit de Atenção com Hiperatividade , Relações entre Irmãos , Ciências Sociais , Seguridade Social , Fatores Socioeconômicos , Sociologia , Terapêutica , Comportamento e Mecanismos Comportamentais , Abuso Sexual na Infância , Adaptação Psicológica , Divórcio , Casamento , Maus-Tratos Infantis , Defesa da Criança e do Adolescente , Desenvolvimento Infantil , Educação Infantil , Proteção da Criança , Saúde Mental , Saúde da Criança , Saúde da Família , Responsabilidade Legal , Poder Familiar , Negociação , Violência Doméstica , Cônjuges , Feminismo , Intervenção em Crise , Família Monoparental , Cultura , Estado , Responsabilidade Civil , Ministério Público , Denúncia de Irregularidades , Dissidências e Disputas , Depressão , Transtornos Dissociativos , Emprego , Conflito Familiar , Relações Familiares , Pai , Resiliência Psicológica , Perdão , Sexismo , Abuso Físico , Violência de Gênero , Opressão Social , Estereotipagem de Gênero , Experiências Adversas da Infância , Separação da Família , Tristeza , Psicoterapia Interpessoal , Traição , Abuso Emocional , Modelos Biopsicossociais , Equidade de Gênero , Papel de Gênero , Apoio Familiar , Estrutura Familiar , Manobra Psicológica , Desamparo Aprendido , Direitos Humanos , Relações Interpessoais , Deficiências da Aprendizagem , Privação Materna , Mães , Transtorno Dissociativo de Identidade , Apego ao Objeto
17.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e243766, 2023. graf
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431119

RESUMO

A pandemia da covid-19 impôs transformações no cotidiano mundial, em âmbito micro e macroestrutural. Seu impacto psicológico desestabiliza e evidencia desigualdades e vulnerabilidades psicossociais brasileiras. Configura-se como um estudo de perspectiva crítica, com base na Psicologia Sócio-histórica, com o objetivo de mapear os posicionamentos da Psicologia, vindos de diferentes campos, diante das ações de saúde mental. Para tanto, utiliza-se o site do Conselho Federal de Psicologia para a análise de 62 documentos, que resultaram em dois eixos de produção crítica: 1) a relação da Psicologia com o Conselho Federal de Psicologia; e 2) da Psicologia com a sociedade. Revela-se o abismo social entre segmentos da sociedade brasileira; formas de exclusão da população carcerária; violência doméstica contra as mulheres e as crianças; dificuldades de acesso a estratégias sociais, na educação e na saúde, e de superação dos impasses acirrados com a infecção global pelo novo coronavírus. Conclui-se que a diversidade de públicos, temáticas, áreas de atuação e referenciais teóricos materializa um compromisso crítico e científico da Psicologia.(AU)


The COVID-19 pandemic imposed transformations in the world daily life, at the micro and macrostructural levels. Its psychological impact destabilizes and highlights Brazilian inequalities and psychosocial vulnerabilities. This is a critical perspective study, based in socio-historical Psychology, aiming to map the positions of Psychology, from different fields, in the face of mental health actions. To this end, the Federal Council of Psychology website is utilized to analyze 62 documents, which resulted in two axes of critical production: 1) the relation between Psychology and the Federal Council of Psychology; and 2) Psychology with society. They reveal the social gap between segments of Brazilian society; ways of excluding prison po7pulation; domestic violence against women and children; and difficulties in accessing social strategies, in education and health, and in overcoming impasses aggravated by the global infection by the new coronavirus. In conclusion, the diversity of public, themes, areas of professional performance, and theoretical references materialize Psychology's critical and scientific commitment.(AU)


La pandemia del COVID-19 provocó transformaciones globales en lo cotidiano a nivel micro y macroestructural. Su impacto psicológico desestabiliza y destaca las desigualdades y vulnerabilidades psicosociales en Brasil. Esta es una investigación en la perspectiva crítica, basada en la psicología sociohistórica, con el objetivo de mapear las posiciones de la Psicología, procedentes de diferentes campos, frente a las acciones de salud mental. Para este fin, se utiliza el sitio web del Consejo Federal de Psicología para el análisis de 62 documentos, lo que resultó en dos ejes de producción crítica: 1) la relación de la Psicología con el Consejo Federal de Psicología; y 2) de la Psicología con la sociedad. Se revelan la brecha social entre los segmentos de la sociedad brasileña; las formas de exclusión de la población carcelaria; la violencia doméstica contra las mujeres y los niños; y las dificultades para acceder a las estrategias sociales, en la educación y la salud, para superar los impasses agravados por la infección global por el nuevo coronavirus. Se concluye que la diversidad de públicos, temáticas, áreas de actividad y referentes teóricos materializa un compromiso crítico y científico de la Psicología.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Fatores Socioeconômicos , Pandemias , COVID-19 , Ansiedade , Dor , Pneumonia Viral , Pobreza , Psicologia , Política Pública , Qualidade de Vida , Relações Raciais , Refugiados , Pesquisa , Papel (figurativo) , Segurança , Comportamento Sexual , Autoritarismo , Isolamento Social , Problemas Sociais , Ciências Sociais , Esportes , Tortura , Desemprego , Características da População , Socorro Alimentar , Pessoas Mal Alojadas , Mobilidade Ocupacional , Casamento , Áreas de Pobreza , Maus-Tratos Infantis , Proteção da Criança , Quarentena , Saúde Pública , Fome , Codependência Psicológica , Infecções por Coronavirus , Distúrbios de Guerra , Congressos como Assunto , Acesso Universal aos Serviços de Saúde , Crime , Conflitos Armados , Resgate, Assistência e Proteção em Desastres , Acesso à Informação , Poder Judiciário , Estado , Desumanização , Violação de Direitos Humanos , Depressão , Países em Desenvolvimento , Poluição do Ar , Educação , Abuso de Idosos , Emergências , Capacitação Profissional , Tecnologia da Informação , Emigrantes e Imigrantes , Marginalização Social , Comportamento de Busca de Ajuda , Abuso Físico , Segregação Social , Violência de Gênero , Direitos Culturais , Acesso a Medicamentos Essenciais e Tecnologias em Saúde , Experiências Adversas da Infância , Intervenção Baseada em Internet , Angústia Psicológica , Identidade de Gênero , Abuso Emocional , Insegurança Alimentar , Acesso a Alimentos Saudáveis , Status Social , Coesão Social , Vulnerabilidade Social , Crise Humanitária , Apoio Familiar , Estrutura Familiar , Segregação Residencial , Síndrome de COVID-19 Pós-Aguda , Transtornos Pós-Infecções , Promoção da Saúde , Direitos Humanos , Jurisprudência , Imperícia
18.
Psicol. ciênc. prof ; 43: e243813, 2023.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1431124

RESUMO

Este estudo propõe analisar as relações e os processos de subjetivação de mulheres quebradeiras de coco babaçu decorrentes das intervenções de políticas desenvolvimentistas em seus territórios de vida e reverberações no Movimento Interestadual de Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB). Sob a perspectiva ético-estético-política da Cartografia, acompanhamos as narrativas das histórias de vida de 24 mulheres, suas atividades cotidianas e eventos do MIQCB, também analisamos os documentos das políticas. Entendemos que, ao passo que tais políticas de desenvolvimento rural contribuem para a melhoria das condições de vida, em termos materiais e simbólicos, elas também produzem ressonâncias relacionadas ao modo de subjetivação do tipo "empresário de si", que agenciam seus modos de viver, de produzir e de se relacionar consigo e com os outros na lógica capitalista neoliberal. A resistência às capturas neoliberais também estão presentes ao ampliarem as mobilizações coletivas do próprio movimento, articulando com outros na produção de um "comum".(AU)


This study proposes to analyze the relations and the processes of subjectivation of babassu coconut-breaker women arising from developmental policy interventions in their territories of life and reverberations in the Babassu Coconut-breaker Interstate Movement (MIQCB). From the ethical-aesthetic-political perspective of Cartography, we followed the narratives of the life stories of 24 women, their daily activities and promoted events by MIQCB, we also analyzed the policy documents. We understand that while these policies of rural development contribute to improve the living conditions, in material and symbolic terms, they also produce resonances related to the "self-entrepreneur" mode of subjectivation, which has been handling their ways of living, producing, and relating to themselves and others in the neoliberal capitalist logic. Resistance to neoliberal captures is also present as they expand the collective mobilizations of the movement itself, articulating with others, in the production of a "common."(AU)


Este estudio tiene como objetivo analizar los procesos de subjetivación de las mujeres que rompen coco babaçu que surgen de las intervenciones de las políticas de desarrollo en sus territorios de vida y las reverberaciones en el Movimiento Interestadual de las Mujeres que Rompen Coco Babaçu (MIQCB). Desde la perspectiva ético-estético-política de la Cartografía, seguimos las narraciones de las historias de vida de 24 mujeres, sus actividades diarias y eventos del MIQCB, y también analizamos los documentos de las políticas. Si bien estas políticas han contribuido a mejorar las condiciones de vida de las mujeres, en términos materiales y simbólicos, también han producido resonancias del modo de subjetivación "autoempresarial", que ha agenciado sus formas de vivir, producir y relacionarse consigo mismas y con los demás en la lógica capitalista neoliberal. La resistencia a las capturas neoliberales también está presente cuando amplían las movilizaciones colectivas del propio movimiento, articulándose con otros en la producción de un "común".(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Crescimento e Desenvolvimento , Economia , Governo , Política , Pobreza , Psicologia , Psicologia Social , Política Pública , Aposentadoria , População Rural , Desejabilidade Social , Justiça Social , Problemas Sociais , Ciências Sociais , Solo , Direitos da Mulher , Madeira , Políticas, Planejamento e Administração em Saúde , Planejamento Socioeconômico , Políticas de Controle Social , Legislação Ambiental , Brasil , Água , Exercício Físico , Etnicidade , Desenvolvimento Econômico , Áreas de Pobreza , Usos do Solo , Zona Rural , Florestas , Organizações , Saúde Ambiental , Conflito de Interesses , Carga de Trabalho , Política de Planejamento Familiar , Empreendedorismo , Agroquímicos , Entrevista , Negociação Coletiva , Comércio , Produtos Agrícolas , Gestão Ambiental , Exploração de Recursos Naturais , Recursos Naturais , Recursos Renováveis , Reservas Naturais , Flora , Conservação dos Recursos Naturais , Diversidade Cultural , Natureza , Feminismo , Indústrias Extrativas e de Processamento , Gestão dos Recursos Naturais , Economia Rural , Capitalismo , Estado , Poder Público , Biodiversidade , Agricultura , Eficiência , Meio Ambiente , Meio Ambiente e Saúde Pública , Gestão de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde , Projetos , Mercado de Trabalho , Vigilância Sanitária de Produtos , Controle e Fiscalização de Alimentos e Bebidas , Alimentos de Coco , Maquinaria , Agricultura Sustentável , Recursos não Renováveis , Agroindústria , Comunicação Ambiental , Feminilidade , Política Ambiental , Empresa de Pequeno Porte , Violência Étnica , Fatores Sociológicos , Alimentos , Equilíbrio Trabalho-Vida , Ativismo Político , Participação dos Interessados , Direitos Socioeconômicos , Território Ocupado , Desenvolvimento Sustentável , Programas Sociais , Povos Indígenas , Direito ao Trabalho , Empoderamento , Inclusão Social , Equidade de Gênero , Papel de Gênero , Vulnerabilidade Social , Responsabilidade Ambiental , Responsabilidade Socioambiental , Diversidade, Equidade, Inclusão , Condições de Trabalho , Comércio de Vida Silvestre , Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde , Habitação , Atividades Humanas , Direitos Humanos , Sindicatos , Acontecimentos que Mudam a Vida , Antropologia , Mineração , Categorias de Trabalhadores
19.
Vive (El Alto) ; 5(15): 688-697, dic. 2022.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1424762

RESUMO

El COVID-19 ha afectado de distintas maneras en función a cada persona, trayendo tristeza, angustia, preocupación. Este estudio busco valorar el nivel de ansiedad por riesgo de contagio de COVID-19 en pacientes que acuden a los hospitales de la región andina en el año 2020. Bajo el enfoque cuantitativo y diseño descriptivo, de corte transversal y prospectivo, se aplicó el cuestionario STAI para los niveles de ansiedad rasgo-estado a una muestra de 244 pacientes identificados de manera intencional. Entre los resultados se encontraron el 45.1% tienen niveles de ansiedad alto, el 41.4% niveles de ansiedad media, mientras que el 13.5% tienen niveles de ansiedad baja. Llegando a concluir que casi la mitad de pacientes que acudieron a un hospital de la región andina tienen niveles altos de ansiedad por riesgo de contagio de COVID-19 en el año 2022.


COVID-19 has affected in different ways depending on each person, bringing sadness, anguish, worry. This study sought to assess the level of anxiety about the risk of COVID-19 infection in patients attending hospitals in the Andean region in 2020. Under a quantitative approach and descriptive, cross-sectional and prospective design, the STAI questionnaire for the levels of trait-state anxiety was applied to a sample of 244 patients identified intentionally. Among the results, 45.1% had high anxiety levels, 41.4% had medium anxiety levels, while 13.5% had low anxiety levels. It was concluded that almost half of the patients who attended a hospital in the Andean region had high levels of anxiety due to the risk of COVID-19 infection in the year 2020.


A COVID-19 tem afetado cada pessoa de maneiras diferentes, trazendo tristeza, angústia e preocupação. Este estudo procurou avaliar o nível de ansiedade sobre o risco de infecção por COVID-19 em pacientes que frequentam hospitais na região andina em 2020. Sob uma abordagem quantitativa e um desenho descritivo, transversal e prospectivo, o questionário STAI foi aplicado a uma amostra de 244 pacientes intencionalmente identificados para avaliar os níveis de ansiedade do estado de traço. Entre os resultados, 45,1% tiveram altos níveis de ansiedade, 41,4% tiveram níveis médios de ansiedade, enquanto 13,5% tiveram baixos níveis de ansiedade. Concluiu-se que quase metade dos pacientes que frequentavam um hospital na região andina apresentava altos níveis de ansiedade devido ao risco de infecção pela COVID-19 em 2020.


Assuntos
Ansiedade , Risco , Estado , COVID-19
20.
Estud. pesqui. psicol. (Impr.) ; 22(4): 1372-1392, dez. 2022.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos | ID: biblio-1428516

RESUMO

O presente artigo analisa a inserção das ofensivas antigênero como políticas de Estado. Iniciando-se em propagação difusa por distintos atores, elas agora se coadunam com as ações prioritárias do Poder Executivo, sobretudo no que se refere ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Para avaliar tal modificação, iniciamos com um mapeamento das relações entre o Ministério e as políticas antigênero durante os quatro anos de mandato de Jair Bolsonaro. Em seguida, analisamos um caso específico concernente às modificações realizadas na Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, órgão que hoje se destina também ao cerceamento de agentes públicos quanto aos temas de gênero e sexualidade, a partir da utilização de termos como "ideologia de gênero" e "violência institucional". Por fim, discutimos o argumento da estatização das ofensivas antigênero no Brasil, considerando que já vivemos sob um Estado antigênero, em cujas prioridades figuram a supressão, o rechaço e a assimilação das temáticas da diversidade sexual e de gênero.


This article analyzes the insertion of anti-gender offensives as State policies. Starting with a diffuse propagation by different actors, they now consist as priority actions of the Executive Power, especially with regard to the "Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos". In order to evaluate this modification, we start with a mapping of the relations between this Ministry and anti-gender policies during the four years of Jair Bolsonaro's government. Then, we analyze a specific case, concerning the changes carried out in the "Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos", an institution that nowadays is also intended to restrict public agents relating to gender and sexuality issues, with the use of terms such as "gender ideology" and "institutional violence". Finally, we discuss the argument of the nationalization of anti-gender campaigns in Brazil, considering that we already live under an anti-gender State, in which suppression, rejection and assimilation are the main policies with respect to sexual and gender diversity.


Este artículo analiza la inserción de las ofensivas antigénero como políticas del Estado. Empezando en una propagación difusa a partir de diferentes actores, ellas ahora son consistentes como acciones prioritarias del Poder Ejecutivo, especialmente en referencia al "Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos". Para evaluar esta modificación, partimos de un mapeo de las relaciones entre este Ministerio y las políticas antigénero durante los cuatro años del mandato del Presidente Jair Bolsonaro. Luego, analizamos un caso específico relativo a los cambios llevados a cabo en la "Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos", una institución que hoy también pretende restringir los agentes públicos en materia de la diversidad sexual y de género, a partir del uso de términos como "ideología de género" y "violencia institucional". Por fin, discutimos el argumento de la estatización de las ofensivas antigénero en Brasil, considerando que ya vivimos bajo un Estado antigénero, en cuyas prioridades están la represión, el rechazo y la asimilación de los temas de la diversidad sexual y de género.


Assuntos
Humanos , Política Pública , Estado , Sexismo , Minorias Sexuais e de Gênero , Identidade de Gênero , Preconceito , Brasil , Sexualidade , Direitos Humanos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA